domingo, 19 de janeiro de 2014

Saladas para alegrar e variar sua dieta!


Salada de Cenoura, Abacaxi, Passas e Gergelim

Porções: 4

  • 2 xícaras (chá) de cenoura ralada
  • 1 xícara (chá) de abacaxi cortado em cubinhos
  • 1/2 xícara (chá) de uva passa sem sementes
  • 1 colher (sopa) de limão tahiti (suco)
  • 3 colheres (sopa) de azeite extra virgem
  • Sal e pimenta a gosto
  • 1/2 xícara (chá) de gergelim preto e branco torrado

Em uma travessa misture a cenoura, o abacaxi e as passas. 
Tempere com sal, pimenta, azeite e limão. 
Por último polvilhe o gergelim torrado (só no momento de servir).

Salada de Palmito e Agrião



Porções: 4

  • 2 xícara(s) (chá) de agrião
  • 2 unidade(s) de tomate em rodelas
  • quanto baste de sal
  • quanto baste de azeite
  • quanto baste de vinagre branco
  • 1 unidade(s) de manga picada(s)
  • 3 unidade(s) de rabanete fatiado(s)
  • 4 unidade(s) de palmito picado(s)
  • 1/2 xícara(s) (chá) de azeitona verde
  • 2 xícara(s) (chá) de alface crespa picada(s)
  • quanto baste de glutamato monossódico

Lave bem as verduras em água corrente. Deixe-as de molho por 10 minutos em 2 litros de água com 2 colheres(sopa) de vinagre. Escorra-as e deixe num escorredor para secar bem. Coloque tudo numa travessa e tempere com sal, azeite, Aji-no-moto e vinagre.

Salada de Berinjela


Porções:
6





  • Ingredientes:
  • 1 xícara (chá) de vinagre de vinho branco
  • passas sem sementes, pretas ou brancas (50 g)
  • azeitonas verdes fatiadas (100g)
  • 1 maço de manjericão
  • 4 cebolas médias
  • 1 pimentão verde grande
  • 1 pimentão vermelho grande
  • 1 pimentão amarelo grande
  • 3 berinjelas médias
  • 1 xícara (chá) de azeite de oliva
  • orégano
  • sal
Depois de bem higienizadas corte as berinjelas em quatro pedaços pelo sentido do comprimento e torne a cortar cada pedaço em quatro ou cinco. Deixe-os numa mistura de água com um pouco de sal (1 colher de sopa) e um pouquinho de vinagre enquanto corta os demais legumes. 
Corte também os pimentões em pedaços grandes, do tamanho das berinjelas. Descasques as cebolas e corte-as em quatro partes. 
Escorra bem as berinjelas e coloque-as numa assadeira (ou um refratário) juntamente com os demais legumes que foram cortados. Junte 
Metade do maço de manjericão (só as folhinhas) tempere com sal (use pouco) junte todo o vinagre e apenas 1/4 de xícara do azeite de oliva. 
Leve ao forno preaquecido e após uns 10 ou 15 minutos retire e misture bem com uma colher. Volte a assadeira ao forno e deixe mais 15 minutos (a minha levou mais 20). 
Se tiver duvidas sobre o tempo, teste furando a berinjela com a ponta de um grafo, elas devem estar macias e no fundo da assadeira ainda haverá um pouco de vinagre. 
Retire do forno e passe para um recipiente com tampa (de preferência de vidro) junte as passas, as azeitonas, orégano a gosto e o restante do azeite, misture e corrija o sal se necessário. O restante das folhinhas de manjericão pode ser acrescentado agora ou somente no momento de servir. 
Deixe descansar pelo menos uma noite (ou um dia) na geladeira antes de servir.

Fonte: Cyber Diet










Receitas de salmão


Fonte: Cyber diet

Almofadas de Salmão com molho de alcaparras


Ingredientes:
  • 6 filé(s) de salmão
  • 200 gr de queijo branco picado(s)
  • 1 colher(es) (sobremesa) de dill
  • quanto baste de sal
  • quanto baste de pimenta-do-reino preta
  • 1 copo(s) de vinho branco
  • 2 maço(s) de cebolinha verde
  • 200 gr de manteiga
  • 8 unidade(s) de limão
  • 2 xícara(s) (chá) de alcaparra
  • 2 colher(es) (sopa) de salsinha picada(s)

Como Fazer:

Corte o salmão em tirasver vídeo Abra no meio, como um envelope para colocar o recheio. Tempere com sal, um pouco de suco de limão, vinho branco e pimenta do reino. Prepare o recheio, picando o dill (endro). Misture ao queijo fresco picado em cubinhos. Tempere a seu critério, com sal e pimenta. Recheie cada pedaço de salmão com o queijo fresco temperado com dill, enchendo bem as bolsinhas para que fiquem `gordinhas`. Corte as cebolinhas no sentido do comprimento, fazendo fitas finas. Coloque em água quente, dando uma passada rápida, colocando sobre um pano para secar. Emende as fitas para que tenham cumprimento suficiente para amarrar cada almofada. Amarre-as, cruzando a `fita`, como num pacote comum. Coloque numa assadeira com antiaderente e leve ao forno por 15 aq 20 minutos. 

Para o molho: Coloque a manteiga numa frigideira alta, deixe derreter. Adicione o suco de limão e alcaparras.

Salmão ao Creme de Gorgonzola e Ervas Finas


Ingredientes:
  • 1 kg de cebola
  • 300 gr de gorgonzola
  • quanto baste de manteiga
  • quanto baste de sal grosso
  • quanto baste de pimenta-do-reino branca
  • quanto baste de alho
  • quanto baste de vinagre branco
  • quanto baste de alecrim
  • quanto baste de alface crespa
  • 200 gr de cream cheese
  • 100 gr de cream cheese sabor ervas finas
  • 1 kg de salmão

Corte o salmão em postas de 3 cm cada e lave cada uma delas cuidadosamente numa mistura de água e vinagre. Seque as postas e reserve. 
Cozinhe a cabeça e o rabo do peixe em água com sal, pimenta do reino e alho, para servir como regador no cozimento das postas. 
Corte as cebolas em rodelas e refogue-as numa panela larga com manteiga. Deixe dourar e junte as postas do salmão sem sobrepô-las. Despeje o sal grosso por cima e algumas pitadas de pimenta do reino. Tampe e deixe cozinhar no vapor das cebolas por uns 10 minutos. Destampe e regue as postas com um pouco do caldo da cabeça, mas sem deixar que as cebolas encharquem. O caldo é apenas para dar uma certa umidade ao peixe. 
Coloque algumas pitadas de alecrim por cima e deixe cozinhar por mais uns 15 minutos. Em outra panela, despeje os dois potes de queijo allouette tipo natural e aqueça em fogo brando. Mexa até que fiquem com uma consistência mais suave. 
Corte o queijo gorgonzola em cubos e, aos poucos, vá despejando, sempre mexendo para que derreta por completo. Quando todo o gorgonzola estiver derretido , despeje o queijo allouette de ervas. Apague o fogo e mexa até que se incorpore ao restante do creme. 

Montagem do Prato: 
Em uma travessa larga, coloque folhas de alface crespa ladeadas e, por cima de cada uma das folhas, ponha uma das postas do salmão. Com uma concha pequena, despeje uma pequena porção do creme na parte aberta das postas e, por fim, salpique alecrim por cima do creme. 
Sirva este prato acompanhado com um risoto de legumes ou de frutos do mar.

Salmão com Crosta de Gergelim e Molho de Gengibre


Ingredientes:
  • 800 gr de salmão sem pele(s) e sem espinhas
  • 2 1/2 colher(es) (sopa) de gergelim branco torrado(s)
  • 2 1/2 colher(es) (sopa) de gergelim preto torrado(s)
  • 2 colher(es) (sopa) de Óleo de soja
  • quanto baste de sal
  • Molho
  • 1/2 colher(es) (sopa) de gengibre ralado(s)
  • 1/2 xícara(s) (chá) de vinagre de arroz
  • 6 colher(es) (sopa) de shoyu
  • 2 colher(es) (sopa) de cebolinha verde picada(s)
  • 2 colher(es) (sopa) de açúcar mascavo

Modo de fazer

Corte o salmão em quatro filés de 200 g cada. Coloque o gergelim torrado em um prato. Passe o salmão no óleo de soja e em seguida passe apenas um dos lados sobre o gergelim. Coloque os filés com o gergelim para cima em uma assadeira forrada com papel alumínio. Pré-aqueça o forno e asse por 10 minutos em temperatura média-alta. Cuidado na hora de retirar da assadeira.
Molho
Misture os ingredientes do molho em uma tigela e sirva junto com o salmão.
Dicas 

- Como acompanhamento você pode servir shimeji e arroz branco. 
- Você pode cortar o salmão em pequenos pedaços e serví-los em espetinhos numa reunião de amigos












Bebidas de verão: veja os benefícios de cada uma!

Os dias mais abafados do verão podem nos tirar a fome, mas nunca a sede. Tem quem não consuma água com a regularidade devida, mas não despensa outras bebidas a fim de se refrescar. Isso porque sucos, água de coco, cerveja, vinho e alguns destilados são capazes de trazer o frescor que buscamos na estação mais quente do ano, segundo a sommelière Sonia Denicol e a nutricionista Andrea Zaccaro.

“Em sua maioria, os vinhos brancos são os mais refrescantes. Escolha os que têm teor alcoólico de até 12,5%, com maior acidez e caráter frutado. Isso porquê os mais encorpados e com teor alcoólico acima de 14% são mais pesados e, com certeza, darão mais sensação de calor do que refrescância”, ensina a sommelière da Sonoma, site de curadoria de vinhos e gastronomia.
Já a nutricionista, que é vice-presidente da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva, aponta sucos naturais e água de coco como importantes hidratantes para a temporada. A cerveja também pode ser uma bebida aliada da saúde, mas se consumida com moderação. "Pesquisas sobre o seu consumo moderado e implicações na saúde têm trazido importantes resultados. Um deles é a proteção contra doenças cardíacas devido ao potencial antioxidante da cerveja – proveniente dos ingredientes, como lúpulo e cevada. Além de seu baixo teor alcoólico, que varia entre 3 e 8% em média”, comenta. 

Segundo a sommelière Sonia Denicol, em sua maioria, os vinhos brancos são os mais refrescantes. “Procure os que têm teor alcoólico de até 12,5%, com maior acidez e caráter frutado. Estas informações, normalmente, estão indicadas no rótulo. No entanto, essas características são mais comuns nos vinhos brancos, mas também podem ser encontradas em bons tintos e roses”.
A especialista lembra que é importante comprar de acordo com a indicação, já que nem todo vinho branco é leve. “Existem vinhos brancos encorpados e com teor alcoólico mais elevado. A regra vale também para alguns tintos que oferecem opções menos encorpadas, com teor de álcool mais moderado e acidez mais refrescante. Isso, com certeza, não significa qualidade inferior”, explica. “Vinhos super encorpados, com teor alcoólico acima de 14% e passagem em barricas de carvalho, são mais pesados e, com certeza, darão mais sensação de calor do que de refrescância. Então, o melhor é reservá-los para os dias mais frios”, ensina. Cem mililitros de vinho branco possuem 134,4 calorias.

No caso das bebidas alcoólicas, quando se quer algo refrescante, é importante escolher aquelas que não são muito encorpadas e nem contenham teor alcoólico muito elevado. Isso porque elas tendem a promover mais a sensação de calor”, explica a sommelière. “Para os amantes do whisky, por exemplo, a melhor opção é a chamada ‘On the Rocks’ – a bebida com pedras de gelo. Já os destilados, como cachaça e vodka, caem melhor quando misturados a suco de frutas e gelo nas tradicionais caipirinhas e caipiroskas”, explica.

a nutricionista Andrea Zaccaro lembra que tanto o suco quanto as frutas em si são ótimos aliados da alimentação nos dias quentes. “São fontes de vitaminas, minerais, fibras e carboidratos. Como eles possuem baixo teor de gorduras, facilita a digestão”, explica. “E seu alto teor de água contribui para manter o corpo sempre hidratado. Para que a ingestão de vitaminas e minerais sejam otimizadas, o ideal é que o consumo de frutas seja o mais variado possível, apesar de ser uma opção bastante saudável. Segundo o Guia Alimentar para a População Brasileira, a recomendação de ingestão é de três porções de frutas ao dia”. O suco de laranja tem 39 calorias e a limonada 22 calorias – por porções de 100ml.

Água de coco é bebida menos calórica

São 22 calorias a cada porção de 100ml. “Sua composição é basicamente água (93%) e açúcares (5%). Por conter minerais e vitaminas, como sódio, potássio e vitaminas C e do complexo B, em quantidades mais significativas, a água de coco tornou-se um importante repositor hidroeletrolítico. Este que auxilia no controle de entrada e saída de líquidos no organismo. Mas deve-se considerar que sua composição pode sofrer variações, dependendo do grau de maturação e região onde o coco é cultivado”, comenta a nutricionista.

Cerveja, com moderação, pode ser aliada da saúde

É quase impossível não relacionar a bebida com o verão e as celebrações. E quando consumida com moderação, segundo a nutricionista, “além de refrescante, possui propriedades nutricionais bastante interessantes e tem se destacado no meio científico nos últimos anos. Pesquisas sobre o seu consumo moderado e implicações na saúde têm trazido importantes resultados. Entre eles, a proteção contra doenças cardíacas devido ao potencial antioxidante da cerveja – proveniente de seus ingredientes, como lúpulo e cevada -, e o baixo teor alcoólico, que varia entre 3 e 8% em média”.
“Além disso, estudos já comprovaram não haver nenhuma relação direta entre o consumo moderado de cerveja, o aumento de obesidade abdominal e o percentual de gordura corporal”, lembra a nutricionista. A cerveja possui 40 e o chope 60 calorias por porção de 100ml

Fonte MSN