segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Planejar refeições ajuda na perda de peso!

Na correria do dia-a-dia, muitas pessoas esquecem a programação das refeições. O problema é que a falta deste planejamento tem muito mais efeitos do que você imagina. A surpresa na hora do almoço ou do jantar pode custar uma semana de dieta, afirma a nutricionista . "Decidir o que comer horas ou minutos antes da refeição traz muitos prejuízos, afinal as escolhas inadequadas podem render desde quilos a mais até problemas de saúde, causados pela carência de uma alimentação balanceada", afirma a nutricionista.
A nutricionista lembra que o planejamento vai além da simples preparação ou seleção dos alimentos no momento da refeição. Organizar a alimentação colabora para que alimentos saudáveis sejam prioridades no momento da compra, ainda no supermercado. A seguir, você tem cinco motivos para optar por um cardápio pré-determinado:

1. Praticidade: organização simplifica a rotina. Dessa maneira, ter um cardápio pré-determinado faz suas dúvidas desaparecerem. O que preparar, onde comer e outras perguntas podem ser respondidas antecipadamente, otimizando o tempo sem comprometer a alimentação.
2. Compras certas: saber quais serão as refeições durante a semana ajuda a elaborar a lista de compras ideal, com os alimentos e produtos adequados para uma boa alimentação. A lista em mãos afasta o risco de colocar no carrinho alimentos altamente calóricos e com baixa qualidade nutricional, como doces, salgadinhos e refrigerantes.
3. Controle do peso: ter os cardápios em mãos e a disciplina de segui-los são atitudes importantes para o controle de peso. Os cardápios, apresentando a quantidade adequada de calorias para atingir o seu objetivo de peso, são o melhor guia para que o emagrecimento ocorra de forma saudável e segura.
4. Cardápio correto: a quantidade de calorias não define uma boa alimentação. A tendência é que pessoas interessadas em emagrecer restrinjam excessivamente as calorias, sem se preocupar com o equilíbrio dos nutrientes nos alimentos escolhidos. Contra isso, o cardápio pré-estabelecido é uma ótima alternativa. Tem-se a certeza de que a quantidade de energia está adequada e, ao mesmo tempo, apresenta as quantidades corretas para que a saúde não saia prejudicada.
5. Rotina saudável: determinar as refeições e os horários em que elas devem ocorrer faz parte de uma alimentação saudável. Esse tipo de atitude evita excessos à mesa e põe limites no hábito de beliscar durante o dia, além de evitar longos períodos em jejum (o que costuma levar a excessos alimentares, principalmente à noite).
Fonte: Minha Vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário