segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Os prós e contras da 'dieta crua'

A ‘dieta crua’ é uma das eleitas na hora de perder uns quilinhos. Sementes, frutos secos, algas, frutas e vegetais crus. Esta é a base da alimentação de quem segue a dieta crua. Além de eliminar produtos processados, as pessoas que aderem a dieta consomem todos os alimentos crus ou parcialmente cozidos - nada acima de 42 graus.

É a dieta que inclui os já famosos sucos detox e as taças de fruta. Com a ‘dieta crua’, diz o site Healthy Homestead, são ingeridas menos calorias ao longo do dia, mas o objetivo é manter os alimentos com as suas propriedades e enzimas ativas.
Segundo o site, a ciência não conseguiu, ainda, decifrar evidências científicas que digam se esta dieta é boa ou má para a saúde, embora se saiba que não convém que seja um tipo de alimentação a longo prazo, uma vez que exclui macronutrientes essenciais. Contudo, é possível conhecer alguns prós e contras desta dieta olhando para os depoimentos de quem a segue. E foi isso que o Healthy Homestead fez.
Embora esta dieta possa ser um pouco complicada de seguir, existem alguns benefícios em adotá-la momentaneamente. De acordo com o site, um dos prós deste tipo de alimentação está na perda de peso.
O consumo de apenas alimentos saudáveis é outro aspecto positivo, uma vez que são excluídos todos os produtos prejudiciais à saúde, como as bolachas, os bolos, as manteigas, os pães de forma, etc. Embora a digestão de algumas frutas e vegetais seja complexa, os alimentos da ‘dieta crua’ são repletos de vitaminas e minerais indispensáveis para a boa saúde.
Mais energia e melhor qualidade do sono são outros aspetos positivos deste tipo de alimentação.
Agora os contras. Segundo o site, o enfraquecimento do sistema digestivo é uma das principais consequências desta dieta, que pode ainda agravar alguns casos de alergias alimentares.
O consumo exagerado de vegetais de folha verde (que são dos mais saudáveis) pode ser prejudicial para a tireoide. Além disso, os elevados níveis de fibra podem ainda provocar problemas intestinais e estomacais, mas é a absorção de nutrientes que mais preocupa, uma vez que a grande presença de fibra poderá comprometer a aquisição de algumas vitaminas e minerais.
E como indica ainda o site, alguns alimentos ficam nutricionalmente mais ricos quando cozidos a vapor.
Fonte:MSN

Nenhum comentário:

Postar um comentário