domingo, 9 de outubro de 2016

O que acontece com o seu corpo quando você pula refeições

Que atire a primeira pedra quem nunca olhou no relógio e não conseguiu se lembrar da última vez que comeu algo. Ou quem pensou em todas as coisas que tinha para fazer no dia e concluiu: não vai dar tempo de almoçar.  Não importa o motivo, às vezes, pular refeições torna-se algo comum na rotina. Mas, os especialistas são bastante enfáticos sobre os efeitos que a falta de comida no organismo pode causar no seu corpo e mente. Como regra geral, eles dizem que você deve comer a cada três horas. E o que acontece se não consumir nada com tanta fequência? 

1. O metabolismo vai ficar lento
Embora o tempo necessário entre as refeições varie de organismo para organismo, existem várias razões para comer regularmente. Fazer pequenas refeições ao longo do dia é o que mantém o seu metabolismo acelerado, evita quedas de energia e mantém você alerta e focada, além de impedir excessos nas refeições principais.
2. Sua mente pode perder produtividade
O principal combustível para o cérebro é a glicose, que você geralmente obtém ao comer alimentos ricos em carboidratos. Os complexos, como frutas, verduras e cereais integrais, são as fontes mais nutritivas de glicose, porque eles levam mais tempo para digerir do que os refinados (além de serem fontes importantes de nutrientes). Sem a ingestão frequente de carboidratos, o açúcar no sangue pode cair muito, fazendo você sentir lenta, irritada e também dificultar a sua capacidade de atenção.
3. Seu corpo e sua mente vão sentir os efeitos...
Você vai se sentir incapaz de realizar tarefas simples, como responder e-mails, mas vai conseguir focar toda a sua atenção em comidas. Quando você deixa de comer por algum tempo, o desejo de ingerir algo toma conta do seu corpo e mente. Se você não saciar a necessidade do organismo, poderá experimentar tremores ou suadeiras como resposta.
4. Vai ser difícil fazer escolhas saudáveis ​​em sua próxima refeição
Quando as pessoas estão com muita fome, tendem a ir direto nos carboidratos e doces, porque irão elevar o açúcar no sangue. Sem nutrientes como proteínas para equilibrar o aumento da glicose, a ingestão pode fazer seu pico de glicose subir muito e cair logo em seguida - o que não é o ideal para o corpo. Além disso, quando a fome está muito intensa, fica mais difícil ser racional e fazer escolhas saudáveis, o mais comum é que as pessoas comam o primeiro alimento que aparecer.
Fonte: Boa forma

Um comentário: