sábado, 31 de agosto de 2019

Manteiga de amendoim, é bom?

Quais são de fato os benefícios da manteiga de amendoim para a saúde?

De acordo com a nutricionista,, o amendoim é rico nas chamadas gorduras "boas", que têm  uma forte relação com a qualidade de vida, especialmente as gorduras insaturadas, ômega 3 e ômega 9, conhecidas pelo alto poder anti inflamatório. A manteiga de amendoim é também rica em vitaminas, minerais e nutrientes funcionais. "Com essa combinação de nutrientes, o consumo equilibrado da manteiga de amendoim auxilia na redução do LDL, o colesterol ruim", explica a especialista .
Vá com calma
 Alerta para a importância do consumo moderado do produto: "Estamos falando de uma fonte de gorduras, então, pequenas porções já apresentam um valor calórico considerável". Ainda de acordo com ela, a quantidade a ser consumida deve levar em conta as necessidades e atividades diárias de cada pessoa, por isso é importante acrescentar a manteiga de amendoim ao cardápio com a ajuda de um especialista.
A gordura presente nesse alimento é fonte de energia para qualquer fase de vida, incluindo a infância, segundo a nutricionista. Mas, antes de se apaixonar pelo pote da iguaria e passar a combiná-la com frutas, geléias, pães, entre outros, é bom tomar alguns cuidados. A nutricionista lembra que existem no mercado versões da manteiga de amendoim acrescidas de castanhas, o que aumenta ainda mais seu valor nutricional: "Para controlar melhor a ingestão calórica, pode-se optar pelas versões zero açúcar", diz.
Você já pode ter ouvido falar que o consumo da manteiga de amendoim auxilia na saciedade. De fato, as gorduras presentes no produto estimulam a produção de alguns hormônios relacionados à saciedade, segundo a nutricionista. "Dietas com elevado teor de gorduras boas podem ser benéficas para pessoas com maior apetite", diz a nutri.
No entanto, ela reforça que não existem milagres. Ela explica que alimentos como a manteiga de amendoim podem ajudar em programas de redução do peso, mas de forma ponderada. Afinal, "o balanço calórico negativo continua sendo importante no processo". Ou seja, a regra é gastar mais energia do que se consome.
fonte: Encontro

Nenhum comentário:

Postar um comentário