quarta-feira, 25 de maio de 2016

Topiramato- Uso off label para emagrecimento. Cuidado!

topiramato é uma droga utilizada principalmente no tratamento de epilepsia. Contudo, foi observado que os pacientes que o utilizavam apresentavam, como efeito colateral, perda de peso (devido à perda de apetite, principalmente). Em virtude disso, começou-se a estudar esta droga como adjuvante no tratamento da obesidade e transtornos alimentares.
Entretanto, o topiramato deve sempre ser prescrito por um médico, jamais deve ser usado por conta própria. Além disso, a obesidade tem diversas formas de tratamento não farmacológico, que devem ser tentadas inicialmente: dieta (orientada por um nutricionista), prática regular de exercícios físicos, suporte psicoterápico, etc.
Para o tratamento farmacológico da obesidade, um médico (preferencialmente um endocrinologista) deverá ser consultado.

Topiramato emagrece e provoca diversos efeitos colaterais

O Topiramato é um remédio indicado para o tratamento de pessoas que sofrem com epilepsia e crises provocadas por uma síndrome chamada Lennox-Gastaut (síndrome epiléptica grave). Mas é verdade que esse medicamento provoca perda de peso? Sim, o Topiramato emagrece, mas esse é apenas mais um dos seus muitos efeitos colaterais.

O Topiramato emagrece e provoca vários outros efeitos colaterais

O Topiramato age no Sistema Nervoso Central, e um dos seus efeitos colaterais é diminuir a sensação de fome. Naturalmente, ao sentir menos fome, a pessoa que faz uso desse remédio come menos, e então perde peso.
Por causa desse efeito colateral o Topiramato tem sido bastante utilizado para tratar pessoas que sofrem com obesidade e compulsão alimentar.
É verdade que o Topiramato emagrece, contudo, é preciso levar em consideração os outros efeitos colaterais que ele provoca.
Topiramato emagrece
Estudos clínicos realizados com o Topiramato demonstraram que ele pode provocar anorexia, sintomas psicóticos, confusão mental, forte sonolência e nervosismo, dentre muitos outros efeitos colaterais desagradáveis e perigosos.
Pessoas que fazem uso do medicamento tem relatado também que ele provoca diminuição da acuidade visual e dor ocular. Tais sintomas estão relacionados ao aparecimento súbito de uma síndrome que engloba miopia aguda e glaucoma agudo.
No caso do emagrecimento provocado pelo Topiramato, é importante levar em consideração que a própria bula do medicamento recomenda que o paciente aumente o consumo de alimentos e até faça uso de suplementação caso perda peso durante o tratamento com Topiramato. Isso demonstra que a perda de peso provocada pelo medicamento é considerada um efeito colateral que deve ser controlado rapidamente e com cuidado.

Topiramato e problemas renais

A eliminação do Topiramato acontece principalmente por via renal. Isso acaba aumentando o risco de formação de cálculos renais, principalmente em pessoas que têm predisposição à nefrolitíase. Por causa desse efeito colateral bastante perigoso, a bula do medicamento recomenda que o paciente que faz uso de Topiramato tome bastante água, justamente para minimizar os riscos de formação de cálculos renais.

Topiramato e anticoncepcionais

O Topiramato pode reduzir a eficácia dos anticoncepcionais orais, portanto, as mulheres que desejam emagrecer com Topiramato, e que fazem uso de contraceptivos orais, devem analisar cuidadosamente se tomar o Topiramato é realmente a melhor opção.

O Topiramato emagrece, mas é preciso também dieta e exercícios

O Topiramato emagrece, mas se você contar apenas com esse medicamento para emagrecer, além de correr o risco de sofrer com os outros efeitos colaterais, dificilmente conseguirá perder a quantidade de peso que você deseja.
O Topiramato emagrece simplesmente porque diminui o apetite, levando a pessoa a comer menos. Ele não ajuda o seu corpo a queimar gordura, e também não contribui para acabar com a retenção de líquido no corpo, já que não tem função diurética — na verdade, ele dificulta o funcionamento dos rins, o que prejudica a eliminação das toxinas e a retirada do excesso de líquidos do corpo.
Para emagrecer e manter o peso desejado ao longo do tempo, a fórmula ainda é investir nareeducação alimentar e praticar exercícios físicos regularmente.

Recomendações importantes

  • Lembre-se sempre de que não existe remédio milagroso para emagrecer;
  • Os remédios são substâncias químicas que podem provocar diversos efeitos colaterais, portanto, prefira sempre emagrecer de maneira natural e saudável;
  • Nunca tome medicamentos por conta própria, procure sempre um médico, afinal, um remédio que você toma para emagrecer pode provocar efeitos colaterais perigosos, e se você não souber o que está fazendo, sua saúde pode ser gravemente afetada. 
  • Fonte: Emagrecimento.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário