quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Alimentos que ajudam na memória!

O tomate está entre os alimentos bons para a memória.

Anda esquecendo de tudo? Não sabe onde colocou a chave de casa? Talvez estejam faltando bons alimentos para a memória no seu dia a dia! Confira 4 alimentos bons para a memória a seguir!

Boa memória: invista na alimentação

É muito chato esquecer um compromisso ou não lembrar de jeito nenhum o nome daquele colega de trabalho, né? A falta de memória pode nos colocar em situações chatas e, por isso, viemos te contar quais são os alimentos que nos ajudam a ter uma memória melhor. Confira!

Ovo

colina, substância presente na gema do ovo, ajuda a proteger as células do nosso cérebro à medida que envelhecemos. Além disso, o ovo também tem ácido fólico, que auxilia na prevenção do mal de Alzheimer, combate a anemia e ainda ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares. 

Uva

As uvas, principalmente as roxas, contêm resveratrol, uma substância antioxidante que auxilia no transporte de oxigênio para o cérebro. Ela ajuda a proteger as nossas células cerebrais e ajuda a prevenir doenças como mal de Alzheimer e demência. As uvas melhoram a nossa capacidade de memória e, claro, são deliciosas! 

Sardinha

Como já te mostramos, a sardinha está entre os peixes bons e baratos. Ela é uma ótima fonte de ômega 3, substância que ajuda a melhorar o funcionamento do cérebro. O ômega 3 é importante em todas as fases da nossa vida. Nos adultos, o seu consumo auxilia na redução do colesterol ruim e redução dos triglicerídios. Portanto, consumir a sardinha é uma ótima alternativa para manter sua memória e saúde em geral! Você não precisa comê-la somente frita.

Tomate

O tomate contém fisetina, uma substância que ajuda a deixar as células do sistema nervoso mais resistentes e contribuiu para a formação da memória. A fisetina também ajuda a combater o envelhecimento precoce e melhora a qualidade do nosso sono, o que é essencial para termos qualidade de vida e boa memória. 
Fonte:MSN
#nuttrisaude#maldealzeimer#memória#nutriçãosaudável#geriatria#alimentos

Nenhum comentário:

Postar um comentário