segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Personal das famosas ensina treinos caseiros para quem não gosta de academia

Não gostar de ir à academia e ter a rotina corrida não são desculpas para não se exercitar. É possível queimar muitas calorias e definir o corpo sem sair de casa ou sequer precisar de pesos ou acessórios. E isso com apenas 15 minutos diários de prática.
Quem garante é o personal trainer Marcio Lui, que atende famosas como Sabrina Sato e Adriane Galisteu.  O profissional montou dois treinos diferentes que trabalham o corpo todo e devem ser feitos de forma intercalada (treino 1 na segunda-feira, 2 na terça-feira e assim por diante).
Feitos exclusivamente com o peso do corpo, os circuitos podem ser realizados no parque, na praia ou em qualquer outro lugar que você desejar.

Treinos para fazer em casa

Cada um deve ser feito de 2 a 3 vezes na semana. Pessoas com lesões, problemas cardíacos ou fora de condicionamento, dentre outras, podem ter complicações com o treino. Por isso, é necessário consultar um médico antes de iniciá-lo.

Treino 1

De duas a três vezes por semana
15 flexões50 polichinelos
40 agachamentos100 abdominais
10 burpees1 minuto correndo intensamente sem sair do lugar
30 segundos de escalador: para fazer este exercício, coloque as mãos e os pés no chão como se fosse fazer uma flexão. Em seguida, mantenha os braços estendidos e simule uma escala com as pernas.

Treino 2

De duas a três vezes por semana
1 minuto correndo forte no lugar
50 agachamentos
1 minuto correndo forte no lugar
15 flexões1 minuto correndo forte no lugar
30 afundos1 minuto correndo forte no lugar
30 segundos de prancha1 minuto correndo forte no lugar
100 abdominais
Fonte:MSN

Horário das refeições pode influenciar o emagrecimento

Pesquisadores do Brigham and Womens Hospital (EUA), em colaboração com a University of Murcia e a Tufts University, na Espanha, descobriram que não é simplesmente o que você come, mas também quando você come que pode ajudar no emagrecimento. O estudo foi publicado dia 29 de janeiro no International Journal of Obesity. 

Para avaliar a influência do horário das refeições na perda de peso, os cientistas acompanharam 520 participantes com excesso de peso que seguiram um programa de 20 semanas de tratamento para obesidade. As pessoas foram divididas em dois grupos: aquelas que comiam mais durante a manhã e as que preferiam comer em horários mais tardios - a refeição de referência foi o almoço. 

O primeiro grupo almoçou em qualquer momento antes das 15 horas, enquanto o segundo grupo fez a refeição após esse horário. Todos os participantes deveriam consumir no almoço 40% das calorias totais do dia.Analisando os resultados, os autores descobriram que as pessoas que comeram mais cedo perderam mais peso durante o mesmo período do que aquelas que comeram mais tarde.

Os especialistas explicam que o metabolismo das pessoas que comeram após as 15 horas era mais lento, tornando o ritmo de perda de peso igualmente mais baixo. Esse grupo também mostrou uma maior sensibilidade à insulina, um conhecido fator de risco para diabetes.Os estudiosos notaram que o horário das demais refeições não desempenhava um papel tão significativo na perda de peso. 

Os pesquisadores também examinaram outros fatores tradicionais que atuam na perda de peso, como a ingestão de calorias totais, os hormônios do apetite leptina e grelina e a duração do sono. Entre esses fatores, os pesquisadores não encontraram diferenças entre os dois grupos, o que sugere que o momento da refeição foi um fator importante e independente no sucesso da perda de peso.

Sete atitudes para tornar a sua dieta mais empolgante


Fazer uma reeducação alimentar costuma gerar uma sensação de privação para aqueles que seguem a dieta e as orientações do nutricionista à risca. A mudança de hábitos, porém, deve ser gradual: escolhendo melhor as refeições e não abdicando dos pequenos prazeres à mesa, só que tudo na quantidade certa. Além disso, ao tornar o regime mais agradável, o comprometimento com a perda de peso aumenta e o objetivo é alcançado com maior facilidade. Saiba sete maneiras criativas para tornar a sua dieta ainda mais eficaz:
1. Programar um timer
Se você "engole" toda a sua refeição em cinco minutos uma boa solução é contar com a ajuda de um timer (um contador de tempo). Marque 25 minutos no aparelho e se esforce para comer mais devagar, mastigando várias vezes e aproveitando o momento do café da manhã, almoço e jantar para saborear a comida, lembrar o quanto cada alimento é gostoso e, de quebra, favorecer a digestão.Além do timer, a nutricionista  dá as seguintes dicas: conte as mastigadas, mastigue 20 vezes cada garfada. Procure comer acompanhando as outras pessoas da sua mesa. "Normalmente, quando comemos sozinho, comemos mais rápido para acabar logo", diz ela. Apoie os talheres na mesa após cada garfada. Só prepare a próxima garfada depois que já engoliu a anterior. Na hora da refeição, desligue a televisão e o computador ou qualquer aparelho que possa tirar a sua concentração.