terça-feira, 20 de agosto de 2013

CURSO MULTIDISCIPLINAR SOBRE OBESIDADE

FALTAM 11 DIAS PARA O CURSO!

JÁ FEZ SUA INSCRIÇÃO?
ENTÃO CORRA E APROVEITE AS ÚLTIMAS VAGAS.

Público alvo: Profissionais  e estudantes da área de nutrição, educação física, medicina e psicologia.

Data : 31/08/2013                      Horário: 8:00 às 17h

Real Medical Center- Rua Real Grandeza- 108 – Térreo - Botafogo

Programação:

-Obesidade e depressão – As doenças do século 
-Medicamentos  permitidos pela Anvisa e a Influência dos antidepressivos no peso corporal 
-Orientação Alimentar para DCNT ( obesidade, dislipidemia, Hipertensão e diabetes tipo2)
-Dietas da Moda e seus riscos ( Mediterrânea, Detox, Dr. Dunkan, Índice Glicêmico)
- Ferramentas Nutricionais e fitoterapia  para acelerar o metabolismo e perda de peso.
-Prós e contras da Academia X Personal trainer ,quando utilizar suplementos na atividade física –
-Alimentos Orgânicos? Com ou sem Glúten? Lactose? X Obesidade-
Palestrantes:
-Nutricionista Clínica - Patrícia Brigagão Mendes
-Nutricionista Clínica - Wilma Amorim
- Prof. de Ed. Física e Nutricionista Kelly kathryn
- Psiquiatra da Santa Casa - Dra. Elisa  P. Couto

Preços:

VALOR
Até 30/06
Até 31/07
Até 31/08
PROFISSIONAL
R$ 150,00
R$ 165,00
R$ 180,00
ESTUDANTE
R$ 120,00
R$ 135,00
R$ 150,00


VAGAS LIMITADAS!

FORMA DE PAGAMENTO:
Depósito bancário: Banco Itaú – Agência 0308/ conta corrente: 13828-8
Patrícia B. Mendes ou Wilma R. Amorim

Incluído:
2 coffee break, certificado, material ( bloco, caneta e CD)

Inscrição:
Enviar para o email :  brigagao.amorim@yahoo.com.br
os seguintes dados:                              
Nome, endereço, telefone, cidade, email, profissão, comprovante de pagamento ,cópia da carteira profissional ou de estudante.
Você receberá sua confirmação da inscrição por email.

Organizadores do curso:
Patrícia Brigagão Mendes (tel: 98444298) e Wilma Rodrigues Amorim ( tel: 81229717)

Patrocinadores- Office lab, Eurofarma e Support

    Colaboradores: Mundo Verde, Congelados da Sônia

RECEITAS COM AVEIA

BOLO DE AVEIA COM IOGURTE

1 ovo de galinha (cru) 
5 colheres de sopa de aveia (flocos grossos) 
5 unidades pequenas de ameixa preta (seca) 
2 colheres de sopa de adoçante em pó p/ culinária (Sucralose) 
1 unidade pequena de iogurte natural desnatado 
½ colher de sopa de fermento químico (pó) 
1 colher de chá de canela em pó 

Modo de Preparo 

Pique as ameixas e misture um a um dos ingredientes em um recipiente deixando por último o fermento. Misture bem até obter uma massa homogênea. Coloque em forma untada e leve ao forno médio de 180ºC por 40 minutos ou até que fique dourado. Sirva a seguir. 

Rendimento: 4 porções 

Valores nutricionais (por porção)
 
Calorias: 153 kcal 
Proteínas: 7g 
Carboidratos: 24g 
Lipídios: 3g 
Fibras: 3g 
Colesterol: 58 mg 

BOLINHO DE AVEIA COM ESPINAFRE
Ingredientes:
1 cebola picada (70 g)
2 dentes de alho picados (20 g)
3 colheres (sopa) de azeite (40 ml)
folhas de 1 maço de espinafre picadas (360 g)
60 g de queijo parmesão ralado
1 xícara (chá) de aveia em flocos finos (85 g)
3 claras
1 colher (café) de fermento químico em pó (4 g)  sal a gosto
noz moscada a gosto

Modo de Preparo:
Aqueça bem uma frigideira e refogue a cebola e o alho no azeite. Junte o espinafre e refogue-o até murchar e secar a água do fundo da frigideira. Deixe esfriar. Transfira-o para uma tigela, acrescente o restante dos ingredientes e misture bem. Divida a massa em 15 porções iguais e achate-as como um hambúrguer de 5 cm de diâmetro. Aqueça uma frigideira antiaderente e frite os bolinhos dos dois lados, até ficarem dourados. Sirva em seguida.

Rendimento: 15 bolinhos com 40 g cada (5 porções)
Tempo de Preparo: 20 minutos

Dica: substitua o espinafre por agrião ou couve-manteiga.

Porção (1 bolinho)
Valor calórico: 59,47 kcal
Fibras 1,64 g
Colesterol 2,72 mg
PANQUECA DE AVEIA COM GELÉIA DE FRUTAS
Ingredientes:1 xícara (chá) de farelo de aveia - 80g
½ xícara (chá) de fubá - 65g
2 colheres (chá) de fermento em pó - 5g
2 colheres (sopa) de azeite de oliva espanhol - 20g
2 colheres (sopa) de iogurte desnatado - 30g
3 colheres (sopa) de geléia light de frutas - 45g

Modo de Fazer:1. Coloque em uma tigela o farelo de aveia, o fubá e o fermento em pó. Faça uma cavidade no centro. Misture o azeite de oliva (reserve 3 colheres das de chá), 
o iogurte e 2 colheres (sopa) de água. Sove a massa por 3 minutos ou até ficar lisa, cubra com filme plástico e deixe descansar por 15 minutos.
2. Preaqueça o forno em temperatura média (180ºC).
3. Abra a massa em uma superfície lisa e enfarinhada com a ajuda de um rolo (até alcançar ½ cm) e corte em 16 pedaços  


com um cortador (4 cm de diâmetro). Arrume em uma assadeira, untada com o azeite de oliva reservado. Leve ao forno por 15 minutos ou até as panquecas ficarem levemente douradas. Retire do forno.
4. Montagem: arrume a metade das panquecas nos pratos, distribua a geléia de frutas e cubra com as panquecas restantes. Decore com hortelã.



Rendimento: 8 porções de 30 g
Tempo de preparo: 10 minutos (mais 15 minutos para a massa descansar mais 15 minutos de forno)

Valor nutricional por porção:
90 Kcalorias;
15,5 g de carboidratos;
3 g de proteínas;
3,5 g de gorduras totais (0,5 g de saturada, 2 g de monoinsaturada e 0,5 g de poliinsaturada);
0 de colesterol;
3 g de fibras;
0,8 mg de ferro;
14 mg de cálcio.
FONTE: MINHA VIDA

AVEIA- O QUE É?

A aveia (Avena L.), é uma planta pertencente à família Poaceae. Seu gênero é composto por aproximadamente 450 espécies. Sendo as mais cultivadas a Avena sativa e Avena byzantina. Cereal rico em fibras que pode ser encontrado na forma de farinha, flocos e farelo.

Principais nutrientes da aveia

Aveia - Por 30 g (uma porção)
Calorias118,2 kcal
Carboidratos20,1 g
Proteínas4,2 g
Lipídios2,4 g
Fibras2,73 g
Cálcio14,4 mg
Potássio100,8 mg
Ferro1,32 mg
Fósforo45,9 mg
Magnésio35,7 mg
Sódio1,5 mg
Zinco0,78 mg
Fonte: Tabela Brasileira de Composição dos Alimentos / Taco - versão 2, UNICAMP (convertida para a porção de 30 g)
O grande diferencial da aveia são suas fibras, mas aqui ela ganha pela qualidade, e não pela quantidade, principalmente devido às beta-glucanas, que traz diversos benefícios ao organismo, como veremos a seguir. No quesito quantidade, é preciso consumir 25 gramas de fibras ao dia, em uma dieta de 2 mil calorias, e o cereal contém 2,73 g a cada porção. Portanto, isso corresponde a 11% das nossas quantidades diárias. Veja qual porcentagem do Valor Diário* de alguns nutrientes ela também carrega: 
  • 13% de magnésio
  • 11% de zinco
  • 9% de ferro
  • 8% de proteínas
  • 6% de fósforo
  • 6% de carboidratos
  • 1,4% de cálcio.
* Valores Diários de referência para adultos com base em uma dieta de 2.000 kcal ou 8.400 kJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de suas necessidades energéticas.

Benefícios da aveia

Traz saciedade A aveia possui dois tipos de fibras: uma parte são fibras insolúveis, como a celulose, que as enzimas do nosso corpo não conseguem "quebrar". No entanto, o destaque do cereal são suas fibras solúveis, as beta-glucanas, que são parcialmente digeridas pelo intestino. Elas pegam a água que está no órgão e a ?sugam?. Dessa forma, elas crescem de tamanho e vão formando um gel que forra a parede do estômago e do intestino, retardando o esvaziamento gástrico e prolongando a saciedade. Sendo assim, o consumo de aveia é interessante para quem faz dieta. 
Mantém o intestino em ordem Uma das funções mais conhecidas da aveia é a de regular esse órgão. As grandes quantidades de fibras do alimento, quando entram em contato com a água, formam um gel que estimula o funcionamento do trânsito intestinal. Além disso, as fibras do tipo beta-glucana estimulam o crescimento da microbiota intestinal, ou seja, dos probióticos. Isso ocorre porque ela serve como "comida" para os lactobacilos. Quando as bactérias proliferam em cima dessas fibras, existe a produção de uma substância, o ácido butírico, que estimula os movimentos do intestino (chamados de peristálticos). O órgão, por sua vez, quando está sendo estimulado, elimina as substâncias tóxicas mais rápido e estimula a renovação celular. Isso diminui a chance de câncer intestinal. 
Uma equipe de pesquisadores ingleses do Imperial College analisou vinte e cinco estudos que envolviam mais de duas milhões de pessoas e chegou à conclusão de que a alta ingestão de fibra alimentar, particularmente de cereais e grãos integrais, como a aveia, está associada com a redução do risco de câncer colorretal. A cada adição de 10 g por dia de grãos integrais no total de fibras ingeridas, constatou-se uma redução de 10% no risco da doença.
Ajuda a defender o organismo A aveia não tem uma ação direta na nossa imunidade, porém, por melhorar o trânsito intestinal, ela pode aumentar as defesas orgânicas do nosso corpo, uma vez que contribui para a saúde da flora intestinal. Afinal, 60% do total de imunoglobulinas do nosso corpo estão nele! Toda vez que estimulamos a microbiota intestinal, acabamos produzindo mais anticorpos, o que melhora a imunidade. 
Previne doenças crônicas O cereal também age no controle da glicose e do colesterol. Lembram do gel que as beta-glucanas formam ao entrar em contato com a água? A glicose e o colesterol ficam mais tempo "presos" nesse gel, para depois serem absorvidos. No caso dos açúcares, isso diminui o tempo de absorção dos carboidratos, melhorando os níveis glicêmicos. Por isso, o consumo de aveia é recomendado aos diabéticos. A ingestão do cereal, especialmente na forma de farelo, também é benéfico para quem tem colesterol alto, já que há uma diminuição em até 10%. 
Não existem estudos suficientes de que a aveia ajuda no controle da hipertensão, no entanto, sabemos que ela é rica em potássio, mineral importante para modular a pressão arterial, evitando a retenção de líquidos. 
Traz mais bem-estar Por ser uma fonte proteica, a aveia contém triptofano, um precursor da serotonina, neurotransmissor responsável pelo controle do nosso humor, conhecido como amigo do bem-estar). Para a conversão de um para o outro, é necessária a ação de uma enzima, que só funciona bem quando os níveis de alguns nutrientes estão adequados, entre eles, o magnésio, encontrado também em boa quantidade no cereal. Sendo assim, a aveia pode ser uma aliada extra no combate à tristeza e até mesmo da depressão.
Faz bem para a pele Como é um alimento rico em silício e proteínas, o consumo de aveia também é bom para a renovação de tecidos, como a pele. Isso ajuda nas divisões celulares e deixa o tecido com uma melhor aparência, além de mais saudável.

Como consumir

Bolo de aveia e ameixa com iogurte
A aveia é vendida na forma de farinha, flocos (finos e grossos) e farelo. Ela pode ser consumida junto com as frutas de sua preferência ou adicionada aos sucos, shakes e às vitaminas. A aveia também pode fazer parte da preparação de bolos, tortas (doces e salgadas), pães, biscoitos, cookies, empanados, bolinhos e farofa. Outra forma de utilizá-la é no mingau, ela dá a consistência ao leite sem a necessidade do uso de amido de milho para engrossar.

Quantidade recomendada de aveia

Estudos demonstram que 30 gramas, ou seja, aproximadamente três colheres de sopa de aveia diariamente é o suficiente para obter os benefícios do cereal. Por causa do alto teor de fibras, o consumo deve ser acompanhado da ingestão de líquidos. 

Comparação com outros alimentos

  • A aveia é uma ótima fonte energética, sendo que sua porção de 100 g conta com 67 g de carboidratos, perdendo apenas da quinoa, com 68,8 g e do farelo de trigo com 76 g na mesma porção.
  • Quando falamos em fibras, a aveia não é campeã em quantidade. Uma porção de 30 g contém 2,73 g da substância, enquanto uma porção de chia tem 8,6 gramas, 3 vezes mais. Porém, a qualidade é maior, já que as beta-glucanas têm diversas propriedades importantes para a saúde.
  • Apesar de ter menos minerais do que outros cereais, como podemos ver na tabela abaixa, a aveia ganha do arroz integral, a versão completa do arroz branco, um dos grãos mais consumidos no nosso dia. O indicado é o consumo de 86 g desse alimento, o que equivale a 2 colheres de sopa. Essa porção tem 0,285 mg de ferro e 4,3 mg de cálcio, contra 1,32 mg e 14,4 mg respectivamente desses minerais contidos em 30 gramas de aveia. Ou seja, comparando as porções recomendadas, a aveia contém 3 vezes mais cálcio e 5 vezes mais ferro!
Nutrientes (100 g do grão)AveiaArroz IntegralFarelo de TrigoQuinoaAmarantoLinhaça
Calorias394 kcal123 kcal360 kcal380 kcal373 kcal495 kcal
Carboidratos67 g25,8 g76 g68,8 g64 g43,3 g
Proteínas14 g2,6 g10 g13,11 g13,5 g14,1 g
Gorduras8 g1 g2 g5,77 g6,89 g32,3 g
Fibras9,1 g2,7 g2 g6 g6,67 g33,5 g
Cálcio48 mg5 mg18 mg129 mg160 mg211 mg
Potássio336 mg75 mg--740 mg509 mg869 mg
Fósforo153 mg106 mg--411 mg558 mg615 mg
Magnésio119 mg59 mg--211 mg249 mg347 mg
Ferro4,4 mg0,3 mg4,2 mg9,33 mg7,5 mg4,7 mg
Fonte: Tabela Brasileira de Composição dos Alimentos / Taco - versão 2, UNICAMP               

Contraindicações

O consumo de aveia é contraindicado para quem tem a doença celíaca, que é causada pela intolerância ao glúten, uma proteína encontrada na aveia e em outros alimentos, que provoca dificuldade no organismo de absorver os nutrientes, vitaminas, sais minerais e água. Pessoas que possuem intolerância alimentar também devem evitá-la.
Quem tem síndrome do intestino irritado não deve consumir aveia, pois, por causa da inflamação, precisa de alimentos de fácil digestão. O consumo de muita fibra provoca ainda mais irritação, pois o alimento permanece mais tempo no intestino. 
Já os que possuem intestino muito acelerado também devem evitá-la, pois a aveia possui muitas fibras e ajuda a acelerar ainda mais o trânsito intestinal. 
Além disso, a aveia não é recomendada para crianças com menos de seis meses, porque o teor de fibras desse alimento é muito alto e a criança ainda não tem um aparelho digestório que consegue digerir de forma eficiente a aveia. 

Riscos do consumo em exagero

O excesso de consumo da aveia pode causar intolerância alimentar ou flatulência. Todo alimento em exagero pode criar uma intolerância, isso é individual de cada um. Além disso, como todo item rico em fibras, precisamos de maior quantidade de água para ajudar na digestão, senão é possível criar gases. O excesso de fibras na alimentação também diminui a absorção de zinco e cálcio. 
fONTE: MSN