sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Receita natural para intestino preso!

Na maioria dos casos, mudanças na dieta e estilo de vida podem prevenir o intestino preso. Enquanto uma dieta rica em fibras e estilo de vida ativo são a primeira linha de defesa contra este problema comum e desconfortável, casos graves podem exigir uma solução imediata, com uma receita natural para intestino preso. Ou até mais de uma.

Os remédios naturais para intestino preso combinam ingredientes naturais e altamente eficientes para liberar o intestino e mantê-lo funcionando de forma saudável. Consulte o seu médico imediatamente se seu intestino preso vem acompanhado de dor intensa, sangue nas fezes ou inchaço. Estes podem ser sinais de uma condição séria que requer uma avaliação de peritos. E pergunte ao seu médico antes se você pode consumir os remédios naturais sem problemas.
Ervas para intestino preso
Suco de aloe vera é um remédio natural para intestino preso desintoxica o organismo e limpa o trato digestivo. Aloe também promove o amolecimento das fezes. O gengibre é um estimulador rápido do trato intestinal e pode ser adicionado ao alimentos cozidos ou tomado em forma de chá. A Cáscara Sagrada é também uma erva que atual como um laxante natural. Há evidências que ela também tonifica o intestino, enquanto a erva transita pelo seu sistema digestivo.
Alimentos saudáveis, hidratação e exercícios físicos
Apesar de parece repetitivo, a melhor receita natural para intestino preso é uma combinação entre alimentação saudável, hidratação e exercícios físicos. Alimentos com alto teor de fibras, frutas frescas, legumes e grãos integrais devem fazer parte de sua dieta, mantendo o intestino saudável e estimulado para prevenir que o problema de intestino preso vire crônico e agudo. O consumo diário de 8 a 10 copos de água, esteja você com sede ou não, acrescenta umidade para fezes duras, fazendo a passagem pelo intestino fácil e indolor. Frituras, alto consumo de gorduras e sedentarismo fazem com que o intestino fique estagnado e forma um muco que irrita o trato intestinal e pode resultar na síndrome do intestino irritável. Movimento do corpo é igual a circulação de resíduos e uma simples caminhada, passeio de bicicleta, ou a participação em outros esportes, apoiar o sistema de eliminação natural do corpo.
Semente de linhaça
Moa duas colheres de sopa de semente de linhaça em um liquidificador ou moedor de café. Use elas puras, hidratando com água, ou misture com outras sementes ricas em fibras, tais como gergelim e abóbora. Polvilhe a mistura sobre o seu os alimentos de seu café da manhã ou adicione a smoothies, sopas ou saladas.
Alimentos de alta fibra para grávidas de intestino preso
Alimentos ricos em fibras são a melhor maneira de aliviar o intestino preso durante a gravidez. Desde que você queira evitar medicamentos desnecessários durante a gravidez, esta opção é ideal. Você pode encontrar fibra em muitos alimentos, tais como frutas e cereais ricos em fibras. Inclua vegetais de folhas verdes em sua dieta, bem como grãos integrais. 25 a 30 g de fibra de todos os dias é o ideal, principalmente para as grávidas.
Fluidos à vontade
O que você bebe é tão importante quanto o que você come quando se trata de intestino preso. Aumente a sua ingestão de água. Sucos naturais, smoothies e sucos verdes são essenciais porque são uma bomba de hidratação com remédios naturais em vitaminas e nutrientes essenciais para soltar seu intestino preço.
O intestino preso com freuqência pode levar a algumas doenças: hemorróidas, fissura anal, diverticulite. Portanto a prevenção é o melhor remédio!
Preparei um e-book para você: "Sucesso na Prevenção e Controle da Diverticulite" contém todas as informações completas do que você precisa saber e fazer para prevenir e controlar a diverticulite. Inclui sugestões de cardápios para os vários estágios, desde sua prevenção até o controle da doença, acrescido de várias dicas importantes para se manter saudável! Clique no link abaixo e adquira já seu exemplar e ganhe um livro bônus de receitas:

Fonte: saúde melhor

Nenhum comentário:

Postar um comentário