segunda-feira, 26 de março de 2018

Correr- Quantas calorias eu gasto?

A estimativa do gasto calórico da corrida tornou-se comum entre os os corredores. E, de acordo com o fisiologista Turíbio Leite de Barros Neto, é um dos indicadores mais significativos da efetividade dos exercícios. Sua estimativa, quando feita com precisão adequada, fornece uma informação importante para a adequação da dieta, programas de perda de peso, além de quantificar a intensidade da atividade.
Turíbio explica que o princípio do cálculo do gasto calórico da corrida segue os padrões de referência da medida do consumo de oxigênio que acontece no exercício. Isso porque o dado do consumo de oxigênio representa a produção de energia, ou, em outras palavras, o gasto calórico. “Quando consumimos 1 litro de oxigênio para ‘queimar’ nossos substratos energéticos – principalmente gordura e carboidrato – produzimos cerca de 5 calorias”, explica o fisiologista.


Como calcular o gasto calórico da corrida

Para calcular o gasto calórico da corrida, existe uma fórmula simples que ajuda a chegar ao resultado usando as variáveis velocidade e peso corporal. Se preferir, use a calculadora para fazer a conta:
Gasto calórico em calorias por minuto = velocidade (em km/h) x peso (Kg) x 0,0175.
Por exemplo: um indivíduo de 78 kg, correndo à uma velocidade de 8 km/h, estará gastando: 8 x 78 x 0,0175 = 10,92 calorias por minuto. Uma corrida de 1 hora nesta velocidade terá portanto gastado 10,92 x 60 min = 637,2 calorias.
Turíbio ressalta que este cálculo é válido para a corrida no plano, uma vez que será alterado quando houver aclive ou declive em qualquer momento durante o percurso. “Para quem costuma percorrer uma certa distância em cada treino, o cálculo do tempo permite a estimativa da velocidade média desenvolvida e, assim, a consciência do gasto calórico conforme a fórmula acima”, completa o especialista.
Fonte: MSN

Nenhum comentário:

Postar um comentário