quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Receitas de Saladas light para verão

Receita 1: Salada tropical


INGREDIENTES
  • 8 tomates-cereja cortados ao meio
  • 1 colher (sopa) de azeite extra virgem
  • Sal a gosto
  • 4 rodelas de abacate cortadas em meia lua
  • Limão a gosto
  • 1 maço pequeno de alface-romana
  • 2 fatias de muçarela de búfala médias em rodelas
  • 6 azeitonas pretas
  • Manjericão a gosto
Molho de iogurte
  • 1/2 pote (100 ml) de iogurte natural desnatado
  • 2 colheres (sopa) de suco de limão
  • 1 colher (sopa) de azeite extra virgem
  • Sal e pimenta a gosto
MODO DE PREPARO
  • Tempere o tomate com o azeite e sal e deixe descansar por 10 minutos.
  • Monte a salada num prato
  • Coloque o abacate temperado com limão para não escurecer a alface, o tomate, a muçarela de búfala, a azeitona e manjericão
  • Regue com o molho de iogurte
Valor calórico: 315 kcal por porção

- Receita 2: Salada light de peito de peru defumado

INGREDIENTES
  • 1 maço de alface (ou rúcula)
  • 2 peras
  • suco de limão
  • 200g de peito de peru defumado
  • 1 pote (120g) de cream cheese light
  • 2 colheres (chá) de azeite de oliva extra virgem
  • 1 colher (chá) de aceto balsâmico (ou vinagre)
  • Sal a gosto
MODO DE PREPARO
  • Lave a alface (ou rúcula) e arrume em uma travessa
  • Corte as peras em fatias finas e regue com o suco de limão
  • Alterne a pêra com o peito de peru e a alface
  • Coloque o cream cheese no centro do prato
  • Misture o azeite, o aceto e o sal e tempere a salada
Valor calórico: 220 kcal por porção

- Receita 3: Salada de melancia

INGREDIENTES
Para o vinagrete
  • 2 colher (sopa) de geleia diet de laranja
  • 1/4 de xícara (chá) de melancia em cubos e sem sementes
  • 3 colheres (sopa) de suco de limão
  • 1 colher (chá) de azeite de oliva
  • 1/2 colher (chá) de sal
Para a salada
  • 4 xícaras (chá) de mix de folhas (rúcula, agrião e alface americana)
  • 1 xícaras(chá) de melancia em cubos e sem sementes
  • 1/2 xícara (chá) de ricota em cubos
  • 1/4 de xícara (chá) de amêndoa em lascas
MODO DE PREPARO
  • Faça o vinagrete: em uma panela pequena, aqueça a geleia até ficar líquida
  • Retire do fogo e deixe amornar
  • Bata a melancia no liquidificador para obter um suco e adicione-o à geleia com os demais ingredientes
  • Leve à geladeira por 15 minutos
  • Distribua as folhas em pratos individuais
  • Coloque sobre elas a melancia e as lascas de amêndoa
  • Tempere com o vinagrete
Valor calórico: 70 kcal por porção

- Receita 4: Salada light de atum

INGREDIENTES
  • ½ maço de rúcula
  • 1 lata de atum light (conservado em água)
  • 4 ovos cozidos
  • 8 colheres (sopa) de cenoura ralada
  • 5 folhas de alface americana
  • Pimentão
  • 1 pote de iogurte natural desnatado
  • Sal a gosto
  • 3 colheres (sopa) de azeite
MODO DE PREPARO
  • Lave as folhas e monte a salada em camadas
  • Comece com a rúcula e finalize com o pimentão
  • Prepare o molho e misture o iogurte com o sal e o azeite
Valor calórico: 201 kcal por porção

- Receita 5: Salada fresca light

INGREDIENTES
  • 1 unidade(s) de abacaxi
  • 1 vidro(s) de palmito
  • 2 unidade(s) de maçã sem casca(s)
  • 2 unidade(s) de ovo cozido(s)
  • Azeite a gosto
  • Vinagre branco a gosto
  • Maionese light a gosto
MODO DE PREPARO
  • Pique o abacaxi em cubinhos sem o miolo e deixe escorrer a calda
  • Pique o palmito, os ovos e as maçãs
  • Misture todos os ingredientes, regue com azeite e vinagre
  • Acrescente a maionese.
Valor calórico: 157 kcal por porção

- Receita 6: Salada de frango com ricota

INGREDIENTES
  • 3 xícaras (chá) de couve-flor cozida e picada
  • 200g de peito de frango desfiado
  • 2 xícaras (chá) de tomate picado
  • 1 xícara (chá) de cebola
  • Creme de ricota
  • Salsinha picada a gosto
  • Suco de 1 limão grande
  • Sal a gosto
MODO DE PREPARO
  • Cozinhe a couve-flor no vapor e pique em pedaços pequenos
  • Cozinhe o peito de frango e passe no processador
  • Misture a couve-flor, o tomate e a cebola
  • tempere com o limão e o sal
  • Adicione o peito de frango, o creme de ricota e a salsinha e misture
Valor calórico: 109 Kcal por porção

- Receita 7: Salada light com salmão

INGREDIENTES
  • 500g de palmitos frescos.
  • 400g de salmão defumado.
  • 200g de iogurte natural.
  • 1/2 amarradinho de molho de endro.
  • Sal, pimenta do reino e açúcar a gosto
  • 20 ml de azeite extra virgem.
  • 4 folhas de alface roxa
MODO DE PREPARO
  • Cozinhar os palmitos na água por 5 a 7 minutos, tirar do fogo e deixar resfriar
  • Em uma tigela, misturar o iogurte, sal, pimenta, açúcar, azeite e o endro, reservar
  • Cortar os palmitos em rodela de 1/2 cm e acrescentar o molho na tigela e deixar por 10 minutos
  • Colocar uma folha de alface roxa no meio do prato
  • Arrumar as fatias de salmão defumado
  • No lado do salmão colocar uma colher um pouquinho de salada de palmito.
  • Decorar com um raminho de endro
Valor calórico: 116 kcal por porção

- Receita 8: Salada light do verão

INGREDIENTES
  • 1 pé de alface americana picada
  • 2 beterrabas raladas
  • 1 cenoura ralada
  • 1 talo de erva-doce cortado em tirinhas
MOLHO
  • 1 lata de Creme de Leite light
  • 1 colher (sopa) de mostarda
  • 1 colher (sopa) de salsa picada
  • 1 colher (sopa) de cebolinha verde picada
MODO DE PREPARO
  • Coloque a alface em uma travessa e arrume a beterraba e a cenoura
  • Espalhe os talos de erva-doce e reserve
  • Em uma tigela, misture o creme de leite light, a mostarda, o sal, a salsa, a cebolinha
  • Cubra a salada com o molho
Valor calórico: 71 kcal por porção

- Receita 9: Salada de cenoura, beterraba e kani

INGREDIENTES
  • ½ xícara de alface crespa picada
  • ½ xícara de agrião picado
  • ½ xícara de cenoura crua ralada
  • ½ xícara de beterraba crua ralada
  • 1 colher (sopa) de passas
  • 2 canudos de Kani cortado em rodelas finas
  • 3 colheres (sobremesa) de azeite extra virgem
  • 1 colher (sobremesa) de vinagre
MODO DE PREPARO
  • Lave as folhas e os vegetais
  • Pique as folhas e misture todos os ingredientes da salada
  • Coloque a salada em um recipiente fundo, acrescente o azeite e o vinagre
Valor calórico: 92 kcal por porção

-Receita 10: Salada da primavera

INGREDIENTES
  • 1 alface lisa
  • 1 maço de agrião
  • 1 tomate em tiras
  • 1 ovo cozido
  • 1 pepino em tiras
  • 1 cenoura ralada
  • Azeite a gosto
  • Vinagre branco a gosto
  • 1 chuchu em tiras
MODO DE PREPARO
  • Cozinhar o chuchu e o ovo
  • Corte os outros ingredientes
  • Arrume tudo numa travessa e tempere a gosto
Valor calórico: 73 kcal
Fonte:Mundo Boa forma

Como o paladar contribui para o ganho de peso

Estamos comendo muito, cada vez mais, e com muita dificuldade em parar. Começamos a comer e só paramos ao ver o fim, em pouco tempo percebemos que devoramos tudo. Ansiedade, estresse, compulsão, o que esta acontecendo? Doenças da ansiedade e até mesmo transtornos alimentares podem justificar esse comportamento, mas, na maior parte das vezes, é apenas o paladar a nos passar uma rasteira. 
Vários mecanismos fisiológicos estão associados ao controle do consumo alimentar. Reguladores hormonais estão envolvidos na sinalização de fome e saciedade e tende a manter o balanço energético neutro, estimulando ou inibindo o apetite de acordo com a necessidade do corpo humano. Sobressai-se ao controle hormonal, o mecanismo de recompensa. Esse mecanismo nos conduz ao alimento guiado pelo prazer, memória e aprendizado, e conta com a ajuda fundamental dos nossos sentidos. 
Visão, audição, aroma junto com o paladar nos conduzem na busca pelo alimento. Nossa língua apresenta receptores específicos identificados para cinco sabores: doce, amargo, salgado, azedo e umami. A predileção ao doce é inata, nascemos já gostando desse sabor. Somos capazes de perceber a proteína a partir de receptores umami, há uma sensação prazerosa e suave em resposta ao consumo de fontes de aminoácidos, que são derivados proteicos, em especial ao sabor do glutamato. Aprendemos a gostar do salgado e quanto maior a quantidade de sal, maior o consumo. Nos afastamos do azedo e amargo por estarem relacionados a alimentos de potencial risco à saúde, como veneno e alimentos estragados.  
Quanto à gordura, ainda não foi identificado um receptor especifico para seu gosto, mas a composição em gordura dos alimentos parece afetar o consumo através de seu aspecto, textura e possivelmente o seu aroma. A combinação dessa textura agradável da gordura com açúcar ou sal nos deu alimentos irresistíveis e certamente fazem parte do nosso consumo cotidiano unicamente pelo prazer e não por necessidade nutricional.  
A indústria de alimentos soube usar todo esse conhecimento a serviço do consumo. Combinou sabores, juntou sal e glutamato; açúcar e gordura; sal, gordura e glutamato. Essas associações aumentam nossas respostas de prazer e podem justificar nossa incapacidade de interromper o consumo, mesmo estando já satisfeitos. Poucas pessoas são capazes de parar de comer espontaneamente alimentos ricos em sal, como salgadinhos de pacote ou pipoca temperada, assim como é quase improvável abandonar uma barra de chocolate pela metade. 
Esse descontrole não esta associado à compulsão. O sal fica na língua estimulando o centro os receptores gustativos. Assim como o açúcar e a textura do chocolate conferida pela gordura impregnam por toda a boca e nos fazem querer mais. Nossa história de aprendizado do alimento, somado à resposta intensa de prazer promovido pelo paladar, dominam nosso consumo nesses momentos. 
Esse sistema de recompensa pode ser modulado ao longo da vida e iniciativas de mudança de hábito e reeducação alimentar nos ajudam a controlar esse consumo desenfreado. Nossos sentidos conseguem se adaptar e, após pouco tempo sem receber estímulos intensos, rejeitam muito sal ou muito açúcar. Há neutralidade no paladar quando passamos a comer alimentos mais suaves como frutas. Não deixamos de receber sinalizações de prazer, só modificamos a fonte estimulante e voltamos a ter controle sobre nossas escolhas. Esse é um caminho não muito tranquilo, mas é uma rota segura que vai de encontro à saúde e vida longa! 
Fonte:Minha Vida

Receitas de Suco verde para ajudar no emagrecimento

A nutricionista ensina a preparar algumas opções que podem ser tomadas diariamente, pelo menos uma vez ao dia. Para prepará-los, basta juntar todos os ingredientes e bater no liquidificador. "A única ressalva é prepará-los na hora, para que os nutrientes dos vegetais sejam bem aproveitados", recomenda.
De acordo com a nutricionista, esses sucos são ricos em vitaminas e minerais, possuem propriedades antioxidantes que auxiliam o organismo no combate aos radicais livres e contra substâncias tóxicas indesejáveis. "Também ajudam na regularização e equilíbrio do organismo e, associados a uma reeducação alimentar, auxiliam no emagrecimento, combatem o inchaço e evitam a constipação por serem ricos em fibras", destaca.

Receita de suco verde com maçã

2 maçãs + Meio limão +1 lima da Pérsia

Suco detox com morango

1 Grapefuit + 10 morangos

Suco verde com damasco

3 limões descascados + 1 maçã + 2 damascos + 10 uvas

Receita de suco verde com cenoura

Meio repolho + 2 cenouras + 1 maracujá

Receita de suco desintoxicante com beterraba

2 beterrabas + 1 cenoura + 1 maçã

Receita de suco verde power detox

1 pepino + 3 talos de aipo + 2 buques de brócolis
Fonte: Bolsa de Mulher