terça-feira, 25 de julho de 2017

Dicas para lanches infantis para a escola!


Atualmente a obesidade infantil tem preocupado muito os pais e profissionais de saúde. Os pais são muito importantes na formação de hábitos saudáveis dos filhos e, além da alimentação de casa, é importante que se tenha cuidado na escolha do lanche da escola. É claro que existem exceções, mas normalmente as opções das cantinas contêm excesso de gorduras e carboidratos (coxinha, pão de queijo, pizza, hot dog, etc.).

As bebidas, sucos e refrigerantes, geralmente, contêm excesso de açúcar. Por isso, enviar uma garrafinha de água ou água de coco no lanche de todo dia é a melhor opção. Para que ela chegue fresca na hora do lanche, coloque congelada na lancheira pela manhã.
É melhor incentivar o consumo da fruta in natura, ao invés do suco, que tem poucas fibras e não ajuda na saciedade da criança.
Vegetais como brócolis, tomate cereja, mini cenouras podem sim ser consumidos no lanche, é tudo uma questão de hábito. Não precisam ser consumidos apenas na hora do almoço ou jantar.
Eventualmente, levar algo não muito nutritivo não é um problema. Negocie com a criança um dia da semana para este lanche.
É importante que o lanche esteja bem conservado e para isso existem as lancheiras térmicas, que, de acordo com o fabricante, podem garantir a conservação por até 4 horas.
Sugestões: de lanches saudáveis
Iogurte + bolo caseiro integral + mini cenoura
leite fermentado + biscoito integral + banana
pão com queijo + fruta + água geladinha
milho cozido + água de coco + melancia picadinha
Fonte:ABESO

O que não se deve fazer com as crianças na hora da comida!

  1. Dizer Sempre Sim: A criança sem limites vai abusar das calorias e das guloseimas. Devemos ter um dia por semana e situações em que podemos ser mais liberais.
                             
  1. Lanches Fora de Hora: Já dissemos que o ideal são 6 refeições diárias e evitar as beliscadas fora desses horários.
  2. Oferecer Comida Como Recompensa: “ Coma toda a sopa para ganhar a sobremesa”. Passa a idéia de que tomar sopa não é bom e que a sobremesa é que é o máximo.
  3. Ameaçar Castigos para Quem Não Cumpre o Combinado: “ Se não comer a salada, não vai ganhar presente”. Isso somente vai aumentar o ódio que a criança sente das saladas.
  4. Brincadeiras na Mesa: Hora de comer é hora de seriedade, evitar fazer aviãozinho. Muito mimo é sinônimo de muita manha.
  5. Ceder ao Primeiro Não Gosto Disso: a criança tem uma tendência a dizer que não gosta de uma comida que ainda não provou. Cada um pode comer o que quiser, mas pelo menos, experimentar não custa nada.
  6. Substituir Refeições : Não quer arroz e feijão, então toma uma mamadeira. Esse erro é muito comum, e se a criança conseguir uma vez, vai repetir essa estratégia sempre.
  7. Tornar a Ida a Uma Lanchonete, Um Programão : A comida de casa fica meio sem graça.
  8. Servir Sempre a Mesma Comida : A criança só toma iogurte, então passa o dia todo tomando iogurte. Vai enjoar, vai faltar nutrientes, vai faltar fibras.
  9. Dar o Exemplo: Não adianta mandar tomar sucos e somente beber refrigerantes.
Fonte:ABESO