segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Suplementos para mulher ganhar massa muscular

suplementos

Se você é fã de academia, na certa já ficou tentada a investir em um produto destinado a melhorar o resultado do treino e ajudar na conquista do corpo dos sonhos - bem delineado, durinho e com tudo no lugar. E ainda mais atraentes essas fórmulas parecem se contiverem substâncias adequadas ao organismo da mulher. Basta uma visita a uma loja especializada e lá estão elas, em número cada vez maior, piscando para você, em embalagens com sutil toque feminino, de cor ou formato. Com tantas ofertas, surge a dúvida: fazem mesmo a diferença ou não passam de marketing? Experts têm uma resposta na ponta da língua: esses suplementos têm nutrientes e ativos em dosagem adequada à nossa necessidade. Faz sentido. Metabolismos com ritmos diversos, como são o do homem e o da mulher, têm necessidades também diferentes. Ainda há poucos estudos comprovando que os produtos formulados sob medida para nós surtem os efeitos prometidos. De concreto mesmo, só a observação dos profissionais nos consultórios. Assim, baseados na própria experiência, especialistas em atividade física e alimentação saudável põem fé na eficácia de muitos deles. Associados à atividade física, afirmam, os resultados costumam aparecer após cerca de dois meses de consumo regular. Mas fazem suas ressalvas e alertam: os suplementos devem ser consumidos com orientação.
PARA GANHAR MÚSCULOS
A base do suplemento que faz o músculo crescer e aparecer é a whey protein, uma proteína extraída do soro do leite, de alta digestibilidade, que ajuda a reparar o desgaste muscular provocado pelo treino. Algumas marcas são acrescidas de BCAA, aminoácidos que atendem pelos nomes de leucina, valina e isoleucina. Abundantes nas carnes, esses "tijolos" que formam as proteínas não são produzidos pelo organismo. Estudos sugerem que esse tipo de suplemento favorece a produção de serotonina no cérebro, reduzindo ossintomas de fadiga relacionados ao exercício. As fórmulas para a mulher incluem nutrientes importantes para os ossos, como vitamina D e cálcio. Embora a osteoporose seja mais comum a partir dos 45 anos, aos 35 a perda de massa óssea começa a ocorrer naturalmente. Então, quanto mais cedo você investir numa espécie de poupança óssea, mais reserva terá para afastar a doença. Já os ácidos graxos essenciais, como os ômegas 3 e 6, contidos em alguns produtos ajudam a controlar processos inflamatórios associados à obesidade.
A palavra dos experts
"A adição de nutrientes à proteína é bem-vinda", diz Veronica Lucena Mendes, pós-graduanda em nutrição funcional, de São Paulo. Mas ela faz uma ressalva: "Mais importante do que um suplemento específico para a mulher, é uma whey protein de boa qualidade". Para saber isso, leia o rótulo antes de comprar. "Os bons produtos têm pelo menos 80% de proteína e cerca de 5 gramas de BCAA por porção", explica a especialista, acrescentando: "Prefira a hidrolisada, que é mais bem absorvida pelo organismo, e verifique se ela encabeça a lista de ingredientes, o que indica que a substância é a mais importante na composição do suplemento".

Uma dose de whey fornece cerca de 100 calorias, mas dá saciedade e se encaixa bem nos lanches entre as refeições. O ponto negativo é a presença de creatina em grande parte das fórmulas. A substância, eficaz no ganho de massa e de força, tem a retenção líquida como efeito adverso. "Isso é tudo o que uma mulher não quer", diz Veronica. Mulheres fisicamente ativas precisam consumir entre 1,5 e 2 gramas de proteína ao dia por quilo de peso, segundo o nutricionista esportivo Rodolfo Peres, de São Paulo. Faça a conta: se você pesa 60 quilos e treina regularmente, vai precisar de 90 a 120 gramas de proteína por dia. Uma porção de 100 gramas de carne vermelha fornece 20 gramas. "Então, o suplemento, em conjunto com o consumo de carnes e ovos, pode ajudar a complementar essa cota", diz. O aproveitamento é total? "Isso vai depender de fatores como digestão, saúde intestinal e tipo de whey", responde Veronica. Ela recomenda o consumo de alimentos ricos em fibras (vegetais e grãos integrais) para garantir o bom funcionamento do intestino. "Isso facilita a absorção de proteínas e, consequentemente, o ganho de massa magra.

Fernanda Furmankiewicz, nutricionista da rede de academias Companhia Athletica, também aprova o suplemento, mas faz um alerta: "O resultado não é tão bom sem atividade física regular e sem um cardápio rico em nutrientes". Os ômegas, célebres por ajudar no equilíbrio hormonal, são o plus de algumas marcas. Já para tirar proveito do BCAA, a nutricionista Cynthia Antonaccio, da Equilibrium Consultoria em Saúde e Nutrição, em São Paulo, recomenda: "Como qualquer outro suplemento, seu uso deve ser feito apenas em algumas fases do treinamento e prescrito por um nutricionista". Ingerido aleatoriamente, pode acarretar problemas renais e hepáticos no futuro.
Quando consumir
A recomendação é ingerir o suplemento de proteína de 30 minutos a uma hora após o treino, quando os músculos mais precisam de um help para se regenerar.

Designer Feme (DNA) (6)Apresentação: pote do suplemento em pó (1,2 kg)
Contém: whey protein, BCAA, proteína hidrolisada de colágeno, maltodextrina, proteína isolada de soja, fibras, óleos de girassol e soja, cálcio, ômegas 3 e 6
Sabores: maçã e mel, morango e banana,morango, chocolate
Quantidade para: 39 dias


Balance Protein (Sanavita) (5)Apresentação: pote do suplemento em pó (400 g)
Contém: whey protein, BCAA, isolado proteico de soja, isoflavonas, complexo de cálcio, vitamina D
Sabor: baunilha
Quantidade para: 13 dias
PARA QUEIMAR GORDURA
Aqui, as estrelas são as substâncias estimulantes como cafeína e o óleo de cártamo. Elas aceleram o metabolismo ao elevar os batimentos cardíacos e agem nas células do tecido adiposo. A concentração desses princípios ativos leva em conta o metabolismo e os mecanismos que regem a fome e a saciedade específicas da mulher.

A palavra dos experts 
"Os ativos agem da mesma forma em ambos os sexos", diz Fúlvia G. Hazarabedian, nutricionista especializada em fisiologia do exercício. "Mas, como atuam na gordura localizada, fazem efeito em regiões diferentes - nas mulheres, a perda se dá sobretudo nos quadris, exatamente onde acumulamos mais gordura." Alguns compostos, como os extraídos da planta Carthamus tinctorius, ou óleo de cártamo, prometem acelerar essa perda também na região da cintura, além de ajudar a produzir substâncias anti-inflamatórias e prevenir a celulite. Em outras palavras, o ativo, ao reduzir a quantidade de gordura, é capaz de amenizar o detestado aspecto de casca de laranja que atormenta todas as mortais. Outro benefício: com menos gordura estocada, os músculos ficam mais aparentes e o corpo mais bonito. "Atribui-se ao óleo de cártamo o poder de retirar as gorduras da corrente sanguínea e de transportá-las para os adipócitos, ou células de gordura", explica Fúlvia. "O organismo, então, usaria essa gordura estocada como combustível, o que contribuiria para a sua eliminação", completa.

Outros ativos, como a cafeína, prometem quebrar as moléculas de gordura, transformando-as em ácidos graxos livres que cairiam na corrente sanguínea e depois seriam eliminados. "Mas são os exercícios que potencializam o efeito do ativo na redução da gordura corporal. Sem eles e sem uma alimentação adequada, os resultados só com suplementos são muito pequenos", fala Fúlvia. Suas propriedades anti-inflamatórias e drenantes também favorecem o combate à celulite. Sem contar que a cafeína dá saciedade e tem efeito diurético, o que diminui o inchaço. A nutricionista Cynthia Antonaccio cita estudos sobre o efeito da substância na atividade física: "Eles sugerem que para quem faz exercícios a substância ajuda a reduzir a percepção do esforço, pois modifica o limiar da dor, e isso melhora a performance".

É preciso tomar certos cuidados quando se trata de estimulantes. A médica nutróloga e ortomolecular Liliane Oppermann, que também é diretora de Comunicação da Associação Médica Brasileira de Oxidologia (Ambo), adverte: "Substâncias que queimam gordura podem desencadear efeitos colaterais, como insônia, ansiedade, palpitações e arritmias cardíacas, aumento da pressão arterial, tontura e náusea". Por isso, não consuma sem supervisão médica, principalmente se você for hipertensa ou tiver doença cardiovascular. Segundo ela, suplementos manipulados são mais indicados do que os prontos para o consumo. "São como roupas feitas sob medida na costureira", compara.

Quando consumir 
Esses suplementos só devem ser ingeridos com supervisão de um médico ou nutricionista e são mais indicados antes do exercício ou de uma das refeições principais. Não devem ser tomados à noite, pois provocam insônia.

Lipocaps da linha Linolen (Nutrilatina) (3)Apresentação: frasco com 30 cápsulas duplas. A interna tem conteúdo líquido de rápida absorção, que potencializa a queima de gordura; a externa, nutrientes de liberação gradual para estimular o gasto energético por tempo prolongado
Contém: óleos de cártamo, linhaça, girassol, gergelim, borragem, ácido fólico, vitaminas E, B6
Quantidade para: 30 dias


Lean Diet Caps (Probiótica) (4)Apresentação: caixa com 60 cápsulas
Contém: cafeína, óleo, lecitina de soja, gelatina, glicerina.
Quantidade para: 90 dias
PARA FIRMAR A PELE
Colágeno, proteína que forma e sustenta as fibras da pele, é a matéria-prima básica para afastar as rugas, firmar a pele do corpo e do rosto, tornar o cabelo mais brilhante, fortalecer as unhas e proteger as articulações. De quebra, seus aminoácidos também ajudam a construir músculos. Se ingerido antes da refeição principal, o produto pode até afastar a fome. Embora nosso organismo produza essa proteína, a partir dos 30 anos começa a ocorrer uma perda de 1% ao ano. Aos 50, o organismo só fabrica cerca de 35% do colágeno de que precisamos. Embora a carne vermelha seja uma boa fonte, apenas a alimentação não consegue fornecer a quantidade de colágeno necessária ao nosso organismo.

A palavra dos experts
"O colágeno em pó hidrolisado é a melhor forma para o consumo, pois a quebra das moléculas de proteína facilita a absorção pelo organismo", diz a nutricionista Cynthia Antonaccio, acrescentando: "A formulação em pó possibilita uma assimilação de mais de 90%". Embora não apresente contraindicação, não tome mais do que 10 gramas por dia (essa é a quantidade recomendada do suplemento para que a gente produza os 2 gramas necessários, já que não conseguimos absorver toda a proteína que ingerimos). Além de não aumentar o benefício, o excesso proteico pode sobrecarregar os rins, sem contar as calorias. "São 35 em 10 gramas, mas se o suplemento for consumido sem controle e a dieta for rica em calorias, pode haver ganho de peso", alerta Cynthia.

Cheque o rótulo e verifique se o colágeno é puro. Se tiver maltodextrina, não é tão puro assim e, provavelmente, esse carboidrato vem em maior quantidade do que o próprio colágeno. A versão em bala também é eficaz. Estudo realizado pelo Instituto de Bioengenharia da Pele da Universidade Estadual de Campinas, a Unicamp, mostra que essa apresentação aumenta em até 77% a proteção antioxidante e estimula mais de cinco vezes a produção de colágeno. Para aumentar a síntese dele, consuma alimentos ricos nas vitaminas C (limão, melão, acerola) e E (castanhas, azeite de oliva), além dos minerais selênio e zinco (amêndoa, castanha-do-pará, peixes).

A esta altura, você deve estar se perguntando: posso tomar os três tipos de suplemento? Pode, mas, para tirar o melhor proveito de cada um deles, observe os horários mais indicados. Veja também se a relação custo e benefício é vantajosa. E não deixe de procurar um nutrólogo ou um nutricionista especializado em atividade física. São eles os profissionais mais indicados para orientar a sua escolha.

Quando consumir 
Tome o suplemento antes de dormir, pois durante o sono o organismo tira mais proveito do colágeno.

Colagentek (Vitafor) (1)Apresentação: caixa com 10 sachês (10 g cada um)
Contém: colágeno hidrolisado, vitaminas (A ,B3, B5, B6, B12, C, E), minerais (manganês, cobre), ácido fólico, biotina
Quantidade para: 10 dias


Beauty Candy (Beauty’in) (2)Apresentação: embalagem com 12 balas de colágeno, sem adição de açúcar, gordura e sódio.
Contém: colágeno, vitaminas, substâncias hidratantes
Sabores: framboesa, morango e limão
Quantidade para: 1 dia 

Fonte: BOA FORMA

Prepare-se para o Carnaval! Já começou?

O carnaval está chegando e é importante que você esteja bem preparada para aproveitar da melhor forma possível todos os dias de folia. Para isso, é fundamental que você comece já a se organizar, seja cuidando do corpo ou preparando os acessórios para arrasar.

Olho no bronzeado
Se você quiser estar linda, com um bronzeado fantástico para combinar com aquela fantasia especial que você vai usar, prepare sua pele pra isso usando e abusando de alimentos que contenham betacaroteno. A boa e velha cenoura é a primeira que nos vem à cabeça, mas todas as frutas e legumes de cor vermelha são ricos em betacaroteno e te ajudam a conseguir e a manter aquele bronzeado de dar inveja. Então, a primeira dica é aproveitar esta época de calor, que já pede normalmente alimentos mais leves, para consumir muita salada!

Hidrate-se
Um corpo bem hidratado também suporta melhor os abusos do carnaval. Beber muito líquido, principalmente no verão, deveria ser um hábito constante, mas se você não incorporou este saudável hábito ainda, ao menos agora, neste período que antecede o carnaval, não deixe de tomar ao menos 2 litros de água por dia! Sua pele ficará mais viçosa, seu organismo estará funcionando melhor, e você certamente se sentirá muito mais bem disposta para a maratona de Momo.

Cuide de seus pés
Esteja com os pés em dia! Para suportar o seu corpo, tenha ele o peso que for, durante os quatro dias em que você estará se esbaldando por aí no carnaval, você precisa estar com os pés bem tratados. Você pode cuidar dos seus pés em casa mesmo, ou ir a um profissional especializado, mas, em qualquer um dos casos, você deve fazer isso com, no mínimo, 1 semana de antecedência, para que haja tempo de recuperação, , no caso de algum machucado. Não há nada pior do que um pé doendo com uma unha encravada quando você quer se divertir. Um pé áspero e rachado também não pega nada bem quando você quer usar aquela rasteirinha básica num dia de calor.  Para que nada disso aconteça, capriche nos cuidados com seus pés e evite qualquer situação desagradável.

Depile-se ou clareie seus pelos
A menos que você queira se fantasiar de Conga, a mulher gorila, ou de Chita, do Tanzan, você deve estar com a depilação em dia para o carnaval. Independentemente se você vai se fantasiar ou não, ou até da fantasia que você irá usar, lembre-se que esta é uma das épocas mais quentes do ano, que pede roupas leves e até trajes de banho.  Então, é bom estar preparada. Se você costuma fazer depilação com cera você pode fazer isso com alguma antecedência e evitar as filas nos salões de beleza, se você não usa a cera em casa. Mas, se você utiliza lâminas ou cremes depilatórios, lembre-se que o resultado não dura muito, e que para estar tinindo no dia certo, você deve calcular bem a data da depilação. O mais recomendado é que você se depile uns 2 dias antes do início da folia, pois, no caso de alguma alergia, você terá tempo para se recuperar. O mesmo é indicado para o clareamento de pelos.

Pense nos seus cabelos
Ninguém tem tempo no carnaval para ficar cuidando dos cabelos ou fazer penteados rebuscados. Então, se seu cabelo depende disso, planeje-se para o carnaval. Procure ter á ao tiaras, faixas ou prendedores que facilitem a sua vida na hora de você se aprontar. Géis, pomadas e musses também podem ser bons aliados, mas tudo deve ser pensado. Se você costuma suar demais na cabeça ou se vai para lugares onde poderá se molhar, lembre-se que estes produtos podem escorrer e, além de detonar seu visual, irritar seus olhos ou pele. Certifique-se de que fez a escolha certa e que o produto não te causará nenhuma dor de cabeça na hora h. 


    Acerte na fantasia
    A escolha da fantasia é um ponto fundamental para você se divertir sem se aborrecer. Não basta que a fantasia seja linda, fofinha ou muito maneira, ela deve, acima de tudo, ser prática e confortável. No carnaval, geralmente, há uma dificuldade de se encontrar bons banheiros, então a fantasia deve ser pensada para facilitar a hora do pipi. Outra preocupação deve ser em relação a babados e bordados, que podem arranhar o folião dependendo dos movimentos e da empolgação. A melhor pedida é optar por fantasias simples, com tecidos leves e naturais, que tornarão a sua festa mais fresquinha e muito mais divertida.

    Fonte: Sua dieta

    Tratamentos para celulite

    Drenagem linfática
    Indicada para todos os graus de celulite, a drenagem linfática é uma massagem voltada a à eliminação de líquidos acumulados nos tecidos. "A partir desses movimentos, toxinas e outros resíduos metabólicos também são expelidos, o que estimula a circulação sanguínea e, consequentemente, melhora o aspecto da pele como um todo", afirma a dermatologista Carolina Marçon, da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). A drenagem também tem um papel importante nas regiões atingidas pela celulite porque ajuda a eliminar pequenos nódulos de gordura aprisionados no tecido. Por isso, o método costuma ser bastante eficaz no combate ao problema, além, é claro, de acabar com a sensação de inchaço.

    Massagem modeladora
    Enquanto a drenagem linfática estimula a eliminação do líquido acumulado no corpo, a massagem modeladora atua tanto sobre o sistema linfático quanto sobre as placas de gordura. "Para atingir a gordura é necessária uma massagem mais firme e com movimentos rápidos e repetitivos", afirma a nutricionista especialista em estética Lila Valente, da Clinic Med. A manipulação da gordura promove a vasodilatação, aumenta a oxigenação local e acelera a velocidade de metabolização, o que ajuda a diminuir a flacidez. Ela é indicada para todos os graus de celulite, desde que o problema esteja associado a gordura localizada - nos casos em que a celulite surge por flacidez da pele ou carga genética, a massagem modeladora não é tão eficiente.

    Creme anticelulite
    Ainda não há uma solução definitiva contra a celulite. Os tratamentos também dependem de uma alimentação equilibrada, da prática regular de exercícios, da predisposição genética, entre outros fatores. "O uso de cremes anticelulite deve estar associado a outros tratamentos e hábitos saudáveis para surtir efeito", afirma a fisioterapeuta Ingrid Peres, da clínica Onodera Estética. O mercado oferece opções com retinoides, castanha da Índia, extrato de chá verde e diversas outras composições. Em geral, eles promovem a quebra da gordura local, a melhora da microcirculação e o estímulo à produção de colágeno, o que melhora a celulite.

    Endermologia
    "A endermologia é um tratamento não invasivo que usa um aparelho motorizado composto por um sistema de sucção e dois rolos", afirma a dermatologista Carolina Marçon. Os movimentos do aparelho estimulam a circulação e promovem a drenagem linfática, o que diminui a celulite. Recomendado nos graus moderados e graves, o método ainda realiza uma leve esfoliação que elimina as células mortas no local em que é aplicado. Visualmente, a pele fica com menos irregularidades e com aparência renovada.

    Radiofrequência
    De acordo com a fisioterapeuta Ingrid, este é um dos tratamentos mais eficazes contra a celulite. "Ele estimula a produção de colágeno, o que diminui as traves fibrosas que retraem o tecido e deixam a pele cheia de furinhos", afirma. O aparelho utiliza uma radiação eletromagnética de alta frequência que faz com que as moléculas de água se agitem, aumentando a temperatura. O procedimento não é invasivo e não traz qualquer prejuízo à pele. Além disso, é um dos mais duradouros, por reestruturar o tecido de maneira mais intensa. É indicado para todos os graus de celulite, principalmente nos casos em que há flacidez associada.

    Mesoterapia
    A mesoterapia é uma técnica que utiliza um coquetel de medicamentos para diminuir a gordura no local tratado, de acordo com a dermatologista. "O princípio básico da técnica é a aplicação de uma pequena quantidade dessas substâncias na área a ser tratada. Ao se espalhar pelo organismo, o coquetel estará diluído, o que reduz o risco de efeitos colaterais". Mas segundo a especialista, dependendo da aplicação e da administração dos medicamentos, o resultado pode ser prejudicial. Ela reforça ainda que é fundamental associar o tratamento a um treino regular, à alta ingestão de líquidos e a uma alimentação equilibrada.

    Laser
    O tratamento da celulite com laser é feito da seguinte maneira: na área que vai ser tratada, é aplicada anestesia local e, por meio de duas pequenas incisões (do tamanho da ponta de uma caneta), são inseridas cânulas com a fibra ótica do aparelho. "Em seguida, o laser é aplicado, destruindo a gordura localizada e quebrando septos fibrosos que deixam a pele com aspecto irregular", afirma a dermatologista Carolina Marçon. O procedimento ainda estimula a produção de colágeno, deixando a pele mais firme e com maior elasticidade. De acordo com a especialista, todo o processo leva cerca de uma hora e meia.

    Carboxiterapia
    A carboxiterapia, apesar de recomendada em algumas clínicas de estética para todos os tipos de celulite, não conta com apoio médico. Isso porque, inicialmente, a técnica foi criada para tratar úlceras na pele - a injeção de dióxido de carbono melhorava a circulação sanguínea e a oxigenação dos tecidos, fazendo com que as feridas se fechassem mais rapidamente. Depois, começou a ser usada no meio estético com a ideia de que sua ação vasodilatadora também poderia reduzir a flacidez e as irregularidades decorrentes da celulite. Mas até agora foram feitos poucos estudos sobre a eficácia e a segurança do método, então a maioria dos dermatologistas não apoia o tratamento.

    Ultrassom com lipolíticos
    O efeito mecânico e/ou térmico do ultrassom lipolítico tem sido bastante usado no combate à celulite e à gordura localizada. A promessa do tratamento é realizar modificações nas ligações intercelulares e aumentar a permeabilidade da membrana celular. "Ele tem uma potência maior do que o ultrassom convencional e, geralmente, é acompanhado de um gel que auxilia a movimentação do aparelho e facilita a penetração da onda sônica", explica Ingrid Peres. Entretanto, mais estudos são necessários para provar a real eficácia do método, o que faz com que o tratamento ainda desperte desconfiança no meio médico.

    Gesso liporredutor

    O gesso liporredutor é uma mistura de substâncias que endurecem quando aplicadas sobre a pele, 


    promovendo aquecimento, vasodilatação e melhor penetração de princípios ativos como a cafeína. 

    "Teoricamente, a cafeína atuaria quebrando a gordura, estimulando a microcirculação e drenando o 

    líquido acumulado", afirma a dermatologista Carolina. O problema é que esse tratamento tem apenas 

    base teórica, não havendo comprovação científica da sua eficácia. Ainda assim, o método é 

    recomendado para graus mais avançados de celulite e, segundo as clínicas que realizam o tratamento,

     precisa de, pelo menos, dez sessões para apresentar resultados.

    Fonte:MSN