terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Como avaliar se está perdendo peso?

Dicas para emagrecer

Apesar de não ser o primeiro ponto que se deve olhar, os números na balança são sempre o ponto de partida para a pessoa determinar se está tendo sucesso ou não no sonho de emagrecer. Por mais que seja um forte indicador de mudança, a balança não vai mostrar o progresso que você está tendo, principalmente em curtos períodos.
Se você estiver acompanhado de Nutricionista e Educador Físico durante a sua mudança de hábito, uma das primeiras alterações é justamente não ficar subindo na balança todo dia. Portanto, para saber se você realmente está emagrecendo, chegou a hora de conhecer os sinais de emagrecimento que você pode estar deixando de lado!

Emagrecer: Roupas frouxas

Você já ouviu alguém falar que as roupas estão frouxas e tem que usar até cinto? Pois é, este é um dos principais indicadores de progresso no corpo de uma pessoa que quer emagrecer.
Sendo assim, se você perceber que as calças estão caindo ou que aquela roupa que não entrava mais agora está servindo, continue firme no seu processo porque os resultados já estão aparecendo.

Emagrecer: Condicionamento físico

Quando a pessoa está emagrecendo, todo o corpo funciona melhor e isso é notado já nas primeiras semanas. Então, o emagrecimento vai te ajudar a se sentir mais forte, com mais fôlego para se exercitar e realizar as demais atividades do dia a dia, além é claro de ficar mais forte psicologicamente, porque o bem estar corporal favorece a autoestima e autoconfiança.

Emagrecer: Comer menos

Uma das principais coisas que favorece o emagrecimento não é comer pouco e sim comer o suficiente, ou seja, estamos falando das principais diferenças entre dieta e reeducação alimentar, caso queira saber mais sobre isso, já fizemos um artigo completo aqui no Buscar Saúde, vale a pena ler.
Quando você tem uma boa reeducação alimentar, você naturalmente vai comer menos calorias do que normalmente come, justamente porque vai controlar as suas porções alimentares. Então se você naturalmente já está comendo menos porções que comia, certamente é um sinal de emagrecimento!

Emagrecer: Traços corporais

Através das suas fotos já é possível notar o progresso do emagrecimento. A imagem corporal é o principal fator de busca de emagrecimento que na verdade deveria ser a saúde, mas ainda estamos muito pressionados e obcecados pelos padrões de belezas impostos pela mídia e sociedade. Então quando olhar para a sua foto, antes de pensar se está gordo, magro, feio, bonito, fraco ou forte, pense se você está saudável!
O lado bom disso é que uma pessoa dentro do peso corporal ideal naturalmente está no caminho certo de ter uma boa saúde. E preste bem atenção, quando eu falo peso ideal não é este peso imposto pela mídia! 

Emagrecer: Motivação

Quando uma pessoa está fora do peso ideal e com a saúde prejudicada, uma das principais consequências é o sedentarismo. Esta pessoa deixa de sair de casa e fazer coisas que gostava para ficar só deitada e comendo, o que é muito perigoso! Quando mudamos a rotina alimentar e começamos a nos exercitar, esta é a principal mudança notada.
Sair de casa, voltar a treinar e conversar com outras pessoas é algo natural do cotidiano de uma pessoa que quer melhorar a sua qualidade de vida. Uma pessoa que se acha feia e gorda, tem vergonha até mesmo de sair em locais público, uma situação que a longo prazo pode causar doenças comportamentais graves como por exemplo, ansiedade e depressão.

Emagrecer: Alimentação saudável

Outra mudança clara é no hábito alimentar, onde a pessoa começa a notar que os seus alimentos favoritos são cada vez mais saudáveis! No início do processo é muito difícil deixar de lado as guloseimas e comer cada vez mais frutas, verduras e legumes. Porém, quanto mais se dedicar, menos torturador vai ser a sensação.
Como sempre falamos você não deve se privar de nenhum alimento, o certo é controlar a ingestão de cada um deles, igual já mostramos em um artigo aqui no site sobre a pirâmide alimentar, que mostra os alimentos mais indicados e menos indicados.
Se alimentar melhor vai muito além do processo de emagrecimento, você vai ter uma pele mais saudável, um sistema imunológico mais forte e isso pode ser fundamental para afastar os riscos de ter uma doença grave!
Você notou que não precisa apenas da balança para ter bons sinais de emagrecimento? Outra dica é que em cada pequena mudança, você deve ficar orgulhoso de si mesmo, visto que muitas pessoas nem tentaram chegar onde você está! Sendo assim, continue firme e forte na sua mudança de hábito para uma rotina mais saudável, e o Buscar Saúde espera poder ajudar com dicas e informações valiosas para isso!
Fonte: Buscar saúde

domingo, 24 de fevereiro de 2019

Como cuidar da ressaca carnavalesca!

Dor de cabeça, náuseas, muita sede e um leve desânimo. Esses são os principais sintomas da ressaca, sensação de mal-estar provocada pelo consumo excessivo de álcool, tão comum nesta época do ano, principalmente no Carnaval. “Para sobreviver ao dia seguinte, a primeira coisa a ser feita é aumentar a ingestão de água”, ensina a nutricionista , que dá outras cinco dicas para aliviar os efeitos daquelas cervejinhas a mais.
Resultado de imagem para ressaca de carnaval
  • Chás de hibisco e de dente-de-leão auxiliam na eliminação das substâncias tóxicas
  • Alimentos como couve, espinafre e brócolis têm propriedades detox
  • Frutas ricas em água, como abacaxi, melancia e melão, são as mais indicadas
  • Aipim, batata-doce e raízes em geral ajudam a estabilizar os níveis de glicose
  • Carnes magras poupam o organismo e o fígado, que está trabalhando para eliminar as toxinas
Gostou das dicas?

Então vai mais uma:

- Tome vitamina C e zinco neste período para não cair sua imunidade e não ficar doente!
-Tome muita água de côco, limonada ou suco de laranja!

Patrícia Mendes
Nutricionista

Cuidados ao cair na Folia do carnaval!

Esta época do ano está um calor muito intenso, portanto muito cuidado durante o carnaval para evitar passar mal.

Seguem algumas dicas importantes:


  1. Usar preservativo em todas as relações. ...( Cuidado com doenças venéreas)
  2. Evitar beijar na boca de pessoas desconhecidas. ...( Pode pegar doenças variadas)
  3. Beber bastante água. ...( Principalmente entre as cervejas e caipirinhas)
  4. Evitar ficar exposto diretamente ao sol. ...( Use boné, viseira, chapéu, etc)
  5. Usar protetor solar próprio para os lábios , corpo e para os cabelos. ...
  6. Comer de 3 em 3 horas. ...( Comidas leves, como frutas, saladas, sucos, água de côco,etc)
  7. Usar roupas leves e sapatos confortáveis. ...
  8. Não exagerar nos comprimidos e bebidas energéticas.( Pode provocar arritimias cardíacas).

Aproveite e se divirta!

Patrícia Mendes
Nutricionista

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Grupo de apoio ao Emagrecimento- GAE

Já realizei trabalhos em grupos de emagrecimento em várias empresas para seus funcionários( Caixa Econômica, Farmácia Office lab, Creche Jardim dos Pirilampos e Adibrás) e com outros profissionais.

 Os resultados são excelentes!

Os pacientes se sentem mais amparados, menos ansiosos, tiram dúvidas, trocam experiências, aprendem muitas dicas práticas , receitas e tomam consciência de muitas crenças limitantes que atrapalham a perda de peso. 
Utilizo técnicas de Coaching também para ajudar na mudança de hábitos e comportamentos. 

Quem nunca participou não tem ideia de como isto aliado as orientações nutricionais funciona, trazendo resultados positivos e mais duradouros. 
Quem quiser participar não precisa estar fazendo dieta comigo. Pode estar sendo orientado por outra nutricionista ou endocrino. Este trabalho é independente.

 Se tiver dúvidas, entre em contato que explicarei o que for necessário. 

As vagas são limitadas e começa agora em março. Quem se interessar, faça sua inscrição para garantir sua participação no telefone:21-998444298. 

Este grupo é presencial.

 Aguardo seu contato!

Patrícia Brigagão Mendes
Nutricionista e Coach


Patricia Mendes ✨🔝🔝

 #nuttrisaude #saude#l #nutricaocomportamental #emagrecimento#obesidade#pensamentopositivo #autoestima#receitas #cardápios#nutricaoclinica #coachingdeemagrecimento#meta#determinação #exercícios#posbariatrica #diabetes#menopausa#grupo de emagrecimento#gae

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Quer fazer uma Avaliação Corporal?


Se você quer saber como está seu corpo por dentro e fora, percentual de gordura, massa magra, circunferência abdominal, IMC, pregas cutâneas, agende sua avaliação. Você fará a bioimpedancia ,vou tirar todas estas medidas e colocarei num aplicativo no qual os resultados serão enviados com todos os gráficos e avaliações. 

Não perca esta chance! 

Isto é importante para acompanhamento de perda de peso, quando faz esporte ou academia e para saber como anda sua saúde.

Dúvidas? Ligue para 998444298

Aguardo você!

Patrícia Brigagão Mendes
Nutricionista

Link: http:avaliação corporal, bioimpedância

Planejar refeições ajuda na perda de peso!

Na correria do dia-a-dia, muitas pessoas esquecem a programação das refeições. O problema é que a falta deste planejamento tem muito mais efeitos do que você imagina. A surpresa na hora do almoço ou do jantar pode custar uma semana de dieta, afirma a nutricionista . "Decidir o que comer horas ou minutos antes da refeição traz muitos prejuízos, afinal as escolhas inadequadas podem render desde quilos a mais até problemas de saúde, causados pela carência de uma alimentação balanceada", afirma a nutricionista.
A nutricionista lembra que o planejamento vai além da simples preparação ou seleção dos alimentos no momento da refeição. Organizar a alimentação colabora para que alimentos saudáveis sejam prioridades no momento da compra, ainda no supermercado. A seguir, você tem cinco motivos para optar por um cardápio pré-determinado:

1. Praticidade: organização simplifica a rotina. Dessa maneira, ter um cardápio pré-determinado faz suas dúvidas desaparecerem. O que preparar, onde comer e outras perguntas podem ser respondidas antecipadamente, otimizando o tempo sem comprometer a alimentação.
2. Compras certas: saber quais serão as refeições durante a semana ajuda a elaborar a lista de compras ideal, com os alimentos e produtos adequados para uma boa alimentação. A lista em mãos afasta o risco de colocar no carrinho alimentos altamente calóricos e com baixa qualidade nutricional, como doces, salgadinhos e refrigerantes.
3. Controle do peso: ter os cardápios em mãos e a disciplina de segui-los são atitudes importantes para o controle de peso. Os cardápios, apresentando a quantidade adequada de calorias para atingir o seu objetivo de peso, são o melhor guia para que o emagrecimento ocorra de forma saudável e segura.
4. Cardápio correto: a quantidade de calorias não define uma boa alimentação. A tendência é que pessoas interessadas em emagrecer restrinjam excessivamente as calorias, sem se preocupar com o equilíbrio dos nutrientes nos alimentos escolhidos. Contra isso, o cardápio pré-estabelecido é uma ótima alternativa. Tem-se a certeza de que a quantidade de energia está adequada e, ao mesmo tempo, apresenta as quantidades corretas para que a saúde não saia prejudicada.
5. Rotina saudável: determinar as refeições e os horários em que elas devem ocorrer faz parte de uma alimentação saudável. Esse tipo de atitude evita excessos à mesa e põe limites no hábito de beliscar durante o dia, além de evitar longos períodos em jejum (o que costuma levar a excessos alimentares, principalmente à noite).
Fonte: Minha Vida

domingo, 17 de fevereiro de 2019

Alimentos que prejudicam a artrose!

As dores nas articulações podem ser causadas por algum tipo de lesão ou desenvolvimento de alguma condição crônica como a artrite, a osteoporose ou a tendinite, entre outras.
Em muitos casos, elas desaparecem de maneira espontânea, ainda que muitas vezes você tenha que sofrer com elas em repetidas ocasiões e em diferentes intensidades.
Sofrer com estas dores implica em uma diminuição da qualidade de vida, em especial quando afeta a mobilidade para fazer tarefas cotidianas que antes pareciam simples.
Porém, foi demonstrado que podemos diminuir essas dores de muitas maneiras, começando por uma adoção de hábitos de vida mais saudáveis.
Nesse sentido, é importante levar em consideração que  determinados alimentos que devem ser evitados para não piorar as dores nas articulações.
A seguir, compartilharemos 9 alimentos e as razões porque é melhor você tirá-los da sua dieta, caso sofra com essas dores.

1. Evite os lácteos se você sofre com dores nas articulações

O leite e seus derivados não são os melhores alimentos para as pessoas com problemas nas articulações.
Isso se deve porque eles contêm um tipo de proteína chamada caseína que pode aumentar a inflamação e a dor na área afetada.
Em vez de escolher esse tipo de fonte de proteína, opte por aquelas contidas em legumes e vegetais.

2. Milho

Este vegetal, que muitos geralmente incluem em sua dieta regular, conta com uma quantidade importante de ácidos graxos ômega 6, os quais aumentam a inflamação.
Se você sofrer com artrite reumatoide ou qualquer doença que comprometa as articulações, é melhor evitar o milho fresco ou em alimentos processados.
Para substitui-los, você pode escolher o azeite de oliva, sementes de linhaça e outros tipos de alimentos com ácidos graxos ômega 3.

3. Carnes vermelhas

Este tipo de carne é melhor em pequenas porções e de forma moderada. Ainda que não sejam totalmente prejudiciais, quando consumidas em excesso, aumentam o risco de artrite reumatoide e outras patologias inflamatórias associadas ao deterioramento dos tecidos.
O ferro que contêm, que é bom para a produção de hemoglobina, em quantidades elevadas pode impactar de forma negativa ao causar inchaço e dor.
O que se pode comer no lugar delas são carnes mais saudáveis como frango ou peixe.

4. Ovos

Este alimento é muito saudável e supõe uma fonte de proteína importante para o organismo. O inconveniente é que, por ser de origem animal, contem ácido araquidônico em sua gema, uma substância que aumenta a resposta inflamatória.
O mais conveniente é reduzir ao máximo o seu consumo e procurar comer só suas claras.

5. Refrescos açucarados

Os refrescos açucarados, incluindo os refrigerantes, possuem uma quantidade de químicos que afetam a saúde em muitos aspectos.
No caso das articulações, eles são muito prejudiciais, pois o excesso de açúcar e o ácido fosfórico as deterioram pouco a pouco.
Alguns pensam que são boas opções para se hidratarem, mas o mais conveniente é escolher alternativas naturais como os sucos de frutas, a água ou os chás.

6. Café

Tomar várias xícaras de café durante o dia quando se sofre com alguma condição nas articulações pode agravar a situação.
A cafeína que contém esse alimento ocasiona uma diminuição das vitaminas e minerais essenciais, e assim aumenta a inflamação e os demais sintomas.
Uma alternativa mais conveniente é o café descafeinado ou os chás que não possuem esse tipo de estimulante.

7. Comidas rápidas

Esses tipos de alimentos são os menos recomendados para os pacientes com transtornos inflamatórios e articulares.
O elevado nível que contêm de gordura saturada, açúcares e carboidratos sobrecarrega os órgãos do corpo e dificulta a eliminação das toxinas.
Como consequência, aumentam a inflamação e há um acúmulo de gordura no organismo que, a longo prazo, produz sobrepeso.

8. Evite as batatas

As batatas possuem uma quantidade significativa de potássio, o que a torna benéfica para o organismo.
Entretanto, os pacientes com atrite ou outro problema nas articulações devem evitá-las, pois têm uma pequena quantidade de uma toxina chamada solamina que pode piorar a condição.

9. Evite as oleaginosas se você sofre com dores nas articulações

Não é que as oleaginosas sejam ruins para a saúde ou sejam pobres em nutrientes, o que acontece é que algumas contêm uma grande quantidade de ômega 6, um ácido graxo essencial que aumenta a inflamação nas articulações.
As oleaginosas que contêm esse ácido são:
  • Os pinhões.
  • As nozes.
  • As castanhas-do-Pará.
A redução do consumo desses alimentos aqui citados é determinante para o tratamento das dores nas articulações.
Deve-se procurar modificar a dieta como complemento aos tratamentos receitados pelo médico.
Fonte: Melhor com saúde

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Por que não se deve pular o café da manhã?


Muitas pessoas pulam o café da manhã pois pensam que assim podem perder peso. “Economizar” essas calorias parece um método simples para perder quilos.
No entanto, longe de causar esse efeito, não tomar café da manhã de forma adequada pode influenciar o excesso de peso. Ao não obter energia suficiente, o metabolismo fica mais lento e aumenta o acúmulo de gordura no corpo.
Por outro lado, nas horas posteriores, aumenta a sensação de ansiedade por comer, o que leva a ingerir mais calorias do que as devidas.
Outros efeitos de não tomar o café da manhã são:
  • Dificuldades na capacidade de concentração e memória
  • Sensação de cansaço ou sonolência
  • Estresse, ansiedade ou desequilíbrios emocionais
  • Redução da massa muscular
  • Enfraquecimento do sistema imunológico
  • Problemas digestivos
  • Deficiências nutricionais
  • O que você pode fazer se tem pouco tempo para tomar o café da manhã?

    Para desfrutar de um café da manhã equilibrado, saudável e completo, nem sempre é preciso investir muito tempo. Basta colocar em prática alguns truques simples:
    • Acordar 15 ou 20 minutos mais cedo que o normal. Assim, você pode investir esse tempo na preparação do café da manhã.
    • Planejar os cafés da manhã de cada semana. Se você anotar o que vai comer, poderá preparar todos os ingredientes com antecedência.
    • Prepare um smoothie. Estas bebidas rápidas podem combinar ingredientes para um café da manhã completo e leve.
    Você se anima a experimentar estes deliciosos cafés da manhã? Tente preparar estas opções rápidas e comprove como fazem bem à sua saúde.
    Fonte: Saúde Melhor