quarta-feira, 15 de março de 2017

Dor de cabeça é comum quando se faz dieta? Como resolver?

Um dia sem carboidrato é suave, mas, no segundo, você se sente fraca e, no terceiro, fica dispersa, com o raciocínio lento e a sensação de que a cabeça vai explodir.

Um dos motivos: perda de líquido. Sem a principal fonte de energia, o organismo apela para outro combustível, o glicogênio, um carboidrato armazenado no fígado e nos músculos.
“Para cada grama perdido dessa reserva energética, há uma baixa de 4 gramas de água”, diz o endocrinologista Marcio Mancini, diretor da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.
Quanto menos líquido na circulação, menor é o transporte de oxigênio para as células – os neurônios incluídos. Daí a dor de cabeça.

COMO AMENIZAR

Beba mais água. Em geral, o aumento deve ser de 15%. Se você faz exercício, esse extra precisa ser ainda maior.
Bônus: além de reidratar, a água dá uma força na perda de peso, segundo um estudo da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos.
Os pesquisadores observaram: beber de um a três copos de água a mais por dia ajuda a controlar os níveis de  colesterol, gordura saturada, glicose e sal.
Mais: sacia e, com isso, você consome até 205 calorias por dia a menos – em uma semana, são 1 435 economizadas.

4 acertos da dieta 

1. Em beber mais água: ajuda a eliminar toxinas, equilibra a produção de enzimas digestivas e acelera o metabolismo. Chá também vale, mas sem açúcar.
2. Em reduzir os intervalos entre as refeições: coma porções menores a cada três horas para controlar a glicemia (açúcar no sangue), o que segura a fome e a compulsão.
3. Em variar as cores no prato: assim, você garante vitaminas, minerais, antioxidantes e fitoquímicos presentes em cada grupo de alimentos. Para manter a saúde e o peso, cuidar da pele e do cabelo e reduzir a celulite, aposte nos roxos, vermelhos, verde-escuros, amarelos e alaranjados.
4. Em experimentar mais: coloque um item inédito no menu a cada três dias. No fim do mês, você vai se surpreender!


4 erros da dieta

1. De cortar várias delícias de uma só vez: vai bater a vontade, você vai escorregar e ficar frustrada antes mesmo de começar.
2. De traçar metas inatingíveis: em vez de buscar a barriga chapada em um mês, pense em objetivos pequenos e viáveis.
3. De contar calorias: foque na qualidade do alimento – importa muito mais.
4. De virar rata de academia: exagerar no treino aumenta o risco de lesões.
Fonte:MSN

Nenhum comentário:

Postar um comentário