sexta-feira, 7 de julho de 2017

Como ganhar massa muscular depois dos 50 anos?


 Todas nós mulheres 50+++ sabemos que com a idade começamos a perder massa muscular. Ficamos um pouco mais preguiçosas também, não é mesmo? Tenho recebido muitos comentários querendo saber mais sobre o que fazer para ganhar massa muscular após os 50.
A tarefa não é nada fácil, pois é uma combinação de exercícios com alimentos certos nas horas certas. E sem muitas interrupções porque é difícil de ganhar e facílimo de perder… Mas o resultado é bem legal, cada vez mais temos visto mulheres 50+ super em forma e o mais importante: com saúde! Pois, com boa musculatura e exercitando-se, teremos uma vida mais independente quando formos mais velhas, não dependeremos de ninguém nas nossas tarefas diárias, em casa, supermercados, caminhadas, passeios e ainda reduz risco de quedas na velhice.
É vida longa com saúde!
Vamos começar com os exercícios.
Se você nunca levantou peso, é melhor começar a considerar esta opção. Comece procurando uma academia fácil de você ir para não dar preguiça e com um ambiente legal. Peça orientação de um profissional para orientá-la a pegar o peso adequado e a fazer os exercícios certos para você, cuidando para fortalecer os principais grupos musculares para nosso bem estar e não para ficarmos com corpo de fisioculturista.
 Comece devagar, com pouco peso, pelo menos 2 vezes por semana. Não espere resultado muito rápido. A qualidade do seu treino é muito importante, concentre-se em seus exercícios, sinta que está trabalhando seus músculos. Ioga, Pilates, Tai Chi e natação também são ótimos exercícios para ganharmos massa muscular.

 Agora vamos falar de nutrição:
Proteína
Ela é super importante para uma vida saudável. Comer proteínas na quantidade certa e na hora certa é essencial para o ganho de massa muscular. Procure distribuir durante o dia sua porção diária de proteínas.
A proteína pode ser encontrada numa grande variedade de alimentos. A proteína animal é encontrada em frutos do mar, laticínios, carnes, aves e ovos. A proteína vegetariana pode ser encontrada em legumes, soja, legumes e grãos. Procure as proteínas menos calóricas, como por exemplo cortes de carne magra, frutos do mar, aves sem pele. Leite desnatado,iogurte desnatado e queijos com baixo teor de gordura também são ótimas opções.
Comer um alimento ou uma bebida rica em proteína cerca de 20 minutos antes do seu treino e logo após, vai ajudar a construir sua massa muscular e lhe dar mais força. A mesma coisa se for fazer algum exercício aeróbico, comer uma proteína (de baixa caloria para não engordar) 20 minutos antes e logo após. Mas lembre-se de que a quantidade não precisa ser demasiada, um copo de leite, um iogurte, uma maçã, uma banana… É melhor comermos poucas porções ao longo do dia do que muito de uma vez só.
A Whey Protein está sendo muito usada também. O produto é a proteína do soro do leite extraída durante o processo de transformação do leite em queijo.
Maior valor biológico (VB 100)
Para se ter uma ideia, o valor biológico do frango está em 79, do peixe 83, carne vermelha 80, ovos de 88 a 100 e laticínios (como o leite e queijo) chegam a 80. Esses alimentos são outras fontes de proteínas indicas para consumo.
E não se esqueça de beber água, porque você também precisa ter certeza de se hidratar adequadamente! Por isso, o chá também é um grande aliado da nossa luta para ganhar massa muscular. Um novo estudo mostrou que o chá melhora a forca muscular. Compostos saudáveis do chá, chamados “polifenóis”, são benéficos para nossa saúde. E nos hidratam!
Bom, meninas, eu estou bebendo chá todos os dias, fazendo yoga vigorosa pelo menos 2 a 3 vezes por semana, indo pra academia 2 vezes por semana, andando muito para manter a forma (pelo menos 10.000 passos no meu pedômetro é a minha média diária), comendo uma abundância de iogurte e procurando receitas variadas com proteínas, verduras, legumes e grãos. Tudo isso para ajudar a manter os músculos e ossos fortes, e meu corpo em forma.
E o mais importante: vida saudável e independente quando a idade chegar!
Fonte: Viva 50

Nenhum comentário:

Postar um comentário