sexta-feira, 9 de março de 2012

Medicina ortomolecular

Entenda como funciona a terapia ortomolecular e quais seus benefícios para a saúde e a beleza feminina.


Restaurar o equilíbrio do organismo, corrigir as carências e/ou excessos de vitaminas e minerais para neutralizar os radicais livres. Essa é o princípio da medicina ortomolecular, um tratamento que vem conquistando cada vez mais adeptos, inclusive entre as celebridades.

Mas a proposta da medicina ortomolecular não é recente. Apesar de popular hoje em dia, a ideia de reequilíbrio dos nutrientes no organismo surgiu na década de 1960, apresentada pelo químico Linus Pauling.

As principais medidas a serem tomadas por quem deseja seguir os princípios da terapia ortomolecular são a reeducação alimentar e a mudança dos hábitos de vida. É necessário abandonar as refeições rápidas e riscar do cardápio os alimentos pobres em nutrientes, que ajudam a formar os radicais livres.

Vale ressaltar que os radicais livres são moléculas que provocam a oxidação das células. Para entender melhor, é só tomar como exemplo o que acontece com uma maçã cortada quando fica em contato com o ar.

Fatores externos como poluição, cigarro, álcool, estresse e uma alimentação desequilibrada são os grandes responsáveis pela produção exagerada dos radicais livres. A destruição das células origina doenças e problemas de saúde como fadiga crônica, insônia, oscilação de humor, deficiência de memória, entre outros. Este é também um dos principais fatores do envelhecimento precoce, que pode ser percebido no aspecto da pele e cabelos.


Na dieta ortomolecular, prevalecem os alimentos integrais, frescos e funcionais, que além de nutrir, oferecem substâncias que fortalecem o organismo.

O reestabelecimento do equilíbrio bioquímico do organismo também pode ser feito através de uma suplementação personalizada, que pode incluir medicamentos fitoterápicos, aminoácidos e vitaminas.

No entanto, estes suplementos são recomendados dependendo das carências orgânicas de cada pessoa, por isso não vale copiar a receita da amiga ou daquela atriz de novela que você acha maravilhosa, somente um especialista poderá receitar as melhores opções para o seu caso.

A melhora da saúde é o principal benefício da medicina ortomolecular, mas não o único. Ao consumir alimentos saudáveis, o organismo ganha mais disposição e energia para praticar atividades físicas. Assim, é possível perder peso sem perder saúde.

A medicina ortomolecular serve ainda para amenizar os sintomas da TPM, controlar aquela vontade louca de devorar doces e carboidratos, diminuir a retenção de líquidos e reforçar a imunidade. Pele e cabelos mais bonitos e cheios de vida são efeitos visíveis e que fazem muito bem para a autoestima feminina.

Fonte: Dicas de Mulher
.

Alimentos ricos em fibras

Descubra qual a importância dos alimentos ricos em fibras para a sua saúde.







Os alimentos ricos em fibras são muito importantes para a saúde. As fibras não são encontradas em alimentos de origem animal, como carnes, ovos e laticínios, apenas nas plantas. Elas são as partes dos grãos, vegetais e frutas que ajudam no processo digestivo e auxiliam o trabalhar do intestino.

Uma dieta rica em fibras e com pouca quantidade de gorduras melhora o funcionamento do intestino, previne doenças do coração, câncer e diabetes. As fibras também ajudam no controle de peso, prevenindo e tratando a obesidade. Estes alimentos ficam mais tempo no estômago e dão a sensação de saciedade. Assim, acabamos ingerindo menos calorias ao longo do dia.

Os alimentos comuns podem ser trocados pelos alimentos ricos em fibras e pelas versões integrais. Para quem não gosta muito dos integrais, existem em alimentos em forma de farelo, como a linhaça, por exemplo. Os farelos podem ser colocados em bolos, pães, massas e até mesmo no arroz.

Os feijões, ervilhas, grão de bico, lentilhas e outras leguminosas podem ser colocadas em sopas, cremes, ensopados e saladas, pois são excelentes fontes de fibras. Prefira consumir arroz integral, cevada integral, farelos, trigo para quibe em sopas, saladas e pratos principais. Além de mais saudáveis, também ajudam a diferenciar o cardápio do dia-a-dia.

As frutas e hortaliças como a maçã e a batata, também são ricas em fibras, que ficam concentradas em suas cascas. Faça saladas, recheios para sanduíches, tortas, sucos e coma frutas frescas.

Dicas sobre o consumo de fibras

Nunca aumente rapidamente o consumo de fibras na dieta, pois você pode sentir flatulências, estufamento, cólicas ou diarréia. Para evitar os desconfortos, o aumento deve ser gradativo, assim seu intestino pode se adaptar.

Aumente o consumo de líquidos, o ideal é de 6 a 8 copos diariamente, para não dificultar a absorção de minerais. As barrinhas de cereais são saborosas e podem ser encontradas em diversos sabores. Elas possuem alta quantidade de fibras como granola e outros cereais.

Conheça alguns alimentos ricos em fibras

Cereais integrais: aveia, quinoa, arroz e pão integral, linhaça

Frutas: laranja, maçã, manga e ameixa, sempre com casca e bagaço

Vegetais: couve, repolho, agrião e berinjela

Grãos: feijão, lentilha, soja, ervilha e grão-de-bico

Fonte: Dicas de Mulher

Receitas de Sucos desintoxicantes

Suco desintoxicante




•1 cenoura
•1 pepino (com casca)
•½ beterraba média e crua
•½ xícara de chá de talos e folhas de hortelã
•1 suco de limão e raspas da casca

Suco desintoxicante e calmante

•1 cenoura
•1 maçã
•½ molho de alface (talo incluso)
•1 suco de limão e raspas da casca

Suco desintoxicante e digestivo

•1 xícara (chá) de abacaxi em cubos
•1 cenoura
•1 xícara (chá) de talos de erva doce
•1 suco de limão e raspas da casca

Suco desintoxicante e laxante

•1 fatia de mamão
•1 suco de laranja
•1 suco de limão
•5 ameixas secas ou uva passa sem caroço

Suco desintoxicante e energético

•4 cenouras
•1 maçã
•1 suco de limão (com casca)
•2 laranjas
•1 pedaço de gengibre

Suco desintoxicante e “engana fome”

•1 tomate
•½ pepino (com casca)
•1 talo de salsão
•1 suco de limão
Temperar com sal ou molho shoyo e tomar no intervalo da manhã ou tarde.


Suco desintoxicante e diurético

•2 fatias de melancia
•1 talo de aipo com folhas

Suco desintoxicante e “aumenta imunidade”

•2 maçãs
•1 laranja
•ramos de manjericão
•1 limão (com casca)

Para fazer sucos desintoxicantes é preciso usar uma centrífuga ou liquidificador para bater bem os ingredientes. Evite usar muita água, mas caso prefira, meio copo de água filtrada ou água de coco já é o suficiente para deixar o suco mais cremoso. Prefira os sucos ao natural e evite ao máximo o açúcar e adoçante.

Fonte: Dicas de Mulher