sexta-feira, 10 de abril de 2015

Quais são os melhores exercícios para perder peso?

Perder peso pode ser uma tarefa desafiadora. É muito comum as pessoas ficarem desanimadas devido à falta de resultados, muitas vezes causada por não realizar os exercícios de forma adequada. Embora a dieta seja um aspecto importante para qualquer programa de perda de peso, a melhor maneira de perde-lo é através de uma combinação de exercícios aeróbicos e de resistência. Ambos ajudarão você a aumentar o seu metabolismo e queimar gordura, que é a maneira mais eficaz de conseguir a perda de peso.


Treinamento cardiovascular

O treinamento cardiovascular é o elemento fundamental para o seu programa de perda de peso. Ele ajuda a queimar calorias, gorduras e a acelerar o seu metabolismo. Ao realizar um exercício de cardio, você estará treinando seu coração e pulmões, melhorando assim a sua resistência geral. O método mais comum de faze-lo é através de exercícios aeróbicos. Isto consiste em elevar a sua freqüência cardíaca e mantê-la a uma taxa fixa por todo o seu exercício. Corrida, ciclismo e natação são formas eficazes de realizar este tipo de treinamento. Comece com um aquecimento de cinco minutos para evitar lesões. Depois de começar o treino, pegue um ritmo que é difícil, mas possível para sustentar a duração do exercício. Termine com uma série de exercícios similares ao aquecimento. Ao iniciar, faça de 15 a 20 minutos de treinamento aeróbio. Uma vez que você melhore seu nível de condicionamento físico, o tempo de treino ideal deve ser entre 30 e 45 minutos. Embora o treinamento aeróbio seja a forma mais comum de exercícios cardiovasculares, eles não são a maneira mais eficaz de perder peso. O melhor exercício cardiovascular para perder peso é chamado de treinamento intervalado de alta intensidade. Este método avançado de treinamento vai queimar mais calorias e gorduras e acelerar o seu metabolismo por um período mais longo do que os exercícios aeróbicos. O treinamento intervalado de alta intensidade consiste em aumentar rapidamente a frequência cardíaca por um curto período de tempo e em seguida, baixando-a antes da próxima série. Por exemplo, você correrá por 25 segundos tão quanto puder, em seguida, trote ou caminhe por 1 minuto antes de começar a correr forte de novo. Tente realizar este tipo de treinamento em intervalos de 10 a 20 minutos. Qualquer tipo de exercício aeróbico pode ser feito através de treinamento intervalado de alta intensidade. No entanto, corrida e ciclismo são as maneiras mais fáceis. Para melhores resultados, você deve realizar algum tipo de treinamento cardiovascular 3 a 4 vezes por semana.

Treinamento de resistência

Junto com o treinamento cardiovascular, é importante construir músculos magros através de treinamento leve de resistência. Mesmo que ele não seja considerado um queimador de gordura, ele construirá músculos necessários, o que ajudará a reduzir a gordura e acelerar o seu metabolismo. O aumento do metabolismo vai ajudar seu corpo a processar a comida, em vez de armazenar todas as calorias extras como gordura. O treinamento de resistência pode ser feito usando pesos, cabos, máquinas ou extensores. No início, use pesos mais leves e tente fazer uma grande quantidade de repetições. Por exemplo, você pode fazer três séries de supino com halteres de 4 1/2 kg em 20 repetições. Estando mais confortável, você pode aumentar o peso e diminuir as repetições lentamente. Embora você deva treinar todos os grupos musculares, é importante focalizar os principais. Como resultado, a maioria de seus exercícios devem se concentrar em seu peito, costas, abdômen e pernas. Supinos, laterais, abdominais e agachamento são exercícios eficazes que ajudarão nos principais grupos musculares. Para melhores resultados, faça algum tipo de exercícios de resistência de 2 a 3 vezes por semana.
Fonte: Ehow Brasil

Dicas para comer antes do exercício e ganhar massa muscular!

Você malha, malha, malha, fica cansada, suada, mas no final, não vê resultados. Ou seja, não perdeu nenhum quilo. Talvez essa situação aconteça por causa da má alimentação antes de ir para a academia ou para a rua fazer exercícios físicos. O que você ingere nesse período é muito importante para a queima de gordura e para o ganho de energia. Sendo assim, saiba o que comer antes de malhar e faça o seu esforço valer a pena.

A Importância dos Carboidratos

Sempre ouvimos falar que os carboidratos são os culpados pelo ganho de peso, não é mesmo? Entretanto, sem esses elementos, nosso organismo fica sem glicogênio, nutriente essencial na produção de energia para a malhação. Com isso, o corpo tem dificuldades em queimar gorduras, acabando por eliminar a massa magra, ou seja, os músculos, para usá-la como combustível.
Proteínas: Alimentos para Comer Antes de Malhar
Proteínas: Alimentos para Comer Antes de Malhar
E para piorar, a falta de glicogênio pode levar à hipoglicemia, que é o baixo teor de açúcar sanguíneo, causando tonturas e até desmaios durante os treinos. Portanto, a ingestão de carboidratos é tão importante antes de ir para a academia.

Proteínas Ajudam na Construção dos Músculos

Outro grupo importante a ser ingerido antes dos treinos é o das proteínas, que são encontradas em ovos, carnes e peixes. As proteínas ajudam na recuperação e na manutenção musculares e, para que façam o efeito desejado, devem ser incluídas nas refeições 1 hora e meia antes da malhação.

Quando e o Quê Comer para Malhar?

Os 2 grupos de alimentos citados acima são importantes antes dos exercícios, mas dependendo do tempo que você tem para comer, é preciso fazer escolhas inteligentes.
Desse modo, se você tem a oportunidade de se alimentar com 1 hora e meia de antecedência, faça um lanche contendo carboidrato e proteínas, que pode ser feito com 2 fatias de pão integral com uma fatia de peito de peru.
Alimentos para comer antes de malhar?
Porém, se você tem menos tempo e só pode se alimentar 1 hora antes, deixe a proteína de lado e ingira 2 torradas integrais com um pouco de requeijão light. Mas se a sua vida é ainda mais corrida e você só consegue comer de 30 a 40 minutos antes, prefira biscoitos e pães refinados, já que ficam menos tempo no estômago e dão bastante energia para a malhação.

E Se eu Malho Bastante?

Caso os seus treinos durem mais de 2 horas, misturando atividades físicas aeróbicas e anaeróbicas, o ideal é que você consiga se alimentar no intervalo entre as 2, ou seja, após 1 hora de exercícios, pois a quantidade de glicogênio no organismo diminui rapidamente, o que compromete o seu rendimento físico e a produção muscular. Sendo assim, leve sempre na mochila da academia uma banana, 1 bebida isotônica ou 1 biscoito light.

E não se Esqueça da Água

Contudo, o mais importante na hora da malhação é a hidratação. Por isso, consuma bastante água antes, durante e após os treinos para não sofrer de problemas com a desidratação, principalmente porque você perderá muito líquido através do suor.  A água é essencial na formação dos nossos músculos e também nos processos de queima de gordura.
Fonte: Dicasparaperderpeso