sábado, 11 de janeiro de 2014

Corpo e mente em forma!

A Programação Neurolinguística (PNL) é uma das táticas mais usadas pelos grupos de emagrecimento. Desenvolvida a partir da década de 70 nos EUA, ela auxilia na perda do peso à medida que deposita na linguagem a responsabilidade pela organização dos pensamentos e do comportamento. Uma das recomendações, por exemplo, é evitar o uso de frases negativas para potencializar as qualidades pessoais e conquistar mais facilmente os objetivos, independentemente do tipo ou grau de dificuldade.


Mas para que o emagrecimento seja alcançado é preciso estabelecer metas; estar alerta e receptiva para observar os resultados conseguidos; e ter flexibilidade para continuar mudando a forma de se comunicar até atingir os objetivos. Quer tentar? Então confira o que precisa ser reformulado no seu dia-a-dia para ter sucesso na balança:

Pare de botar culpa na gordura ou em algo externo!
Frase do tipo parar de fumar engorda, toda vez que estou ansiosa como muito ou engordei porque casei passam a ser verdadeiras a partir do memento em que você acredita nelas ou as repete com freqüência.

Diga estou gorda em vez de sou gorda
Enquanto a primeira alternativa soa como algo momentâneo, a segunda é entendida pelo cérebro como uma característica da personalidade, o que costuma dificultar o emagrecimento.

Use frases afirmativas
Em vez de dizer eu não vou comer doces, diga eu quero comer saladas. De acordo com a PNL, quando você diz o que não quer, lembra-se justamente do que quer esquecer. Por exemplo: se alguém lhe disser para não pensar em um coelho vermelho, automaticamente pensará nele. O mesmo vale para os alimentos.

Tente sair da rotina
Tire um dia da semana para fazer tudo diferente: sente-se à mesa em outro lugar, use um prato diferente do que o de costume ou coloque uma música calma de fundo na hora da refeição. Vale também, por exemplo, experimentar um alimento que você sempre recusou por acreditar que não gostava. Ao final desse dia de testes, repare como se sente; se está mais disposta ou não; se está com fome ou saciada; ansiosa etc. Faça a avaliação e veja se vale a pena mudar algo.

Detalhe o que você quer
Ao afirmar que quer comer salada, por exemplo, diga qual o tipo, a quantidade, o tempero etc. De acordo com a PNL, quando você explicita bem o que quer, e enfatiza todos os pormenores, fica mais fácil atingir o objetivo.

Planeje, minuciosamente, aonde quer chegar
Imagine como será como emagrecer e descreva-se para si mesma, especificando onde estará, o que vai estar vestindo, comendo, fazendo etc. Quanto mais complexo for o cenário, mais seu cérebro poderá ensaiá-lo e perceber as oportunidades – quando surgirem – para atingi-lo.

Estabeleça prazo
Dividindo seus projetos por etapas você poderá calcular com maior facilidade quanto tempo irá gastar para atingir suas metas e imaginar quais são as dificuldades.

Veja quais ferramentas podem ajudá-la a alcançar os seus objetivos
Quais são os meios para iniciar e manter sua meta? De que precisa? Como vai obtê-la? Isso tudo precisa ser avaliado. Você pode concluir que caminhar é importante no seu emagrecimento. Mas, se tiver alguma dificuldade para fazer exercício, deve planejar o quanto antes como solucionar o problema.

Identifique quais são os gatilhos da sua fome
Repare: qual o horário e o local que você costuma repetir as refeições ou atacar um pacote de bolacha? Existe algum cheiro ou situação que estimule ainda mais seu apetite? Em caso de resposta positiva, comece a evitar essas ocasiões criando alternativas, como caminhar, ler um livro ou iniciar outra atividade que desvie sua atenção nesses momentos.

Lance metas que dependam apenas de você
Isso evitará o cancelamento da caminhada ou ida à academia porque sua amiga não pôde acompanhá-la.
 
Fonte: Modelle Center

Comida por Quilo- Dicas para ajudar você no restaurante!


 
Confesse: diante de tanta fartura comum aos restaurantes por quilo, é complicado fazer um prato com exatamente o que você precisa para atingir uma destas cinco metas - que pode ser emagrecer,manter o peso, obter energia para a ginástica, ingerir mais nutrientes ou engordar com saúde. Em geral as pessoas comem com os olhos e não é raro bater aquela vontade de provar um pouquinho de tudo - o que significa, no fim das contas, encarar um prato que mais parece o Monte Everest. Nesse momento de gula o que menos importa é o paladar (não é à toa que o sushi é acomodado bem ao lado da porção de rondelle).


Mas com um pouco de autocontrole e algumas informações dá para fazer tudo diferente. Sabendo que cada alimento exibido no bufê tem a sua finalidade, é possível escolher os itens certos sem o perigo de pecar por excessos. Assim você aproveita as vantagens desse tipo de restaurante - cuja praticidade e tempero caseiro vêm bem a calhar. A seguir, veja os exemplos de menus ideais que se encaixam nestas situações:

Emagreça sem sofrer

Para eliminar peso é preciso consumir menos calorias do que se gasta. Isto significa ingerir mais itens magrinhos e abrir mão, pelo menos até chegar ao peso desejado, dos alimentos engordativos dos restaurantes por quilo - musses, bolos, tortas etc. Veja o que você deve escolher e, ao lado, como seria a refeição ideal.

Sugestão de cardápio:


prato de salada com folhas variadas (agrião, alface, rúcula) e legumes (tomate, cenoura);
4 col. (sopa) de arroz;
1 fatia (100 g) de maminha ou frango grelhado;
2 escumadeiras de vegetais cozidos (brócolis, chuchu e couve-flor, por exemplo)


Valor calórico aproximado: 400 calorias


--------------------------------------------------------------------------------

Coma mais nutrientes

Se você está procurando uma alimentação mais saudável e rica em vitaminas e minerais, deve saber que esses nutrientes estão presentes nos mais variados tipos de verduras, legumes e frutas. E, quanto mais colorido seu prato ficar, maior gama de itens nota dez estará consumindo. A carne de soja pode substituir a vermelha, se estiver disponível no bufê e se você gostar. De qualquer maneira, o importante é incluir uma porção de proteína - e de preferência variar nos dias da semana. Segunda-feira carne vermelha, terça frango, quarta peixe e por aí vai. Assim enriquece seu cardápio e não enjoa. Ah, e escolha sempre as que são leves (nada de empanadas ou fritas.

Sugestão de cardápio:


4 col. (sopa) de arroz integral;
1 fatia média de torta de legumes;
1 escumadeira de vegetais (espinafre cozido e berinjela);
1 sorvete de frutas;


Valor calórico aproximado: 400 calorias


--------------------------------------------------------------------------------

Manutenção

Quem quer conservar o corpinho em cima deve usar o bom senso: não precisa ficar amarrada a uma dieta do tipo camisa-de-força mas, em contrapartida, também não deve abusar. Na hora de fazer o prato, priorize a variedade de alimentos para garantir a ingestão de todos os nutrientes. Isso é bem fácil nos restaurantes por quilo, que trazem de tudo um pouco. Como está no peso certo, você pode se permitir um pequeno excesso - não mais que isso para não perder as formas. Então, escolha algo que adora: uma fritura como pastel, coxinha de galinha ou frango empanado, ou se servir de um doce como sobremesa.

Sugestão de cardápio:


4 col. (sopa) de arroz;
4 col. (sopa) de feijão;
1 filé de frango (100 g) empanado;
1 escumadeira de legumes cozidos (cenoura e vagem);
1 taça de musse de maracujá.


Valor calórico aproximado: 500 a 600 calorias


--------------------------------------------------------------------------------

Busque energia para malhar

Se você faz 1 hora e meia de exercícios, precisará de carboidratos - arroz, massa, pães. O melhor é não comer demais no almoço e fugir de alimentos de digestão lenta, como as proteínas - presentes principalmente nas carnes. Mas para fugir da flacidez e ganhar massa muscular, não deixe de ingerir uma porção deste grupo de alimentos à noite. As fibras também devem ser evitadas para quem vai se exercitar dali a pouco tempo, porque retardam o processo de absorção dos carboidratos. O ideal: um tipo de macarrão com molho ao sugo, que é bem levinho porém substancioso.

Sugestão de cardápio:


4 rondelles com recheio de ricota e molho ao sugo;
1 pêra.


Valor calórico aproximado: 400 a 500 calorias.
 
Fonte: Modelle Center

Receitas Funcionais para o Verão!

COUVE-FLOR COM MUSSARELA E ATUM

Rendimento: 8 porções

INGREDIENTES:

• 1 couve-flor de bom tamanho
• 250g de mussarela de búfala
• 8 tomates grandes e maduros
• 1 pimentão vermelho picado
• 1 cebola grande
• 2 dentes de alho socados
• 2 latas de atum em água
• 2 colheres de sobremesa de azeite de oliva extravirgem
• Salsa e cebolinha picadas
• Orégano
• Queijo parmesão ralado
• Pimenta
• Sal

MODO DE PREPARO:

Refogue o alho socado e a cebola ralada em uma frigideira antiaderente. Deixe dourar e junte o pimentão, os tomates picadinhos (sem pele e sem semente) e o atum em pedaços. Refogue em fogo brando e adicione água fervente apenas necessária para uma boa porção de molho. Tempere com sal, pimenta e orégano a gosto. Quando atingir boa consistência e sabor, retire do fogo.
Lave bem a couve-flor, corte em galhos de tamanho regular. Com cuidado, retire as fibras duras, e cozinhe no vapor. Tome cuidado para não amolecer. Salgue e arrume os galhos num refratário untado com um pingo de óleo. Misture o azeite à salsa e cebolinha e espalhe sobre a couve-flor. Arrume sobre a mesma toda a mussarela ralada grosseiramente ou picadinha. Cubra com molho de atum, polvilhe com queijo parmesão ralado e leve ao forno quente por alguns minutos até derreter a mussarela e começar a gratinar. Sirva a seguir.

COGUMELO RECHEADO

Rendimento: 6 porções - Calorias: 138 por porção

INGREDIENTES:

• 100g de salmão defumado picado
• 12 cogumelos grandes sem os cabos formando uma cavidade
• 1 colher de sobremesa de azeite extra virgem
• 1 cebola picada
• 1 dente de alho picadinho
• 1 colher de sobremesa de farinha de rosca integral
• 1 colher de sobremesa de salsa picadinha
• 1 colher de sopa de queijo parmesão ralado

MODO DE PREPARO:

Lave bem os cogumelos e seque-os. Coloque-os em refratário untado com a cavidade para cima. Bata no liquidificador os cabos dos cogumelos. Aqueça a margarina e refogue os cabos picados, o alho e a cebola. Junte farinha e salsa. Retire e acrescente o salmão. Recheie os cogumelos e polvilhe com o queijo. Leve ao forno médio por 20 minutos e sirva.

BATATAS SUÍÇAS À MODA

Preparo: 45 minutos - Rendimento: 4 porções

INGREDIENTES:

5 batatas cozidas e resfriadas

RECHEIO:

Presunto em pedaços
Mussarela em pedaços
Tomates em cubinhos pequenos
1 cebola fatiada fina
Óleo de Canola
Azeite de Oliva
Orégano e sal à gosto

MODO DE PREPARO:

Rale as batatas no ralo grosso. Coloque a metade das batatas em uma frigideira anti-aderente, de borda alta, untada com óleo de canola. Adicione os outros ingredientes e regue com 1 fio de azeite. Cubra com o resto das batatas. Leve ao fogo alto de 10 a 15 minutos e vire quando a batata estiver dourada. Doure o outro lado e sirva. O recheio pode ser te camarão, palmito, frango ou carne moída.
Fonte: Funcionalli