sexta-feira, 27 de abril de 2018

Alimentos que ajudam adiminuir o inchaço, cansaço e TPM!

TPM: as três letras – que significam Tensão Pré-Menstrual, o mesmo que Síndrome Pré-Menstrual (SPM) – são o prenúncio da menstruação e trazem mudanças não muito bem-vindas, como a enxaqueca, para o corpo da mulher. Mas não se preocupe! Existem alimentos que ajudam a deixar esse período bem mais leve e tranquilo. Uma boa hidratação e alimentação rica em alimentos fonte de nutrientes importantes, que auxiliam a regular as funções orgânicas e prevenir os sintomas da TPM, são de extrema importância para amenizar os sintomas indesejados deste período.

Resultado de imagem para inchaço

Xô, mau humor! Fontes de zinco e magnésio contribuem para o bem-estar

Quem nunca deu uma resposta um tanto mau-humorada em plena TPM? Entre os sintomas mais famosos deste período, está a mudança de humor, e para ela, a nutricionista indica alimentos fontes de magnésio, como folhas verdes, banana, grão de bico, gergelim e amêndoas. "Eles diminuem a compulsão por doces e modulam a resposta de hormônios de estresse, melhorando o humor e a irritabilidade", aponta Patricia. Os alimentos ricos em zinco, como oleaginosas, carnes, cacau e vegetais folhosos verde-escuros também são aliados: "O zinco está relacionado à liberação de serotonina, um neurotransmissor associado à sensação de bem-estar".

Ganhe energia com alimentos como grão de bico e lentilha!

Contra o cansaço e a sensação de enfraquecimento, Patricia  destaca os alimentos ricos em ferro, a exemplo do grão de bico, lentilhas, sementes de abóbora e gergelim. "A deficiência de ferro leva à queda na produção de glóbulos vermelhos, provocando sintomas como queda de energia, fadiga, desânimo e depressão", explica.

'Hidratação é fundamental para prevenir retenção de líquidos', diz

Além da receita simples, com ervas, para reduzir a ingestão de sal, Patricia Davidson recomenda o bom consumo de líquidos para evitar o inchaço. "A hidratação adequada é fundamental para prevenir a retenção de líquidos. Quando a ingestão de água não é adequada, o nosso corpo tende a aumentar a retenção hídrica, aumentando o inchaço", diz ela, que já listou os melhores chás para as mulheres de 40 a 50 anos. "Vale consumir outros líquidos, como chás, água de coco e sucos naturais", finaliza.
Veja os alimentos que podem ajudar nestas situações:
Banana, grão de bico, gergelim e amêndoas também são fontes de magnésio. 'Eles diminuem a compulsão por doces e modulam a resposta de hormônios de estresse, melhorando o humor e a irritabilidade', explica Patricia .
Para espantar o mau humor da TPM, a dica é investir em alimentos fontes de magnésio, como as folhas verdes
As oleagionosas, assim como a carne e os vegetais folhosos verde-escuros, são ricos em zinco. 'O zinco está relacionado à liberação de serotonina, um neurotransmissor associado à sensação de bem-estar', afirma Patricia .
Contra o cansaço e a sensação de enfraquecimento, Patricia  destaca os alimentos ricos em ferro, como o grão de bico, lentilhas, sementes de abóbora e gergelim
Para evitar o inchaço, beba bastante água. 'Vale consumir outros líquidos, como chás, água de coco e sucos naturais', adiciona Patricia 

Hipertensão- Quais alimentos que devem ser evitados?

Esta quinta-feira (26) é o Dia Nacional da Prevenção e Combate à Hipertensão. A data foi criada como o objetivo de alertar e conscientizar as pessoas sobre os cuidados e prevenção da doença crônica que atinge mais de 36 milhões de brasileiros, de acordo com Ministério da Saúde. 
A hipertensão é chamada pelos profissionais da saúde como a "assassina silenciosa", uma vez que a maioria das pessoas que tem pressão alta costuma não se dar conta do problema. De acordo com médicos, a única forma de saber se você tem pressão alta é medi-la, pelo menos, um vez a cada seis meses ou um ano.
Para evitar a doença, que pode desencadear doença renal, disfunção erétil, demência e até perda de visão, se não for tratada, a Sociedade Brasileira de Hipertensão recomenda fazer exercícios regularmente, limitar consumo de álcool, não fumar e, é claro, ter uma alimentação saudável, com uma quantidade de sal moderada.
Porém, com o consumo excessivo de alimentos industrializados e processados, nem sempre nos damos conta de que exageramos no sal no dia a dia. De acordo com o Ministério da Saúde, os brasileiros consomem o dobro da quantidade diária de sal recomendada pela Organização Mundial da Saúde, que é de 2000 miligramas (ou 2 gramas de sódio por pessoa ao dia), o que equivale a 5g de sal.

Veja abaixo alguns alimentos que possuem doses cavalares de sódio e (provavelmente) você não sabe:
- queijos amarelos
Apenas 30 gramas do queijo parmesão, por exemplo, tem 20% do consumo de sódio.
-embutidos
Sardinha em conserva, por exemplo, tem 666 mg em apenas 4 unidades.
Carne processada (presunto, salame, peito de peru)
Apenas 3 fatias de um presunto cozido tem 412 mg de sódio.
-enlatados
- pão
Duas fatias de pão de fôrma (ou 50 g) têm 234 mg de sódio.
- comida pronta congelada
É muito prático descongelar uma lasanha pronta e comê-la após um dia conturbado, porém, apenas metade da lasanha congelada à bolonhesa tem cerca de 1.700 mg de sódio, ou seja, quase o recomendado por dia.
-temperos prontos e molhos prontos
Um colher de chá de tempero pronto para arroz, por exemplo, tem cerca de 1.645 mg.
-macarrão instantâneo
O famoso miojo ou Cup Noodles tem cerca de 70% do sódio que você deveria comer em todas as refeições.
- sopas intantâneas
Assim como o macarrão instantâneo e os congelados, a sopa instantânea também é cheia de sódio. Apenas uma colher e meia da sopa Vono (13 gramas) tem 793 mg de sódio.

O que fazer?

A regra número 1 para diminuir o consumo de sódio é ficar atento aos rótulos e tabelas nutricionais dos alimentos.
Além disso, prefira alimentos in natura, que tenham sido minimamente processados. Cozinhar em casa também requer atenção -- não exagere no sal de cozinha enquanto você tempera os alimentos.
Alguns alimentos também podem ajudar no combate à hipertensão.
De acordo com o Hospital Oswaldo Cruz, alimentos que são fonte de magnésio, como o alho, ajuda a dilatar os vasos sanguíneos. A aveia é rica em fibra e controla a glicose sanguínea. Já o leite e derivados têm hipotensores que estimulam a eliminação do sódio.
Também dê atenção aos alimentos ricos em potássio, como banana, feijão, espinafre e cenoura, que ajudam na eliminação do sódio. Por fim, não se esqueça de beber muita água.
Fonte: MSN
-