terça-feira, 31 de março de 2020

Nutrição x Imunidade- Live hoje às 14:00

Olá amigos, pacientes e seguidores,

Tenho o prazer de convidar vocês para assistirem uma live hoje no Instagram, no qual fui convidada para falar sobre o tema Nutrição x Imunidade. Vou dar dicas bem interessantes!
Não percam esta oportunidade.
O Instagram será:@cristinafariaterapeuta às 14:00. Quem não puder assistir neste horário, ela fica por 24:00 neste canal.

Espero vocês por lá!



Patrícia Brigagão Mendes
Nutricionista

#coronavírus#quarentena#live#nutrição#imunidade#alimentaçãosaudável

5 dicas para controlar seu peso na Quarentena!

Estar em casa, de quarentena, significa uma proximidade perigosa com a geladeira e com o sofá. Quero ajudá-lo, não só a evitar um aumento de peso, como também a aproveitar este momento difícil para perder aquelas 'gordurinhas' chatas da barriga, que teimam em não desaparecer. 
Em casa, as tentações são muitas...
Assim, apresentamos-lhe cinco dicas:
  1. Anote tudo o que come: é uma boa estratégia para emagrecer, pois aumenta a consciência daquilo que come e, dessa forma, consegue identificar erros e melhorar hábitos. 
  2. Pratique algum exercício: pela sua saúde física e mental. Existem muitos treinos disponíveis online para experimentar em casa. 
  3. Beba mais água ao longo do dia: tenha sempre uma garrafa por perto. Beber água irá ajudar a diminuir a fome e a controlar a retenção de líquidos, promovendo o emagrecimento. Chás também são uma boa opção. 
  4. Obrigue-se a comer devagar: quem tem o hábito de comer rápido não percebe os sinais de saciedade dados pelo corpo.
  5. Faça as refeições num prato pequeno: coma em pratos menores de forma a reduzir o tamanho das porções.
  6. Fonte: Lifestyle
  7. Link: https:// manter o peso, dieta, barriga chapada, hidratação, emagrecimento, exercícios,quarentena,coronavírus

domingo, 29 de março de 2020

Ovo de Páscoa caseiro Light

Em tempos de quarentena temos que inventar alguma forma de comemorar a Páscoa de uma forma fácil, barata, light e divertida.
Faça coma família ovos gostosos e caseiros. Segue uma receita p vocês!

Ovo de Páscoa Light

Recheio

    1. 1.
      Para trabalhar com o chocolate nobre é fundamental a temperagem, que nada mais é que um choque térmico que damos no chocolate, fazendo com que ele cristalize de forma correta, fique brilhoso depois de endurecer e não derreta com facilidade nos dedos. Esse processo é trabalhoso, mas é muito importante.
    2. 2.
      Se você não fizer a temperagem seu chocolate vai ficar sem brilho, manchado, e só de tocar vai 
      1. marcar suas digitais, além de não se manter firme fora da geladeira.
      2. 3.
        Confira agora como fazer esse processo corretamente:
      3. 4.
        Pique o chocolate em parte iguais para que derreta de forma uniforme. Mas separe 1/3 do chocolate para a temperarem.
      4. 5.
        Leve para o micro-ondas por 30 segundos e misture. Se for necessário coloque mais 30 segundos e misture bem até ficar tudo derretido.
      5. 6.
        Assim que seu chocolate estiver derretido, junte o 1/3 de chocolate que você reservou (pique bem, assim eles vão derreter mais rapidamente).
      6. 7.
        Misture até que todo o chocolate tenha sido derretido e a temperatura tenha baixado.
      7. 8.
        Para testar a temperatura, basta colocar um pouco de chocolate nos lábio inferior e se ele estiver frio seu chocolate esta no ponto ideal.
      8. 9.
        Passe o chocolate para a forma de 350gr e leve para a geladeira até endurecer.

      Recheio

      1. 1.
        Dissolva o mousse de chocolate em 150 ml de leite desnatado gelado. Coloque na batedeira e bata.
      2. 2.
        Adicione a gelatina dissolvida em 150 ml de leite desnatado e continue batendo.
      3. 3.
        Em outro recipiente bata as claras em neve e junte os dois. Coloque dentro do ovo que acabou de ser preparado e leve à geladeira.
      4. Fonte: Cybercook

sexta-feira, 27 de março de 2020

Como conservar os alimentos, vc sabe?

IMPORTÂNCIA DE MANTER A TEMPERATURA DOS ALIMENTOS



É de extrema importância conservar os produtos em suas devidas temperaturas🌡, não para durarem mais, nas suas casas🏘, mas falando em habito industrial🏭, as recomendações da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), é para que não implique em nenhum dano para as pessoas que irão consumir.
O ideal é que se verifique a temperatura🌡 dos equipamentos 3 vezes ao dia, fazendo anotação em uma planilha💻, assim, caso o equipamento não esteja funcionando da melhor maneira possível, logo é identificado.
Por isso as recomendações de alguns alimentos🍱 são:
* Leite e derivados🧀 - 7ºC - por 5 dias;
* Carnes🍖 - 4ºC - por 3 dias
* Frutas🍉🍇🍎, verduras🥗 e legumes🥦🥬🥒 higienizados - 5ºC - por 3 dias
* Maioneses - 4ºC- por 2 dias
* Alimentos pós cocção, menos pescados - 2ºC - 3 dias
* Pescados 🍤- 2ºC - 1 dia
Gostaram das dicas? 

👉Segue o link para você adquirir está aula poderosa:
AULA SOBRE TREINAMENTO DE EQUIPE DE COZINHA http://bit.ly/treinamentodeequipe


Patrícia Mendes
Nutricionista

#nutrição#gastronomia#nutricionistadeprodução#UAN#manualdeboaspráticas#creche#cantina#restaurante#gastonomia

terça-feira, 24 de março de 2020

Cuidados importantes ao pedir comida em casa nesta época de quarentena!

Se você vai pedir comida por delivery, fique atento às recomendações do Dr. Bactéria
O novo coronavírus trouxe algumas modificações na nossa rotina. Diversas empresas optaram pelo home office, as faculdades públicas e privadas suspenderam suas aulas presenciais, shoppings e outros estabelecimentos também estão encerrando as atividades nos próximos dias. O isolamento – proposto como principal medida preventiva – está fazendo com que muitas pessoas também deixem de ir às ruas para comer ou fazer compras no supermercados lotados.
Uma alternativa rápida e prática para essa medida são os aplicativos de comida. Logo você pode imaginar, os pedidos de comida por delivery começaram a aumentar nos últimos dias. Aliás, alguns restaurantes encerraram as atividades para o público e estão recebendo pedidos apenas por aplicativos de delivery. 

No entanto, essa prática – que pouco antes da pandemia era feita sem nenhum tipo de preocupação – trouxe algumas dúvidas para quem utiliza o serviço e está em quarentena no conforto do lar. Será que pedir comida por delivery é uma atitude que traz pouco risco a nossa saúde? 
Afim de esclarecer melhor sobre esse assunto, conversamos com o biomédico Roberto Figueiredo, o Dr. Bactéria, nos explicou quais são os cuidados que devemos ter quando o assunto é comida por delivery em tempos de pandemia.
O biomédico afirma que é preferível no momento evitar os restaurantes e lanchonetes para não se ter contato direto com outras pessoas (garçons, manobristas, gerentes, caixas, etc). É interessante fazer o uso do delivery, mas claro, com algumas restrições de contato direto. “Nunca esquecer que após retirar a comida e pagar, passar o álcool em gel nas mãos ou lavar as mãos e aí depois fazer todo o processo de desinfecção da embalagem.”

As embalagens podem ser contaminadas?

A maioria das embalagens de comida por delivery é feita de plástico ou papelão. Segundo o Dr. Bactéria, já se sabe que materiais como o papelão podem abrigar o vírus em superfície por até 24 horas. “Vamos supor que alguém que esteja infectado espirre ou tussa sobre a embalagem, o vírus ficará viável ali por 24 horas. Mas, para se ter contagio é preciso que a pessoa pegue na embalagem contaminada em no máximo 2 horas e depois toque no rosto, na boca, nariz, olhos. Aí podemos falar em um risco de contágio”, afirma.

Devemos higienizar as embalagens?

Segundo o Dr. Ricardo, sim! Esse é um processo fundamental quanto aos cuidados com a nossa saúde. “Elas – as embalagens – vem com algum tipo de papelão ou material de proteção térmica e podem conter o vírus viável na superfície. Mas as embalagens como a sacola você pode descartar normalmente”, explica o biomédico.
“A higienização a base de cloro é espetacular. Para as embalagens que você irá manusear por mais tempo, basta fazer a solução de 2 colheres (sopa) de água sanitária por litro de água. Pegue um pano limpo e passe nas embalagens por fora. Em questão de 1 minuto você eliminaria a possibilidade de se ter esse vírus”, indica o Dr. Bactéria.
Se você estiver pensando em dispor a comida no prato ao invés de consumir na própria embalagem para evitar comunicação, o biomédico afirma: “Se tratando de risco, você já está manipulando a embalagem. Então tanto faz você deixar nesse embalagem ou colocar em um prato. O importante é depois de você higienizar essas embalagens com água sanitária, passar álcool em gel nas mãos. Se for colocar no prato, segue a mesma recomendação após o manuseio”.

E quanto aos alimentos, há risco?

Os alimentos como carne, de origem animal e hortaliças podem ser suscetíveis ao vírus, de acordo com a sua manipulação. É por isso que elas devem ser tratadas corretamente, tanto no preparo de comidas por delivery, quanto em casa. No entanto, o Dr. Bactéria reforça que “os pratos quentes, mantidos em uma temperatura acima de 60°C, não tem perigo nenhum. O próprio aquecimento no qual ele é feito não possibilita uma reprodução do vírus seja em qualquer temperatura”.

Quais cuidados gerais devemos ter com a comida?

O Dr. Ricardo enfatiza alguns cuidados que devemos ter com o manuseio de comidas. Caso tenha sobrado comida e você queira guardar para mais tarde, o biomédico indica que não se pode deixar as sobras em temperatura ambiente por mais de 2 horas. “Deve-se levar as sobras descobertas à geladeira e somente após duas horas de refrigeração você pode cobri-las, isso para evitar qualquer tipo de contaminação alimentar, não só coronavírus”.
© Guia da Cozinha comida por delivery
Com o alimento mantido em refrigeração inferior a 4°C, sua duração é de 3 a 5 dias. Caso o alimento esteja refrigerado e você quiser aquecê-lo, a recomendação do Dr. Bactéria é que ele seja aquecido numa temperatura de pelo menos 77°C. “O ideal é não manter o alimento numa temperatura de risco, ou seja, de 5°C a 60°C em um período superior a 2 horas”, afirma.
Vemos que a comida por delivery não é uma opção arriscada. Ao tomar todos esses cuidados você garante a sua saúde e evita quaisquer tipos de contaminação. A recomendação agora, segundo o biomédico, é de evitar o contato direto de pessoa para pessoa.
Fonte:MSN

sábado, 21 de março de 2020

O que e como estocar alimentos nesta quarentena?

Separamos algumas dicas de como estocar alimentos a fim de evitar idas desnecessárias ao supermercado
Na última quarta-feira, 12, o Ministério da Saúde aconselhou o isolamento social ou a quarentena para os brasileiros que apresentam sintomas do novo coronavírus – são eles tosse, dificuldade de respiração e febre. E a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda toda a população evitar ambientes aglomerados. As medidas foram tomadas com o objetivo de frear a dispersão do vírus covid-19.
Não há nenhuma orientação vinda dos órgãos da saúde para estocar alimentos e produtos de limpeza, como papel higiênico, em casa. No entanto, supermercados e feiras de rua deverão ser evitadas, principalmente em horários de picos. Quanto menos exposição ao vírus, melhor!
Se você está preocupado em como se alimentar nesses dias sem ter que ir às compras com tanta frequência, fique tranquilo que separamos algumas dicas de como se programar e quais alimentos guardar, sem que haja racionamento de produtos.

  • Programe suas refeições
A ideia aqui é fugir dos alimentos ultraprocessados e do junk food durante os 14 dias de quarentena e aumentar a imunidade por meio da alimentação. Por isso, planeje as suas refeições para esses dias. Se puder, divida esse planejamento em 2 semanas.
Um alimento pode se desdobrar em diversas refeições como sopas, acompanhamentos e pratos principais. Por exemplo, uma berinjela pode virar uma caponata, uma salada ou mesmo uma sopa.
  • Congele alimentos
Recorrer ao freezer é uma ótima opção para preparar refeições saudáveis! A ideia aqui não é escolher as lasanhas ou hambúrgueres industrializados, mas sim congelar legumes ou frutas in natura ou refogados e sem temperos para acrescentá-los em suas refeições, sucos ou smoothies.
Além de te ajudar a evitar mercados ou feiras durante a quarentena, congelar alimentos pode te ajudar a preparar um prato muito mais rápido. Basta juntar o restante dos ingredientes e terminar a receita, agilizando assim sua vida e economizando tempo. Isso também serve para aqueles que estão fazendo home office.
Que tal congelar aqueles alimentos que aumentam a imunidade e deixar seu cardápio mais rico?

Quais alimentos ter em casa?

Não é hora de ter pânico e estocar alimentos e produtos em casa. As dias aqui são para facilitar a vida de quem vai ficar de quarentena ou isolamento social, ou quem deseja evitar aglomerações em meio à pandemia de covid-19.
Para isso. escolha alimentos não perecíveis, como o arroz e o feijão, além de frutas e legumes congelados. Confira!
1- Carnes
Congele carnes em quantidades pequenas ou individuais em vasilhames ou sacos plásticos herméticos acelera o processo de descongelamento e facilita no preparo. Retire-os do freezer apenas quando for consumi-los.
2- Frutas 
Para congelar frutas, basta colocá-las inteiras ou cortadas em pedaços, descascadas e sem os caroços. Assim fica mais fácil coloca-las em alguma sobremesa, suco ou smoothies. Aposte nas frutas da estação para economizar e ter maior durabilidade.
3- Legumes 
Você pode optar por comprar e congelar corretamente os legumes ou comprá-los já congelados, como as seletas, o brócolis e a ervilha. Esses alimentos podem ser usados em diversas refeições ao longo dos dias de quarentena.
4- Oleaginosas e Cereais
Esses alimentos possuem maior durabilidade e o prazo de vencimento mais longo. Além de serem ótimo para a saúde. Invista em castanhas, nozes, amêndoas, aveia, arroz, milho, centeio, entre outros.
Fonte: Guia da Cozinha

quinta-feira, 19 de março de 2020

Dicas de saúde para este momento de Quarentena por conta do Coronavírus!

Olá pessoal,

Estamos num momento muito delicado e totalmente atípico, parece que estamos dentro de um filme americano que já vi  vários sobre estas pandemias! É difícil de acreditar no que estamos vivendo!

Enfim, já tive momentos de ansiedade e pânico!

Resultado de imagem para pãnico


Então utilizei uma técnica de respiração para me acalmar, fiquei pensando em coisas boas e comecei a pensar como passar por este momento de uma forma mais tranquila ( dentro do possível)!
Sou uma pessoa de alto astral e tenho sempre pensamentos positivos, portanto , pensei: "  O que posso fazer para ajudar as pessoas, pacientes, amigos e minha família"?

Resultado de imagem para respiração diafragmática

Aqui vão algumas sugestões que já comecei a fazer comigo e minha família!

1) Coloque música alegre na sua casa para ficar tocando ao longo do dia. Parece besteira mas isto eleva o astral!
2) Aproveite alguns momentos e dance, isto produz hormônio do bem estar, trará alegria interior, pode acreditar! Já estou fazendo, até porque adoro dançar!Além de queimar calorias que ajuda no controle de peso e  porque precisamos para melhorar a circulação sanguínea.O corpo não pode ficar parado, então, mexa-se!
3) Se você tem um instrumento em casa, toque algumas vezes ao longo do dia, cante se gostar, isto também ajuda a passar o tempo, distrai e  é muito bom para o humor!
4) Procure ocupar seu tempo para ler, estudar, pesquisar, fazer trabalhos manuais, fazer cursos on line, este é um momento que pode aproveitar para aprender e pesquisar pois muitas vezes falta tempo para isto, então aproveite!
5) Se tiver uma varanda, fique um pouco no sol todos os dias em que ele aparecer. O sol traz energias boas além da vitamina D que ajuda na imunidade.
6) Se você gostar de cozinhar, aproveite o tempo para fazer receitas novas ou criar receitas.
7) Joque jogos interativos, cartas ou outros que tiver em casa com a família, assim vão ficar juntos e irão se distrair. às vezes , no dia a dia , não temos tempo para isto, então aproveite esta chance de se aproximar de seus familiares!
8) Procure fazer uma alimentação saudável, dentro do possível, pois isto interfere diretamente no estado de saúde de seu organismo. Não quer dizer que não pegará este vírus, mas se tiver com a saúde boa, as chances de complicar são menores!
9) Se gostar de exercícios, veja no Instagran aulas e dicas de vários profissionais da área ou baixe aplicativos de exercícios, Pratique estas aulas, mesmo que seja por alguns minutos, isto já vai te ajudar.
10) Se gostar de meditar, aproveite a chance!
11) Tenha fé e gratidão, reze todos os dias! Isto também vai trazer uma paz interior.
12) Não deixe de tomar seus remédios, caso tome! Cuide de sua saúde!
13) Mantenha a higiene na casa, lave as roupas com frequência, lave sempre e muitas vezes suas mãos.
14)NÃO SAIA DE CASA, só em emergência!

 Espero ter ajudado você! SE gostou do post, comente! E dê suas ideas para ajudar outras pessoas.

Neste momento, não estarei atendendo de forma presencial mas quem quiser poderei atender on line. Entre em contato por email ( patbrigagao@gmail.com) ou pelo zap ( 21-998444298).

Patrícia Brigagão Mendes
Nutricionista

Siga minhas redes socias:
Instagran: patriciamendesnutricionista e Nuttryeduca_
Facebook:Nuttrisaude
Youtube: Nuttryeduca



Coronavírus pode infectar uma apessoa duas vezes?

Depois de ser diagnosticado com covid-19 em fevereiro, passar dias internado em um hospital de Tóquio e se recuperar, um homem japonês de cerca de 70 anos finalmente retornou à vida normal — usando transporte público, por exemplo.
Mas, depois de alguns dias de alta, veio uma febre.
O idoso voltou ao hospital e, para a surpresa dele e dos médicos, fez um novo teste para o coronavírus que deu positivo.
O caso, reportado pela NHK, empresa pública de comunicação, alertou cientistas porque, até agora, muitos acreditavam que uma pessoa não podia ser infectada com covid-19 duas vezes — pelo menos a curto prazo.

Alguns países, como o Reino Unido, chegaram a basear sua estratégia inicial de combate à pandemia no princípio da "imunidade do rebanho" — que considera um cenário em que grande parte da população se tornaria imune após contrair a doença.
Mas, com o surgimento de casos como o do homem japonês, esse princípio foi posto em dúvida.
Agora, a comunidade científica busca responder à pergunta: quão verdadeira é a possibilidade de que o corpo gere imunidade depois de contrair a doença?

Nova infecção ou recuperação do vírus?

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) disse à BBC News Mundo (serviço em espanhol da BBC) que "como se trata de um novo vírus, e sobre o qual ainda aprendemos mais todos os dias, no momento, não podemos dizer com certeza absoluta que uma pessoa infectada com o vírus não pode se infectar novamente."
Uma opinião semelhante é defendida pelo virologista espanhol Luis Enjuanes, que afirma haver "uma porcentagem de pacientes, de pelo menos 14%, que, depois de terem testado negativo, retornaram ao positivo".
No entanto, em conversa com a BBC News Mundo, o pesquisador do Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC), a principal instituição de pesquisas científicas da Espanha, disse que esses casos podem estar ligados a uma "recuperação" do vírus, em vez de uma nova infecção.
"Minha explicação, entre várias possíveis, é que, em geral, esse coronavírus imuniza a população, mas talvez a resposta imune (do corpo) não seja muito forte."
"Então, quando essa resposta imunológica diminui, o vírus, que fica em algum reservatório do corpo, reaparece", explica ele.
Para entender melhor a hipótese de Enjuanes — que é um dos virologistas que mais estudou a covid-19 na Espanha —, é importante saber que existem vírus que permanecem no corpo por três meses ou mais.
"O padrão é que uma pessoa infectada teria de se tornar 0 positiva, ou seja, gerar imunidade. E que, com a imunidade, o vírus não deveria ressurgir, mas o agente infeccioso pode ficar em tecidos especiais — que não estão tão expostos à defesa (pelo organismo) como outros órgãos", explica.

Vários tipos de imunidade

A extensão da imunidade varia de acordo com cada doença.
Para o sarampo, por exemplo, basta uma vacinação quando criança para se ter imunidade por toda a vida.
No entanto, existem outros vírus para os quais as vacinas não são tão eficazes. Portanto, é preciso aplicar doses com uma certa periodicidade.
E há outros casos em que, à medida que o vírus sofre mutações, novas vacinas devem ser aplicadas todos os anos — a para gripe é uma delas.
Especialista neste tipo de doença, o pesquisador Isidoro Martínez estranhou a velocidade da reinfecção no caso do paciente japonês e de outros.
"O que normalmente acontece é que, sem a imunidade duradoura, dentro de um ou dois anos, em novas epidemias, você será infectado novamente. Isso é normal", disse Martínez à BBC News Mundo.
"Mas é raro uma pessoa ser reinfectada com o mesmo vírus logo após ser curada. Além disso, devemos ter em mente que, até onde sabemos, esse coronavírus não muda tanto quanto o vírus influenza (da gripe)", acrescenta.
Dessa forma, Martínez se inclina para uma hipótese semelhante à de Luis Enjuanes.
"Possivelmente, o que está acontecendo no caso da covid-19 é que as pessoas que testam positivo depois de um resultado negativo são vítimas de um retorno temporário da infecção, até que seja definitivamente eliminada", diz ele.
No entanto, o cientista destaca que ainda há muito que estudar sobre a covid-19 e que não há certeza de que uma segunda infecção realmente seja improvável.
São respostas pendentes que poderão ser chave no planejamento de políticas de saúde contra um vírus que está afetando o mundo inteiro.
Fonte:MSNLink: https:// coronavírus, imunidade,covid-19

segunda-feira, 16 de março de 2020

Treinamento de equipes que trabalham com alimentos!



OLÁ!
Convido você que trabalha com alimentação para assistir do dia 16/03 a 27/03, lives diárias , as 21:00 no Instagram Nuttryeduca_ sobre vários temas que vão ajudar você alavancar seu negócio com muitas informações importantes sobre custo, treinamentos, dicas de higiene, etc.
Hoje , o tema será sobre : Treinamento de equipes.
É de suma importância fazer treinamentos com os seus colaboradores👥, diria ainda, para quem trabalha em cozinha tem que ser diário. Óbvio que não estamos falando de todo dia um treinamento de 1 hora e sim de 5-10 minutos com os principais pontos da pessoa🧍‍♀ ou pessoas👫, uma coisa mais pontual.
Mas afinal porque fazer tantos treinamentos??
Simplesmente para alinhar o propósito da empresa com os colaboradores, seja um padrão de um prato 🥘 , uma limpeza 🧹 ou até mesmo um desenvolvimento de habilidades.
Muitas empresas já entenderam que treinamento é um investimento e não uma perda de tempo ou dinheiro💶💸.
Esperamos você lá!

#treinamentonutricional
#treinamento
#nuttreduca
#sucessonacarreira
#sucessonaempresa
#nutricionista#UAN#restaurante#comida#alimentação#gastronomia#cantina#escola#espaçodevidasaudável