quarta-feira, 28 de maio de 2014

Crianças que dormem bem evitam a obesidade

Uma boa noite de sono para os pequenos é fundamental para reduzir as chances de desenvolver a obesidade infantil, de acordo com um estudo realizado pela Universidade de Northwestern, nos Estados Unidos. As crianças, com idade entre 3 e 8 anos, que dormem uma hora a mais do que estão acostumadas normalmente, reduzem suas chances de apresentarem excesso de peso em até 36%.

Segundo os pesquisadores, quando a criança dorme a mais do que seu padrão, seu metabolismo se altera e acaba desregulando a produção de dois hormônios principais: a leptina, substância responsável pela sensação de saciedade, e a Grelina, que estimula a vontade de comer. 

Durante o sono, a produção de leptina aumenta e a de grelina diminui, fazendo com que as crianças sintam menos fome. Dessa forma, se elas dormem melhor, acordam com a sensação de saciedade aguçada, sentem menos necessidade de beliscar guloseimas ao longo do dia e têm menos probabilidade de ficarem obesas.

A especialista em nutrição do MinhaVida, Ellen Simone Paiva, concorda que uma noite bem dormida auxilia na eliminação de gordura, mas que as características genéticas e os maus hábitos alimentares dos pais também influenciam o desenvolvimento da obesidade dos filhos. Trata-se de fatores que passam de geração para geração e interferem no acúmulo de gordura no corpo. "No caso da obesidade, como em outras diversas situações que envolvem a criação dos filhos, o exemplo conta muito. Se os pais são sedentários e comem mal, é pouquíssimo provável que consigam ensinar bons hábitos aos pequenos", avalia.
Fonte: MInha Vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário