terça-feira, 30 de outubro de 2018

Alimentos antioxidantes que ajudam na saúde!

Com a proximidade da estação mais quente do ano batendo a porta, os cuidados com a pele e com o corpo aumentam gradativamente. A preocupação em diminuir o aspecto das celulites aumenta quando pensamos no verão, entretanto, a busca para melhorar a flacidez também vem ganhando adeptas e atraindo muitas mulheres a centros de tratamento estéticos a fim de eliminar as gordurinhas localizadas. Além disso, os cuidados com a alimentação são primordiais para a melhora na pele e no corpo, e aliados a alimentos com propriedades antioxidantes, ricos em vitaminas a, c, e, betacaroteno e flavonoides, favorecem o funcionamento do organismo e previne ainda o envelhecimento precoce. Isso acontece porque esses compostos antioxidantes atuam combatendo os radicais livres, que são as principais causas do envelhecimento precoce, e ainda são os responsáveis pela prevalência de doenças degenerativas cardiovasculares e muitos processos inflamatórios, como a obesidade. Pensando nisso, os principais alimentos antioxidantes para incluir na próxima listinha de supermercado! confira!

Gengibre e sua potente atividade antioxidante

Originária da Índia e da China, o gengibre é uma raiz tuberosa. Esse ingrediente age como um poderoso antioxidante no organismo, prevenindo doenças como a gripe e resfriado. O gengibre possui também ação anti-inflamatória e seus benefícios para a saúde são principalmente na contribuição para a perda de peso, a aceleração do metabolismo, e relaxamento do sistema gastrointestinal, prevenindo de náuseas e vômitos. Além disso, o gengibre também atua como antioxidante e anti-inflamatório, ajudando na prevenção de doenças como o câncer cólon-retal e úlceras no estômago. "Você pode utiliza-lo ralado, em cima de alimentos, da salada ou até no suco", explica a nutricionista.

Mamão e Cenoura, ricos em betacaroteno

Além da vitamina C, o mamão e a cenoura também possuem grandes quantidades de licopeno e betacaroteno. Esses componentes beneficiam a saúde da pele, da visão e do coração. "O mamão é um alimento que contém uma rica fonte de antioxidantes, vitaminas, minerais, ferro e potássio. Por conter muita vitamina A, a fruta possui propriedades que retardam o envelhecimento e previne a manifestação de doenças", destaca a nutricionista. A cenoura, por sua vez, é um dos alimentos mais ricos em betacaroteno, que é convertido em vitamina A no organismo. Além disso, essa vitamina é fundamental para a saúde da visão, pele, cabelos e do sistema imunológico. "Incluindo os betacarotenos diariamente, mesmo que em poucas quantidades na hora da refeição, conseguimos uma maior longevidade de vida", conta a nutri.

Laranja e Morango, ricos em Vitamina C

Além da facilidade para encontrá-la, a laranja é uma fruta extremamente rica em fibras e Vitamina C. Tal nutriente é fundamental para o sistema imunológico e no combate aos radicais livres. Os antioxidantes que são presentes no suco de laranja fornecem diferentes benefícios para a saúde, incluindo a prevenção do câncer e do derrame. Já o morango é conhecido por fornecer boas doses de potássio (mineral que ajuda a evitar a retenção de líquidos) e de vitamina C, que reforça o sistema imunológico e favorece a formação do colágeno, essencial para melhorar a firmeza da pele e fortalecer cabelos e unhas. A fruta também é rica em fibras solúveis e insolúveis, que colaboram para o bom funcionamento do intestino e a redução do colesterol. "É possível prevenir o envelhecimento precoce com esses compostos antioxidantes porque eles aturam combatendo os radicais livres, que aceleram o envelhecimento. Além disso, eles aumentam a prevalência de doenças degenerativas cardiovasculares e muitos processos inflamatórios inclusive a obesidade", explica a nutricionista

Brócolis para a prevenção do câncer

O vegetal é rico em diversos nutrientes e pobre em calorias. Composto por inúmeras propriedades anticancerígenas, o brócolis possui altas quantidades de cálcio, ferro, potássio, zinco e de vitaminas A, B e C. "Os principais compostos antioxidantes são as vitamina a, c, e, minerais, zinco e selênio. Os licopenos e os flavonóides também são poderosos componentes com essas propriedades", conta a nutricionista. O brócolis, por conter vários dos compostos considerados antioxidantes, é um eficaz aliado na prevenção de doenças. Além disso, esse vegetal por ser rico em vitamina C, contribui com uma ação desintoxicante, eliminando as toxinas como o ácido úrico.

Para os íntimos, salsinha

A salsa é uma popular erva medicinal e culinária reconhecida como um dos muitos alimentos funcionais. Por conta de seus antioxidantes únicos e das propriedades preventivas de doença, essa erva ajuda no controle do colesterol e pode ainda oferecer proteção contra feridas e tumores. A salsinha é rica em nutrientes como minerais e vitaminas A, B1, B2, C e D. Suas folhas verdes são ricas em antioxidantes, fibras alimentares e ainda são poderosas aliadas na ação anti-inflamatória. "Rica em flavonoides, compostos que agem como antioxidantes naturais. A salsa é eficaz na hora de neutralizar os radicais livres que podem causar danos às células", conta a nutricionista.

Orégano e Alecrim. Ambos com propriedades antioxidantes e termogênicas!

Considerado uma das maiores fontes de antioxidantes que existem por conta de seus poderosos compostos como o ácido fenólico e os flavonóides, que atuam neutralizando o processo de oxidação e de danos celulares. O orégano, além de antioxidante é uma famosa erva termogênica que tem como propriedades a ação analgésica e cicatrizante. Com o poder de produção de enzimas responsáveis pela digestão dos carboidratos. "Esses alimentos com nutrientes antioxidantes promovem o bom funcionamento do corpo, beneficiando a gente da melhor maneira e, por isso, são chamados de alimentos funcionais", explica a nutri.. O alecrim, por sua vez, conta com muitas propriedades conservativas. Além disso, tem um composto essencial para ser considerado antioxidante: os flavonoides. "Você pode fazer um chá com o alecrim ou botá-lo na água. Ele tem uma ação super anti-inflamatória e fica bem gostoso", conta a nutricionista.
Fonte: Purepeaple

domingo, 28 de outubro de 2018

5 pequenas maneiras de mostrar para seus filhos a importância da saúde mental

Quando uma criança rala o joelho, ela sabe que é preciso cuidar do machucado. Mas quando ela passa por um sofrimento mental, talvez não saiba que é igualmente importante que isso também seja tratado.
Conservar a boa saúde mental deve ser uma lição, não apenas para os adultos, mas também para as crianças.
"Antigamente eu só me deparava com este nível de estresse em estudantes que se preparavam para a entrada na faculdade", comentou a psicoterapeuta Katie Hurley, que atende crianças e adolescentes e é autora do livro The Happy Kid Handbook: How to Raise Joyful Children in a Stressful World (Manual da criança feliz – como criar filhos cheios de alegria em um mundo estressante). "Hoje no meu consultório atendo crianças de 5 anos com transtornos de ansiedade e estresse excessivo."
Conversamos com especialistas em psicologia, pediatria e mindfulness para ouvir suas recomendações de como transmitir às crianças a importância da saúde mental. Eles propuseram cinco maneiras interessantes de levar as crianças a expressar seus sentimentos, sentir que suas emoções são validadas e cuidar de sua mente tanto quanto do corpo.

Experimente o método do "vulcão emocional"
Hurley disse que usa o "vulcão emocional" para conversar com crianças e pais sobre seus sentimentos. Ela desenha um vulcão numa lousa e explica que todo o mundo sente emoções diferentes ao longo do dia. Quando não damos vazão a essas emoções, elas permanecem dentro do vulcão, até a hora que ele entra em erupção.
"Quando deixamos essas emoções paradas dentro do vulcão, elas começam a esquentar mais e mais, a borbulhar e ferver até explodir e sair voando. Quando isso acontece, vemos a pessoa chorar, bater, dar chutes e pontapés", ela explicou.
Muitos pais, explicou a psicóloga, encaram essas ações como frutos de um problema comportamental, mas na realidade é mais "uma explosão de emoções que não foram trabalhadas". Por isso é importante ensinar as crianças a falar do que estão sentindo e desabafar suas emoções uma a uma.
Quando você uma criança fazendo uma expressão particular em resposta a uma situação estressante, em vez de dizer 'não fique frustrado, querido', diga, por exemplo, 'sua cara é de quem está chateado. O que aconteceu?'."Rachel Busman, psicóloga clínica e diretora sênior do Centro de Transtornos de Ansiedade do Child Mind Institute
Ensine por seu exemplo e preste atenção aos seus próprios hábitos
Vários estudos já mostraram que quando as crianças passam tempo demais diante de telinhas ou, no caso dos teens, nas redes sociais e jogando games, isso pode ter efeitos prejudiciais sobre seu comportamento, estado de humor, sono e saúde de maneira geral. A pediatra Katherine Williamson, vice-presidente da sucursal de Orange County da Academia Americana de Pediatria, disse que é importante os responsáveis pelas crianças darem um bom exemplo, não permitindo celulares à mesa ou na hora de dormir.
Do mesmo modo, é importante que os pais liderem pelo exemplo e que compartilhem suas vulnerabilidades, para que seus filhos se sintam à vontade em expor e falar das deles.
"Você pode dizer algo como 'hoje tive um problema no trabalho e nem sei se cuidei da melhor maneira, mas fiz o que pude'", ela exemplificou.
Cuidado com as palavras que você usa
A psicóloga clínica Rachel Busman, Psy.D., diretora sênior do Centro de Transtornos de Ansiedade do Child Mind Institute (Instituto Mental Infantil), disse que os pais não devem se apressar a interpretar a expressão facial de seus filhos, mas, em vez disso, dar a eles a chance de explicarem o que estão sentindo.
"Quando você vê uma criança fazendo uma expressão particular em resposta a uma situação estressante, em vez de dizer 'não fique frustrado, querido', diga, por exemplo, 'sua cara é de quem está chateado. O que aconteceu?'", ela recomendou. "Crie uma oportunidade para seu filho lhe dizer o que está sentindo, em vez de você narrar o que pensa que ele está passando."
Quando procuram as palavras certas para perguntar como foi o dia da criança, os pais ou responsáveis deveriam evitar perguntas muito gerais, do tipo "como foi a escola hoje?" ou "como foi o passeio?".
"Esse tipo de conversa não rende muita informação", ela comentou. "Em vez disso, pergunte coisas como 'qual foi uma coisa interessante que aconteceu hoje?', ou 'o que vocês fizeram na aula de ginástica?'."
Ensine seus filhos a usar técnicas de mindfulness
Mallika Chopra é autora, especialista em wellness e filha do líder espiritual Deepak Chopra. Ela aprendeu a meditar aos 9 anos de idade e disse que a meditação é uma grande dádiva que ela também transmitiu a seus filhos. Essa experiência a inspirou a escrever um livro para crianças: "Just Breathe: Meditation, Mindfulness, Movement, and More" (Apenas respire: meditação, mindfulness, movimento e mais)..
Fonte:HuffpostLink: http://meditação, mindfulness,trantornosdeansiedade,humor, sono e saúde,crianças

Sete práticas que impedem o seu relaxamento

estresse enfraquece a imunidade, acaba com o humor, perturba o sono e pode até favorecer doenças e distúrbios alimentares. Motivos não faltam para se livrar desse mal, mas de nada adianta investir em todas as alternativas para combatê-lo sem saber direito como usá-las. A massagem ou a academia que você reservou no final do dia para fugir das tensões, por exemplo, pode ser mais um empurrãozinho para a crise de estresse estourar. Sabe por quê? Confira o que psicólogos e estudos mostram e descubra. 

Checar as redes sociais durante o trabalho
Parece que fazer algumas pausas durante o dia para olhar redes sociais e email pessoal é uma ótima forma de se abstrair do estresse no ambiente de trabalho. Mas você já parou para pensar com que frequência está fazendo isso? A cada parada, o seu cérebro não relaxa, pois precisa retomar o raciocínio e a concentração para você voltar à atividade profissional. As tarefas podem ficar cada vez mais acumuladas, sem contar que você não descansa o corpo, o mantido o tempo todo na frente do computador, na mesma posição.
"Quando o trabalho flui, evitamos o estresse, economizamos tempo e poupamos a nossa mente de preocupações desnecessárias", explica a psicóloga Glauca Lage, de Belo Horizonte. Por isso, é melhor organizar uma agenda de tarefas e controlar as escapadinhas para e-mails e redes. Na hora em que se sentir muito estressado, procure dar uma volta, fazer um lanche e alongar o corpo.
Ficar grudado no celular
Aparelhos telefônicos com internet permitem que as pessoas se distraiam a qualquer hora e fiquem o tempo todo ligados a pessoas queridas, mas eles não podem virar um vício. Um estudo da University of Gothenburg, na Suécia, analisou 4.100 pessoas durante um ano e identificou uma relação entre o uso de internet com problemas de saúde, como estresse, depressão e dificuldade para dormir. Segundo os pesquisadores, é muito fácil ficar mais tempo do que o planejado navegando, aumentando a pressão para conseguir cumprir as atividades e compromissos do dia.
Manter vários contatos no Facebook
Um recente estudo traz mais um gatilho para o estresse relacionado à internet: ter muitos amigos no Facebook. Aparentemente parece ser bom porque você tem muitos contatos para se relacionar, certo? Por outro lado, pesquisadores da Edinburgh Business School (Reino Unido) apontam que é mais provável que algo que você diga ou faça na rede social ofenda alguém ou prejudique a sua reputação. O estudo avaliou 300 usuários do Facebook e revelou que adicionar empregadores, pais e ex-namorados, por exemplo, resulta em um aumento da ansiedade. Afinal, é preciso filtrar tudo o que você vai publicar. O comportamento que você tem na frente dos seus pais nem sempre é o mesmo que tem na frente dos amigos, por exemplo.
Encher o fim de semana de compromissos
Quem marca mais compromissos de lazer no fim de semana do que é capaz de cumprir corre grandes riscos de chegar ao final do domingo esgotado e com a sensação de que não relaxou. "O período de folga fica corrido e, de novo, o estresse acaba preenchendo um espaço que deveria ser voltado ao estímulo do bem-estar, da tranquilidade e da paz interior", afirma Milene Rosenthal. Faça uma parada para recompor as energias perdidas durante a semana e iniciar a segunda-feira com pique.
Fugir de problemas
Dar as costas para o mundo toda vez que você quer relaxar não é exatamente a forma mais adequada de afugentar o estresse. Cedo ou tarde será preciso lidar com os empecilhos que você está ignorando. "Além disso, muitos problemas que não são resolvidos logo de início podem piorar e se tornar mais complexos, aumentando a preocupação constante e o estresse", lembra a psicóloga Milene. A alternativa para isso? Separar dois momentos na sua rotina: um exclusivo para enfrentar essas pendências e outro para relaxar.
Beber muito líquido à base de cafeína para ter mais disposição
Você quer ter pique até o último momento do dia e investe em café, guaraná e outras bebidas para conseguir se manter na ativa. Na hora de se deitar, o tão esperado sono não chega e nada de você relaxar. Isso soa familiar? "Existem inúmeras pesquisas que comprovam que a cafeína é um estimulante para o organismo e traz dificuldade para dormir", comenta Milene Rosenthal.
Horas antes de se deitar, pare com essas bebidas e adote as sugestões da psicóloga Andreia Calçada, do Rio de Janeiro: tome um banho quente e relaxante, prefira programas mais tranquilos de televisão, alimente-se de forma leve e faça exercícios de respiração e relaxamento.
Fonte:Minha Vida

Ser sedentário é pior do que ser fumante, diz estudo

Um estudo publicado pela revista médica norte-americana Jama Networ Open aponta para a importância extrema de praticar exercícios físicos. A pesquisa mostra que o aumento da aptidão cardiorrespiratória, conquistado com as atividades, reduz a mortalidade a longo prazo. E o mais intrigante é que o risco de mortalidade associado ao sedentarismo é maior do que os fatores de risco por doenças cardiovasculares e até mesmo pelo tabagismo.

Os pesquisadores alertam que o sedentarismo deveria ser considerado uma doença, para conscientizar as pessoas sobre a importância da prática de exercícios físicos. O estudo revela que, mais do que reduzir a mortalidade  precoce, manter-se ativo pode aumentar muito a expectativa de vida.
Quer viver mais? Comece a se exercitar!
Fonte:Mdemulher

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Dicas para diminuir a retenção de líquidos!

Considerado um dos maiores pesadelos de quem deseja emagrecer, o inchaço abdominalpode ocorrer em áreas como as pernas, braços, barriga e até mesmo no rosto. Diversas disfunções do organismo podem ocasioná-la: insuficiência vascular, hipertensão arterial,problemas renais e até mesmo no fígado. Por isso, dicas para retenção de líquido são muito úteis para quem deseja diminuir o problema.
A especialista em massagens Patrícia Silva, que atende pelo aplicativo Singu  – que conecta clientes a profissionais de beleza e bem-estar -, preparou algumas dicas para evitar retenção de líquido. Estas que irão de ajudar a eliminar o inchaço indesejado.

Confira 5 dicas para retenção de líquido:

Beba bastante água: além de manter a hidratação, a ingestão de 2 litros de água por dia deixa as células do corpo mais irrigadas, assim o organismo tende a reter menos sódio.

Movimente-se: ficar sentada durante o dia é um grande problema para a circulação do sangue. Se você trabalha muito tempo sentada, procure manter-se em movimento sempre que possível, levante de tempos em tempos para que sua circulação funcione bem.

Caso consiga ir antes ou depois do trabalho à academia, essa também é uma ótima alternativa para melhorar o inchaço, estimular a circulação, o fluxo de líquidos e nutrientes pelo corpo, evitando, inclusive, a formação de edemas.

Aposte nos chás: hibisco, chá verde, cavalinha e canela são alguns chás que ajudam não só no desinchar, como em diversos benefícios para o organismo. Aposte nesses aliados!

Diminua a quantidade de sal: maneirar na quantidade de sal durante as refeições é essencial para que o seu corpo retenha menos líquido. Uma alternativa para não deixar os alimentos sem gosto é investir em temperos .
naturais, como ervas ou limão.

Aproveite seu momento nas massagens: a drenagem e a massagem modeladora são técnicas que ajudam combater a retenção de líquidos. A primeira ajuda a drenar líquidos e toxinas acumuladas, já a segunda auxilia na fluidez dos líquidos, facilitando sua eliminação.

Fonte: Sportlife

Link: http://inchaço, retenção de líquidos, hipertensão,emagrecer, massagem

Celulite, como combater?

celulite é um dos grandes temores das mulheres. O problema, de origem estética, afeta cerca de 98% da população feminina, especialmente em regiões do corpo como coxas, bumbum ou braços — pessoas que sofrem com o efeito sanfona podem encontrá-las na barriga e, às vezes, nos seios. De acordo com especialistas, ainda não é possível determinar a causa da celulite, o que torna mais difícil se livrar dela. No entanto, alguns hábitos, como praticar atividade física, podem ajudar a reduzir os efeitos; algumas mulheres ainda recorrem a tratamentos estéticos capazes de controlar a aparência da pele.

O que é celulite?

Segundo a revista Time Health, o termo “celulite” apareceu inicialmente em um dicionário médico francês na década de 1870, sendo descrita como uma condição que provoca inflamação no tecido celular. Entretanto, dermatologistas afirmam que a celulite não é um problema realmente médico e sim uma questão de estética, que afeta principalmente as mulheres já que a sua aparição está relacionada ao estrogênio, um hormônio feminino
“Ninguém sabe exatamente o que causa a celulite, mas está claramente relacionado à presença de estrogênio na pele”, explicou David Goldberg, professor da Mount Sinai’s Icahn School of Medicine, nos Estados Unidos, à TimeApenas homens que fazem terapia de estrogênio para tratar câncer de próstata ou que apresentam doenças que elevam os níveis de hormônios femininos costumam ter os “buraquinhos”.

Abaixo da superfície

Outra informação conhecida pelos médicos é que o problema começa bem abaixo da superfície da pele, no tecido subcutâneo. Para explicar a aparição da celulite, Matthew Avram, da Escola Médica de Harvard, usa o exemplo de um cobertor colocado em cima de um colchão de gordura. Essa gordura é separada dentro de um sistema de compartimentos parecidos com favos de mel.
As paredes fibrosas desses compartimentos estão presos ao cobertor superior da pele. Se a gordura permanece dentro dos compartimentos, a pele em cima permanece lisa. Mas se a gordura incha e cria protuberâncias para fora das paredes que a envolvem, seja por causa de aperto ou compressão, a pele pode “ondular”. “Isso é a celulite”, esclareceu à Time
Os lóbulos de gordura da mulheres são maiores e naturalmente projetados para inchar e criar as protuberâncias que provocam uma aparência irregular. “Nos homens, os lóbulos de gordura são menores e os tecidos que os separam são feitos com mais linhas de proteção. Isso impede o surgimento da ondulação”, continuou. 

Tratamento

Para evitar a celulite é preciso reorganizar a interação entre gordura, tecido e pele, mas não existem muitos tratamentos capazes de realizar esta tarefa desafiadora. De acordo com Goldberg, os cremes hidrantes que vendem a redução da celulite não funcionam já que sua formação acontece abaixo da pele, onde o produto não alcança. Técnicas que visam reduzir ou remodelar a gordura sob a pele também são inúteis. O mesmo vale para a lipoaspiração, que em alguns casos pode piorar o problema.
Para o especialista, manter um peso saudável ajuda a suavizar a celulite, especialmente porque o aumento na balança piora o problema. Além disso, treinos que envolvem levantamento de peso podem minimizar as marcas por terem efeito compressor na pele. No entanto, ele alerta que forçar demais os quadris e o bumbum não é a solução para todas as mulheres, pois mesmo pessoas em boa forma têm os buraquinhos indesejados.

Procedimentos estéticos

Alguns procedimentos estéticos são uma opção para quem pode gastar. No entanto, muitos especialistas discordam sobre a eficiência deles por causa dos poucos estudos realizados para comprovar a qualidade. Segundo Goldberg, técnicas que utilizam dispositivos de radiofrequência baseados em energia podem ser uma alternativa uma vez que atuam para encolher e reconstruir as fibras de colágeno que separam as células de gordura. Esse método aperta a pele e diminui a aparência da celulite. Os efeitos são melhores quanto mais cedo for realizado, como no caso de pessoas jovens. 
Nos Estados Unidos, o tratamento Cellfina, aprovado pela Food and Drug Administration (FDA), usa um dispositivo parecido com uma agulha para cortar as faixas de tecido que puxam a pele e causam as ondulações, garantindo uma redução por três anos ou mais.
Apesar disso, os especialistas destacam que mais estudos são necessários para entender melhor o problema.
Fonte: Veja

sábado, 20 de outubro de 2018

Espaguetti de Abobrinha com molho de Tomate!

Boa receita para dieta Low Carb, vegetarianos, veganos ou para controle de peso.
Fácil e gostoso!





Ingredientes

  • 1 kg de abobrinha (+/- 5 médias)
  • 1 cebola roxa picada (140 g)
  • 1 colher (sopa) de alho picado
  • 1 kg de tomate italiano sem pele cortado em cubos
  • bouquet garni: tomilho, louro e alecrim
  • sal, açúcar e pimenta-do-reino moída a gosto
  • 1 fio de azeite
  • 200 g de tomate cereja
  • 30 g de manjericão
  • queijo coalho ralado, manjericão e azeite a gosto para finalizar.
  • Modo de preparo

    • Passe as abobrinhas por um cortador de legumes em tiras finas para que fiquem no formato de espaguete e reserve.
    • Numa panela em fogo médio refogue 1 cebola roxa picada com 1 colher (sopa) de alho picado sem deixar dourar. Adicione 1 kg de tomate italiano sem pele cortado em cubos, o bouquet garni e deixe reduzir o excesso de água, até formar um molho (concassé de tomate). Acerte o tempero com sal, açúcar e pimenta-do-reino moída a gosto. Apague o fogo e reserve.
    • Numa frigideira aqueça 1 fio de azeite e acrescente 200 g de tomate cereja e 30 g de manjericão. Adicione o molho, o espaguete de abobrinha, misture. Apague o fogo e sirva em seguida em um prato, finalizando com queijo coalho ralado, folhas de manjericão e azeite a gosto.
    • Fonte: Ana Maria Braga

Gastrite- Conheça os chás recomendados!

Se usados da maneira certa, os chás podem ajudar a prevenir e melhorar inúmeros problemas no nosso organismo, como a gastrite. Veja também os chás  indicados com efeito diurético e que ajudam a dormir melhor.

  • Tome 3 vezes ao dia
  • É possível juntar todos esses com a mesma função em um mesmo chá
  • Pode tomar gelado
  • Não pode "requentar" o chá, pois ele perder as propriedades
  • Beba até às 16h para não atrapalhar o seu sono, pois sentirá mais vontade de fazer xixi
  • Não é indicado para grávidas ou crianças
  • A quantidade máxima ideal é de no máximo 1 litro por dia. Para bons resultados beba pelo menos 500ml.

Mais dicas

  • Inclua aloe vera em gel, excelente para melhorar a mucosa gástrica
  • Não pratique exercícios físicos após as refeições
  • Evite tomar café antes ou depois de se alimentar
  • Não consuma líquidos enquanto come
  • Diminua a ingestão de álcool e evite tomá-lo caso esteja de barriga vazia
  • O cigarro aumenta as chances de úlcera no estômago. Procure largar o vício
  • Evite passar longos períodos em jejum. Indico comer de duas em duas horas
  • Procure mastigar bem os alimentos
  • Evite consumir alimentos em temperaturas extremas
  • Não exagere no uso de medicamentos como ácido acetilsalicílico e anti-inflamatórios
Visite sempre o blog Nuttrisaude e fique sempre bem informado sobre saúde e nutrição!

Fonte: Minha Vida


#nuttrisaude#gastrite#chás#estômago

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Vantagens do uso da chia no seu dia a dia!

1) Emagrecimento
Embora exista uma série de benefícios para a saúde, os quais já foram possíveis ter uma ideia ao conhecer o perfil nutricional das sementes de chia, nos últimos anos, esse alimento se destacou pelo seu papel na perda de peso. Assim, a chia é uma grande aliada para emagrecer.
E as razões para isso são variadas. Podemos começar falando sobre o seu teor de fibras, sendo que esse nutriente não só colabora com a evacuação adequada como também a aumentar a sensação de saciedade. Dessa forma, você vai demorar mais para sentir fome.
As sementes de chia são ainda ricas em proteínas, outros nutrientes que saciam a fome por mais tempo. No entanto, elas não fazem milagres sozinhas e, por isso, para emagrecer, além de ingeri-las, é preciso ter uma alimentação saudável e equilibrada.

2 – Colabora com o trato intestinal
A quantidade de fibras presentes nas sementes de chia, como já foi dito, colaboram com o bom funcionamento do intestino. Isso não é só importante para perder peso, mas também para evitar a constipação.
Desse modo, o alimento é um aliado ainda do bem-estar e da qualidade de vida. Além disso, as sementes de chia são ricas em fibras insolúveis, as quais se transformam em um gel quando entram em contato com a água, mesmo dentro do estômago.
Com isso, o tamanho das fezes aumenta, colaborando com os movimentos intestinais e com a consequente evacuação adequada. As fibras também ajudam na digestão, evitando problemas digestivos.
3 – Ajuda a controlar os níveis de colesterol
Mais um dos benefícios das sementes de chia, que se deve aos seus ácidos graxos, como o ômega-3, e o de contribuir para a redução do colesterol ruim. Por consequência, isso interfere positivamente na prevenção de doenças, como as do coração.
4 – Oferece energia para o corpo durante os treinos
Quem realiza treinamentos de musculação e outras atividades físicas intensas encontra nas sementes de chia mais uma aliada dos treinos. O alimento, que também pode ser bebido, é bastante energético e ajuda a manter a energia mesmo nos exercícios mais pesados.
Para se beneficiar disso, basta tomar as sementes de chia, que podem ser misturadas à água, algumas horas antes de um treino intenso. Também pode ser consumida depois das atividades físicas para restabelecer a energia e fornecer as proteínas necessárias para reparar os tecidos.
5 – Previne o desenvolvimento de diabetes tipo 2
O diabetes é mais uma doença que pode ser prevenida com a inclusão da chia no seu dia a dia. Isso acontece porque as fibras insolúveis que possui e que se tornam um gel no intestino colaboram com uma digestão mais lenta dos alimentos.
Quando isso acontece, a glicose dos alimentos, como os carboidratos, são dissipados na corrente sanguínea mais devagar, evitando assim os picos de insulina. Esse hormônio é liberado para controlar os níveis de açúcar no sangue.
Além disso, estudos apontam que as sementes de chia ajudam a controlar a pressão arterial em diabéticos. Esse é um cuidado muito importante que pessoas com a doença devem ter.
6 – Reduz as chances de alguns cânceres
Devido aos antioxidantes que tem, a chia também combate diferentes tipos de câncer,inclusive, os de mama que, a cada ano, afetam um maior número de mulheres. Uma das explicações é que o alimento é rico em ácido alfa-linoleico, um aliado na prevenção desse problema.
7 – Melhora a saúde do coração
A propriedade antioxidante da chia também tem papel relevante na prevenção de doenças que afetam o coração. As boas gorduras que possui também contribuem com isso, pois controlam os níveis de colesterol, os quais, se elevados, podem causar doenças cardíacas.
O ômega-3 é, especialmente, relevante para reduzir o risco de batimentos cardíacos irregulares, bem como para diminuir a pressão arterial e o acúmulo de placa arterial.
8 – Ajuda no tratamento da dislipidemia
A dislipidemia é uma condição em que o paciente tem uma quantidade anormal de gordura no sangue. E já que as sementes de chia têm a propriedade de reduzir o colesterol ruim, se torna um aliado importante no tratamento dessa doença.
Mesmo assim, é de extrema importância que o paciente faça um tratamento completo acompanhado de um médico e siga todas as suas orientações. Aqui, a chia é apenas um completo para o tratamento.
9 – Fortalece os dentes e os ossos
Já que a chia é um alimento com altas doses de cálcio, o seu consumo é benéfico para os dentes e ossos, que se tornam mais fortes. O manganês e o fósforo, são outros minerais presentes nas sementes e que contribuem para a sua manutenção.
Dessa forma, é possível não ter só dentes fortes, como bonitos também, o que é fundamental para a saúde do seu sorriso.
10 – Deixa a pele mais saudável
O ômega-3 encontrado na chia oferece ainda mais um benefício, que é o de melhorar a circulação do sangue. Isso ajuda na redução de casos de inflamação na pele, além de evitar o seu ressecamento.
Dessa forma, é possível ter uma pele mais bonita, com menos rugas e flacidez. Estudos indicam que essa boa gordura consegue proteger a pele da radiação solar. Mesmo assim, é de essencial se proteger do sol com produtos adequados para a pele, óculos escuros e boné.
11 – É uma alternativa aos alérgicos ao glúten
Muitas pessoas, atualmente, têm descoberto que são alérgicas ao glúten, uma proteína presente em diversos cereais, a exemplo do trigo. Por isso, é preciso que elas busquem alimentos que não contenham esse nutriente.
Assim, as sementes de chia são uma boa alternativa, porque são úteis na panificação sem glúten. Além disso, contribuem para que as pessoas com a doença celíaca tenham uma alimentação rica em outros nutrientes.
12 – Ajuda no combate da insônia
Entre os aminoácidos que a chia possui, destaca-se o triptofano, que participa da produção dos hormônios serotonina e melatonina. Esses, por sua vez, ajudam as pessoas a terem uma boa-noite de sono, com a mente calma e o corpo relaxado.
Mesmo assim, para dormir de forma adequada é preciso descansar todos os dias em média oito horas. Além disso, o melhor é dormir em local escuro, tranquilo e sem barulhos. A chia também contribui com o humor, o que é mais um fator para uma boa-noite de sono.


Fonte: Veja mais sobre a chia no site abaixo.
https://deber.com.br/chia/

Link: http:// chia, fome,triptofano,glúten,colesterol,emagrecer,ômega-3, sacia a fome,ácidos graxos,deber.com.br/chia