domingo, 31 de março de 2019

Diverticulite- alimentos permitidos e proibidos!

A diverticulite depois de instalada no intestino, o paciente tem que conviver com isto ou se for o caso cirúrgico, será retirado parte do intestino afetado. Então, se o seu caso é aprender a conviver com seu a diverticulite, vou dar algumas dicas poderosas que vão te ajudar com esta situação:
Resultado de imagem para diverticulite

- Evite  a prisão de ventre

 O normal é ir ao banheiro de 1 a 3 x ao dia com fezes com formato e que saiam com facilidade. Se você vai dias alternados ou a cada 2 ou 3 dias, já tem prisão de ventre.

Neste caso, coma todos os dias: 
mamão( 1/2 papaya) ou laranja(1), ou manga(1/2) ou ameixa seca(3 a 5 ), pelo menos 1 x ao dia, tome yacult ou actívia com 2 colheres de sopa de aveia( 1 x ao dia), no almoço e jantar coma alimentos integrais e folhas cruas ( 1 prato de sobremesa, com azeite extra virgem). Beba muita água e faça exercícios para melhorar sua circulação sanguínea e consequentemente melhora a prisão de ventre.

Se nada disto melhorar, procure uma nutricionista ou proctologista para avaliar seu caso e ver outras medidas a serem tomadas.

Diverticulite

Se você evitar a prisão de ventre, já evita as crises de diverticulite na maioria das vezes. Mas deve evitar algunas alimentos que podem acumular nas bolsas dos divertículos , como:

Alimentos que tenham sementes,fiapos, caroços, talos e casca. 

Então evite:
alimentos integrais, grãos, sementes ( girassol, chia, abóbora,gergilim, papoula e outras), pepino, maxixe,quiabo, jiló, berinjela, vagem, aipo ( tire os caroços e fiapos e  poderá comer o que sobrou), caroços de feijão, grão de bico, ervilha, lentilha, milho, morango ( só  pode em suco coado), kiwi, uva, jabuticaba,etc.

Estas orientações são preventivas. Em casos de crises, a alimentação deverá ser diferente e orientada pelo médico e nutricionista. Existe uma corrente médica que libera todos estes alimentos mas outra é mais conservadora e continua com esta orientação. Pela minha prática clínica e com acompanhamento de muitos pacientes, vejo que evitar estes alimentos acima são fundamentais para a evitar a prisão de ventre e as crises de diverticulite.

Existem outras opções para ajudar em casos diferentes com introdução de fibras artificiais, medicamentos, probióticos mas isto deve ser feito caso a caso com orientação e acompanhamento nutricional e médico.

Preparei um e-book para você: "Sucesso na Prevenção e Controle da Diverticulite" contém todas as informações completas do que você precisa saber e fazer para prevenir e controlar a diverticulite. Inclui sugestões de cardápios para os vários estágios, desde sua prevenção até o controle da doença, acrescido de várias dicas importantes para se manter saudável! Clique no link abaixo e adquira já seu exemplar e ganhe um livro bônus de receitas:

Espero ter ajudado você e se quiser saber mais, adquira o ebook e terá todos os detalhes que precisa sobre a alimentação e cardápios para período de prevenção e crises.

Patrícia Brigagão Mendes
Nutricionista
CRN4/1972

LInk: http:// ebook,diverticulite,Sucesso na Prevenção e Controle da Diverticulite, prisão de ventre, fibras artificiais, probióticos

#diverticulite#prisão de ventre#fibras#probióticos#dieta

Nenhum comentário:

Postar um comentário