sexta-feira, 25 de maio de 2018

Como está a alimentação no mundo das crianças?

Para as crianças de Grécia, Espanha e Itália a chamada dieta mediterrânea pode não ter utilidade. O dado é da Organização Mundial da Saúde (OMS), segundo a qual crianças da Suécia têm mais probabilidade de se alimentar de peixe, óleo de oliva e tomates que as do Sul da Europa.

No Chipre, um índice fenomenal de 43% dos meninos e meninas de até 9 anos está obeso ou acima do peso. Grécia, Espanha e Itália também têm taxas superiores a 40%. Os países mediterrâneos, que dão nome à famosa dieta, supostamente os lugares onde melhor se come no mundo, têm as crianças mais gordas de toda a Europa.
Os doces, a comida rica em calorias e pobre em nutrientes e os refrigerantes substituíram a dieta tradicional rica em frutas e legumes, peixe e azeite e oliva, declarou o Dr. João Breda, diretor do gabinete europeu da OMS para prevenção e controle de doenças não comunicáveis.
“A dieta mediterrânea acabou para as crianças desta região”, declarou o médico no Congresso europeu de Obesidade, em Viena. “Não existe mais dieta do Mediterrâneo. Quem está na dieta do mediterrâneo são as crianças suecas. Precisamos recuperar esta dieta para quem está no Mediterrâneo".
As crianças no Sul da Europa estão comendo poucas frutas e verduras e bebendo refrigerante demais, declarou Breda. Elas fazem lanchinhos. Comem doces. Consumem sal, açúcar e gordura demais. E não se movimentam. “O sedentarismo infantil é um dos problemas de saúde mais significativos nos países do Sul da Europa”, ele disse. “Um homem em Creta nos anos 60 consumiria bem 3.500 calorias porque anda para cima e para baixo das montanhas."
Os dados vêm de uma pesquisa sobre obesidade infantil da OMS na Europa, com números de peso e altura de crianças coletados desde 2008 e que hoje inclui mais de 40 países. Os mais recentes foram coletados entre 2015 e 2017.
Os países com menor número de obesidade infantil são o Tadjiquistão, o Turcomenistão e o Cazaquistão – mas todos estes estão em uma “transição nutricional”, saindo de uma dieta oriental que pode alterar as estatísticas. No Tadjuquistão, as crianças já consomem uma grande quantidade de refrigerantes.
A França, a Noruega, a Irlanda, a Letônia e a Dinamarca também têm números baixos, que vão de 5% a 9%. A taxa da Irlanda é de 20%. O Reino Unido está fora do estudo, mas cerca de uma em cada três crianças está acima do peso ou obesa quando deixa o ensino fundamental, aos 11 anos.
A boa notícia é que os países do Mediterrâneo estão tomando providências para resolver este problema e conseguiram algum sucesso em diminuir as taxas de obesidade de suas crianças. Pelo menos três quartos das crianças italianas estão comendo frutas diariamente ou na maioria dos dias. "É um progresso, reconhecem o problema e estão fazendo algo a respeito disso", declarou Breda.
Fonte: MSN
Aqui no Brasil, também  o governo deveria tomar algumas providências, como por exemplo incentivar atividades lúdicas envolvendo educação alimentar nas escolas, mas isto deveria ser feito por nutricionistas e não professores, como foi feita a lei recentemente. Orientações para as famílias, diminuir propagandas de fast food, incentivar as indústrias a melhorarem seus produtos com nutrientes mais saudáveis. São algumas ideias boas para serem colocadas em prática!
Patrícia Brigagão Mendes
Nutricionista

Como conservar a alface fresca na geladeira por mais tempo!

Alface é a verdura que está sempre na nossa lista do supermercado ou feira: com ela, fazemos aquela saladinha prática do dia a dia. Mas você deve ter passado pelo drama de comprar a alface e vê-la estragada em apenas alguns dias. Dá uma tristeza, né? Mas, se bem armazenada, ela pode durar mais e ficar crocante e fresca por dias e dias. Quer saber como? Confira a seguir como conservar a alface fresca por mais tempo:
1)Lave bem as folhas em água corrente. Esse passo é fundamental para retirar as sujeirinhas aparentes.
2) Depois de lavar bem a alface, coloque as folhas em uma vasilha com água e vinagre de álcool. A proporção deve ser de 1 litro de água para 2 colheres (sopa) de vinagre de álcool. Deixe lá por 15 minutos. Você também pode usar hipoclorito de sódio: respeite a quantidade indicada na embalagem do produto.
3)Lave novamente as folhas em água corrente. Se puder, despeje água filtrada nas folhas depois de lavar em água corrente.
4)Para secar bem a alface, deixe as folhas em um escorredor para que o excesso de água saia. Você também pode utilizar uma centrífuga de alimentos para isso. Depois, seque cada folha com papel-toalha ou com um pano de prato limpo, de preferência destinado apenas para esse fim.

5)Para armazenar a alface, coloque uma camada de papel-toalha, depois de folhas de alface, papel-toalha e assim por diante. Ao longo da semana, quando as folhas de papel-toalha começarem a ficar molhadas, troque-as por outras. Guarde a vasilha na parte da baixo da geladeira, pois é o lugar menos frio do eletrodoméstico.
Fonte: MSN

Maionese caseira de manjericão!

Receita boa para receber amigos em casa e ter uma petisco diferente!

Quer saber como preparar uma deliciosa maionese de manjericão? É a receita ideal para servir com torradinhas ou biscoitos salgados! Confira:
Tempo: 30min
Rendimento: 4
Dificuldade: fácil

Ingredientes da Maionese de manjericão

  • 1 dente de alho
  • 1/4 de xícara (chá) de folhas de manjericão
  • 2 colheres (sopa) de folhas de salsa picadas
  • 1/3 de xícara (chá) de leite  desnatado gelado
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1 colher (chá) de vinagre
  • 1 xícara (chá) de óleo de girassol

Modo de preparo

Bata no liquidificador o alho, o manjericão, a salsa, o leite, o sal, o vinagre e despeje o óleo em fio sem parar de bater até obter uma consistência cremosa. Despeje em uma vasilha com tampa e mantenha na geladeira. Se desejar, sirva acompanhada de torrada ou nacho.
Fonte:MSN

Berinjela crocante ao forno!

Esta receita fica uma delícia e é muito saudável!



Ingredientes:
2 berinjelas
Sal marinho  a gosto
2 ovos batidos
50 g de queijo parmesão  light ralado grosseiramente
50 g de pão  integral amanhecido torrado e moído grosseiramente misturado com 1 col de sopa de aveia ou farinha de linhaça
Azeite para untar
Modo de preparo
Corte as berinjelas em rodelas finas e deixe de molho, em água e sal por 10 minutos. Seque bem.
Passe as berinjelas no ovo batido. Misture o queijo ralado e a farinha de pão e empane as fatias de berinjela
Unte o tabuleiro com azeite ou coloque papel manteiga. Pré-aqueça o forno
Distribua as fatias de berinjela em uma assadeira untada e leve ao forno.
Quando estiverem torradinhas vire para assar do outro lado.
Bom apetite!
Gostou? 
Faça seus comentários e dê sugestões do que você gostaria de ler aqui neste blog.
Aguardo você!
Patrícia Mendes