domingo, 8 de outubro de 2017

Dicas de como deve ser a alimentação de seu filho por idade !


Resultado de imagem para crianças de várias faixas etárias

Alimentação por Idade

Qualquer pessoa deve ter uma boa nutrição para estar bem fisicamente e ter uma boa qualidade de vida. Como em qualquer idade, a alimentação infantil deve ser acima de tudo bem equilibrada contendo diversos tipos de nutrientes como carboidratos, proteínas, vitaminas e fibras. À medida em que elas crescem, a necessidade de nutrientes vai mudando de acordo com o período da vida
Entretanto, muitas crianças podem não comer determinados alimentos importantes ou preferem abusar das gorduras e dos açucares. Sempre procure usar os momentos das refeições como algo agradável e divertido e não como um castigo ou punição. A alimentação é muito importante porque ela evita as doenças, faz com que a criança se recupere mais rápido, auxilia no desenvolvimento e no aprendizado infantil.

Alimentação Infantil Seis Meses a 1 ano de Idade

Nos primeiros seis meses de vida somente o leite materno é recomendado para que uma criança tenha uma boa alimentação. Não é orientada a ingestão de chás, sucos ou água, pois só o leite materno é suficiente para protegê-lo contra doenças e infecções. O leite da mãe deve ser substituído apenas quando ela tiver alguma doença que impossibilite o processo ou caso a criança seja intolerante a lactose. Em muitos casos o filho passa a receber outro tipo de alimento após os 4 meses que é o período de amamentação garantido pela CLT.
Depois dos seis meses os pais podem começar a introduzir outros tipos de alimentos para que ela tenha mais opções de nutrientes para o desenvolvimento mental e físico. Nessa etapa é essencial que a qualidade dos alimentos seja levada em conta para garantir que o consumo de alimentos seja balanceado.
Os novos alimentos serão papas feitas com frutas, verduras e cereais. Porém, é importante lembrar que o leite materno deve continuar sendo oferecido. Nos primeiros meses dessa nova alimentação a criança pode ter um pouco de resistência, mas os pais devem sempre oferece-los.
Façam as papinhas dos bebês com base nos seguintes grupos de alimentos:
- Grupo do arroz, pães, massas, batata e mandioca;
- Grupo das verduras e legumes;
- Grupo das frutas;
- Grupo dos feijões;
- Grupo do leite, queijos e iogurte;
- Grupos das carnes e ovos.
Não dê comidas requentadas durante as primeiras refeições de seus filhos e sempre ofereça tudo amassado com um garfo e não batido no liquidificador. Use poucos condimentos e salgue o mínimo possível, pois a comida é de bebê, mas ela precisa ter gosto de comida. Não dê refrigerantes, balas, café, salgadinhos e produtos industrializados. Sempre ofereça água para ele beber e não dê alimentos que sejam difíceis de mastigar.
Higiene Bucal: Antes do nascimento da primeira dentição limpe a boca da criança com um pano molhado com água. Após o crescimento dos primeiros dentinhos use uma escovinha macia sem pasta de dente.

Alimentação Infantil 2 a 3 anos de idade

Frutas VerdurasNesse período podemos encontrar dois tipos de crianças, as que comem muito e as que travam uma verdadeira guerra com os pais para não comer. Caso seu filho não goste de um tipo de alimento troque por um do mesmo grupo nutricional para que tenha menos rejeição. Muitas vezes os pais oferecem guloseimas, biscoitos e doces para tentar satisfazer a criança, mas esse comportamento deve ser evitado.
Nesse período é que se forma o hábito alimentar porque a criança come praticamente o mesmo que o resto da família. Muitas vezes eles ficarão com a aparência de magras e altas. Procurem estabelecer 3 horários para alimentação principal com dois lanches nos intervalos das refeições principais.
Sirva muitas verduras, legumes e frutas variadas com diversas texturas e cores. Ofereça leite integral, derivados do leite como iogurte e queijos, pães brancos, bolos caseiros, hortaliças cruas e cozidas, proteínas encontradas em carnes e sucos de fruta. Veja se existem possíveis alergias e sempre fique por perto para que não haja problemas com engasgamento. Não deixe aparelhos eletrônicos ligados durante as refeições, pois elas se distraem facilmente.

Alimentação Infantil com 4 a 6 anos de idade

Nessa etapa da infância, as crianças costumam demorar mais para comer e se recusar a se alimentar em determinado horário. Por isso sempre alterne o horário para ofertar os alimentos e tente oferecê-lo uma próxima vez. Para que ele passe a apreciar comidas saudáveis, os pais devem ser os primeiros da dar o exemplo.
Nesse período as crianças começam a frequentar as creches e os jardins de infância e levam as lancheiras com os mais diversos tipos de alimentos. Os pais devem enviar alimentos saudáveis que devem ter uma porção de um dos tipos de alimentos: energéticos, construtores ou reguladores.
Alimentos Energéticos: nele estão incluídos as gorduras, os cereais e os açúcares.
Alimentos Construtores: proteínas animais e vegetais.
Alimentos reguladores: frutas, verduras e legumes.
Procure envolver seu filho no cardápio para que ele escolha coisas que mais gosta. Claro que você pode controlar o excesso de gorduras e açúcares. As vezes você pode oferecer guloseimas nas refeições e no lanche enviado para a escola, mas seja sempre moderado.
Sugestões de Lanches para as Crianças
  • Iogurtes;
  • Frutas naturais;
  • Bolos feitos em casa;
  • Salada de Fruta;
  • Sanduíche natural;
  • Sucos naturais;
  • Pão de queijo.

Alimentação Infantil com 6 a 10 anos

Frutas OvosNesse período as crianças podem realizar algumas atividades físicas e seguirão o hábito que foram acostumadas quando eram mais novas. Os alimentos oferecidos devem ser nutritivos e variados, como ocorreu nas idades anteriores, mas ela irá se alimentar em maior quantidade. Oriente seu filho a evitar o consumo de açúcares, gorduras e produtos industrializados.
Devem consumir diariamente frutas, verduras e legumes. Sempre inclua grupos alimentares como frutas, leites e derivados, carnes e hortaliças. Acostume seu filho a comer alimentos ricos em cálcio para melhorar a massa óssea.

Fonte: Alimentação Saudável

Nenhum comentário:

Postar um comentário