domingo, 2 de maio de 2021

SPIRULINA - UM SUPLEMENTO PARA AJUDAR NO EMAGRECIMENTO E MUITO MAIS!

 A Spirulina é uma alga que pode ser utilizada como suplemento alimentar indicada como uma excelente fonte de minerais, vitaminas, proteínas e aminoácidos, importantes na dieta vegetariana e durante a prática de exercícios físicos, podendo ser utilizada para emagrecer.

É comercializado sob a forma de comprimidos, suspensão oral ou cápsulas. Existem várias marcas.

Indicações

A spirulina está indicada para o tratamento da obesidade, no controle do colesterol e diabetes, além de ser um poderoso antioxidante e anti-inflamatório, ajudando em tratamentos de doenças como câncer e artrite, sendo um poderoso fortalecedor do sistema imune. 

A spirulina ajuda a emagrecer porque ela aumenta a saciedade devido à sua alta concentração de proteínas e nutrientes, fazendo com que o corpo funcione melhor e a pessoa não tenha vontade de comer doces, por exemplo. Alguns estudos indicam que a spirulina pode melhorar o metabolismo das gorduras e da glicose, reduzindo a gordura acumulada no fígado e protegendo o coração.

A spirulina é um tipo de alga utilizada como suplemento nutricional devido ao fato de ser uma excelente fonte de vitaminas, minerais e antioxidantes, sendo considerada atualmente um super alimento, o que proporciona diversos benefícios para a saúde.

Alguns estudos indicam que a spirulina juntamente com uma alimentação saudável pode favorecer a perda de peso, já que pode funcionar como um inibidor do apetite e controlar a saciedade, pois é rica em fenilalanina, um aminoácido precursor do hormônio colecistoquinina, que determina o nível de saciedade do estômago.

Além disso, a spirulina aparentemente pode ter efeito sobre a leptina, um hormônio que ajuda a diminuir o apetite e a queimar gordura. Dessa forma, sua ação depurativa ajuda a limpar e desintoxicar o organismo, acelerando o metabolismo.

Outros estudos sugerem que a spirulina ajuda a diminuir o tecido adiposo devido à sua capacidade de desacelerar o processo inflamatório que acontece em uma pessoa com síndrome metabólica e, além disso, é responsável por inibir uma enzima que é responsável pela produção de ácidos graxos.

Informações nutricionais

A tabela a seguir indica o valor nutricional da spirulina por cada 100 gramas, as quantidades podem variar dependendo da espécie e do cultivo da planta:


Calorias280 kcalMagnésio270 - 398 mg
Proteína60 a 77 gZinco5,6 - 5,8 mg
Gorduras9 a 15 gManganês2,4 - 3,3 mg
Carboidratos10 a 19 gCobre500 - 1000 µg
Ferro38 - 54 mgVitamina B1256 µg
Cálcio148 - 180 mgPseudovitamina B12*274 µg
β-caroteno0,02 - 230 mgClorofila260 - 1080 mg


É importante observar que a pseudovitamina B12 não pode ser metabolizada no organismo, portanto o seu consumo não aumenta os níveis de vitamina B12 no sangue, sendo importante que as pessoas veganas ou vegetarianas levem isso em consideração.

Como usar

A Spirulina está disponível em forma de pó e em cápsulas, podendo ser ingerida com um pouco de água ou adicionadas aos alimentos, como sucos e vitaminas. Em geral, recomenda-se o uso de 1 a 8 g por dia, variando de acordo com o objetivo almejado:

  • Ajudar no controle do colesterol: 1 a 8 g por dia;
  • Melhorar a performance muscular: 2 a 7,5 g por dia;
  • Ajudar no controle da glicemia: 2g por dia;
  • Ajudar no controle da pressão: 3,5 a 4,5 g por dia;
  • Ajudar no tratamento para gordura no fígado: 4,5 g por dia.
  • Como suplemento: 1 g por dia;
  • Para baixar o peso: 2 a 3 g por dia;

A spirulina deve ser tomada de acordo com a orientação do médico ou do nutricionista, podendo ser consumida em uma dose única ou fracionada em 2 ou 3 doses aos longo do dia.

Efeitos colaterais

O consumo da Spirulina pode causar enjoo, vômitos ou diarreia.

Contra-indicações

A Spirulina não deve ser utilizada durante a gravidez, lactação, crianças, nem por fenilcetonúricos. Além disso, ela pode causar reações alérgicas em algumas pessoas, mas essa complicação é rara.

Gostou deste suplemento incrível?

Comente aqui.


Fonte: Tua Saúde

Link: https:// suplemento, spirulina, emagrecimento, esteatose hepática, diabetes, gordura no fígado, proteína, veganos, vegetarianos, obesidade, colesterol, suplemento alimentar

Nenhum comentário:

Postar um comentário