terça-feira, 15 de fevereiro de 2022

Manutenção muscular durante Covid-19 exige boa alimentação

 Durante alguma infecção ou problema de saúde, a manutenção muscular é uma das principais preocupações de quem pratica atividades físicas. E com a Covid-19 não é diferente. Mesmo pessoas ativas, que estão fora do grupo de risco e foram devidamente vacinadas podem sofrer com os efeitos negativos de uma possível infecção pelo coronavírus. Sem falar que o risco de desenvolver sequelas através da Long Covid também não pode ser descartado.


Fora isso, o recente crescimento da variante Ômicron, ainda deixou um alerta sobre como a Covid-19 pode debilitar fortemente a saúde, mesmo após casos mais leves e passageiros. E convenhamos, ninguém quer ficar doente e ver todo o trabalho que teve na academia ser, praticamente, jogado fora com a perda de massa magra. Por isso, a manutenção muscular é um ponto que merece atenção.

Além disso, ao preservar o máximo de massa muscular no organismo, também é possível acelerar a recuperação e prevenir possíveis sequelas de longo prazo. Algo que ressalta ainda mais a importância que a manutenção muscular tem para a saúde e o bem-estar.

E, para evitar grandes prejuízos durante a Covid-19, além de procurar auxílio médico e seguir à risca o tratamento indicado, também é fundamental manter uma boa alimentação. Segundo a recomendação da nutricionista para alcançar a manutenção muscular, o ideal é apostar em combinações saudáveis de carboidratos e proteínas, mesmo durante pequenos lanches.

Com o objetivo de facilitar a vida de quem não quer perder massa muscular, a especialista listou algumas boas opções de carboidratos e proteínas para incluir na alimentação. Confira:

Fontes saudáveis de carboidratos:

  • Abóbora;
  • Cenoura;
  • Beterraba;
  • Batata doce;
  • Mandioca;
  • Pão;
  • Massas;
  • Arroz.

Obs: Stavro recomenda a escolha de versões integrais para obter mais fibras.

Fontes saudáveis de proteínas:

  • Ovos;
  • Lentilhas;
  • Soja;
  • Tofu;
  • Sementes de abóbora;
  • Sementes de gergelim;
  • Nozes;
  • Amêndoas;
  • Carnes suínas magras;
  • Aves;
  • Peixes.

Importante: a alimentação pode ajudar na manutenção muscular, mas, por si só, não serve como tratamento para a Covid-19. Por isso, ao identificar qualquer sintoma da doença, a recomendação é procurar atendimento médico imediatamente e manter-se isolado de outras pessoas.

Comente aqui o que achou do artigo.

Fonte: Sport Life

Link: https:// sequelas do Covid, Covid-19, pandemia, alimentação saudável, atividades físicas, variante Ômicrondevidamente vacinadas, coronavírus,desenvolver sequelas

Nenhum comentário:

Postar um comentário