terça-feira, 30 de julho de 2019

Pão Low Carb simples e fácil!

INGREDIENTES:
  • 1 ovo
  • 2 colheres de sopa de creme de ricota ou requeijão (pode ser light)
  • 1 colher de sobremesa de fermento em pó
  • sal a gosto
pao low carb

COMO FAZER PÃO LOW CARB NA CHAPA:

  1. Primeiro de tudo, em um bowl coloque 1 ovo inteiro e bata com o garfo.
  2. Então junte 2 colheres de sopa de creme de ricota com 1 colher de sobremesa de fermento em pó. Tempere com uma pitada de sal a gosto. Misture com o garfo até obter uma mistura homogênea.
  3. Logo depois pincele um pirex com um fio de azeite ou manteiga. Untar tem o objetivo de facilitar o desenforme.
  4. Então  verta a mistura e leve ao micro ondas em potência alta por 2 a 3 minutos dependendo da potência do seu aparelho.
  5. A mistura cresce no micro ondas, parece que vai transbordar, mas não. Está tudo certo, logo ela abaixa.
  6. Com o pãozinho já  pronto, é hora de leva-lo a chapa ou frigideira.
  7. Finalmente, em uma frigideira coloque uma colher de chá de manteiga.
  8. Espere a manteiga começar a derreter e em seguida coloque o pão low carb na chapa.
  9. Então deixe 2 minutos de cada lado e sirva a seguir com creme de ricota.  Nessa hora também dá para rechear com queijo e presunto e fazer um misto low carb delicioso!
  10. Bom Apetite e bom Café da manha sem culpa!
  11. Fonte:
  12. Monte e Encanta

Alimentos que causam gases!

De volta de férias!
Agora volto a postar mais artigos interessantes para vocês!

Muitas pessoas sofrem com problemas de gases frequentes.
Alguns alimentos provocam este mal estar, mas um tipo que causa muito isto é o consumo em excesso de carboidratos, principalmente doces!

Vejam os outros alimentos:


Feijões e tubérculos

Entram nessa categoria a batata-doce e rabanete, por exemplo. São alimentos muito bons para a saúde e que, por isso, não devem ser evitados, mas sim consumidos em menor quantidade por serem ricos em fibras e aminoácidos com grande poder de fermentação.

Vegetais

Seriam eles: brócolis, couve-flor, repolho, couve de bruxelas, cebola, cogumelos, alcachofras e aspargos. Da mesma forma que os feijões e tubérculos, alguns vegetais são muito ricos em fibras e aminoácidos e consumidos em grande quantidade causam muita fermentação. O ideal é consumir uma quantidade equilibrada, sem cortar da dieta.

Frutas e sucos

Entram na lista: pera, maçã, pêssegos. Por carregarem uma dose super concentrada de açúcar, elas também aumentam a ação bactérias que naturalmente vivem no cólon. São elas as responsáveis pelo trabalho de fermentação do açúcar e da fibra que não foi digerida no intestino delgado, ação que acaba produzindo gases.
Toda vez que você optar por lanchar frutas doces, como as desidratadas, certifique-se de consumir quantidade de água extra para manter os intestinos em movimento e ajudar a eliminar o inchaço.

Grãos integrais

Todos os alimento provenientes dos açúcares e outros subprodutos da fermentação, como a cerveja e o pão, podem favorecer a produção de gases. Quando se consome alimentos muito açucarados, as bactérias da flora intestinal tendem a produzir muitos gases como resultado da fermentação do açúcar.

Refrigerantes

A principal razão do consumo de refrigerante provocar gases está no fato dele conter uma grande quantidade de gás carbônico em sua composição. Assim, quando ingerimos a bebida, o organismo imediatamente inicia um trabalho para tentar eliminar esse composto químico. A frutose presente nos refrigerantes também favorece a formação de gases – pois quando digerida pelas bactérias do intestino forma-se uma grande quantidade de gás.

Leite e derivados

A reação de sensibilidade ocorre quando o seu corpo sente dificuldade para digerir a lactose, o açúcar encontrado na maioria dos produtos à base de leite. Os sintomas da intolerância à lactose, por exemplo, incluem diarreia, cólicas e flatulência, mas nem todas as pessoas têm quadros tão agudos. Se você costuma apresentar sensação de abdômen inchado até duas horas após a ingestão de laticínios, a intolerância à lactose pode ser a causa.

Produtos à base de polióis (maltitol, sorbitol, xilitol)

Alguns substitutos do açúcar, como sorbitol, manitol, o xilitol ou lacitol, são fermentados pelas bactérias no intestino. Esse álcool causa muitos gases no estômago e, consequentemente, inchaço.
Ainda é possível que seu organismo esteja inchado e produzindo muitos gases pelo alto consumo de fibras e a pouca ingestão de água. O ideal é que seja consumido o mínimo de dois litros de água por dia, principalmente quando sentir desconforto abdominal. Isto porque a água ativa os movimentos peristálticos, ajudando na liberação dos gases.
Além da alimentação, o inchaço e os gases podem ser causados por outros fatores conforme o organismo e a saúde da pessoa. Portanto o ideal é que haja uma consulta com profissionais caso sinta que algo está fora da normalidade.
Fonte: MSN