domingo, 29 de abril de 2018

Receitas de Sanduíches light!

1) Sanduíche de pepino




Ingredientes

1 pepino sem casca e sem sementes, cortado ao meio
2 rodelas de tomate bem fininhas
4 fatias de peito de peru
1 colher (sopa) de cream cheese light
Sal, orégano e pimenta a gosto

Modo de preparo

Descasque o pepino e corte-o ao meio.
Retire as sementes, deixando em formato de barca.
Em uma das metades, passe o cream cheese.
Na outra, coloque o peito de peru e o tomate.
Tempere com orégano, pimenta e sal.
Feche as metades e sirva em seguida.
2) Sanduíche Vegetariano

Ingredientes

Sanduíche
1 fatia fina de berinjela cortada no sentido do comprimento
1 fatia fina de abobrinha cortada no sentido do comprimento
2 tomates secos
1 xícara (chá) de champignons fatiados
1 pão ciabata
1 xícara (chá) de rúcula
1 bola de mussarela de búfula cortada em fatias
Molho
1 colher (sopa) de mostarda
3 colheres (sopa) de vinagre balsâmico
1 colher (sopa) de suco de laranja
2 colheres (chá) de limão
1 colher (chá) de mel

Modo de preparo

Molho
Misture os ingredientes em um bowl e reserve.
Sanduíche
Preaqueça um grill e disponha a berinjela, a abobrinha, o tomate seco e os champignons.
Regue com o molho, fecha o grill e deixe por alguns segundos.
Monte o sanduíche: sobre a fatia do pão, coloque a rúcula, os vegetais grelhados e a mussarela.
Feche o sanduíche e sirva com chips.
Fonte:Lucília Diniz

sexta-feira, 27 de abril de 2018

Alimentos que ajudam adiminuir o inchaço, cansaço e TPM!

TPM: as três letras – que significam Tensão Pré-Menstrual, o mesmo que Síndrome Pré-Menstrual (SPM) – são o prenúncio da menstruação e trazem mudanças não muito bem-vindas, como a enxaqueca, para o corpo da mulher. Mas não se preocupe! Existem alimentos que ajudam a deixar esse período bem mais leve e tranquilo. Uma boa hidratação e alimentação rica em alimentos fonte de nutrientes importantes, que auxiliam a regular as funções orgânicas e prevenir os sintomas da TPM, são de extrema importância para amenizar os sintomas indesejados deste período.

Resultado de imagem para inchaço

Xô, mau humor! Fontes de zinco e magnésio contribuem para o bem-estar

Quem nunca deu uma resposta um tanto mau-humorada em plena TPM? Entre os sintomas mais famosos deste período, está a mudança de humor, e para ela, a nutricionista indica alimentos fontes de magnésio, como folhas verdes, banana, grão de bico, gergelim e amêndoas. "Eles diminuem a compulsão por doces e modulam a resposta de hormônios de estresse, melhorando o humor e a irritabilidade", aponta Patricia. Os alimentos ricos em zinco, como oleaginosas, carnes, cacau e vegetais folhosos verde-escuros também são aliados: "O zinco está relacionado à liberação de serotonina, um neurotransmissor associado à sensação de bem-estar".

Ganhe energia com alimentos como grão de bico e lentilha!

Contra o cansaço e a sensação de enfraquecimento, Patricia  destaca os alimentos ricos em ferro, a exemplo do grão de bico, lentilhas, sementes de abóbora e gergelim. "A deficiência de ferro leva à queda na produção de glóbulos vermelhos, provocando sintomas como queda de energia, fadiga, desânimo e depressão", explica.

'Hidratação é fundamental para prevenir retenção de líquidos', diz

Além da receita simples, com ervas, para reduzir a ingestão de sal, Patricia Davidson recomenda o bom consumo de líquidos para evitar o inchaço. "A hidratação adequada é fundamental para prevenir a retenção de líquidos. Quando a ingestão de água não é adequada, o nosso corpo tende a aumentar a retenção hídrica, aumentando o inchaço", diz ela, que já listou os melhores chás para as mulheres de 40 a 50 anos. "Vale consumir outros líquidos, como chás, água de coco e sucos naturais", finaliza.
Veja os alimentos que podem ajudar nestas situações:
Banana, grão de bico, gergelim e amêndoas também são fontes de magnésio. 'Eles diminuem a compulsão por doces e modulam a resposta de hormônios de estresse, melhorando o humor e a irritabilidade', explica Patricia .
Para espantar o mau humor da TPM, a dica é investir em alimentos fontes de magnésio, como as folhas verdes
As oleagionosas, assim como a carne e os vegetais folhosos verde-escuros, são ricos em zinco. 'O zinco está relacionado à liberação de serotonina, um neurotransmissor associado à sensação de bem-estar', afirma Patricia .
Contra o cansaço e a sensação de enfraquecimento, Patricia  destaca os alimentos ricos em ferro, como o grão de bico, lentilhas, sementes de abóbora e gergelim
Para evitar o inchaço, beba bastante água. 'Vale consumir outros líquidos, como chás, água de coco e sucos naturais', adiciona Patricia 

Hipertensão- Quais alimentos que devem ser evitados?

Esta quinta-feira (26) é o Dia Nacional da Prevenção e Combate à Hipertensão. A data foi criada como o objetivo de alertar e conscientizar as pessoas sobre os cuidados e prevenção da doença crônica que atinge mais de 36 milhões de brasileiros, de acordo com Ministério da Saúde. 
A hipertensão é chamada pelos profissionais da saúde como a "assassina silenciosa", uma vez que a maioria das pessoas que tem pressão alta costuma não se dar conta do problema. De acordo com médicos, a única forma de saber se você tem pressão alta é medi-la, pelo menos, um vez a cada seis meses ou um ano.
Para evitar a doença, que pode desencadear doença renal, disfunção erétil, demência e até perda de visão, se não for tratada, a Sociedade Brasileira de Hipertensão recomenda fazer exercícios regularmente, limitar consumo de álcool, não fumar e, é claro, ter uma alimentação saudável, com uma quantidade de sal moderada.
Porém, com o consumo excessivo de alimentos industrializados e processados, nem sempre nos damos conta de que exageramos no sal no dia a dia. De acordo com o Ministério da Saúde, os brasileiros consomem o dobro da quantidade diária de sal recomendada pela Organização Mundial da Saúde, que é de 2000 miligramas (ou 2 gramas de sódio por pessoa ao dia), o que equivale a 5g de sal.

Veja abaixo alguns alimentos que possuem doses cavalares de sódio e (provavelmente) você não sabe:
- queijos amarelos
Apenas 30 gramas do queijo parmesão, por exemplo, tem 20% do consumo de sódio.
-embutidos
Sardinha em conserva, por exemplo, tem 666 mg em apenas 4 unidades.
Carne processada (presunto, salame, peito de peru)
Apenas 3 fatias de um presunto cozido tem 412 mg de sódio.
-enlatados
- pão
Duas fatias de pão de fôrma (ou 50 g) têm 234 mg de sódio.
- comida pronta congelada
É muito prático descongelar uma lasanha pronta e comê-la após um dia conturbado, porém, apenas metade da lasanha congelada à bolonhesa tem cerca de 1.700 mg de sódio, ou seja, quase o recomendado por dia.
-temperos prontos e molhos prontos
Um colher de chá de tempero pronto para arroz, por exemplo, tem cerca de 1.645 mg.
-macarrão instantâneo
O famoso miojo ou Cup Noodles tem cerca de 70% do sódio que você deveria comer em todas as refeições.
- sopas intantâneas
Assim como o macarrão instantâneo e os congelados, a sopa instantânea também é cheia de sódio. Apenas uma colher e meia da sopa Vono (13 gramas) tem 793 mg de sódio.

O que fazer?

A regra número 1 para diminuir o consumo de sódio é ficar atento aos rótulos e tabelas nutricionais dos alimentos.
Além disso, prefira alimentos in natura, que tenham sido minimamente processados. Cozinhar em casa também requer atenção -- não exagere no sal de cozinha enquanto você tempera os alimentos.
Alguns alimentos também podem ajudar no combate à hipertensão.
De acordo com o Hospital Oswaldo Cruz, alimentos que são fonte de magnésio, como o alho, ajuda a dilatar os vasos sanguíneos. A aveia é rica em fibra e controla a glicose sanguínea. Já o leite e derivados têm hipotensores que estimulam a eliminação do sódio.
Também dê atenção aos alimentos ricos em potássio, como banana, feijão, espinafre e cenoura, que ajudam na eliminação do sódio. Por fim, não se esqueça de beber muita água.
Fonte: MSN
-

domingo, 22 de abril de 2018

Kombucha- para que serve?

Superalimento, saudável e com pouco potencial calórico. O kombucha, chá queridinho de famosas como Meghan Markle e Rafa Brites, é um hit do momento quando se fala em novas alternativas de alimentação com grande potencial nutritivo. Para saber tudo sobre a bebida, o Purepeople esclarece com o nutricionista Daniel Cady, de Salvador, quais os benefícios da sua ingestão para o organismo. "Ele é um alimento milenar, feito através do processo de fermentação e excelente para a saúde. Há mais de dois mil anos é usado na China e pode ser feito com o chá branco, verde ou preto, oriundos da mesma planta. A diferença é só o tempo de maturação. O chá branco é novinho, o verde intermediário e o preto, envelhecido. Aí a bebida consiste na fermentação desses chás".

Kombucha regula a flora intestinal e fortalece o sistema imunológico

Assim como o consumo de açaí e oleaginosas se destaca na alimentação por combater o envelhecimento precoce, o kombucha também é importante para o equilíbrio do sistema digestório. "Ele tem bactérias, leveduras e fungos que são benéficos para a nossa flora intestinal. O equilíbrio da nossa flora nos protege de invasores, viroses e melhora o nosso sistema imunológico. Por isso, o grande benefício do kombucha é ingerir probióticos. Recomendo que ele seja servido frio, com bastante gelo e deve ser conservado na geladeira. Como o chá forma muito gás, se ele esquentar, a gaseificação pode ser tamanha, ao ponto da tampa voar. Ele geralmente é vendido refrigerado e não tem um prazo de validade muito grande".
Fonte: MSN

Alimentos que aumentam o metabolismo!

1. Abacaxi

A fruta é rica em vitamina C, essencial para o bom funcionamento das células. “Quanto mais dessa vitamina cheia de antioxidantes circulante no corpo, menos lesões celulares teremos. Isso quer dizer que sobra mais tempo hábil para o organismo sintetizar massa magra – o que, no médio prazo, faz com que queimemos mais calorias”, explica Samanta Brito, nutricionista da Estima Nutrição, de São Paulo.

2. Frutas vermelhas

“Elas contêm antocianina, substância anti-inflamatória que intensifica a sensação de saciedade e ainda estimula a liberação de adiponectina, um hormônio que ativa enzimas responsáveis por colocar o metabolismo para trabalhar a todo vapor”, diz a especialista.

3. Matchá

Por conter clorofila em sua composição, a ingestão da erva – em forma de chá – faz uma limpeza geral no organismo e deixa seu corpo tinindo. “O matchá também apresenta um alto teor de catequinas, um polifenol que aumenta a temperatura corporal e eleva o número de calorias queimadas durante o dia”, diz Samanta.

4. Whey protein

A proteína do soro do leite é formada por aminoácidos que contribuem com o aumento da massa magra. “Quanto mais músculos, mais energia o corpo vai despender para dar conta da manutenção de todas essas fibras, mesmo em repouso”, conta Samanta. Ou seja, metabolismo a mil!

5. Linhaça

Por que apostar na semente: ela é riquíssima em ômega-3, um anti-inflamatório que desperta a atividade de enzimas que quebram e eliminam a gordura. “Aí, aos poucos, o corpo vai voltando a funcionar em seu ritmo normal e o metabolismo pega no tranco novamente”, diz a especialista.
Fonte: MSN

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Benefícios da Aveia!

1.A aveia contém fibras solúveis e insolúveis
As fibras solúveis formam um gel viscoso que ajuda a baixar o colesterol e estabilizar os níveis de glicose no sangue. A fibra insolúvel na aveia ajuda reduzir a constipação, dessa forma, melhorando a saúde intestinal.
2.A aveia faz um café da manhã fácil e equilibrado
Uma xícara de farinha de aveia cozida contém cerca de 150 calorias, quatro gramas de fibra (cerca de metade solúvel e metade insolúvel) e seis gramas de proteína. Um jeito muito fácil de preparar é fazer um mingau apenas adicionando leite e açúcar.
3.Fornece minerais importantes
Farinha de aveia é rica em nutrientes contém tiamina, magnésio, fósforo, zinco, manganês, selênio e ferro.
4.É naturalmente isenta de glúten
Apesar de ser naturalmente sem glúten, vale verificar o rótulo antes de comprar, pois ela pode ter traços dessa proteína simplesmente por ter sido processada ou transportada junto com o trigo, algo comum no Brasil.
5.Ajuda na saciedade
A aveia é uma excelente fonte de fibras que diminuem a absorção de açúcar e gordura no intestino e favorecem a saciedade. Por isso ela ajuda a controlar a vontade de comer, sendo ótima opção para quem está de dieta ou deseja controlar o peso.
Fonte: MSN

quinta-feira, 19 de abril de 2018


Chá de salsinha é um chá de ervas que é fácil de fazer e ideal para beber quando você precisa liberar seu corpo de toxinas. Esta erva é conhecida como uma erva culinária e tempero. É adicionada a um vasto número de pratos para realçar o sabor ou como um simples enfeite. Embora quase todas as pessoas estejam familiarizadas com os usos da salsa na cozinha, os benefícios de cura dessa erva são menos conhecidos. Como erva medicinal, a salsa tem um grande número de benefícios que você pode aproveitar ao tomar uma xícara desse chá regularmente.

O que é a salsinha?

A salsinha é uma erva bienal que pode atingir até 30 cm de altura. É nativa da região do Mediterrâneo, embora agora seja cultivada mundialmente como uma erva culinária e de tempero. Esta é uma planta comum para encontrar em um jardim de ervas. Você pode até crescer em um pequeno vaso desde que regue regularmente.
A planta de salsa tem pequenas flores brancas florescendo em cachos com pequenas sementes. Suas folhas, a parte essencial da planta usada para fazer chá de salsa, são verdes brilhantes e podem ser planas ou encaracoladas. As folhas são melhor colhidas na primavera e no outono.
A salsa é uma erva que é rica em vitaminas A, B, C, E e K, bem como outros elementos como cálcio, ferro, magnésio, fósforo, potássio, fibras e flavonoides antioxidantes. Beber este chá de ervas é uma ótima maneira de colher muitos dos benefícios da salsa, e alguns desses be

Chá de salsinha serve para limpeza

O benefício mais conhecido do chá de salsa é sua ação diurética. Antioxidantes e clorofila nesta infusão podem ajudar a eliminar elementos nocivos e tóxicos que causam inflamação e infecções. Este chá pode ser utilizado como uma forma de tratamento para artrite e reumatismo, eliminando os depósitos de líquidos e reduzindo o inchaço das articulações. Um chá de limpeza como este também pode impedir a retenção de água e, assim, ajudar a reduzir a celulite, reduzindo o excesso de líquido nos tecidos. O chá de ervas com salsa também estimula os pulmões a descarregar e eliminar os poluentes que podem ter se acumulado no sistema respiratório, permitindo que você também respire melhor.

Chá de salsa é bom para suporte renal e hepático

A ação diurética do chá de salsa também ajuda a aumentar o fluxo de urina, limpando os rins e a bexiga de toxinas e, assim, resultando em uma limpeza e purificação do sangue mais saudável. O chá de salsa é frequentemente recomendado para cálculos renais, mas você deve conversar com seu médico antes de usar este remédio. Parece haver evidências de que, com doenças renais mais graves, esse chá pode agravar a situação.
Beber este chá pode tratar doenças renais leves e infecção da bexiga, conhecida como cistite. Pode ajudar a reduzir o inchaço das glândulas, bem como tratar outras infecções do trato urinário e condições da próstata. Este chá de desintoxicação também pode ser útil para o fígado, promovendo a função saudável do fígado, limpando-o de agentes nocivos. Isso também pode melhorar a sua pele, tornando-a mais fresca e saudável.

Chá de salsinha é bom para ajuda digestiva e perda de peso

Se você sofre de indigestão ou náusea, você pode sempre tentar beber chá de salsa antes de suas refeições. As enzimas deste chá podem ajudar o seu estômago a funcionar melhor, reduzindo o refluxo ácido e os espasmos e cólicas no estômago. Chá de salsa também pode ajudar os intestinos a funcionar melhor, eliminando gorduras desnecessárias e resíduos do corpo. Também pode ajudar a tratar flatulência, inchaço, cólicas e constipação dolorosa.
Este chá também pode tratar infecções da boca. Com gengivas e dentes saudáveis, você reduz bastante a ocorrência de mau hálito. Este chá também pode servir como um chá de emagrecimento, porque, como promove uma digestão mais rápida e melhor, permite que seu corpo absorva melhor os nutrientes de que você precisa e os elimine de elementos nocivos indesejados e fluidos excessivos.

Chá de salsinha para a saúde do coração

Uma xícara de chá de salsa pode ajudar a melhorar a saúde do seu coração. O conteúdo vitamínico e antioxidante deste chá pode ajudar a reduzir o colesterol ruim no sangue, bem como regular a pressão arterial. Se você estiver tomando medicamentos para o coração, certifique-se de conversar com seu médico sobre tomar este chá medicinalmente, para evitar quedas súbitas da pressão arterial.
Chá de salsa também pode ajudar a fortalecer os vasos sanguíneos, bem como ajudar a repará-los. Isso pode ser muito útil na prevenção de problemas cardíacos ou derrames.

Chá de salsinha como tônico feminino

Chá de salsa pode ser visto como um tônico feminino, porque quando ele limpa o fígado, também ajuda a promover o equilíbrio hormonal que é essencial para um sistema reprodutivo saudável. Este chá de ervas também pode funcionar como um tônico uterino, ajudando a regular o seu ciclo menstrual. Isso pode ser útil para mulheres com períodos atrasados ​​ou escassos. Estimula o útero, alivia cólicas menstruais e previne a TPM.
Algumas mulheres acham este chá útil para contrair o útero após o parto, mas certifique-se de conversar com seu médico antes de usar este remédio natural, porque ele irá interferir com a amamentação.

Construção de força e imunidade com o chá de salsinha

A salsa é uma fonte de minerais e vitaminas que pode ajudá-lo a recuperar-se da exaustão física. Esta infusão de ervas é particularmente rica em ferro e vitamina C, que são essenciais para combater a anemia. Este chá ajuda o organismo a absorver melhor os nutrientes de que necessita para manter a sua força e reforçar o sistema de imunidade. Isso evita o aparecimento de doenças e acelera o tempo de recuperação quando a doença ocorre.
Beber chá de salsa regularmente também pode ajudar a ingestão de vitaminas D e K e cálcio, que ajudam a manter os ossos saudáveis ​​e fortes. A presença de antioxidantes neste chá também é dito para ajudar a proteger e estimular a função cerebral, mantendo seu cérebro ativo e saudável. Salsa também é um anti-histamínico natural, o que significa que beber este chá pode ajudá-lo a combater alergias, febre, tosse, asma e outras doenças respiratórias.

Chá de salsinha como inibidor de tumores

O chá de salsa é rico em antioxidantes flavonoides, que são componentes protetores que podem ajudar a inibir o crescimento de tumores. A proteção antioxidante que essa erva fornece pode ajudar a evitar danos às células que poderiam levar à mutação e ao câncer.
Antioxidantes neste chá também podem retardar o envelhecimento prematuro do corpo e da pele, evitando a inflamação e os danos causados ​​pelos radicais livres no seu corpo. Isso pode evitar doenças oculares ou neurodegenerativas.

Benefícios do uso externo do chá de salsa

Há evidências de que a aplicação de chá de salsa à pele pode ajudar a limpar e curar contusões leves, como picadas de insetos, parasitas e piolhos, por exemplo. Sua ação antisséptica e antifúngica pode ser ideal para limpar manchas e outras doenças de pele. Infusões de salsa podem ser usadas externamente para tratar úlceras de pele e reidratar a pele rachada ou rachada. Aplique-o suavemente para hidratar a pele seca.

Efeitos colaterais do chá de salsa

Enquanto beber chá de salsa regularmente pode ajudá-lo a lidar com uma série de doenças, há também algumas questões que você deve estar ciente. Sempre fique dentro da dose recomendada, pois muito pode causar anemia, problemas renais ou hepáticos.
Quando aplicar esta perfusão na sua pele, certifique-se de que testa primeiro uma pequena área, pois poderá ficar sensível e desenvolver uma reação alérgica na forma de uma erupção cutânea ou de uma irritação cutânea mais grave.
Tomar este chá regularmente pode fazer com que os seus níveis de açúcar no sangue diminuam, por isso, se tiver diabetes, certifique-se de que monitoriza adequadamente os seus níveis de açúcar e procure o conselho do seu médico.
Evite este chá de ervas se você está grávida. Este chá de ervas estimula o útero a ajudar a retardar os períodos e, portanto, pode causar um aborto perigoso. Durante a amamentação, também não é recomendável que você beba este chá medicinalmente, a menos que seja recomendado pelo seu médico.
Se você tem um histórico de doença inflamatória renal grave, então você deve evitar beber este chá como o ácido oxálico presente na erva pode promover a formação de pedras nos rins. Este chá é aconselhável apenas para condições amenas.
Duas semanas antes de qualquer cirurgia, pare de beber este chá. Chá de salsa pode interferir com seus níveis de açúcar e torná-lo fraco durante a fase de recuperação.
Se você estiver tomando medicação para coagulação do sangue ou quaisquer outras formas de drogas diuréticas, não tome chá de salsa, pois isso pode interferir, aumentando ou dificultando os efeitos desses medicamentos.
Se você não tiver certeza sobre este chá de ervas, você deve conversar com seu médico e começar com uma pequena quantidade de chá por dia.

Como fazer o chá de salsa?

Vamos dar uma olhada rápida em como fazer chá de salsa e em breve você estará colhendo os benefícios desse excelente chá.
  • Peças usadas: folhas frescas ou secas
  • Quantidade: 2 a 4 colheres de sopa de folhas frescas ou 2 a 4 colheres de chá de folhas secas por xícara
  • Temperatura da água: 100ºC
  • Tempo de infusão: 5 a 10 minutos
  • Dosagem: 3 vezes ao dia
  • Misture com: mel, limão, hortelã
Você pode usar salsa fresca ou seca para fazer seu chá de limpeza. Se você estiver usando folhas frescas, lembre-se de lavá-las cuidadosamente antes de usá-las, mesmo que elas venham do seu próprio jardim de ervas.
Comece levando água para ferver. Enquanto você espera a água ferver, pique finamente cerca de 2 a 4 colheres de sopa de salsa fresca por xícara de água. Se você estiver usando salsa seca, você precisa de cerca de 2 a 4 colheres de chá da erva por xícara de água. Coloque sua erva no bule e despeje sobre ela a água fervente. Deixe o seu chá em infusão por 5 a 10 minutos. Quanto mais tempo ele embeber, mais forte será o seu chá.
Coe o chá e descarte a salsa usada. Como a maioria dos nutrientes foi liberada na água, a reinfusão das mesmas folhas resultaria em um chá mais fraco e menos eficaz. Este chá pode ter um sabor forte e amargo, então adoce com mel e adicione um pouco de limão. Beba seu chá e aproveite porque o chá de salsinha é um maravilhoso chá de limpeza que você pode beber até 3 xícaras por dia, de preferência antes de suas refeições. É melhor beber por cerca de uma semana e depois tirar 3 dias para deixar seu corpo se ajustar e ver se você não precisa mais desse chá.

Dicas para o consumo do chá de salsinha

É melhor usar salsa fresca em vez de salsa seca. As folhas frescas são consideradas mais potentes, pois alguns dos elementos nutritivos das folhas podem enfraquecer durante o processo de secagem. Para alívio digestivo, você pode misturar esta erva com hortelã para criar uma infusão de ervas calmante e mais palatável. No verão, prepare um copo de chá gelado de salsa. Ele irá ajudá-lo a manter a calma e ao mesmo tempo manter alergias afastadas. Use este chá como agente aromatizante. Melhore pratos como arroz, batata ou peixe, carne e ensopados de legumes.
Fonte:Saúde Melhor

Algumas maneiras de aumentar a atividade física diária sem perceber e ajudar na perda de peso!

Neste artigo falaremos sobre alguns truques para aumentar a atividade física diária sem nem perceber.
Sabemos que precisamos de ao menos 30 minutos de atividade física diária para ficarmos em ótimas condições. No entanto, para muitos a ideia de incluí-la como parte da vida é complicada ou tediosa. Isso acontece com você?
Felizmente, você pode fazer pequenas alterações para atingir este objetivo. Não está acreditando? Continue lendo e confira!

Como aumentar a atividade física diária

1. Desça do ônibus algumas paradas antes

A única coisa que você precisa é descer algumas paradas antes do planejado e caminhar até o seu destino. Dessa forma, você pode economizar tempo se o tráfego estiver muito congestionado.
  • Para te inspirar um pouco, você pode acompanhar essa pequena caminhada com alguma música legal.
  • 2. Escolha as escadas

    Você já reparou que a maioria dos edifícios que você visita tem mais de um andar? Você é uma daquelas pessoas que escolhem usar o elevador? Se assim for, escolha aumentar a sua atividade física subindo as escadas, mesmo que seja apenas um andar.
    No começo pode ser difícil porque é um exercício muito intenso. A notícia boa é que fazer isso de forma constante tonifica as pernas e melhora a respiração.
    • Recomenda-se que no começo você faça essa atividade devagar e sem exigir muito de si. Conforme você se adaptar às escadas, pode aumentar a velocidade.
    • 3. Use a bicicleta

    • Há quanto tempo você não anda de bicicleta? Se você não está caminhando porque sente que simplesmente não progride o quanto gostaria, tente trocar o carro pela bicicleta para aumentar a atividade física diária.
      Se você acha que é um meio perigoso de transporte, lembre-se de que usar um capacete, cotoveleiras e joelheiras reduz os riscos. Além disso, a maioria das cidades modernas está dando prioridade à educação sobre segurança no trânsito para melhorar a segurança dos ciclistas.
      • Se você ainda não está convencido, saiba que a bicicleta melhora suas habilidades motoras e reduz o estresse e o colesterol.
      • 4. Ajude na limpeza da casa

        A maioria de nós odeia fazer o trabalho doméstico, mas esta acaba sendo uma boa fonte de atividade física. No caso de você não caminhar ou andar de bicicleta, tente esfregar o chão, varrer, podar o jardim ou arrumar a despensa.
        Dependendo do tipo de atividade que você escolher, receberá um ou outro benefício:
        • Por exemplo, se você optar por aumentar sua atividade física podando o jardim, receberá vitamina D se o fizer durante o dia.
        • No caso de preferir arrumar o armário e as prateleiras, você irá melhorar a saúde das suas articulações ao mover as caixas.

        5. Brinque com as crianças

      • Se você tiver filhos, irmãos ou primos, deve saber que eles estão sempre cheios de energia e que raramente param. Portanto, não é incomum que ocasionalmente caiam ou se ralem.
        Brincar com eles permitirá que você fique de olho na segurança deles, relaxe e desenvolva relacionamentos mais sólidos. Mas cuidado, pois brincar com eles não significa jogar videogame ou assistir a filmes.
        • De preferência, tente escolher atividades que envolvam movimento e gasto de energia.
        • As melhores opções são jogar bola ou futebol, nadar, correr pelo jardim, etc.
        • Dependendo de quantos anos eles tiverem, você terá que pensar em atividades que os atraiam.
        • 6. Caminhe enquanto conversa

          Você é uma daquelas pessoas que ficam presas à tela do celular o tempo todo? Você acha que não é possível trocar mensagens com seus amigos e aumentar a atividade física diária ao mesmo tempo?
          Bom, acontece que é possível. Receber um telefonema ou passar horas conversando com seus amigos é uma oportunidade perfeita para fazer alguma atividade física.
          • Em vez de sentar no sofá, caminhe pelo cômodo onde você está. Você só precisa tomar cuidado para que não haja objetos que façam você escorregar e cair.
          • Você pode se surpreender ao descobrir que andou mais de trinta minutos sem sequer perceber.

          7. Exercite-se enquanto assiste televisão

        • Você gosta de fazer maratonas com suas séries favoritas? Você é incapaz de perder um episódio da série que está na moda? Levando em conta que cada capítulo dura cerca de uma hora, você tem a oportunidade perfeita para aumentar sua atividade física.
          Escolha a opção que preferir:
          • Faça uma sessão de alongamento.
          • Use uma bicicleta ergométrica.
          • Corra parado ou faça pequenos saltos.
          • Faça uma série de flexões durante o intervalo.
          • No caso de você assistir televisão com outra pessoa, pode criar desafios para tornar o exercício mais divertido.
          Como você pode ver, aumentar sua atividade física pode ser divertido e simples se você realmente se esforçar.
          Inclua essas atividades em seu cotidiano e você poderá descobrir que no final do dia você fez mais do que 30 minutos de exercício.
        • Fonte: Melhor com Saúde