sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Dicas de como melhorar seus hábitos alimentares à noite

Resultado de imagem para salada

1. Comece pela salada
Uma salada leve antes de jantar vai te dar maior sensação de saciedade, fazendo com que você coma menos à noite. Uma pesquisa recente aponta que começar uma refeição com a salada pode ajudar a diminuir as calorias ingeridas em até 12%.
Além disso, uma salada de folhas e vegetais te oferece as fibras necessárias para uma boa digestão, além de dar maior sensação de saciedade.
2. Invista em proteínas magras
Além de promover maior saciedade, as proteínas também ajudam na digestão. Para o jantar, prefira proteínas sem muita gordura, como peito de frango grelhado, alguns tipos de peixe, lentilha, grão de bico, ervilha, quinoa, espinafre, brócolis, cogumelos, entre outros.
Além disso, laticínios baixos em gordura também podem ser uma boa pedida. Uma pesquisa publicada no Journal of Nutrition descobriu que proteína derivada de laticínios podem ajudar a evitar o ganho de peso e ajuda a criar massa muscular.
3. Prefira grãos integrais
Os grãos integrais são os mais saudáveis e recomendados para quem quer perder peso. Arroz e pães integrais, quinoa, linhaça, chia e outros alimentos integrais podem ajudar não só a evitar o ganho de peso, mas também a melhorar a sua saúde como um todo.
Uma pesquisa comparou pessoas que só comiam grãos refinados com quem se alimentava apenas com grãos integrais e os resultados foram surpreendentes. Durante os três meses de estudos, as pessoas que só comiam grãos integrais conseguiram queimar muito mais gordura abdominal que o outro grupo. Além de maiores quantidades de fibras, os integrais são ricos em magnésio, mineral que ajuda a regular o metabolismo, queimando mais gorduras.
4. Um docinho não faz mal
Esta é uma boa notícia para os doceiros de plantão. Um estudo recente da National Academy of Sciences apontou que banir completamente os doces de uma dieta pode fazer com que as pessoas comam em excesso.
Uma das razões para isso acontecer é que evitar completamente os doces pode estimular a produção de um hormônio liberador de corticotrofina no cérebro, uma molécula que só é produzida quando você está ansioso, estressado ou com medo.
Em momentos de estresse, seu corpo pode te boicotar e não te dar a motivação necessária para comer comidas mais saudáveis. Por isso, quantidades baixas de sobremesas estão liberadas. Invista em doces saudáveis e com poucas calorias.
5. Evite alguns alimentos
Alimentos gordurosos, além de prejudicarem uma dieta, são mais difíceis de serem digeridos pelo nosso organismo. Por isso, comer carnes gordurosas, leite, chocolate e pizza no jantar engorda.
Deixe para comer carboidratos em outro momento, já que à noite eles podem fazer com que o seu nível de açúcar oscile muito, podendo dar até mais fome. À noite, não coma: pão, arroz, macarrão, batatas ou outros alimentos ricos em carboidratos.
Comidas apimentadas também são de difícil digestão. Apesar de ajudarem na termogênese, colaborando para o aceleramento do metabolismo e consequentemente a perda de peso, estes alimentos serão mais benéficos se consumidos durante o dia.

Conclusão

“Tome café da manhã como um rei, almoce como um príncipe e jante como um mendigo”. Esta expressão é um pouco exagerada, mas define razoavelmente bem como devem ser nossos hábitos alimentares. Um café da manhã forte é garantia de que teremos muita energia durante o dia inteiro, enquanto um almoço também forte pode nos beneficiar muito. Durante a noite, comidas leves e sem carboidratos e gorduras são o ideal para não engordar.
Fonte: Mundo Boa Forma


    Nhoque de Abóbora ( sem glúten e sem lactose)

    Ingredientes 

    • 300g de abóbora cozida
    • 2 colheres (sopa) de azeite
    • 180g de farinha de arroz
    • Sal a gosto
    Molho:
    • 1 colher (sobremesa) de azeite extra virgem
    • 1 dente de alho amassado
    • 250ml de leite de vaca  desnatado e sem lactose
    • 1 colher (chá) de maisena dissolvida em um pouco de leite
    • Sal e noz-moscada a gosto

    Modo de preparo

    Em um processador, bata a abóbora com o azeite até que ela vire uma massa.
    Em uma tigela, coloque a abóbora processada e vá acrescentando, aos poucos, a farinha de arroz.
    Por último, acrescente sal e experimente para ver se está agradável ao paladar.
    Caso queira acrescentar outros temperos, está liberado!
    Depois que a massa estiver bem homogênea, em uma superfície limpa e livre de qualquer resquício de glúten, coloque um pouquinho da farinha de arroz, faça rolinhos e corte em pedacinhos com o auxílio de uma faca.
    Em um panela com água fervendo, coloque os pedacinhos de massa crua e retire-os assim que eles subirem para a superfície da água.
    O ideal é usar uma escumadeira para isso. Coloque a massa cozida em um refratário e reserve.
    Para o molho, em uma panela, aqueça o azeite e doure o alho amassado. Depois, acrescente o leite e deixe ferver.
    Após ferver por alguns minutos, acrescente a maisena dissolvida. Deixe ferver mais um pouco.
    Mexa e caso perceba que não engrossou, acrescente, aos poucos, maisena até dar o ponto do molho.
    Coloque sal e um pouquinho de noz-moscada.
    Jogue o molho branco por cima do nhoque e leve ao forno por alguns minutinhos, só para aquecer.
    Sirva em seguida!
    Viu como é simples preparar um prato delicioso e muito saudável? Conte para gente o que achou dessa receita de nhoque de abóbora sem glúten e lactose nos comentários!
    Fonte: Guia da Cozinha