domingo, 10 de maio de 2015

Como os alimentos podem ajudar ou prejudicar a digestão!

Na teoria, deveríamos estar aptos a digerir qualquer tipo de comida. No entanto, algumas mudanças no processamento e no preparo de alguns alimentos, como a fritura, por exemplo, além do estilo de vida sedentário, faz com que o estômago não reaja bem a tudo o que consumimos.
A melhor coisa a ser feita é evitar alguns tipos de comida, como as carnes muito gordas. Mas, para driblar problemas ou incômodos, acompanhe um guia feito pelo site do jornal Huffington Post , que indica o que é bom e o que é ruim para o funcionamento do processo digestivo.
Frituras: comidas fritas e gordurosas sobrecarregam o estômago e resultam em azia e refluxo ácido. Alimentos ricos em gordura também podem causar um fenômeno chamado esteatorreia, que é o excesso de gordura nas fezes. Pessoas com a síndrome do intestino irritável devem ficar longe destas opções, incluindo manteiga e cremes.
Pimenta: a pimenta pode diminuir a pressão do músculo na parte inferior do esôfago, permitindo que o ácido do estômago volte para o esôfago. Como resultado, você pode sentir azia, provocada pelo refluxo ácido. Este é um problema particularmente sério para quem sofre de azia crônica.
Leite e derivados: o cálcio é importante na dieta diária, e é fácil suprir as doses recomendadas por meio de derivados como queijo e iogurte. Porém, para quem tem intolerância à lactose pode ter sintomas como diarreia, gases, inchaço abdominal e cólicas.
Álcool: o álcool relaxa o corpo, mas também relaxa o esfíncter esofágico, o que pode causar azia e refluxo. O ato de beber também pode inflamar o revestimento do estômago, prejudicando algumas enzimas e impedindo que nutrientes sejam absorvidos. Os excessos também podem causar diarreia e cólica, mas a menos que você tenha alguma desordem gastrointestinal, doses moderadas de álcool não irritarão o sistema digestivo. As recomendações são de dois drinques diários para os homens - no máximo - e um para as mulheres.
Frutas vermelhas: as frutas vermelhas como amoras e framboesas fazem bem à saúde, mas algumas delas podem representar um problema para pessoas que têm diverticulite, inflamação geralmente encontrada no intestino grosso. Embora ainda não existam comprovações científicas, alguns indícios apontam para esta reação. Para quem tem o problema, vale observar se a semente dessas frutas, bem como as de girassol ou de abóbora, tem irritado o intestino. Se sim, fique longe delas.
Chocolate: um estudo do ano de 2005 sugere que o chocolate pode ser problema para quem tem a síndrome do intestino irritável ou constipação crônica. No entanto, os especialistas indicam que nem sempre o chocolate é o vilão por si só. Para quem é alérgico a leite, por exemplo, pode ter problemas devido ao leite contido no chocolate. A cafeína, também encontrada neste tipo de alimento, pode estimular a cólica, o inchaço e a diarreia.
Milho: o milho é rico em fibras, mas também contém celulose, um tipo de fibra que o organismo humano não consegue quebrar facilmente, por isso, pode ser um pouco indigesto.
Iogurte: o iogurte contém bactérias saudáveis que repõem a flora intestinal e é um alimento que auxilia no processo digestivo.
Kimchi: o prato tradicional da Coréia é feito com repolho, rabanete ou cebola, com muita pimenta. Os ingredientes principais deste prato promovem o crescimento de bactérias saudáveis. O repolho é um tipo de fibra que não é digerida, por isso por isso ajuda a eliminar resíduos, mantendo os movimentos intestinais regulares.
Carnes e peixes magros: se você for comer carne, escolha frango, peixe ou carnes magras, que são digeridos muito mais facilmente do que um bife suculento. A carne vermelha é mais gordurosa, e, em contrapartida, as carnes magras não aumentam o risco de câncer de cólon.
Grãos integrais: alimentos integrais são boas fontes de fibras, que ajudam a digestão. Eles também ajudam a baixar os níveis de colesterol, mas podem causar inchaço, gases e outros problemas em pessoas que rapidamente aumentam seu consumo. Também não são indicados para pessoas que têm intolerância a glúten.
Bananas: a banana auxilia na restauração da função normal do intestino, especialmente quem tem diarreia. Ela também contribui com muitas fibras para o processo digestivo, além de trazer potássio ao organismo.
Gengibre: pode ser usado para aliviar sintomas como náusea, vômito, enjôos matinais, gazes, perda de apetite e cólicas. No entanto, deve ser consumido com moderação, pois o consumo maior do que quatro gramas por dia pode trazer azia.
Café e chá: bebidas como café e chá relaxam o esôfago, que mantém o ácido estomacal confinado no estômago. Eles também atuam como diuréticos e podem causar diarreia e cólicas. As bebidas que contém cafeína podem ser um problema especialmente para quem tem doença de refluxo gastroesofágico.
Fonte: Terra

Receitas para um almoço especial!

FRICASSÊ DE FRANGO

Foto da receita: Fricassê de frango gratinado

Ingredientes 
Serve: 8 

  • 1 kg de peito de frango com osso
  • 2 tabletes de caldo de galinha
  • 2 gemas
  • 500 ml de leite
  • 3 colheres (sopa) de farinha
  • 1 lata de milho, escorrido
  • 1 lata de creme de leite
  • 1 copo de requeijão
  • 200 g de mussarela em fatias

Modo de preparo
Preparo:1hora  ›  Pronto em:1hora 

  1. Leve o peito de frango para cozinhar com o caldo de galinha em 3 xícaras de água por cerca de 20-30 minutos.
  2. Retire o frango e desfie com a ajuda de um garfo (reserve o caldo).
  3. Preaqueça o forno em temperatura alta (200ºC).
  4. Junte as gemas, o leite e a farinha ao caldo reservado e leve ao fogo, mexendo sempre, até engrossar. Adicione o frango desfiado, o milho e misture. Retire do fogo e misture bem o creme de leite.
  5. Transfira o fricassê para um refratário. Espalhe o requeijão por cima e cubra com fatias de queijo mussarela.
  6. Leve o fricassê ao forno até o queijo ficar bem derretido. Retire e sirva quente.

LASANHA DE BERINJELA

Foto da receita: Moussaka (lasanha de berinjela)

Ingredientes 
Serve: 8 

  • 4 berinjelas pequenas cortadas em fatias no sentido do comprimento
  • Sal, o quanto baste
  • Molho branco
  • 950 ml de leite
  • 110 g de manteiga
  • 3 colheres (sopa) de farinha
  • 3 gemas
  • Molho à bolonhesa
  • 7 colheres (sopa) de azeite
  • 2 cebolas raladas
  • 3 dentes de alho picados
  • 500 g de carne moída
  • 1/2 colher (chá) de pimenta-da-jamaica
  • 1 pitada de canela
  • 1/2 colher (chá) de açúcar
  • 400 g de polpa de tomate
  • 4 colheres (sopa) de salsinha picada
  • 1 clara de ovo batida
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • Montagem
  • 120 g de queijo parmesão ralado
  • Óleo para untar

Modo de preparo
Preparo:1hora  ›  Cozimento: 45mins  ›  Pronto em:1hora45mins 

  1. Comece pelas berinjelas. Coloque as fatias num escorredor e polvilhe-as com sal. O sal tira o gosto amargo da berinjela. Deixe escorrer de 30 minutos a 1 hora. Passado esse tempo, enxágue as berinjelas e seque-as em papel toalha.
  2. Molho branco:

  3. Enquanto isso, prepare o molho branco. Esquente o leite numa panela. Em outra panela, derreta a manteiga em fogo baixo. Junte a farinha com a manteiga e misture bem. Vá colocando o leite quente aos poucos, mexendo sempre. Tempere com sal a gosto, retire do fogo e deixe esfriar. Quando estiver frio, adicione as gemas e mexa bem. Reserve.
  4. Molho à bolonhesa:

  5. Enquanto o molho branco esfria, esquente 3 colheres do azeite numa panela grande. Frite as berinjelas dos dois lados até dourar e seque-as em papel toalha.
  6. Esquente o azeite restante e refogue a cebola e o alho. Junte a carne moída e refogue por mais 5 minutos. Tempere com a pimenta-da-jamaica, a canela, o açúcar, o sal e a pimenta-do-reino a gosto. Junte a polpa de tomate e cozinhe até o molho reduzir, por cerca de 15-20 minutos. Misture a salsinha e retire do fogo. Deixe esfriar e misture a clara batida.
  7. Montagem:

  8. Preaqueça o forno em temperatura média (190ºC).
  9. Unte um refratário grande com óleo. Faça uma camada no fundo com as berinjelas. Coloque todo o molho à bolonhesa por cima e polvilhe com 1/3 do queijo ralado. Faça outra camada de berinjela e polvilhe com mais 1/3 do queijo por cima. Cubra com o molho branco e, por fim, cubra com o queijo restante.
  10. Leve a lasanha ao forno por 45-60 minutos. Deixe esfriar por 15 minutos antes de servir.
  11. fONTE: ALLRECIPES

Feliz dia das Mães!

Este é um dia muito especial nas vidas de todas as Mães.
Desejo a todas um dia cheio de alegrias e fortes emoções ao lado de seus familiares!


Resultado de imagem para feliz dia das mães


beijos a todos!

Patrícia Mendes