quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Quais os alimentos que fazem bem para o coração?

Uma dieta saudável pode ser boa para o coração, bem como para reduzir sua cintura. Você pode definitivamente reduzir o seu risco de desenvolver doenças cardiovasculares pela ingestão de determinados alimentos todos os dias. Há uma grande variedade de frutas e legumes que são bons para o coração.
Num geral, você tem que tentar comer alimentos que estão em sua forma natural, já que eles vem diretamente do solo. A dieta deve incluir, é claro, alimentos saudáveis para o coração, como peixes, grãos integrais, legumes e frutas, mas não se deve ter medo de completar a dieta ocasionalmente com um copo de vinho tinto ou um pedaço de chocolate escuro.

Nossa lista é bem completa de alimentos essenciais para quem quer ter um coração saudável, e todos são saborosos o suficiente para não deixar qualquer pessoa desejosa por um fast food. Vamos à lista?

Alimentos bons pro coração: peixes

Coma peixes ricos em ômega-3, como salmão, atum, cavala, arenque e truta. O ômega 3 é um ácido graxo essencial, usado pelo seu organismo para vários processos. E nesses processos, o ômega 3 contribui para o combate do colesterol ruim, que faz mal ao coração.

Dieta para o coração: oleaginosas

Um punhado de oleaginosas saudáveis, como amêndoas ou nozes irá satisfazer sua fome e ajudar o seu coração. Elas tem um pacote completo de nutrientes para a saúde do coração, incluindo o ômega 3 e fibras para combater o colesterol, e a vitamina E para impedir que placas bloqueiem suas artérias,

Alimentos para um coração saudável: frutas vermelhas

Estes pequeninos frutos são repletos de fitonutrientes para um coração saudável, além de fibra solúvel. Novamente, nutrientes que combatem o colesterol e que trabalham para manter sua saúde em dia. Tente mirtilos, morangos, cranberries ou framboesas no cereal ou iogurte.

Linhaça para um coração saudável

A linhaça contêm ácidos graxos ômega-3, fibras e fitoestrogênios para melhorar a saúde do coração. Para obter o maior benefício da linhaça, é necessário moer a linhaça no momento do consumo ou germiná-la, deixando-a de molho na água da noite para o dia.

Aveia para um coração saudável

Além de antioxidantes, que contribuem no combate aos radicais livres e que podem prejudicar a saúde do seu coração, a aveia contém um tipo especial de fibra, chamada de betaglucano. Essa fibra tem um poder especial no combate ao colesterol, sendo bem mais eficiente do que fibras normais.

Feijão faz bem para o coração

Não estamos falando de feijoada, ok? Os feijões mais escuros são ricos em fibras, vitaminas do complexo B, minerais e outras coisas boas para a saúde do tecido cardiovascular e para a redução do colesterol no sangue.

Vinho tinto ou suco de uva para uma saúde cardiovascular perfeita

Uma taça de 100 ml vinho tinto (até duas para os homens e uma para mulheres por dia) pode ajudar a melhorar os níveis do colesterol bom (HDL). Suco de uva na mesma quantidade também pode ter efeitos semelhantes. É importante saber que os antioxidantes presentes no vinho tinto e no suco de uva também podem ser eficientes no combate aos radicais livres, ajudando a deixar seu corpo mais saudável por mais tempo.

Legumes vermelhos, amarelos e alaranjados para o coração

Legumes como a cenoura, batata doce, pimentão vermelho são carregados com carotenoides, fibras e vitaminas para ajudar o seu coração a manter um nível de saúde da melhor forma possível. Além disso, são alimentos que contribuem para te deixar satisfeito por mais tempo.

Espinafre e vegetais de folhas escuras para o coração

Vegetais de folhas escuras carregam vários nutrientes que contribuem desde o combate aos radicais livres até a redução do colesterol ruim no sangue. Como bônus, ainda há fibras para te manter com a sensação de saciedade por mais tempo.

Melhores frutas para o coração

Frutas, tais como laranjas, melões e mamão são ricas em beta-caroteno, potássio, magnésio e fibra. Esses nutrientes são essenciais para a formação de um tecido cardiovascular mais saudável e de um sangue que não contribua para a formação de placas nas veias e artérias.

Tomates para a saúde cardiovascular

Tomates em todas as suas variedades fornecem o licopeno, vitamina C, alfa e beta-caroteno, Todos esses nutrientes são usados pelo sistema cardiovascular para o melhor desempenho e saúde.

Chocolate escuro

O chocolate escuro é bom para sua saúde cardíaca, mas apenas o chocolate que tenha pelo menos 70% de cacau. Novamente, são os antioxidantes trabalhando para sua saúde perfeita.
Fonte: Saúde Melhor

Polivitamínico pode ajudar a perder peso?


Multivitaminas, também chamados de polivitaminas, tem uma fama um pouco controversa. Alguns acreditam que eles ajudam a emagrecer, outros acreditam que contribuem para engordar. Em quem acreditar, afinal?
Um coquetel de vitaminas não pode preencher todas as lacunas em uma dieta ruim, mas todo mundo tem dias em que a pizza é mais tentadora do que uma salada completa, ou um prazo apertado que te faz pular o almoço para optar pelo fast food. Além disso, alguns nutrientes vitais, como a vitamina D3, são difíceis de obter provenientes apenas de alimentos normais. Aqui estão alguns mitos e verdades sobre polivitamínicos.

Polivitamínico: para quê serve? Ajuda na perda de peso

Se você precisa perder um pouco de peso. Pesquisas mostraram que pessoas que tomaram polivitamínicos por seis meses perderam uma média de 8 quilos. As pessoas que receberam pílulas falsas não perderam nada. Por quê? Um multivitamínico pode ajudar o seu corpo a emagrecer preenchendo pequenas lacunas nutricionais que retardam o seu metabolismo. Nas pesquisas, o metabolismo de quem toma multivitamínicos aumentou em 6%, ajudando os corpos queimarem mais calorias 24 horas por dia.
Os pesquisadores suspeitam que os nutrientes extras ajudam na produção de energia, ajudando a queimar mais gordura. O reforço de nutrientes também pode ajudar seu corpo a responder melhor à insulina e à leptina, hormônios que afetam o apetite e o peso. Só um detalhe: use essas vitaminas apenas se recomendadas por um médico. Consumir vitaminas sem a recomendação apropriada pode significar problemas sérios de saúde. Além disso, as polivitaminas usadas para complementar uma dieta ruim não farão efeito algum no emagrecimento, pois os hábitos alimentares continuarão ruins.

Melhor polivitamínico para o coração? Existe?

Pesquisadores descobriram que tomar um multivitamínico diário durante pelo menos cinco anos faz com que você tenha 41% menos probabilidade de ter um ataque cardíaco (se você não tiver sinais de doença cardíaca previamente).
Um polivitamínico pode proteger seu coração de várias maneiras, através da complementação da vitamina C, niacina e ácido pantotênico (vitaminas B-2 e B-5) ajudando vários sistemas a reduzir as placas que ameaçam o coração. E alguns minerais, especialmente o magnésio, trabalham para manter as artérias flexíveis e combate a inflamação.

Quantidade de vitaminas em um polivitamínico é importante?

Um bom multi deve atender a ingestão diária recomendada para a maioria dos nutrientes. Leia o rótulo para ver se o sua formulação tem cerca de 100% do valor diário para todas as vitaminas presentes na fórmula. Se você é uma mulher, seu médico provavelmente vai perguntar se o polivitamínico tem pelo menos 18 mg de ferro para substituir o que você perde durante sua menstruação.

Polivitamínicos podem repor o cálcio do seu organismo

Médicos afirmam que mulheres precisam de 1.000 mg a 1.200 mg de cálcio por dia, mas metade desse valor deve ser obtido a partir de alimentos. Para homens, a recomendação de suplementos de cálcio é de 500 mg por dia devido a algumas ligações ao câncer da próstata. Um médico e um nutricionista devem avaliar quanto cálcio você recebe de fontes naturais para complementar sua dieta com os polivitamínicos corretos.

Divida vitaminas durante seu dia

Compre um barato pílula-divisor na farmácia, em seguida, divida o seu multivitamínico em pequenas parcelas durante o dia. Tomando parte com seu café da manhã, parte com o almoço, e parte no jantar. Dividir a dose e tomá-la com alimentos maximiza a absorção. Se as vitaminas perturbarem seu estômago, tomá-las com alimentos pode evitar problemas.

Posso substituir alimentos por vitaminas

Apesar de muitos “especialistas” estarem recomendando a substituição de alguns alimentos por suplementos vitamínicos, a recomendação é não fazer isso. Tal atitude pode resultar em problemas sérios de saúde, além de resultar no ganho de peso porque você vai sentir a falta de nutrientes como proteínas, carboidratos, entre outros.

Posso tomar vitaminas sem acompanhamento médico

Apesar de vitaminas não precisarem de receita para o consumo, usá-las sem o devido acompanhamento de um nutricionista ou médico, você corre o risco de provocar alterações ao seu peso para mais ou menos, mas sem qualquer estabilidade. Em outras palavras, você pode engordar ou emagrecer, mas sem a saúde ideal para manter o peso e os nutrientes essenciais de uma dieta saudável.
Podem parecer cuidados e informações básicas, mas você ficaria surpreso com quantas pessoas erram por não conhecerem essas informações. Você já toma multivitamínicos? Qual o acompanhamento médico você tem feito? Quais polivitamínicos você recomenda?
Fonte: Saúde Mlehor

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Sinais de problemas de saúde que surgem no rosto

Realizar consultas médicas regularmente é fundamental para a identificação e o tratamento precoce de doenças, mas mesmo em casa é possível saber se há algo de errado com seu organismo: basta se olhar no espelho com atenção. Confira sinais que surgem no rosto que podem indicar problemas de saúde:

Sinais de doenças que aparecem na pele

1. Pelos faciais em excesso, ao longo da linha da mandíbula, queixo e lábio podem ser sintomas de Síndrome dos Ovários Policísticos. Isso ocorre porque os hormônios sexuais masculinos, que têm ação aumentada na condição, estão relacionados ao crescimento dos pelos.
2. Aparecimento de espinhas em idade adulta e aumento da oleosidade da pele também podem indicar um quadro de Síndrome dos Ovários Policísticos, e não somente ser resultado de uma alimentação desequilibrada.

3. Inchaço na pele das pálpebras e bolsas sob os olhos podem ser sinais de hipotireoidismo, condição caracterizada pela incapacidade de a glândula da tireoide produzir hormônios suficientes para suprir as necessidades do organismo.
4. Rachaduras nos lábios podem não ser simples resultados de um clima frio, mas sim indicar problemas relacionados a uma dieta pobre em zinco e niacina. O mineral e a vitamina do complexo B podem ser encontrados em alimentos como frango, fígado e peixes, além de grão-de-bico, sementes de abóbora, amendoim e cogumelos.

5. Bolhas nos cantos dos lábios podem ser sinais que o corpo dá de que precisa de mais ferro e vitaminas do complexo B. A condição não é grave e pode ser facilmente driblada com um maior consumo de alimentos como vegetais de folhas verdes escuras, feijão, frango e outras comidas ricas em fibras.
Fonte:MSN

Ginástica funcional fortalece o corpo e estimula o autoconhecimento

Nos primeiros anos de vida, o corpo humano mostra-se hábil para as mais diversas estrepolias. Correr, pular, agachar, girar, empurrar e puxar, subir e descer são, nessa fase, movimentos tão naturais quanto respirar. Com o passar do tempo, isso muda e movimentos simples como brincar de pega-pega com os netos ou flexionar-se para alcançar algo no chão, por exemplo, podem terminar com uma fisgada aqui, uma travada ali –especialmente para os mais sedentários.

Usar esses movimentos naturais como base para uma rotina de exercícios físicos é a grande sacada da ginástica funcional, modalidade que vem se popularizando no país nos últimos anos, tanto dentro das academias quanto fora delas. A proposta é desenvolver a consciência corporal e preparar o físico para realizar as tarefas do dia a dia de forma inteligente, eficaz e segura. Trabalha-se o equilíbrio, a flexibilidade, a coordenação motora, a agilidade e a força, entre outras funções. Com tudo isso, vai ficar difícil lembrar como é ter um mau jeito na coluna.
Ao contrário da musculação tradicional, o foco do funcional é trabalhar os músculos de uma forma integrada, e não isolada. “Procuramos estimular o fortalecimento da região do core (lombo-pélvica-quadril) de forma mais global, prescrevendo tarefas de estabilização, flexão e extensão (tronco e quadril), rotação e potência, sempre explorando todos os planos do movimento (frontal, sagital e transversal) e diferentes formas de contração (concêntrica, excêntrica e isométrica)”, explica Artur Hashimoto Inoue, treinador da Core360, projeto referência em capacitação para ginástica funcional.
Para realizar os exercícios, é possível contar com alguns acessórios. Segundo Artur, nas academias, pode-se utilizar barras, anilhas, halteres e o que mais estiver ao alcance. Dentro de casa ou ar livre, como praças, parques e praias, é comum o uso de faixas elásticas, escadas de agilidade e cones, entre outros.
Treinamento sob medida evita lesões e é mais eficaz
A ginástica funcional não sustenta uma fórmula única. Os profissionais da área costumam combinar elementos de diferentes métodos (pilates, por exemplo) e modalidades esportivas (como a ginástica olímpica) para criar uma metodologia própria. E dentro de cada uma, é possível montar programas específicos de acordo com as necessidades de cada indivíduo.
Por conta disso, a avaliação física para esse tipo de treinamento é mais detalhada. Quem procura, por exemplo, o Nuno Cobra Saúde, projeto dos irmãos Nuno Cobra Jr. e Renato Cobra, tem que fazer pelo menos três exames: ergoespirométrico, dobras cutâneas e hemograma completo. “Nosso treinamento é sob medida, por isso precisamos de uma avaliação minuciosa”, explica Nuno. A dupla dá continuidade ao método criado pelo pai, Nuno Cobra, conhecido por seu trabalho inspirador como preparador físico e mental de Ayrton Senna.
“Também fazemos uma entrevista com o aluno para traçar o seu perfil psicológico e mapear o seu histórico de atividades físicas e lesões.”, continua. “É preciso saber se ele tem um desgaste no joelho ou na coluna. Dessa forma podemos calcular melhor a intensidade e o volume de exercícios sem correr o risco de causar lesões.”
Integrar corpo e mente é o desafio. A consultoria dos irmãos Cobra leva o conceito de integração a outro patamar. Para eles, o corpo é um caminho para o crescimento e aprimoramento mental, emocional e espiritual. “Trazer à tona velhos hábitos e padrões, para trabalhar de forma consciente e gradativa possíveis mudanças, constitui um movimento essencial de liberdade, autonomia e renovação da vida', descreve a cartilha do método.
Durante o processo, a equipe trabalha sete pilares: cardiovascular, sono, fortalecimento, relaxamento e alongamento, alimentação, coordenação motora e equilíbrio, e meditação e respiração. “O nosso alongamento envolve meditação também. Você acalma a mente através do corpo”, exemplifica Nuno Cobra Jr.
Contra a cultura do “no pain, no gain” (sem dor, sem ganho), difundida pela escola militar de treinamento, na qual se baseiam as linhas tradicionais de fitness e malhação, eles defendem o “no pain, more gain” (sem dor, mais ganho), ao proporem uma atividade equilibrada e prazerosa, que prioriza a saúde, e não a performance a qualquer custo.
Os exercícios, inclusive, são realizados individualmente ou em grupo em praças e parques paulistanos. “Caminhar 20 minutos na natureza parece nada, caminhar dez na esteira parece interminável”, observa o Nuno da segunda geração. Ele alerta também para a importância de se tomar sol. “É uma preocupação, principalmente para o idoso. Muitas pessoas apresentam falta de vitamina D porque não tomam sol.”
Apesar de as tarefas parecerem simples e acessíveis, é importante, de início, contar com o acompanhamento profissional. “Ao aprender a escutar e entender o próprio corpo, a ideia é que o aluno possa ter, ao fim do curso, adquirido conhecimento e recurso para treinar a si mesmo.”
Fonte: MSN

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

OUTUBRO ROSA - Conheça 12 dicas para prevenir o câncer de mama



No mês de outubro é realizada a campanha do Outubro Rosa, que tem como objetivo a prevenção e cuidado com o câncer de mama.
O câncer de mama está relacionado a um estado de excesso de estrogênio, conhecido como dominância de estrogênio.

Os fibromas uterinos, cistos mamários, infertilidade, enxaquecas e mesmo câncer de próstata nos homens podem estar relacionados ao domínio de estrogênio.

Nós realmente somos o que comemos, bebemos, respiramos e pensamos! Embora o alimento com certeza seja considerado o melhor medicamento, o seu uso incorreto também pode ser o maior veneno.

Quando há eliminação reduzida de toxinas físicas e emocionais, eles acumulam o que pode levar ao dano no DNA e, finalmente, ao câncer.



Algumas das melhores estratégias para prevenção do câncer de mama são:

1. O alimento é sempre primordial

Coma alimentos ricos em antioxidantes, esses alimentos podem ser um tratamento natural para cancer de mama como as frutas orgânicas, os vegetais, as nozes e as sementes, e gorduras e óleos saudáveis como abacate e azeite extra virgem.

Coma várias porções de vegetais e frutas todos os dias para obter o melhor benefício de fito nutriente.

Especialmente incluir vegetais crucíferos, como brócolis, couve-flor, couve de Bruxelas, couve, repolho, que fornecem indole-3-carbinol (I3C), um fito nutriente que ajuda a metabolizar o estrogênio.

Lembre-se: o açúcar é um grande aliado do câncer! Ativa os genes do câncer e alimenta o crescimento de células cancerosas. Sem falar dos seus vários malefícios para saúde, como o aumento de peso, diabetes, entre outras doenças. Elimine ao máximo o açúcar da sua dieta em todas as formas.

2. Pare de fumar


Um estudo publicado no início de 2013 no Journal of the National Cancer Institute mostrou que os fumantes têm um risco 24% maior e os antigos fumantes têm um risco 13% maior de câncer de mama invasivo do que aquelas pessoas que não são fumantes.

3. Evite o álcool

O álcool muda a maneira como o estrogênio é metabolizado em nosso corpo, o que pode levar ao domínio de estrogênio. As mulheres que bebem álcool têm níveis superiores de estrogênio corporal do que aqueles que não bebem.

4. Consumir uma dieta baixa em alimentos à base de animais.


Os produtos à base de animais são extremamente inflamatórios e expõe o corpo a uma dose elevada de ácido araquidônico, um mediador inflamatório. Preencha metade do seu prato com legumes!

5. Faça exercícios regularmente e desenvolva uma prática de ioga.

Qualquer exercício, leve ou intenso, reduzirá o risco de câncer de mama. O exercício aeróbio reduz o risco de desenvolvimento de câncer de mama, alterando o metabolismo do estrogênio em nosso corpo e aumentando a proporção de "bom" (2-hidroxestrona) para os estrogênios "ruins" (16alfa-hidroxestrona).

Yoga equilibra e regula o sistema endócrino e, assim, nossos hormônios. Ele também constrói o sistema imunológico, promovendo o fluxo linfático, sendo este último extremamente importante para a drenagem de toxinas da mama e dos gânglios na axila (braço).

6. Faça autoexames regulares de mama e massagem mamária.

Eles podem salvar vidas! Obtenha exames clínicos de mama em seus exames físicos anuais e mamografias, caso seja necessário.

7. Mantenha a composição corporal adequada e a porcentagem de gordura do seu corpo.


Obesidade e tecido adiposo visceral, ou seja, a gordura acumulada em torno de seus órgãos abdominais é extremamente inflamatória!
8. Reduzir outros problemas causadores de inflamação em seu corpo.

É importante testar a sensibilidade alimentar e eliminar da sua dieta todos os alimentos aos quais você pode ter alergias ou sensibilidades.

Verifique e analise infecções crônicas no intestino, boca e seios.
Lembre-se, a inflamação torna o sistema imunológico menos efetivo ao fazer seu trabalho, e um sistema imunológico menos eficaz leva à progressão das células cancerosas!

9. Evite toxinas.

Alimentos inflamatórios que são preenchidos com gorduras trans, colorantes artificiais e conservantes.

Produtos químicos de limpeza doméstica, pesticidas e inseticidas.
Plásticos contendo BPA, que podem ser usados para armazenar alimentos e água.

Produtos de cuidados pessoais e perfumes: estes podem conter produtos químicos que perturbam hormônios, como ptalatos e parabenos.

10. Consuma uma proteína de boa qualidade em cada refeição.


Seu corpo precisa de aminoácidos essenciais em cada passo para funcionar de forma otimizada.

Converse com o seu médico para obter uma análise do seu corpo em relação aos nutrientes, o que lhe dirá se a proteína que você está comendo está sendo digerida e absorvida tão eficazmente quanto deveria.

11. Controle a mente, o corpo e as emoções com exercícios de meditação controle da respiração e liberdade emocional.

Aqui estão algumas dicas:

Medite diariamente.

Aprenda e pratique exercícios de yoga.

Pratique o perdão todos os dias!

Faça um diário antes de ir para a cama para desintoxicar a mente.

12. O sono é o seu melhor amigo!

Um estudo publicado em agosto de 2012 mostrou uma associação entre menos sono e desenvolvimento de formas agressivas de câncer de mama em mulheres.

Se você sofre de problemas crônicos do sono, procure seu médico para encontrar a causa subjacente e corrija-a. Usar remédios para dormir nem sempre é a resposta!

Use dessas dicas para se prevenir dessa doença grave como o câncer de mama. São dicas simples que podem fazer diferença no futuro. Lembre-se sempre também de consultar seu médico caso tenha .

Fonte: Colaboradora Rosi Feliciano

Link:http://outubro rosa/câncer de mama,beleza.blog.br/cancer-de-mama-doi

ALIMENTOS QUE MELHORAM O HUMOR!

QUE TAL TESTAR ESSES ALIMENTOS PARA MELHORAR O HUMOR?

Conheça os aliados da dieta da felicidade e maus hábitos que podem nos deixar mais emburrados e irritados!
LIMÃO
Com propriedades digestivas, acelera o metabolismo, mesmo se tiver comido algo indigesto. Propicia o bom funcionamento do fígado e intestinos. Ótimo fixador de minerais, também ajuda a trazer clareza e lucidez.
CENOURA
Esse legume é rico em betacarotenos, substâncias antioxidantes que preservam a saúde de todos os tecidos e dão aquela sensação de bem-estar e disposição.
ALHO
O tempero natural reduz a pressão arterial, que pode disparar com ansiedade acumulada. Possui ainda ação adstringente, ajudando a baixar colesterol e triglicérides.
ABACATE
O alimento melhora o humor e pode ajudar no quesito felicidade até porque é super saudável: possui muita proteína, triptofano, potássio, magnésio, ácido fólico, vitaminas do complexo B, vitamina E e vitamina K. Previne doenças cardiovasculares, acidente vascular cerebral e até câncer.
CARNE
Quando consumida moderadamente, este alimento, com elevado teor de proteínas, propicia saciedade. Possui ainda alto nível de triptofano, que favorece a formação de serotonina.
MEL
A glicose deste doce natural proporciona sensação de felicidade justamente por ter uma alta concentração de serotonina
MILHO
O milho oferece bons carboidratos e é fonte de vitamina B6. O alimento dá energia e favorece a produção de serotonina, hormônio do bem-estar e prazer.
ARROZ INTEGRAL
É abundante em vitamina B1, importante para o sistema nervoso.
JABUTICABA
A fruta contém ferro, que combate a anemia, e vitamina C, que aumenta as defesas do organismo. Tem ainda complexo B, de função antidepressiva, e é rica em energia, que dá ânimo.
OVO
O alimento possui tiamina e niacina (vitaminas do complexo B), que favorecem o bom humor. A gema, em especial, conta com colina, que trabalha na manutenção e desenvolvimento da memória e ainda melhora as funções cognitivas e coordenação motora.
PEIXES E FRUTOS DO MAR
São fontes de minerais importantes para a atividade cerebral como o selênio. Possuem zinco, que beneficia bom humor, bem-estar e alegria. Combate ainda o cansaço, a fadiga e a ansiedade.
ALFACE
Essa verdura tem poderes de calmante natural por possuir a substância lactucina.
LEITE
A bebida láctea possui efeitos calmantes por conter altos níveis de triptofano, que estimula a serotonina.
CHOCOLATE/CACAU
Já suspeitávamos porque a sensação logo depois de comer um chocolate é de felicidade imediata, né? Pode apostar nele para melhorar seu dia, pois possui minerais e substâncias que estimulam a produção de serotonina, disparando a produção de endorfina e dopamina, responsáveis pelo relaxamento, e bem-estar. Dê preferência aos chocolates com 70% ou mais de teor cacau pelo seu poder antioxidante.
SEMENTES DE GIRASSOL
São abundantes em triptofano, que favorece o bom-humor e na melhoria da qualidade do sono.
FRUTAS OLEAGINOSAS
Nozes, castanhas e amêndoas são fontes de gordura saudável, proteína e sal mineral e possuem ainda ação antioxidante e no combate ao estresse. Ricas em triptofano, auxiliador do humor.

ESPINAFRE
Verduras verdes em geral são ótimas por terem muito magnésio, potássio e vitaminas A, C e do complexo B. São fontes de energia e têm efeitos antidepressivos. Elas ainda mantém a pressão arterial e dão aquela sensação de tranquilidade.
PIMENTA
Aquela sensação de ardência é proporcionada pela capsaicina, substância que incentiva o cérebro a produzir mais endorfina, neurotransmissor que pode trazer impressão de euforia.
BROCÓLIS
Esse alimento é rico em ácido fólico e possui qualidades motivadoras como o bom humor e ainda renova as células.
BANANA
A fruta possui duas substâncias que são fortes aliados para o bom humor: os carboidratos, responsáveis por estimular a produção de serotonina, e a vitamina B6, que proporciona energia. A banana também reduz a ansiedade e ajuda em uma boa noite de sono.
AVEIA
Coma este cereal à vontade! Possui altas doses de triptofano e tem bons níveis de selênio. Estimula sensações de bem-estar, bom-humor e ânimo. Ameniza a depressão, baixa-estima e até insônia.
LARANJA
Essa fruta é poderosa! É rica em vitamina C, cálcio e vitaminas do complexo B e ajuda no bom funcionamento do sistema nervoso. Muita gente não sabe, mas o cálcio dela é um bom relaxante muscular e combate o estresse. Ela ainda é uma grande fonte de energia, hidrata e previne a fadiga.

Patrícia Mendes


quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Canapé de batata doce com filé

Coxinha, frios ou pães recheados? Os aperitivos mais amados e conhecidos são os principais inimigos das dietas. A dica da semana é fugir do óbvio com a receita de uma entrada leve, Canapé de Alcatra com Chips de Batata-Doce.  Aqui, o segredo são os ingredientes saudáveis e nutritivos. Para a carne, utilize a parte mais magra do corte – o coração de alcatra – e prepare na grelha com um pouco de azeite ao invés da manteiga.
A batata doce, com alto teor de nutrientes e antioxidantes, é uma alternativa para a batata comum. Por fim, evite os industrializados e prepare uma maionese caseira com um toque de cúrcuma, uma erva que traz diversos benéficos à saúde. Finalize o petisco com uma pitada da maionese, coloque as tiras de carne por cima e dê o toque final com um fio de azeite. Pronto, agora você tem um novo aliado do happy hour em casa!

Ingredientes (Serve: 4 pessoas)
2 medalhões de alcatra
1 colher de manteiga
chips de batata-doce
sal
pimenta-do-reino
azeite de oliva
Para a maionese
½ xícara de maionese
1 colher (de café) de cúrcuma
½ dente de alho picado
sal
pimenta-do-reino
Modo de fazer
Tempere a carne com sal e pimenta. Em uma frigideira bem quente, coloque a manteiga e sele a carne de todos os lados.
Reserve por um minuto fora do fogo. Em seguida, fatie os medalhões. Bata a maionese com o dente de alho e a pitada de cúrcuma.
Coloque um pouco da maionese sobre uma batata chip e, por cima, uma lâmina de carne. Finalize com uma gota de azeite sobre a carne.
Fonte:MSN

Nhoque de Batata doce

Receita super saudável!Sem glúten!



Ingredientes do nhoque
  • 4 batatas doce roxas grandes
  • ½ xícara de farinha de arroz
  • 1 gema de ovo (ou 2 colheres de azeite de oliva, faço assim também é fica delicioso)
  • 1 colher de chá de noz moscada ralada
  • Sal a gosto
Modo de preparo do nhoque
  1. Coloque as batatas com casca numa assadeira e leve ao forno 200ºC por 20, ou até ficarem macias.
  2. Descasque e amasse ainda quente, em uma tigela grande.
  3. Deixe amornar e adicione a gema do ovo, mexendo bem, para ficar homogêneo.
  4. Adicione a farinha de arroz, noz moscada e o sal e amasse bem.
  5. Polvilhe uma bancada com um pouco de farinha de arroz e sove a massa, para que fique bem homogênea, lisa e sem grudar. Se necessário, adicione um pouco mais de farinha de arroz nesta etapa.
  6. Faça rolinhos e corte em pedaços de 2cm.
  7. Cozinhe em água fervente com sal. Quando a massa subir, retire e coloque em uma tigela com água gelada, para cortar o cozimento.
  8. Escorra e transfira para uma nova tigela.
  9. Coloque um pouco de azeite, para que a massa não grude uma na outra.
  10. Numa frigideira, aqueça o azeite e sele o nhoque em ambos os lados, até ficar com uma crosta dourada.
  11. Sirva com esse pesto maravilhoso!!!
Sobre o molho pesto, a apresentadora dá a dica: "Pesto sempre salva as folhas de estragarem em casa". Na receita da foto, Bela Gil utilizou rúcula para o molho.
Veja como fazer:
Ingredientes do Pesto
  • 1 maço de manjericão (ou outras folhas que você tenha em casa e queira usar)
  • 1 dente de alho
  • 1/3 xícara (chá) de nozes
  • 1/3 xícara (chá) de azeite de oliva
  • 1/2 colher (chá) de sal marinho
  • 1/2 xícara (chá) de queijo parmesão ralado
Modo de preparo
  1. Adicione as folhas, alho, nozes e sal no processador e triture bem.
  2. Acrescente o azeite aos poucos até virar uma pasta.
  3. Transfira o molho para uma vasilha, adicione o queijo e misture levemente.
  4. Fonte:MSN
  5. LInk:http://receita super saudável/nhoque/batata doce

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Personal das famosas ensina treinos caseiros para quem não gosta de academia

Não gostar de ir à academia e ter a rotina corrida não são desculpas para não se exercitar. É possível queimar muitas calorias e definir o corpo sem sair de casa ou sequer precisar de pesos ou acessórios. E isso com apenas 15 minutos diários de prática.
Quem garante é o personal trainer Marcio Lui, que atende famosas como Sabrina Sato e Adriane Galisteu.  O profissional montou dois treinos diferentes que trabalham o corpo todo e devem ser feitos de forma intercalada (treino 1 na segunda-feira, 2 na terça-feira e assim por diante).
Feitos exclusivamente com o peso do corpo, os circuitos podem ser realizados no parque, na praia ou em qualquer outro lugar que você desejar.

Treinos para fazer em casa

Cada um deve ser feito de 2 a 3 vezes na semana. Pessoas com lesões, problemas cardíacos ou fora de condicionamento, dentre outras, podem ter complicações com o treino. Por isso, é necessário consultar um médico antes de iniciá-lo.

Treino 1

De duas a três vezes por semana
15 flexões50 polichinelos
40 agachamentos100 abdominais
10 burpees1 minuto correndo intensamente sem sair do lugar
30 segundos de escalador: para fazer este exercício, coloque as mãos e os pés no chão como se fosse fazer uma flexão. Em seguida, mantenha os braços estendidos e simule uma escala com as pernas.

Treino 2

De duas a três vezes por semana
1 minuto correndo forte no lugar
50 agachamentos
1 minuto correndo forte no lugar
15 flexões1 minuto correndo forte no lugar
30 afundos1 minuto correndo forte no lugar
30 segundos de prancha1 minuto correndo forte no lugar
100 abdominais
Fonte:MSN