terça-feira, 10 de abril de 2018

Cuidados para reaquecer alimentos no microondas!

Tendemos a acreditar que todo e qualquer alimento pode ser reaquecido e consumido normalmente. Na verdade, não é bem assim que as coisas funcionam, e alguns simplesmente não devem ser requentados ou precisam de atenção redobrada nessa hora.
Descubra quais alimentos não devem passar por esse processo:

1 – Frango
Aves em geral têm determinadas quantidades de salmonela, assim como seus ovos. Para quem costuma reaquecer frango no microondas, fica o alerta: o alimento requentado nesse tipo de forno não se esquenta por inteiro, o que significa que algumas partes ficam quentes antes de outras. No caso do frango, o conselho é virar os pedaços de carne de tempos em tempos, para que todo o alimento realmente aqueça e não provoque desconfortos estomacais.
2 – Arroz
A questão aqui tem mais relação com o armazenamento do arroz. Se ele fica em temperatura ambiente, pode produzir substâncias tóxicas, que nos causam problemas intestinais. Depois de cozido, deixe que ele esfrie em temperatura ambiente e, em seguida, guarde-o em um pote fechado na geladeira.
3 – Batatas
O mais importante é a forma como se armazena o alimento. Se deixada por muito tempo em temperatura ambiente, a batata pode originar o crescimento da bactéria Clostridium botulinum, responsável pelo botulismo.
4 – Cogumelos
Se não forem armazenados adequadamente e levados ao refrigerador, cogumelos são propícios a uma rápida proliferação de bactérias. Depois de cozidos, cogumelos só podem ser reaquecidos no período de até 24 horas.
5 – Espinafre e outros vegetais
Dependendo de onde o espinafre e outras folhas verdes são cultivados, é possível que elas tenham alta concentração de nitratos, que podem se transformar em nitritos e, então, em nitrosamina, uma substância cancerígena. Essa mesma substância pode dar início à chamada “síndrome do bebê azul”, que faz com que crianças tenham problemas sanguíneos.
Fonte: MSN

Nenhum comentário:

Postar um comentário