domingo, 31 de maio de 2015

Whey protein- Faz mal ou bem ao corpo?

 O chamado “Whey Protein” deixou de ser alimento exclusivo dos marombeiros e se tornou uma verdadeira febre entre homens e mulheres que desejam alcançar um corpo saudável, magro e definido.O produto nada mais é do que um suplemento tirado do soro do leite, rico em proteínas. Se consumido da maneira adequada, ele pode ser um bom aliado da saúde.
De acordo com a nutricionista da área esportiva ,embora algumas pessoas usem a fórmula em dietas para perder peso, os principais benefícios desse item são ajudar o processo de regeneração das fibras musculares e favorecer o ganho de massa muscular.
O problema é se o whey é usado de maneira incorreta, sem acompanhamento profissional de um médico ou nutricionista. “O uso indiscriminado e sem orientação pode resultar na sobrecarga dos rins e fígado”, afirma a especialista.
Para não correr esse risco, você confere nas imagens algumas informações essenciais sobre o suplemento para conquistar o corpo dos sonhos.
Consumir na quantidade certa e nos horários adequados são atitudes importantes para que o produto renda bons resultados.

NÃO É RECOMENDÁVEL SUBSTITUIR REFEIÇÕES POR WHEY

Para aqueles que desejam emagrecer,  deixar claro: o Whey Protein não pode ser utilizado como substituto de refeições (café, almoço ou jantar), pois, como já foi dito, é feito para satisfazer as necessidades de quem pratica exercícios.
“O máximo que se pode fazer é substituir um lanche pós-treino, de acordo com a rotina e os horários da atividade física”.

SE NÃO CONSUMIDO CORRETAMENTE, WHEY PODE ENGORDAR

É isso mesmo. A nutricionista alerta que, sem o acompanhamento adequado de um profissional, o tiro pode sair pela culatra.
Se o desejo da pessoa é basicamente emagrecer (e não ganhar músculos), melhor do que ingerir o suplemento é tomar um shake substituto parcial de refeição, sem se esquecer de levar uma rotina alimentar saudável e equilibrada. Isso porque, segundo a nutricionista, o whey é mais calórico do que a bebida sugerida pela nutricionista.

SUPLEMENTO DEVE SER CONSUMIDO APENAS NOS DIAS DE TREINO

Para evitar os possíveis danos causados pelo uso indiscriminado, como a sobrecarga nos rins e no fígado, a nutricionista afirma que o Whey deve ser consumido somente se a pessoa fez atividade física e até 30 minutos depois do treino. “No dia em que não fizer exercício, não se deve tomar”, diz.

CONSUMO DEVE SER INDICADO E ACOMPANHADO POR ESPECIALISTA

“Um indivíduo tem, em média, a capacidade de absorver até 25g de proteína no pós- treino, mas a quantidade limite deve ser determinada por um médico ou nutricionista”, afirma a nutricionista.Ela informa que esse cálculo é próprio para cada indivíduo e leva em conta a rotina de exercícios, o sexo, a idade, o peso e outras informações relevantes sobre o paciente. São esses especialistas que irão dizer se o indivíduo precisa (e de quanto precisa) do whey para definir os músculos.
Fonte: MSN

Nenhum comentário:

Postar um comentário