domingo, 14 de abril de 2013

Quinoa - o alimento da Moda

A quinua  é uma boa fonte de triptofano, aminoácido ligado à produção de serotonina no cérebro, responsável pela modulação do humor, pela disposição e bem-estar. Por isso, é provável que o consumo regular ajude a espantar a fadiga e a depressão.

Não contém glúten
A quinua é livre de glúten.  Isso significa que os celíacos — pessoas com intolerância às proteínas presentes no glúten — finalmente podem saborear pães, tortas e bolos feitos com farinha de... quinua! O sabor do pão feito de quinua não é muito diferente daquele preparado com trigo, só a consistência é que muda um pouco.
É questão de habituar-se.
E, para quem pensa que o alimento é muito calórico, uma boa notícia: ele contém quase a mesma quantidade de calorias do arroz. Cada 100g de quinua crua têm 374 calorias, contra 350 calorias do arroz integral cru.
Aliás, por ser rica em fibras (mais até que o arroz integral), o consumo de quinua ajuda a aumentar a sensação de saciedade durante as refeições, melhora o funcionamento intestinal e favorece no controle dos níveis de colesterol, glicemia e triglicérides no sangue. Ou seja, pode ser um grande aliado para quem quer emagrecer com saúde.

Mais energia 
A composição nutricional da quinua a torna um alimento perfeito para ser consumido por atletas antes e depois de exercícios físicos intensos. Por ter baixo índice glicêmico, os carboidratos da quinua são metabolizados mais lentamente, garantindo uma reserva de energia necessária durante o esforço físico. E, graças aos aminoácidos, ela ajuda a reparar o tecido muscular após o treino.
Além de não ter nenhuma contraindicação, é um excelente alimento para crianças, que necessitam de um aporte maior de proteínas e carboidratos saudáveis durante a fase de crescimento. Por isso, é recomendada pela Academia Americana de Pediatria.

EM GRÃO, FARINHA, FLOCOS...Nutricionalmente, não há diferença entre o grão, a farinha ou os flocos de quinua — embora o grão seja preferível por não sofrer nenhum tipo de processamento. Aprenda a melhor maneira de preparar o alimento em:
GRÃOS — o ideal é deixar de molho por algumas horas e cozinhar em água já fervente, no fogo baixo, por 15 minutos. “Fica mais saboroso se o sal for adicionado depois do cozimento”, ensina o nutrólogo Edson Credidio. Pode ser misturado nas saladas, sopas e risotos ou servido com molhos. Cozido, dura até três dias na geladeira;
FLOCOS — polvilhe em sopas, no iogurte, na salada de frutas e em vitaminas naturais;
FARINHA — pode ser usada como os flocos ou servir como base para pães, biscoitos, macarrão etc.
Nos supermercados e em lojas de produtos naturais já existem barrinhas de cereais e macarrão feitos com quinua, ambos orgânicos e da marca Quinua Real.

Fonte: Viva Saúde

Tabule de Quinoa

Tabule de Quinua com damascos, pinholes e ervas

Por Paula Desgualdo

Ingredientes
1 xícara (chá) de quinua 
4 xícaras (chá) de caldo de frango (faça o caldo em casa) 
½ xícara (chá) de damascos picados 
½ xícara (chá) de pinholes torrados 
2 colheres (sopa) de azeite extravirgem 
3 colheres (sopa) de vinagre 
1 colher (sopa) de raspas de laranja, bem picadas 
1 colher (sopa) de hortelã fresca picada 
1 colher (sopa) de salsinha fresca picada 
1 colher (sopa) de tomilho fresco picado 
12 tomates-cereja cortados em 4 
sal a gosto

Modo de preparo Aqueça o azeite e refogue a quinua até começar a pipocar. Junte o caldo, tempere com sal, mas sem exageros, e cozinhe por cerca de 12 minutos, até que o grão se abra — isso indica que ele já está no ponto. Escorra o excesso de caldo e junte o damasco, o pinhole, as ervas e as raspas de laranja. Acerte o sal e misture o vinagre. Resfrie. Na hora de servir, junte os tomates e finalize com um fio de azeite. Dica: o prato vai bem com frangos e peixes — pode ser servido frio ou quente. Se preferir, substitua o damasco por figo.
 
Fonte: Saúde Vital

AÇAÍ- O ALIMENTO ENERGÉTICO

Nesta semana no GLobo Repórter , esta frutinha ficou em evidência, por isto resolvi colocar no blog um artigo sobre ela.



O açaí é uma fruta tipicamente brasileira e de grande importância econômica no nosso país. É o fruto do açaizeiro, uma palmeira que cresce nas florestas tropicais da Amazônia do Brasil. 

Seu consumo é feito de diferentes formas, de acordo com a região. Na Amazônia, a forma mais tradicional de consumi-lo, é com farinha de mandioca ou tapioca. Entre os paraenses, é comum o consumo com camarão ou peixe salgado. Nas demais regiões do Brasil, o açaí é preparado da polpa congelada, batida com xarope de guaraná, ficando com uma consistência parecida com a de um sorvete e, geralmente, é acompanhado de frutas como banana ou morango, e granola. 

Açaí x saúde do coração
Um dos frutos mais nutritivos cultivados na Amazônia, o açaí é rico em ácido oléico, um tipo de gordura poliinsaturada, que auxilia na redução e controle dos níveis de colesterol e pressão arterial e previne aterosclerose. Seu consumo está associado à prevenção de doenças cardiovasculares. 

Açaí x energia

Altamente energética, e rica em vitamina E, cálcio, magnésio e potássio, é uma fruta que fornece mais energia e disposição ao corpo, sendo interessante para praticantes de atividades físicas.

Açaí x doenças crônicas

Sua coloração roxa é devido à antocianina, um pigmento natural, pertencente à família dos flavonóides, responsável por seu poder antioxidante, conferindo à fruta a capacidade de combater e neutralizar a ação dos radicais livres, prevenindo contra doenças cardiovasculares e circulatórias, câncer, diabetes e Alzheimer. 

Algumas pesquisas mais recentes mostram a relação dos compostos fitoquímicos do açaí no tratamento contra infecção por Helicobacter pylori, bactéria causadora da gastrite, e na indução da apoptose, podendo, ser um agente eficaz na prevenção do desenvolvimento do câncer gástrico.

Açaí x pele

Devido à sua composição, rica em ácidos graxos insaturados e antioxidantes, o açaí pode auxiliar no tratamento de problemas de pele, relacionados à fatores inflamatórios, como acne, dermatite atópica e nos tratamentos anti aging. 

Os antioxidantes presentes no açaí podem melhorar a aparência de peles com manchas e reduzir rugas faciais. Seu consumo auxilia no retardo do envelhecimento, promove uma pele mais saudável e com aparência mais jovem. 

Vale lembrar que apesar de todos os benefícios à saúde, o açaí é uma fruta de alto valor calórico. Portanto, deve ser consumido com moderação. 

Aproveite  e inclua o açaí em seu cardápio ,mas  para obter os melhores resultados não coloque açúcar nem farinha.

Patrícia Brigagão Mendes