terça-feira, 26 de abril de 2016

Alimentos que ajudam na memória

Os alimentos para melhorar a memória são peixe, frutas secas e sementes porque têm omega 3, que é o principal componente das células do cérebro facilitando a comunicação entre as células e melhorando a memória assim como frutas, especialmente as frutas cítricas, e legumes ricos em antioxidantes, que protegem as células evitando o esquecimento e facilitando a memorização.
Além disso, estar atento no momento da memorização também é essencial e os alimentos estimulantes que aumentem a concentração, como café ou chocolate meio amargo, podem ser úteis para facilitar a memorização. Uma xícara de café pela manhã e um quadradinho de chocolate meio amargo após e o almoço e jantar são suficientes.
Alimentos que melhoram a memóriaAlimentos que melhoram a memória
Outros alimentos que melhoram a memóriaOutros alimentos que melhoram a memória

Lista de alimentos para melhorar a memória

Alguns alimentos para melhorar a memória podem ser:
  • Salmão - como é rico em omega 3, ajuda a melhorar o desempenho e o funcionamento do cérebro para gravar informações.
  • Nozes - além de omega 3, têm vitamina E que, por ser antioxidante, diminui o envelhecimento das células do cérebro evitando o esquecimento.
  • Ovo - contém vitamina B12, que ajuda na formação dos componentes das células do cérebro fazendo com que funcionem corretamente. Além disso, a gema do ovo tem acetil-colina, que é importante para as funções de memorização do cérebro.
  • Leite - tem triptofano, que é um aminoácido que melhora o desempenho do cérebro e também ajuda a ter um sono mais tranquilo, fundamental para se armazenar a informação.
  • Gérmen de trigo - rico em vitamina B6, que ajuda a regular a transmissão da informação entre as células do cérebro.
  • Tomate - além de licopeno, que é antioxidante, tem fisetina, que é uma substância que melhora o funcionamento do cérebro e reduz o esquecimento.
Para que esses alimentos melhorem a memória é necessário comer 1 desses alimentos todos os dias a cada refeição como por exemplo leite no café da manhã, salada com tomate, nozes e ovo ao almoço, suco de frutas cítricas com gérmen de trigo no lanche e salmão ao jantar. Se após 3 meses a enriquecer a alimentação com esses alimentos a memória não melhorar é importante consultar o médico.
Fonte:Tua Saúde

Alimentação equilibrada para adolescentes

Alimentação equilibrada para adolescentes
1) Adolescentes devem consumir uma quantidade de calorias adequadas às necessidades; privações ou excessos poderão comprometer o crescimento e o desenvolvimento.
2) Escolher alimentos com menos açúcar, sal e gorduras faz parte da educação alimentar.
3) Frutas e vegetais, cereais, leites e derivados, carne magra (ou ovos, peixe, frango, soja ou feijão) compõem uma alimentação saudável.
4) As frutas fornecem energia, fibras, minerais e vitaminas, podendo ser uma opção para lanches entre as refeições principais.
5) Alimentos ricos em ferro, como carne, peixe, verduras verde-escuro, grãos e castanhas devem ser consumidos com regularidade.
6) O leite é fonte de proteína e cálcio e deve fazer parte de uma alimentação balanceada.
7) Iogurte e queijo também podem ser opções de lanches entre as refeições, sobretudo aqueles com menor teor de açúcar/sal e gorduras.
8) Evitar alimentos e bebidas açucaradas entre as refeições ajuda na prevenção de excesso de peso e de cáries.
9) A ingestão regular de água também faz parte de um hábito de vida saudável.
10) Os hábitos alimentares dos pais servem de exemplos para os filhos. A alimentação da família tem que ser saudável e não apenas imposta a crianças e adolescentes
11) Para completar um estilo de vida saudável, a prática de atividade física regular é essencial.
Fonte:Abeso

O açúcar em excesso faz mal ao organismo!

  O AÇÚCAR VICIA 
 O açúcar aumenta os níveis de hormônios como a dopamina e a serotonina, o que causa uma momentânea sensação de bem estar, mas com a liberação da insulina, esse estado de excitação passa rapidamente, e a pessoa sente vontade de comer mais açúcar, portanto, o açúcar pode viciar.  
 
Como o perfil metabólico é uma característica individual, nem todos reagem da mesma forma com relação ao consumo do açúcar, porém a grande maioria pode apresentar sérios problemas à saúde, dependendo das suas heranças genéticas, freqüência de consumo, quantidade, idade, sexo e prática de atividades e exercícios físicos.
 
Estes aspectos podem amenizar ou intensificar os perigos do açúcar no organismo.

  
PRINCIPAIS PERIGOS DO AÇÚCAR NO ORGANISMO
 
marcador_verde_seta Obesidade Central (aumento da gordura visceral), aumentando o risco para o desenvolvimento de:
  •      Hipertensão; 
  •      Resistência Insulínica; 
  •      Diabetes tipo II;
  •      Dislipidemias;
  •      Doenças Cardiovasculares;
  •      Síndrome Metabólica (associações das  disfunções acima);
  •      Esteatose hepática (gordura no fígado).
 
marcador_verde_seta Depressão: O açúcar é uma subtância estimulante do sistema nervoso e seu consumo em excesso provoca um aumento brusco da glicemia seguido de sua queda. Essas oscilações de glicemia são acompanhadas de depressão e fadiga, gerando o desejo de consumir mais açúcar e isso desgasta o sistema nervoso, o que pode ser agravado por uma deficiência da Vitamina B1, que é protetora do Sistema Nervoso. Portanto, o vicio do açúcar pode estar relacionado com a causa da depressão e a interrupção do seu consumo pode ajudar no tratamento, lembrando que nos primeiros dias de abstinência é normal sentir desconforto devido ao processo de desintoxicação do corpo;
 
marcador_verde_seta Disbiose Intestinal (fermentação, mau funcionamento intestinal): Destrói as bactérias benéficas, aumentando a população dos parasitos intestinais, especialmente a Candida Albicans;
 
marcador_verde_seta Baixa Resistência imunológica: causada por proliferação das bactérias patogênicas e alteração da barreira intestinal, diminuindo as defesas orgânicas;
 
marcador_verde_seta Diminuição de absorção de magnésio e cálcio: Acarretando maior risco a osteoporose;
 
marcador_verde_seta Aumento dos A.G.E.s (Produtos Finais de Glicação Avançadas): A glicação ocorre quando uma molécula de açúcar em excesso, por aumento da ingestão ou por lentidão do metabolismo da glicose, se adere a uma molécula de proteína (colágeno, elastina, dentre outras) formando os AGEs, que são um complexo açúcar-proteína rígido que altera a estrutura dessas proteínas, impedindo a eficácia no desempenho de seus papéis mais importantes e, na pele, leva ao aparecimento das rugas. Os AGEs ainda são verdadeiras fábricas de radicais livres. Eles se acumulam lentamente ao longo do tempo, piorando seus efeitos prejudiciais no organismo, acelerando o processo de envelhecimento celular;
 
marcador_verde_seta Aumenta o risco de cáries: o açúcar é capaz de causar danos devastadores aos dentes. Estudos demonstram que níveis de sacarose acima de 28 gramas por dia podem ser considerados como agentes tóxicos para os dentes;
 
marcador_verde_seta Câncer: Já há algumas evidências de que o excesso de açúcar pode provocar câncer. Isso porque o excesso de insulina promove o crescimento tumoral. As células de muitos tipos de câncer dependem de insulina para crescer e se multiplicar. Quanto mais insulina circular no sangue, mais facilmente o câncer se desenvolve. Segundo os pesquisadores, muitas células pré-cancerosas jamais se transformariam em malignas se não tivessem insulina a seu dispor.
 
Além de sintomas, como: cansaço, sonolência e queda de energia.
 
 
DICAS NUTRICIONAIS PARA SUBSTITUIR O AÇÚCAR DOS SEUS HÁBITOS ALIMENTARES 
 
marcador_verde_seta Comece reduzindo o açúcar refinado para ir gradativamente mudando sua palatividade, até eliminá-lo totalmente;
 
marcador_verde_seta Evite consumir sucos industrializados, refrigerantes, assim como doces de maneira geral, balas, goma de mascar e demais carboidratos simples (arroz, pão, bolachas e bolos). Eles também têm absorção rápida e podem causar danos à saúde;
 
marcador_verde_seta Não adoce sucos de frutas naturais;
 
marcador_verde_seta Utilize o mel, açúcar mascavo ou demerara, porém, moderadamente, uma vez que também têm uma rápida absorção, não podendo ser usados por pessoas que tem diabetes, mas sua vantagem está no fato de conterem vitaminas e minerais importantes que o açúcar refinado perdeu e por isso “rouba” cálcio e vitamina B1 do organismo;
 
marcador_verde_seta Se escolher utilizar o adoçante, utilize os naturais como stévia, extrato de agave ou sucralose;
 
marcador_verde_seta Substitua todos os carboidratos refinados (pães, massa, biscoito) pela versão integral.
 
marcador_verde_seta A longevidade tem que ser garantida com qualidade de vida que é dependente dos hábitos alimentares que vão se somatizando favoravelmente ou não ao longo dos anos.   Portanto, não deixe que o doce de hoje, torne-se amargo amanhã!´
Fonte:Equilibrio

sábado, 23 de abril de 2016

Dançar emagrece! Divirta-se e acabe com as calorias


Se você deseja emagrecer, mas não gosta muito de academia, ou não aguenta mais fazer exercícios chatos e repetitivos, não se preocupe, pois você pode perder peso dançando. Isso mesmo! Dançar emagrece e proporciona vários outros benefícios para a saúde.
Dançar emagrece mesmo!
dançar emagrece e é divertidoA dança é uma atividade artística, mas ela é essencialmente aeróbica, ou seja, faz o corpo gastar muita energia.
A dança é uma atividade muito divertida, que além de proporcionar queima de calorias, promove desenvolvimento do raciocínio, expressão corporal e emoções, motor e concentração. Mas não é só isso, a dança também ajuda a aumentar a autoestima e o bem-estar, e favorece a socialização.
Para começar a perder peso dançando você precisa fazer duas coisas primeiro:
  • Escolher um estilo que mais te agrade;
  • Visitar o médico e fazer uma avaliação. Isso é importante para que você saiba o seu real estado de saúde. Essa atitude simples pode evitar muitas complicações, como lesões, por exemplo.
Agora eu vou falar sobre algumas danças que emagrecem. Aproveite para ir pensando sobre qual estilo mais te agrada.

1 – Zumba

A Zumba é uma dança muito divertida que está fazendo muito sucesso hoje em dia. Essa dança é excelente para ajudar na perda de peso, pois ela faz o corpo queimar uma quantidade enorme de calorias.
Os treinos de Zumba são sempre muito divertidos e animados, e são perfeitos para quem não tem muito costume de dançar, pois os passos são simples, e podem ser feitos facilmente por iniciantes.
Dançar emagrece sim, e a Zumba é um exemplo perfeito dessa verdade.

2 – Axé

O Axé é um estilo musical muito animado, e junto com as músicas vem sempre uma coreografia bastante agitada, que pode fazer o corpo perder facilmente até 400 calorias em apenas 60 minutos.
Além disso, as coreografias do Axé proporcionam ao corpo mais agilidade, coordenação motora e flexibilidade.
Aposte no Axé e emagreça com saúde!

3 – Forró

O Forró é um ritmo genuinamente brasileiro que faz muito sucesso. E se você pensa que o Forró proporciona apenas diversão, saiba que ele é um ritmo que pode te ajudar a perder até 474 calorias por hora. É muita coisa, e o bom é que você emagrece se divertindo.

4 – Frevo

O Frevo também é outro ritmo que nasceu no Brasil. Ele é muito contagiante, e é um dos ritmos que mais emagrecem. Para você ter uma ideia, uma hora dançando Frevo pode fazer você perder até 600 calorias.
Além de emagrecer, o Frevo melhora o equilíbrio, trabalha os quadris, os glúteos, as pernas e os braços, deixando o seu corpo mais bonito, flexível e saudável.

5 – Salsa

Salsa é um ritmo muito sensual e intenso. De origem cubana, esse ritmo exige do praticante muito fôlego e resistência, afinal, é preciso mexer bastante os quadris, os braços e as pernas. Mas vale a pena, pois dançar salsa por 60 minutos pode acabar com nada menos que 594 calorias.

Melhore os seus resultados!

Agora você já sabe que dançar emagrece. Mas além de fazer aulas de dança, você precisa também cuidar melhor da sua alimentação.
As aulas de dança podem te ajudar a queimar muitas calorias, porém, se a sua alimentação for totalmente desregrada, as calorias que você perde durante as aulas de dança não farão muita diferença, pois os alimentos que você ingere colocarão elas novamente dentro de você.
Portanto, nunca deixe de se alimentar de forma balanceada e saudável.
Fonte:emagrecimento urgente.com

Dieta detox e seus cuidados básicos!

Você andou passando dos limites e comendo mais do que está habituada (e, o pior, pratos que não está acostumada)? A ingestão de alimentos ricos em gordura e açúcar, assim como enlatados, contribui para o aumento de componentes tóxicos no organismo - que, sobrecarregado, pode não dar conta de todos eles.
Resultado: células inflamadas, resistência baixa, cansaço, pele opaca e peso extra. “O corpo elimina naturalmente as toxinas pela transpiração, respiração, fezes e urina. Só que às vezes o acúmulo dessas substâncias é tão grande que é preciso dar uma forcinha fazendo uma dieta desintoxicante”, diz a nutricionista .

Por isso, nada melhor do que começar essa faxina no organismo. Além de dar uma afinada nas formas, você ainda combate o inchaço e diminui a celulite. Nesta reportagem, você encontra dez soluções práticas (e deliciosas) para incluir no dia a dia. Tem tempero para a salada que ativa o metabolismo e desincha, frutas que promovem uma desintoxicação e farinha para colocar o intestino na linha. Preparada?

1. Evite industrializados

Na desintoxicação, até mesmo a versão light dos molhos industrializados deve ser eliminada do cardápio, pois tem grande quantidade de sódio e gordura. Fique com os temperos naturais. “O vinagre de maçã e o de limão, por exemplo, trazem substâncias antioxidantes e fortalecem a imunidade, deixando o organismo mais ativo contra as toxinas. Já o azeite de oliva lubrifica o intestino, otimizando a eliminação dessas ‘sujeiras’, e ainda acelera as funções metabólicas”, diz Lizandri Rangan, coordenadora do serviço de nutrição e gastronomia do Hospital Leforte, em São Paulo.

2. Experimente a farinha de banana verde

A nova febre nas lojas de produtos naturais favorece a flora intestinal. A fama tem a ver com o tipo de amido, que chega intacto ao intestino e produz substâncias que alimentam as bactérias benéficas e formam uma barreira contra as intrusas. Com isso, os nutrientes são bem absorvidos e você espanta a fome. Use a farinha de banana verde no lugar da tradicional, no preparo de pratos como bolo e torta.

3. Aposte em frutas cítricas

A turma da acerola, kiwi, caju, limão e laranja, por meio de um composto chamado limonoide, faz com que o fígado libere mais toxinas do organismo. “Esse efeito pode ser conseguido com a fruta consumida in natura ou usada no preparo de peixes, sucos ou saladas”, avisa a nutricionista Isabel Jereissati.

4. Coma alimentos crus

Pelo menos 50% do prato de uma refeição deve ter opções frescas e cruas. “Dessa forma, você garante a ingestão de uma boa quantidade de itens desintoxicantes, como fibras e água”, explica Lizandri Rangan.

5. Coloque uma folha de couve no cardápio

Na salada, no suco ou refogada, ela estimula as enzimas que neutralizam as toxinas. “Vale lembrar que a verdura ainda é rica em vitaminas do complexo B, que facilitam o metabolismo da proteína, do carboidrato e da gordura”, completa Lizandri.

6. Tome chá de hibisco

A bebida ajuda a reduzir a retenção de líquido. De quebra, ainda potencializa a queima da gordura, pois combina vitamina C, cálcio e antocianina. Faça assim: coloque 1 col. (chá) de hibisco em 1 xíc. (chá) de água quente e abafe por cinco minutos. Depois, coe e beba em jejum no café da manhã.

7. Beba muito líquido

Ao longo do dia, o hábito é fundamental na eliminação de toxinas por meio do suor, das fezes e da urina. Aqui, vale água, chá ou suco natural, sopa e até alimentos aquosos, como melancia, melão, alface e pepino.

8. Invista em chá verde com gengibre

Ele acelera o processo de desintoxicação e o metabolismo. A nutricionista Lara Natacci, de São Paulo, dá a receita: ferva por três minutos 1 pedaço (3 centímetros) de gengibre em 1 litro de água, desligue o fogo, acrescente 3 col. (sopa) de chá verde e abafe por 15 minutos. Coe e beba ao longo do dia.

9. Adicione maçã e brócolis à dieta

Eles amenizam os estragos causados pelas toxinas. “Tanto a maçã quanto o brócolis são boas fontes de antioxidantes, que evitam a formação dos radicais livres e diminuem os efeitos do envelhecimento e o aparecimento de doenças degenerativas, como o câncer”, diz Lizandri Rangan.

10. Consuma fibras

Encontradas na farinha de trigo, no macarrão e no arroz integral, elas varrem as toxinas para fora do organismo. Além disso, favorecem o bom funcionamento do intestino, outro que ajuda nessa limpeza.
Fonte:Boa Forma

Para que servem certos chás?

As ervas e outros ingredientes naturais são capazes de aliviar diversos tipos de sensações ruins. As infusões são ótimas opções para alivar esses males e, de quebra, ainda garantem aquela sensação gostosa de conforto.
Para metabolismo lento...
Chá verde
A bebida termogênica é capaz de acelerar o metabolismo e aumentar a queima de energia. É uma ótima opção para substituir o cafezinho ou para potencializar o treino na academia.
Para insônia...
Chá de camomila
O consumo regular de chá de camomila ajuda a acalmar e a relaxar, especialmente se ingerido antes de dormir. Complemente o ritual abaixando as luzes do ambiente e ficando longe dos eletrônicos.
Para estresse...
Chá de erva-cidreira
o chá de erva-cidreira é aromático e delicioso para momentos de descanso. Aproveite para curtir também o preparo, desde escolher a planta até esperar o tempo da infusão. De quebra, a sua cozinha ficará deliciosamente perfumada.
Enjoo...
Chá de gengibre
A infusão de gengibre atua na desintoxicação do corpo, aliviando náuseas e até reduzindo o desconforto abdominal. Se o sintoma persistir, não deixe de procurar auxílio médico.
Inchaço e má digestão...
Chá de hortelã
O chá de hortelã é digestivo e muito gostoso para ser consumido após as refeições. Vale beber gelado ou quente. Se quiser, adoce com mel.
Fonte:MSN

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Tratamentos para Celulite!

O tratamento para celulite pode ser feito com tratamentos estéticos, como a lipocavitação ou a vacuoterapia, por exemplo, ou apenas com drenagem linfática e a aplicação de cremes anti-celulite, dependendo do grau de celulite.
Como a celulite não tem cura e piora com o passar do tempo, ao observar o seu aparecimento, é importante iniciar prontamente o tratamento que deve ser indicado pelo dermatologista ou fisioterapeuta especialista em dermatofuncional.
Para que os resultados sejam duradouros é recomendado, além do tratamento, manter uma alimentação adequada, praticar atividade física com regularidade e beber cerca de 2 litros de água por dia.

Tipos de celulite

Tratamento para celulite
Tratamento para celulite

Tratamento para celulite grau 1

O tratamento para celulite grau 1, que é aquela percebida quando a pele é pressionada, pode ser feito em casa com uma esfoliação semanal com borra de café e a aplicação de cremes para celulite, como Liposyne da Vichy​ ou o Cellu-sculp da Avon, 1 a 2 vezes por dia, todos os dias.
Para fazer o tratamento caseiro para celulite com café basta misturar um pouco de borra de café com um pouquinho de sabonete líquido e esfregar nas áreas com celulite, através de movimentos rápidos e circulares. Isto ativa a circulação sanguínea local e drena os líquidos em excesso, ajudando a eliminar a celulite.
Outra opção é o massageador para celulite da Beurer, por exemplo, pois a massagem promove a estimulação da circulação sanguínea, eliminando a celulite.

Tratamento para celulite grau 2

O tratamento para celulite grau 2, que é caracterizada por ligeiras ondulações na pele quando a mulher está de pé, pode ser feito com sessões semanais de drenagem linfática, pois ajuda a eliminar o excesso de líquidos que favorecem a celulite.
Além disso, também podem ser usados diariamente cremes anti-celulite, como o creme redutor de celulite Savre ou o Goodbye Celulite da Nivea​, por exemplo.
O tratamento para celulite da Mary Kay também é uma ótima opção, pois é constituído por 2 cremes, um para ser aplicado de dia e outro de noite, que ajudam a combater a celulite, assim como o massageador que também deve ser utilizado na celulite grau 2.

Tratamento para celulite grau 3

O tratamento para celulite grau 3, que é caracterizada pelos furinhos na pele quando a mulher está de pé, pode ser feito com técnicas de ultrassom, como a lipocavitação, por exemplo, pois estes aparelhos quebram as células de gordura que originam a celulite, fazendo com que elas sejam eliminadas pelo organismo, ajudando também a combater a flacidez, sendo uma ótima opção de tratamento para celulite e flacidez.
O tratamento para celulite Heccus combina a terapia do ultrassom com a terapia elétrica, promovendo a quebra das células de gordura e ativando a circulação do sistema linfático, facilitando o fortalecimento muscular e ajudando a eliminar a celulite. Este é um tratamento para celulite e gordura localizada e deve ser feito pelo menos 2 vezes por semana, sendo que os resultados são visíveis a partir de 10 sessões.
Qualquer que seja o tratamento para celulite grau 3, ele deve ser complementado com drenagem linfática para remover os líquidos acumulados que são responsáveis pela celulite.

Tratamento para celulite grau 4

O tratamento para celulite grau 4, que é caracterizada pela flacidez e furinhos na pele que são facilmente observados em qualquer posição, pode ser feito com tratamentos estéticos para celulite como:
  • Eletrolipólise: é aplicada uma corrente elétrica de baixa frequência através de agulhas de acupuntura inseridas na pele que atuam diretamente nas células de gordura que estão acumuladas no organismo, promovendo a sua destruição e eliminação;
  • Corrente russa: são usados eletrodos que estimulam a contração involuntária dos músculos, levando ao seu fortalecimento e tonificação, que ajudam a eliminar a gordura e a flacidez da pele;
  • Carboxiterapia: são aplicadas várias injeções de gás carbônico na pele que vão atuar ativando a circulação sanguínea local, promovendo a oxigenação dos tecidos, a quebra de gordura e a formação de colágeno que é responsável pela firmeza e elasticidade da pele, ajudando, desta forma, a eliminar a celulite;
  • Vacuoterapia: são utilizadas ventosas que ativam a circulação do sangue e sugam a pele, ajudando a eliminar a gordura e, consequentemente, a celulite.
Tal como no tratamento para celulite grau 3, a drenagem linfática também deve complementar o tratamento para celulite grau 4.
A cirurgia para celulite chamada de subcisão também pode ser uma opção de tratamento para a celulite grau 3 e grau 4, pois ela rompe as depressões da pele que dão o efeito casca de laranja, elimina o excesso de gordura e estimula a formação de colágeno.
Fonte:Tua Saúde

Receita do suco de abacaxi anti-celulite


Ingredientes

  • 1 colher (de chá) de salsa
  • 1 pires (de chá) de couve de manteiga picada
  • 1 fatia de abacaxi
  • 350 ml de água de coco
  • 3 folhas de hortelã
  • ½ limão

Modo de preparo

Retirar todo o suco do limão com a ajuda de um espremedor, adicioná-lo no liquidificador juntamente com todos os ingredientes e bater até formar uma mistura homogênea. Se necessário, adoçar o suco.
Tome este suco todos os dias 1 x ao dia , vejam os resultados juntamente com uma dieta saudável e atividade física com frequência.
Fonte:MSN

Dicas boas para diminuir a celulite e gordura localizada!

A celulite é caracterizada por vários "furinhos" que surgem na pele, em várias partes do corpo, afetando principalmente as pernas e o bumbum. Ela é causada pelo acúmulo de gordura e também pelo acúmulo de líquidos nestas regiões.
Mas apesar da celulite estar relaciona a diversos fatores, existem diversos tratamentos eficazes que podem atenuar ou até mesmo eliminar a celulite completamente.
Confira nossas 6 dicas para combater a celulite:

1. Emagrecer

Como celulite é gordura, o excesso de peso pode contribuir fortemente para o problema. Basta perder alguns quilinhos para que se elimine boa parte da celulite. O ideal é fazer exercícios 1 hora por dia, de 4 a 5 vezes por semana e diminuir a ingestão de calorias.

2. Ter uma dieta balanceada

Uma alimentação saudável ajuda o corpo a recuperar o seu equilíbrio bioquímico, criando um ambiente menos favorável ao desenvolvimento da celulite. A dieta para celulite deve conter alimentos saudáveis como frutas, legumes e verduras, diminuindo o consumo de alimentos ricos em gordura.
Uma boa dica é sempre ler os rótulos dos alimentos antes de comprar. Veja como se alimentar no vídeo a seguir:

3. Diminuir a ingestão de sal

Isto é recomendado porque ele aumenta a retenção de líquidos que estão intimamente ligados à celulite. Uma boa estratégia é só adicionar sal no final do preparo das refeições e aumentar a quantidade de ervas aromáticas como tomilho, orégano e manjericão, por exemplo. Outra boa solução é não colocar sal nas saladas, um bom tempero para saladas é a mistura de limão com azeite.

4. Combater a prisão de ventre

Porque quem sofre de prisão de ventre tem maior probabilidade de desenvolver celulite, pois o intestino não funciona corretamente, acumulando toxinas que favorecem a celulite. Por isso, a ingestão de fibras deve ser aumentada, os alimentos devem ser bem mastigados e lanches durante a noite devem ser evitados.

5. Melhorar a circulação sanguínea

Essa é uma dica fundamental para eliminar a celulite. Para melhorar a circulação sanguínea é recomendada a prática diária ou regular de exercícios físicos que fazem suar a camisa.
Para abrir os vasos sanguíneos da pele e manter o sistema de remoção de impurezas do organismo, é preciso beber bastante água, afastar-se do sal, diminuir o consumo de café e cigarro e esfoliar a pele para melhorar a circulação.

6. Tratamentos estéticos

Fazer tratamentos como massagem anti-celulite, velashape, lipocavitação ou radiofrequência, por exemplo, é uma ótima ajuda extra para combater a gordura localizada e a celulite. Estes tratamentos podem ser realizados de 1 a 2 vezes por semana por tempo ilimitado.
Ao seguir essas dicas é possível diminuir a celulite e evitar o aparecimento de novos nódulos de gordura, mas estas dicas devem ser seguidas diariamente como um novo estilo de vida porque mesmo após a eliminação da celulite, a mulher pode ser novamente afetada por ela.
Fonte:MSN

7 dicas para melhorar a ida ao supermercado e controlar sua dieta saudável!

Existem alguns truques para tornar sua ida ao supermercado mais econômica, rápida e vantajosa. Confira 7 dicas imprescindíveis para melhorar suas compras!

1. Não faça compras com fome - Procure fazer um lanchinho antes de ir ao supermercado. Especialistas alertam que a fome pode fazer com que você se interesse por itens dispensáveis, tornando sua conta mais cara e menos saudável.
2. Fique atento ao prazo de validade - Quem nunca percebeu um produto bem mais barato que o habitual e pegou vários, achando que iria economizar? É fundamental estar atento às pegadinhas e, neste caso, o prazo de validade perto do fim pode ser o motivo do baixo preço.
3. Faça lista de compras - As listas são uma ótima maneira para quem quer ter um roteiro e não perder o foco nos corredores dos supermercados, mas não só isso: elas também possibilitam maior rapidez, já que você vai direto no que precisa comprar e evita que você esqueça de itens importantes.
4. Monte cardápios - Além de variar a alimentação da semana, o que é ótimo para a saúde, você ainda pode reduzir seu tempo no supermercado.
5. Evite produtos industrializados - Que a sua saúde agradece você já sabe. Mas seu bolso também: verduras, legumes e frutas costumam ser mais fresquinhos e bem mais baratos do que opções congeladas.
Fonte:MSN

sábado, 16 de abril de 2016

Receitas com Biomassa de banana verde

Creme de frutas vermelhas



Ingredientes:
½ xícara de biomassa cremosa
100 ml de leite vegetal (prefira o de arroz ou amêndoas)
2 colheres de sopa de mel orgânico
2 xic de frutas vermelhas (morango, açaí, amora , framboesa)
1 colheres de sopa de chia
2 colheres de sopa de farinha de pistache (opcional)
Modo de Preparo:
Bata todos os ingredientes, exceto a chia, no liquidificador. Acrescente a chia. Distribua em taças. Polvilhe o pistache. Leve ao freezer e retire apenas 10 minutos antes de servir.
Brigadeiro

Ingredientes:
1 copo de leite
2 colheres (sopa) de chocolate 70% cacau
1 colher (sopa) de farinha de maracujá
1/2 xícara (chá) de biomassa de banana verde
confeitos para decorar (granulado, chocolate picado, coco ralado, lascas de amêndoas ou de castanha-do-Pará)
Modo de Preparo:
Coloque todos os ingredientes numa panela, exceto a biomassa. Mexendo sempre, mantenha a mistura em fogo médio (180 ºC) até começar a soltar do fundo da panela. Acrescente a biomassa, misture e desligue a chama. Espere esfriar e leve ao congelador por aproximadamente 3 horas. Retire, faça bolinhas e passe no confeito para decorar.

STROGONOFF DE FRANGO



Ingredientes:
500 gramas de frango cortado em iscas
1 colher (café) de sal
suco de laranja (usar 1/2 laranja)
3 unidades de tomate maduro
1/2 xícara (chá) de água
1/2 maço de manjericão fresco
1 cebola picada
1 dente de alho picado
1 colher (sopa) de óleo de canola ou azeite de oliva
2 xícaras (chá) de biomassa de banana verde
1 colher (sopa) de mostarda
1 xícara (chá) de cogumelo
salsa (ou salsinha) picada a gosto
1 pitada de curry (ou caril) (opcional)
sal a gosto
Modo de Preparo:Tempere o frango com o sal e a laranja 30 minutos antes do preparo. Reserve.No liquidificador, bata os tomates com a água para virar um molho. Em uma panela funda, coloque o molho de tomate e o manjericão fresco e leve ao fogo baixo para apurar por 10 minutos. Refogue a cebola e o alho com 1 colher (sopa) de óleo de canola ou azeite por três minutos. Junte o refogado ao molho de tomate e acrescente a biomassa de banana verde. Escorra o frango, eliminando todo o excesso de suco de laranja. Em uma frigideira bem quente, sem óleo, coloque as iscas de frango e deixe dourar. Não fique mexendo a carne para evitar que ela solte muita água. Ao final, coloque a mostarda. Junte o frango ao molho de tomate e acrescente os cogumelos. Salpique salsinha, coloque a pitada de curry (opcional) e o sal a gosto. Sirva.

CUPCAKE DE CACAU FUNCIONAL



Ingredientes:1 e ½ xícara (chá) de bebida vegetal de arroz
¼ de xícara (chá) de óleo de coco
¾ de xícara (chá) de açúcar demerara ou mascavo
2 colheres (sopa) de sementes ou de farinha de linhaça
2 colheres (sopa) de cacau em pó
1 colher (sopa) de chocolate em pó orgânico
2 xícaras (chá) de farinha de arroz
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 colher (sopa) de biomassa de banana-verde
Modo de preparo:Preaqueça o forno a 180 °C e arrume as forminhas de papel em uma fôrma própria para cupcakes. Misture bem todos os ingredientes líquidos. Adicione o açúcar demerara e a farinha de linhaça e misture bem. Peneire o chocolate em pó com a farinha de arroz. Acrescente a outra mistura, mexa até ficar homogêneo. Coloque o fermento em pó e mexa até que incorpore bem. Por último, adicione a biomassa de banana-verde e misture. Coloque a massa nas forminhas de papel até a metade e leve ao forno até que assim.
Fonte: MSN