quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Como ficar bem!

Cintura sem gordura
A cintura enxuta preocupa homens e mulheres - elas querem medidas finas, enquanto eles querem distância da barriga.  A ingestão diária de duas colheres de sopa de azeite pode ajudar a diminuir o acúmulo de gordura abdominal. "As gorduras monoinsaturadas presentes do azeite evitam o acúmulo de gordura abdominal", diz.

Além disso, o chá de hortelã, o chá verde e o chá mate também são ótimas pedidas quando o assunto é afinar a cintura. "Eles ajudam o organismo a digerir gorduras e têm efeito termogênico, contribuindo para o emagrecimento", afirma o especialista.

Pele firme

A flacidez nos braços, pernas e bumbum não incomoda só o toque, mas também a aparência. O problema tem fim com uma receita combinada de exercícios e alimentos que estimulam a produção e colágeno. O nutrólogo Roberto Navarro, da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN) explica que a ingestão de proteínas, como carne, leite e ovos, está na lista de cuidados que favorecem a rigidez da pele. Além das proteínas, a ingestão de frutas secas, chá verde, uvas e até chocolate amargo contribuem no combate a flacidez. "Eles são ricos em flavonoides, substâncias com poder antioxidante e anti-inflamatório, que combatem os radicais livres e ajudam na produção de colágeno".

Elimine a gordura localizada
Aquelas gordurinhas que sobram no abdômen denunciam que faltou cuidado com a dieta e os exercícios. "Na maioria das vezes, este acúmulo de gordura vem da ingestão de carboidratos simples, presentes em pães, massas, doces, refrigerantes, e bebidas alcoólicas". Se você quer se livrar da gordura localizada, alimentos como peixes, frutas vermelhas e abacate podem ajudar. "Eles possuem substâncias que dissolvem a gordura localizada e aceleram a perda de medidas".


Passando uma borracha na celulite

Apesar de mais comum nas mulheres, a celulite também atrapalha os homens e indica que mudanças urgentes na dieta precisam ser feitas.  As inflamações causadoras da celulite normalmente são resultado da ingestão de gordura trans, gordura saturada, sal, alimentos industrializados, carboidratos refinados e açúcar. "Por outro lado, alguns nutrientes podem ajudar o organismo a combater essas inflamações e estimular a produção de substâncias capazes de eliminar as marcas". Aveia, lima da pérsia e maçã são alguns dos alimentos que,  estimulam o sistema linfático e ajudam na reorganização das fibras de sustentação da pele, desintoxicando o organismo das inflamações e renovando a pele.

Sem estrias
As estrias são difíceis de tratar, porque são cicatrizes que se formam quando há um estiramento muito intenso das fibras da pele, que se rompe. "Existem tratamentos capazes de melhorar o aspecto das lesões, mas não as estrias em si", afirma o dermatologista Mario. "O ideal é investir em hábitos saudáveis, fortalecendo a pele e prevenindo o surgimento de novas cicatrizes". O efeito sanfona e o crescimento repentino são as principais causas das estrias, mas algumas pessoas têm a pele mais sensível ao problema e apresentam marcas mesmo sem ter passado por nenhuma das duas situações. Para aproveitar esse benefício, mantenha seu corpo sempre hidratado e consuma alimentos ricos em vitamina D e zinco. "A vitamina estimula a produção de colágeno, renovando a pele, e o zinco tem ação cicatrizante", afirma o especialista.

Fonte: Msn