sexta-feira, 7 de junho de 2013

Remédio caseiro para azia

 

Um remédio caseiro para a azia, simples e muito eficiente, é comer um pedaço de pão ou 2 bolachas de água e sal, evitando beber água, ou outro líquido, no momento da queimação. Eles irão absorver o ácido estomacal e favorecer a digestão, diminuindo a azia.

Esse remédio caseiro pode ser utilizado em caso de azia e queimação, azia na gravidez, azia e dor de estômago e azia e má digestão, mostrando sua eficácia em poucos minutos.
O limão também é indicado para tratar a azia e a queimação. Deve-se tomar o suco puro de 1 limão no momento da azia. Mas, é muito importante não adicionar água nem açúcar.

O que é azia

A azia é a consequência do contato do suco gástrico com a mucosa do esôfago. Por isso, seja qual for a causa da azia, a sensação de queimação pode ser aliviada empurrando novamente o conteúdo ácido do esôfago para o estômago.

Alimentação para evitar azia

A alimentação para evitar a azia consiste em seguir uma dieta pobre em carnes, alimentos gordurosos e alimentos ácidos. Uma outra dica é beber um copo de suco natural de cenoura, beterraba ou de laranja lima, feito na hora, nos lanches.

Tratamento caseiro para azia

Um outro ótimo tratamento caseiro para azia é o xarope de erva doce com hortelã. Embora não seja indicado para quem sofre com úlcera gástrica, esse xarope consegue eliminar a azia em poucos minutos.
Colocar um calço de 10cm na cabeceira da cama, para evitar o refluxo à noite, também é recomendado para os indivíduos que costumam sofrer com a azia neste período.

Fonte: Tua Vida

Colite

 

Confira o que é, os sintomas, causas e tratamento para colite

O que é:

A colite é uma inflamação intestinal que provoca sintomas como alternância entre diarreia e prisão de ventre, que pode ser causada por uma intoxicação alimentar. Seu tratamento é feito com a toma de medicamentos analgésicos, anti inflamatórios e com uma alimentação direcionada recomendada por um nutricionista.

Sintomas da colite

  • dor abdominal;
  • alternância entre diarreia e prisão de ventre;
  • muco nas fezes;
  • fezes com sangue;
  • febre;
  • calafrios;
  • desidratação;
  • gases.

Causas da Colite

A colite pode ser causada por:
  • Estresse;
  • Intoxicação alimentar;
  • Vermes;
  • Infecções agudas ou crônicas;
  • Síndrome do intestino irritável;
  • Inflamação intestinal;
  • Pouco fluxo sanguíneo local.

Diagnóstico da colite

O diagnóstico da colite é feito após a realização de exames como colonoscopia com biópsia; tomografia computadorizada; raio-x ou enema opaco.

Tratamento para colite

Algumas recomendações para o tratamento da colite são evitar o consumo de alimentos crus e mastigar muito bem os alimentos. Se os sintomas persistirem, será preciso fazer uma dieta líquida, tomar sucos de verduras como o suco de beterraba ou de couve, por exemplo.
É muito importante também aumentar a flora bacteriana comendo uma maior quantidade de alimentos probióticos como iogurtes e os leites fermentados, por exemplo.
O tratamento para colite também pode ser feito com a toma de medicamentos para parar a diarreia e melhorar a absorção de nutrientes pelo intestino. Suplementos alimentares também podem ser utilizados, mas sempre sob orientação médica.

Remédio caseiro para colite

Um ótimo remédio caseiro para colite é o suco de maçã acabado de fazer. Passe 3 maçãs no processador de alimentos e tome este suco puro de maçã 5 vezes ao dia.
A maçã irá acalmar a mucosa intestinal, diminuindo os sintomas da colite, sendo uma boa fonte de fibras e de água.

Fonte: Tua Vida

Remédio caseiro para flatulência

 
Um remédio caseiro muito eficaz contra a flatulência é o agrião.

Ingredientes

  • 1 molho de agrião
  • 1/2 copo com água

Modo de preparo

Bater os ingredientes no liquidificador, coar e beber a seguir. Deve-se tomar 1 xícara, 3 vezes ao dia durante 3 dias.

Outros remédios caseiros para gases

A cenoura é mais popular no tratamento da flatulência. Basta tomar 250 ml de suco de cenoura feito na centrífuga, 30 minutos antes do almoço ou comer 1 cenoura pequena mastigando bem. Recomenda-se repetir durante 7 dias o mesmo ritual, para  analisar seu efeito benéfico na eliminação dos gases.
O chá de alecrim ou a erva doce, também têm excelente aplicação na redução da flatulência.

Causas dos gases

Os gases intestinais, ou flatos podem ser causados por:
  • Ingestão de alimentos artificiais ou processados;
  • Ingestão de líquidos junto às refeições;
  • Sedentarismo;
  • Doenças como a colite, dispepsia ou prisão de ventre podem promover alteração na fermentação bacteriana intestinal e assim a flatulência.
Para promover o bom funcionamento dos intestinos o melhor remédio é consumir alimentos ricos em fibras e frutas com casca. Beber bastante água e fazer exercícios moderados e regulares.

Fonte: Tua Vida

Pesquisa revela ranking das profissões que mais engordam

 
Passar o dia sentado e comer para aliviar estresse são os grandes aliados das gordurinhas corporativas .
 

Pesquisa revela ranking das profissões que mais engordamVocê está sentindo suas calças mais apertadas do que o habitual? Cuidado! Algumas profissões contribuem mais para o ganho dos quilos extras. É o que revela o estudo elaborado pelo site americano CareerBuilder.
O levantamento, feito com mais de 3.600 trabalhadores, aponta que 41% dos profissionais disseram que ganharam peso em seu trabalho atual, sendo que 30% tiveram aumento de mais de 20 quilos.
 
Algumas profissões tiveram maior incidência de trabalhadores relatando ganho de peso, levando em consideração os seguintes motivos para engodar: passar o dia sentado (56%), comer para aliviar estresse (35%), pular refeições por falta de tempo (17%).
 
No topo de ranking, com o título da profissão que mais engorda, está o cargo de assistente administrativo. Em seguida, aparecem os engenheiros. Com a medalha de bronze estão os professores.
 
A seguir veja o ranking completo:
1° Assistentes administrativos
2° Engenheiros
3° Professores
4° Enfermeiros e assistentes médicos
5° Gerentes de TI e administradores de redes
6° Advogados e juízes
7° Operadores de máquinas e profissionais de produção e montagem
8° Cientistas, biólogos, físicos e sociólogos 
 
Que tal começar a mudar seus hábitos e dar uma virada na sua vida! Nunca é tarde!
Comece a fazer exercícios, coma menos besteiras e você vai ver resultados!
 
Fonte: MSN

Não deixe uns quilinhos a mais pesarem na sua carreira

 
Sintomas como transpiração excessiva, falta de fôlego e fadiga podem ser vistos com maus olhos no mundo corporativo.
 

Não deixe uns quilinhos a mais pesarem na sua carreiraObesidade não é apenas uma questão estética. Uma pesquisa realizada no ano passado pelo site de emprego Catho Online revelou que 8,2% dos recrutadores evitam contratar candidatos obesos. Ou seja, o dado demonstra que os quilinhos extras não incomodam só na balança, eles pesam também na carreira. “As pessoas obesas muitas vezes apresentam transpiração excessiva, falta de fôlego e fadiga, sintomas que não são bem vistos no mundo corporativo, mesmo que de forma velada”, afirma Cíntia Bortotto, consultora de Recursos Humanos.
 
Xô, preguiça! – Para dar adeus ao sobrepeso, o primeiro passo é incluir algum tipo de exercício físico na sua rotina – mesmo que você ache que não tem tempo para isso.  Uma dica simples do personal trainer Thiago Rosa é mudar a forma de transporte que você usa para trabalhar, por exemplo. “Se você mora próximo do trabalho, deixe a preguiça de lado e vá andando”, diz ele. Para quem mora longe, a recomendação é deixar o carro na garagem e pegar a bicicleta, com cuidado, é claro. “Qualquer atividade física em qualquer quantidade de tempo é válida”, afirma.
 
Caprichando na dieta – Claro que não adianta fazer exercício no caminho e depois se jogar em alimentos calóricos e pouco saudáveis no escritório. Aliás, esse mau hábito é mais comum do que você pensa. Imagine só que uma pesquisa da pela Associação Dietética Americana mostrou que 47% dos 500 entrevistados tinham dificuldade de fazer dieta justamente no ambiente corporativo. Mas não é o fim do mundo. Segundo a nutricionista Priscila Rosapara, da Equilibrium Consultoria, o regime dar certo no trabalho só é preciso evitar os exageros. “Não é necessário (nem se pode) parar de comer. A palavra de ordem é moderação. Consumir o que tiver com vontade, só que em quantidades menores”, afirma. Suas dicas são:
 
1 – Coma de 4 em 4 horas - “Não faça intervalos maiores para não ficar com o estomago vazio por muito tempo e depois exagerar na comida”, diz a nutricionista.
 
2 – Prepare sua marmita - Levar comida de casa pode ajudar a fugir das tentações dos restaurantes e manter uma dieta mais equilibrada. “Como é você mesmo que prepara, pode fazer um cardápio mais balanceado, com menos sal, óleo e gordura e ingerir alimentos mais saudáveis.”
 
3 – Não abuse da cafeína - Mesmo caindo de sono, a recomendação da nutricionista é não abusar do cafezinho para não ficar muito agitado. “O consumo deve ser regrado, ainda mais se a bebida for adoçada por açúcar. Não pode ultrapassar três xícaras”.
 
4 – Beba água - “Encha a garrafinha, deixe na mesa e beba aproximadamente dois litros de água por dia”, recomenda a nutricionista.
 
5 – Esqueça o fast food -  Procure restaurantes que ofereçam variedade de alimentos para você escolher os mais saudáveis e menos calóricos.
 
Para se inspirar – Se você está com preguiça de começar essa maratona, Thiago, o personal trainer, conta uma história que pode ser inspiradora. “Há um ano, dou aula para um juiz de 48 anos. Quando conversamos pela primeira vez, ele me contou que não conseguia mais se concentrar no trabalho e se sentia muito cansado assim que acordava”, diz.
 
Ele estava nada menos do que 18 quilos acima do peso. Thiago então elaborou um cronograma de atividades físicas voltado para o estilo de vida que o juiz tinha. “Como ele não tinha tempo para fazer exercícios e levava uma vida sedentária, assim que começou a se exercitar sentiu mais disposição e energia para fazer as coisas”, afirma Thiago.
 
Depois de um ano de treino, o juiz já eliminou 12 quilos, além de ter deixado para trás a fadiga, o estresse e as roupas GG. “Quando a pessoa vê que emagreceu e melhorou o condicionamento físico, a auto-estima e o rendimento profissional, ela passa a arrumar tempo para praticar atividades físicas mesmo que tenha uma rotina muito corrida.” E agora você vai usar qual desculpa para não começar a eliminar esses quilinhos inconvenientes?