quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Exercícios para perda de peso!

Além de ser uma das formas mais eficazes de prevenir doenças, estimular a mente e até mesmo ganhar uns anos de vida, a prática de exercício físico é fundamental para os processos de perda de peso, especialmente para aqueles que são feitos de forma gradual e sempre com os cuidados máximos a nível de saúde.

Mas nem todos os exercícios têm o mesmo impacto no corpo humano, muito menos quando o objetivo é ‘aniquilar’ a gordura e baixar uns números na balança. Mesmo sendo toda a atividade física boa para o corpo e para a mente, são nove os exercícios que melhor ajudam a dizer ‘adeus’ aos quilos extra.
E um deles, diz o site da Prevention, é o treino cardiovascular, onde se inclui a corrida, a caminhada, a natação e a bicicleta. O ideal é que este tipo de exercício seja intercalado no tradicional treino e que a intensidade vá aumentando gradualmente, de forma a dar tempo ao metabolismo de se adaptar e ser capaz de ficar mais acelerado.
Se pensa que para perder peso não pode trabalhar o músculo, engana-se. Os treinos de força (com levantamento de pesos, por exemplo), são igualmente importantes para a perda de massa gorda, que passa a dar ‘espaço’ à massa magra (que resulta do aumento da massa muscular). Aderir ao treino de força duas a três vezes por semana, intercalando-o com o treino cardiovascular, é a ‘chave’ do sucesso.
No que diz respeito aos exercícios e movimentos em si, as tão odiadas flexões devem passar a ser protagonistas, pois trabalham o corpo. Embora não devam ser feitos todos os dias, os abdominais são também presença ‘obrigatória’ num plano de treino para perder peso.
Os agachamentos (que podem ser feitos numa espécie de plano mensal de aumento de intensidade gradual, em que no primeiro dia se fazem apenas dez e no último dia do mês tenta-se chegar aos 100) e os tríceps de mergulho (que é quando se ‘afunda’ o corpo em direção ao chão com as mãos apoiadas numa cadeira) são também movimentos a ter em conta, assim como os lunges – que podem ser feitos de forma estática ou em andamento, sendo que a intensidade varia caso seja ou não usado um peso nos tornozelos ou um altere em cada mão.
Uma vez que o temido ‘músculo do adeus’ é um dos que mais tempo demora a tonificar e aquele que mais espelha a perda de peso, nada como começar a trabalhá-lo o quanto antes, fazendo movimentos de braços com alteres de forma a que sejam trabalhados os biceps e também os ombros.


Ainda no que diz respeito ao treino de braços, a ‘remada’ com alteres é ainda uma outra forma de conseguir lutar com a gordura acumulada, bastando para este exercício usar alteres e a postura correta.
Fonte:MSN

Nenhum comentário:

Postar um comentário