terça-feira, 30 de novembro de 2021

Como acabar com o estresse: atividades físicas podem melhorar a saúde mental


Saber como acabar com o estresse é, sem dúvidas, um dos grandes desejos do ser humano moderno. Porém, inicialmente, precisamos lembrar que essa condição é, na verdade, um importante mecanismo de defesa que herdamos dos nossos ancestrais.



Nos tempos em que a maioria das pessoas precisavam caçar para ter o que comer, os picos de estresse funcionavam como uma espécie de alerta, para deixar o corpo pronto para desafios complexos. O coração acelerava para fornecer mais sangue aos músculos, a respiração ficava mais forte e o organismo, enfim, estava pronto para o confronto. 

Carregamos essa característica em nosso DNA até os dias atuais. E é por isso que, sempre que estamos em alguma situação de ameaça ou medo, sentimos os efeitos do estresse. No entanto, problemas no trabalho, conflitos familiares e trânsito, dificilmente nos permitem extravasar toda essa carga emocional que é naturalmente gerada pelo corpo.

Com isso, o organismo começa a acumular sentimentos ruins e hormônios do estresse. Fator que pode desencadear uma série de problemas e distúrbios mentais, como depressão e ansiedade. Para evitar que isso ocorra, uma das saídas é descarregar o estresse em atividades físicas.

“Quando nos exercitamos, ocorre a liberação de neurotransmissores como a serotonina que, entre outras funções, equilibram o humor. Os exercícios também liberam endorfina, que atua em nosso organismo como um analgésico, aliviando dores e o estresse", explica a educadora física Domitila Crislaine Antas.

O ideal é procurar por algum esporte ou atividade que lhe traga prazer e satisfação. Tente praticar aquilo que você gosta, independente da performance e da intensidade. Isso, por si só, já trata bons benefícios para a saúde mental.

Porém, a professora Domitila também indica algumas modalidades especiais para quem quer se livrar do excesso de estresse, como meditação, yoga e pilates. Ou até mesmo atividades mais intensas: jump, artes marciais e dança.

"As primeiras ajudam a desacelerar a mente do ritmo frenético em que vivemos e as últimas, em especial as artes marciais, promovem a disciplina e o autocontrole. Lembrando que todas têm benefícios, o essencial é sempre mesclar as modalidades para uma eficiência ainda maior", finaliza.

Fonte: Saúde em dia

Link: https://depressão, bom humor, ansiedade, exercícios, endorfina, hormônios do bem estar, alegria, mente saudável, mente positiva, emagrecimento

Nenhum comentário:

Postar um comentário