terça-feira, 26 de julho de 2022

Hipertensão x Covid

 

Hipertensão por si só é uma doença assintomática, 

para saber se você possui essa doença, é necessário 

 exames e um diagnóstico.

E por mais invisível que pareça, a falta de cuidado 

possui severas consequências.

Além dos cuidados feitos no dia a dia, estudos 

recentes publicados pelo Jornal Europeu do 

Coração mostram que pessoas diagnosticadas 

com hipertensão possuem mais chances 

de morrer polo C0vid-19.

Hipertensão e C0vid




 


 

 

Segundo estudo feito na China sobre 

pacientes com o C0vid-19, pacientes

 hipertensos possuem mais chances 

de mortalidade em relação à pacientes 

sem a doença.

Ainda sobre o estudo, é provado que 

hipertensos controlados (ou seja, que 

tomam medicamentos e seguem as 

 orientações médicas) possuem um 

risco menor que os pacientes que 

não realizam esse controle.

O risco ainda é maior para pessoas

 que já sofreram outras complicações 

relacionadas ao sistema cardiovascular como:

  • Infartos
  • Derrame
  • Obstruções nas artérias
  • Insuficiência Cardíaca

Em resumo, pessoas hipertensas são 

consideradas um dos grupos de risco

 para a C0vid-19.

O que significa que, além dos orientações 

recomendadas pela OMS para evitar o 

contágio da C0vid-19, é necessário o 

cuidado com a pressão.

Mas o questionamento ainda fica: 

o que possível fazer para melhorar 

pressão arterial e controlar a hipertensão?

Além de medicamentos, existem algumas 

maneiras para controlar a pressão arterial.

Dentre elas é preciso prestar muita 

atenção na alimentação.

Não adianta nada fazer exercícios 

 todos os dias no fim você não resiste 

a alimentos gordurosos.

E pode até não parecer mas, certos 

nutrientes ajudam mais do que outros.

E quando falamos sobre a hipertensão, 

os melhores nutrientes para manter sua

 pressão na linha são:




 


 

Antioxidantes

Em estudo realizado sobre o papel dos 

 antioxidantes no corpo humano, foi 

descoberto que seu consumo regular 

pode auxiliar a diminuir a produção de

 radicais livres.

Quanto mais radicais livres o corpo possui, 

maior a probabilidade de haver vasos 

entupidos e por consequência um 

descontrole na pressão arterial.

Isso acontece pois os radicais livres agem 

como oxidantes no organismo humano, 

podendo causar danos permanentes nas artérias.

Foi provado também que o consumo de 

oxidantes auxilia na circulação sanguínea, 

melhorando dores nas juntas.

Por isso é importante acrescentar alimentos

 ricos em antioxidantes em sua dieta como: 

Linhaça, açafrão, frutas cítricas e vermelhas, 

semente de abóbora, pepino e peixe (salmão,

 sardinha e atum).

Outro nutriente importante para se colocar 

na dieta é o

Ômega 3

Estudos feitos pelo Instituto Americano de 

Medicina contam que o Ômega 3 possui inúmeros 

benefícios para o sistema cardíaco.

É com o auxílio do Ômega 3 que é possível 

diminuir o número de triglicerídeos

 (responsáveis por doenças cardíacas e 

o descontrole da pressão).

Esse nutriente ajuda nas inflamações 

localizadas na área do coração, pode ser 

utilizado para o tratamento de 

hipertrigliceridemia, insuficiência cardíaca.

Além disso, é capaz de relaxar as artérias 

o que tem como resultado uma pressão 

arterial mais baixa. O Ômega 3 também 

ajuda na redução do colesterol ruim (LDL)

 e aumento de colesterol bom (HLD).

Você pode encontrar o Ômega 3 em 

 verduras escuras (brócolis, couve, espinafre), 

peixe, frutos do mar (camarão e outros crustáceos), 

sementes (linhaça, chia, cânhamo) e

 leguminosas como feijão, soja, 

ervilha e grão-de-bico.

Minerais

Minerais como potássio e magnésio são grandes

 aliados para pessoas que possuem hipertensão.

Estudo feito em Porto Alegre - RS conta 

como esses o magnésio melhora a vida de

 pessoas hipertensas consideravelmente.

Magnésio

Esse poderoso mineral trabalha como um 

bloqueador natural de cálcio em terminações 

nervosas e, dessa forma inibe a liberação de

 norepinefrina e reduz a pressão sanguínea.

O magnésio é encontrado em diversos tipos de 

sementes e nozes como: semente de abóbora, 

 castanha-do-pará, semente de gergelim, linhaça, 

aveia, amendoim, amêndoas, espinafre cozido e 

banana prata.

Outro estudo, feito pela Sociedade Brasileira de 

Hipertensão encoraja o consumo diário de alimentos 

 ricos em potássio e considerada quase tão 

importante quanto a redução de sal.

Potássio

O consumo de potássio reduz a pressão arterial 

através do aumento da excreção de sódio pelos rins.

Embora estudos comprovem a redução de sal no 

sangue com a consumo do potássio é importante 

o sal seja cortado o máximo possível na alimentação.

Se você procura uma grande de fonte de potássio na 

sua rotina, acrescente a banana na sua dieta, ela possui

 cerca de 358 mg do mineral.

Além da banana, existe outros alimentos 

como abacate, aveia, maracujá, rabanete, 

tomate, pimentão vermelho e pêssego são 

ricos em potássio.

É possível colocar todos esses nutrientes 

na minha dieta sem dar trabalho?



 


 

Sim!

Existe um alimento que combina todos esses 

nutrientes e muito mais!

Considerado pela NASA o alimento do 

futuro por seus valores nutricionais excelentes, 

o alimento que irá te ajudar a ser mais saudável é a

Chlorella

A chlorella é uma alga rica em nutrientes que vem 

se mostrando promissora em melhorar os 

níveis de colesterol e controlar a pressão arterial.

GOSTOU DAS DICAS?

CUIDE DE SUA SAÚDE E DE SUA PRESSÃO!

 

LINK:HTTPS:// hipertensão, covid, risco cardiovascular, 

omega 3, magnésio, exercícios, estresse, 

obesidade, riscos de morte por hipertensão

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário