quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Gordura zero com tempero nota dez!

Sua Dieta
Gordura zero com tempero nota dez! © zhekos - Fotolia.com Gordura zero com tempero nota dez! Se o seu sonho é diminuir a quantidade de gordura no seu corpo, comece optando pelos alimentos que potencializam esta ação. Alguns temperos são ótimos aliados para mudar o sabor da sua dieta e para acelerar os resultados na balança. Confira!

Mostarda
Benefício: ½ colher de chá de mostarda nas refeições pode aumentar em até 25% o metabolismo de um indivíduo durante as três horas que sucedem a ingestão.

Dica: Consuma 1 colher de sobremesa, dividida em 2 vezes ao dia.

Cúrcuma
Benefício: Evita a formação de vasos que alimentam o tecido gorduroso, são ricos em antioxidantes e anti-inflamatórios.

Dica: Consuma 1 colher de café do pó de cúrcuma ao dia.

Canela
Benefício: A canela é um eficiente termogênico, capaz de aumentar a temperatura corporal, aumentando o metabolismo e saciando a fome por mais tempo.

Dica: Consuma 1 colher de chá ao dia.

Limão
Benefício: O ácido cítrico tem ação adstringente, que age como se fosse um detergente que dissolve toxinas e gorduras do nosso organismo.

Dica: Consuma 3 limões ao dia.

Salsinha
Benefício: Rica em clorofila e potássio é um eficiente diurético, auxiliando na eliminação de toxinas e evitando o inchaço.

Dica: Consuma, pelo menos, meio maço por dia. Mas, ela está liberada para você comer o quanto quiser!

Fonte:MSN

Chá verde e seus benefícios no emagrecimento

Chá verde ajuda na diminuição da gordura visceral   

 Chá verde ajuda na diminuição da gordura visceral
Uma pesquisa realizada pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto constatou que o consumo de chá verde favorece a "distribuição" da gordura corporal, diminuindo aquela que se concentra na barriga, ou seja, a visceral. Este benefício vai além da estética, já que este tipo de gordura é bastante prejudicial à saúde.

O principal objetivo do estudo foi analisar os efeitos de vários componentes alimentares na gordura corporal. "Este trabalho procurou esclarecer os mecanismos de ação do chá verde no tecido adiposo", explica Rosário Monteiro, pesquisadora do departamento de Medicina e Bioquímica da FMUP.

Para chegar a esta conclusão, os pesquisadores usaram dois grupos de ratos, sendo que um consumiu chá verde durante 6 meses e, o outro, bebeu água. Ao final deste período, todos os animais ganharam alguns quilos, porém, os ratos do grupo que consumiu chá verde engordaram menos.

O resultado mais importante foi em relação às diferenças encontradas no tecido adiposo subcutâneo (sobretudo, coxas e bumbum) e visceral nos dois grupos de ratos. Aqueles que beberam o chá apresentaram um menor número de adipócitos, células que armazenam a gordura no nosso organismo.

Além disso, o consumo da bebida também aumentou o número de células em apoptose - morte celular programada - no tecido adiposo visceral, favorecendo a sua redução. Segundo a pesquisadora: "Estes resultados podem advir do estímulo à produção de estrogênios no tecido adiposo provocada pelo chá verde".

Ela ainda completa: "A pesquisa mostrou que o consumo de chá verde interfere na "organização" e "distribuição" da gordura corporal, criando um padrão celular mais saudável e menos propenso ao desenvolvimento de patologias".
Fonte:MSN

Emagreça mais rápido: conheça um cardápio que vai aumentar o seu metabolismo

Você já faz dieta há um tempo, mas acha que os resultados demoram a aparecer? Talvez o problema seja com o seu metabolismo. Por definição, ele é o responsável por gerar e degradar nutrientes. É um processo complexo que envolve diversas etapas e determina nosso gasto calórico que, consequentemente, é influenciado por nosso peso, o nível de atividade praticada, o sexo, idade e quantidade de massa muscular.

Para você entender melhor esta questão, a nutricionista  preparou um passo a passo.

- Peso: quanto maior o peso maior a necessidade calórica.

- Idade: com o passar dos anos, nosso gasto calórico é reduzido no intuito de poupar energia para o nosso organismo. Na infância, o metabolismo é acelerado, principalmente pelo intenso crescimento.

- Nível de atividade física: quanto maior a duração e a intensidade, maior o gasto energético.

- Sexo: homens têm mais massa muscular e por isso maior necessidade calórica.

- Massa muscular: metabolicamente ativa, gera maior gasto calórico que a massa gordurosa.

Existem também alimentos que contribuem para aceleração do metabolismo que são chamados de termogênicos. Alguns exemplos são: pimenta, gengibre, pimentão, canela e chá verde. Eles demandam mais energia na sua digestão, aumentando o gasto calórico.

Confira um cardápio que aumenta o seu metabolismo preparado pela nutricionista:

Café da manhã - iogurte desnatado com banana e canela

Colação - chá verde

Almoço - Cubos de peito de frango com pimentão amarelo e vermelho, arroz integral com gengibre e salada verde.

Lanche - Chá verde com cookies de canela.

Jantar - Sopa de abóbora com gengibre e cebolinha e peixe temperado com pimenta malagueta.

Ceia - Maçã assada com canela.

Contudo, não adianta querer apenas consumir estes alimentos. Lílian alerta para a necessidade de se alimentar bem todos os dias e optar por este cardápio uma vez por semana, por exemplo. De acordo com a especialista, não há outra receita para quem quer emagrecer a não ser:

1 - Praticar exercícios de força, que possibilitem o aumento da massa muscular;

2 - Praticar exercícios aeróbicos e ser ativo no seu dia a dia (suba escadas, saia de bicicleta ou a pé e deixe o carro em casa...);

3 - Alimentar-se bem.
Fonte:MSN