domingo, 16 de maio de 2021

DICAS COMPORTAMENTAIS PARA CONTROLAR O PESO NA PANDEMIA

ESTÁ COM DIFICULDADE DE PERDER PESO NA PANDEMIA? NÃO SABE O QUE FAZER?

SEGUEM ALGUMAS DICAS PODEROSAS PARA VOCÊS!




 1. Faça treino de força 

Após a quinta década de vida, perdemos entre 1% e 2% da massa muscular por ano, mas alguns fatores aceleram o fenômeno. Sedentarismo, baixo consumo de proteínas, doenças crônicas, por exemplo. Se você passou a vida fugindo da musculação (como eu), agora é hora de chamar os halteres de seus melhores amigos. A gente precisa da massa magra para queimar mais calorias (portanto, músculos ajudam a manter a gordura longe). Musculação é, sem dúvida, nosso principal aliado. Com a pandemia, o acesso à academia está mais complicado, mas procure manter os exercícios com pesos. E caminhar, não ajuda? Sim, mas ela não substitui a musculação. Como complemento ao treino de força, pela saúde cardiovascular, faça pelo menos 150 minutos de atividade aeróbia moderada (como caminhada rápida) por semana, ou 75 minutes se fizer atividade intensa (corrida, pedalada, por exemplo). Para emagrecer, dobre esse número para pelo menos 300 minutos (uma hora por dia, cinco dias por semana, por exemplo) para ajudar a "queimar" mais calorias.... - 

2. Controle a quantidade de comida

 A gente se habitua com uma certa quantidade de comida no prato desde cedo. Mas o fato é que, se continuarmos comendo como aos 20 ou 30 anos quando temos 50, vamos engordar porque o metabolismo diminui, e o excedente calórico será acumulado como gordura. E mesmo aquela famosa regra de comer de 3 em 3 horas não deve ser seguida por todos segundo o médico (a menos que você faça trabalho braçal). Ele recomenda comer de duas a três vezes ao dia. E prestar atenção na quantidade correta de proteínas (consulte um nutricionista para fazer esse cálculo adequado ao seu perfil, mas em geral o cálculo vai de 1 a 2,4g de proteína por quilo de peso, dependendo de seu nível de atividade física).

3. Administre o stress e a ansiedade 

Quem não está estressado com a pandemia? E nessa fase dos 45 a 60 anos, muitos de nós estamos tendo que cuidar de nossos filhos e pais ao mesmo tempo, além de administrar o trabalho. "O acúmulo de papéis faz com que a gente tenha menos tempo para se cuidar ", diz Sella. Além disso, stress aumenta o cortisol, homônio que aumenta nossa fome. Por isso quando estamos ansiosos e estressados sentimos aquele desejo de comer coisas calóricas. Não temos como controlar a pandemia, mas é preciso dedicar um tempo a atividades que trazem relaxamento. Yoga e exercícios de respiração são excelentes aliados.

4. Controle o consumo de álcool O consumo de álcool também aumentou no Brasil na pandemia (14%, segundo pesquisa Ipsos). Se você está entre os que aumentaram a dose também, vale repensar e reduzir o consumo (o ideal, para emagrecer, é cortar o álcool). Já falei por aqui dos danos que o álcool provoca no nosso corpo após os 40. Motivos não faltam, e as calorias extra dos drinks são tudo que você não precisa se estiver tentando controlar o peso.

5. Faça um checkup hormonal 

Segundo Sella, ao envelhecer é comum que a gente desenvolva dois problemas: distúrbios na tireóide (justamente glândula que estimula o metabolismo) e diminuição da nossa sensibilidade à insulina. A insulina é responsável por levar a glicose que temos no sangue para dar energia às células. Insulina em alta (que o pâncreas libera em excesso justamente porque estamos menos sensível à ela) acaba provocando mais armazenamento de gordura. Essas questões precisam ser avaliadas pelo médico. Ele deve solicitar um exame de dosagem de glicose e de insulina em jejum no sangue. Se for caso, medicamentos podem ser usados para administrar essas duas condições.

Fonte: Viva Bem

Link: https:// terapia comportamental, nutrição comportamental, emagrecimento, hormônios, estresse, ansiedade, pandemia, danos que o álcool provoca no nosso corpo após os 40, e exercícios de respiração, qualidade de vida, envelhecimento

Nenhum comentário:

Postar um comentário