sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

As novidades do verão nas academias

Para atrair alunos e entrar no clima da estação, academias investem em modalidades com toques de Cirque du Soleil e Broadway.




A Broadway é aqui: malhação ao ritmo de grandes musicais é o hit da estação na Fórmula Academia

Pensando na temporada de verão, as academias não poupam em criatividade. Apostam em novas modalidades ou dão um jeito de atualizar as campeãs de audiência.

Nas piscinas, por exemplo, é possível fazer até aula de surfe. Já nas aulas de aeróbica, entre os hits do momento estão temas de musicais da Broadway e a energética mistura de ritmos latinos (funk, street, dance, techno, hip-hop e jazz). Novos equipamentos também estão entre as novidades – destaque para o gymstick, cujo objetivo é o fortalecimento e a tonificação de todos os grupos musculares.

Com o interesse crescente pelas corridas de rua, as academias também oferecem opções indoor e outdoor para aqueles que querem melhorar o condicionamento físico e buscam aperfeiçoar a técnica na modalidade. Confira a seleção de opções que o Delas separou para quem adora uma novidade.

Funcionais

Jukari Fit to Fly: sucesso em países como Estados Unidos e China, a modalidade criada pela equipe do Cirque Du Soleil chega ao Brasil com exclusividade na academia Reebok Sports Club, em São Paulo. A aula tem 45 minutos de duração (com gasto energético em torno de 400 calorias), comporta até 11 alunos por sessão e é ministrada por professoras treinadas no Exterior. Trapézios presos ao teto permitem movimentos que trazem a gostosa sensação de vôo, enquanto fortalecem e alongam o corpo. O treino, que mistura condicionamento cardiovascular e muscular, utiliza os fundamentos do treinamento funcional, a mais nova tendência em fitness. Foi desenvolvida também uma versão para atender ao público masculino, priorizando o trabalho de força.



Jukari Fit to Fly: modalidade criada pela equipe do Cirque Du Soleil para a academia Reebok Sports Club

Cia Funcional: o treinamento funcional suspenso, que utiliza o equipamento oficial TRX, é a aposta da Cia Athletica – rede com unidades em São Paulo, São José dos Campos, Ribeirão Preto, Campinas, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Brasília, Belém e Manaus. Consiste em alças com manoplas, fixadas ao teto, que mantêm o corpo “pendurado” e controlado pela força do próprio praticante. A aula é feita em grupo e tem foco no condicionamento físico, na definição muscular e no aprimoramento do equilíbrio e da postura. Uma aula de 45 minutos queima entre 450 e 600 calorias.

Gymstick: exclusividade da academia Runner, em São Paulo, o treinamento com o gymstick (um aparelho que une elástico e barra) foi desenvolvido na Finlândia e tem foco no fortalecimento e na tonificação de todos os grupos musculares. A modalidade pode ser praticada por pessoas de todas as idades e níveis de condicionamento e também é aliada de pacientes em recuperação de lesões ou cirurgias. Com mais de 350 exercícios catalogados, promete fortalecimento do abdômen e diminuição da gordura corporal, entre outros benefícios. Os treinos têm duração de até 60 minutos e com perda calórica de até 700 calorias por aula.

Dança

Broadway, Clip e Belly Dance: a Fórmula Academia, de São Paulo, aposta na dança e lança três novas aulas. A Broadway Dance leva o mundo dos musicais de Nova York para dentro da academia, em 60 minutos de malhação no clima de espetáculos como Cat’s, Les Misérables, Chicago e Cabaret. Já a Clip Dance é dedicada aos videoclipes que fazem sucesso na internet e o aluno pode incorporar estrelas como Beyoncé, Lady Gaga ou relembrar Patrick Swayze e Jennifer Grey no filme clássico dos anos 90 Dirty Dacing. Por fim, a sedutora dança do ventre aparece em movimentos graciosos e suaves na Belly Dance. Como exercícios aeróbicos, as três modalidades trazem benefícios para o sistema cardiovascular, além de aumentar resistência física, flexibilidade, coordenação motora e melhorar a auto-estima.

Dance Mix: em ritmo de balada, a aula da Academia Fórum Exere Fitness, do Rio de Janeiro, alia passos de dança a exercícios que fortalecem abdômen e região dorsal. Com duração de uma hora, trabalha coordenação motora, equilíbrio, condicionamento e resistência muscular, além de queimar de 350 a 400 calorias.

Hopping: o calçado Kangoo Jumps é a base dos movimentos coreografados de aeróbica nessa divertida aula

Hopping: oferecida pela Cia Athletica, a modalidade foi criada a partir do calçado suíço Kangoo Jumps, que tem sistema exclusivo para absorver até 80% do impacto em atividades físicas. Trata-se de uma aula cardiovascular que combina movimentos coreografados de aeróbica e corrida. Promove rápida queima de gordura (até 800 calorias em 45 minutos de atividade), melhora o sistema cardiovascular, gera ganho de massa óssea e muscular.

Sh´Bam: febre na Europa, a aula de dança que mescla vários ritmos (funk, street, dance, techno, hip-hop e jazz) acaba de desembarcar no Brasil. São passos simples e precoreografados, que não exigem nenhuma habilidade especial do praticante. As músicas remetem ao clima de uma balada e o aluno queima calorias dançando (cerca de 300 em 45 minutos). O programa da Les Mills Internacional foi trazido pela Body Systems Latin America e é oferecido pela Bio Ritmo Academia – com unidades em São Paulo, Limeira, Piracicaba, Santo André e Belém.

Corrida e caminhada

Running Mix: aula diferente e divertida criada pela Body Planet Fitness, do Rio de Janeiro, para melhorar o condicionamento físico. A modalidade propõe corrida na esteira intercalada com exercícios funcionais. Cada aula dura cerca de 50 minutos, alternando quatro minutos de corrida com quatro minutos de exercícios, feitos em cinco estações, totalizando seis séries. Com isso, toda a musculatura é exigida.

Praia Velox: nada mais com cara de verão do que praia. E pensando nisso, a Academia Velox Fitness, no Rio de Janeiro, levou seus alunos para atividades ao ar livre, nas areias de Ipanema ou na orla da Lagoa Rodrigo de Freitas. O Praia Velox engloba atividades de running outdoor (areia e asfalto), vôlei de praia e treinamento funcional na areia. As atividades trabalham condicionamento, resistência, força e flexibilidade, em clima descontraído e motivador.

Quality Walk: uma das novidades da academia Competition, em São Paulo, é a aula de caminhada nas esteiras, para quem deseja iniciar uma atividade física ou melhorar o condicionamento. De maneira simples e prazerosa, é possível realizar este exercício aeróbico com intensidade variada, respeitando os limites individuais, já que as turmas reúnem pessoas de todas as idades.

Na água

Condicionamento Surfe e Water Cycle: modalidades perfeitas para o verão. A primeira trabalha condicionamento específico para o surfe, em uma aula de 60 minutos que inclui treinamento de remadas em prancha, apnéias e exercícios abdominais. Já a Water Cycle é uma hidroginástica realizada em bicicleta especialmente desenvolvida para a piscina. Melhora o condicionamento físico e tem alto gasto calórico (até 700 calorias por aula). Ambas são oferecidas pela Reebok Sports Club, em São Paulo.

Zen

Bioginástica: a aula, que combina os movimentos dos animais com fundamentos de esportes, é a atração da temporada no estúdio YogaFlow, em São Paulo. A técnica – que reúne referências do kempô, movimento dos animais, tai chi, expressão corporal, jiu-jítsu e ioga – trabalha força, flexibilidade, resistência e coordenação neuromuscular de maneira lúdica, em 1h15 de movimentos.


Fonte: IG

Veja os alimentos que podem dar energia e até melhorar a ressaca e quais evitar para não prejudicar a folia

CARNAVAL




Calorias das bebidas:

1 lata de cerveja de 350 ml tem 150 calorias
1 chopp de 300 ml tem 180 calorias
Caipirinha com açúcar (100 ml) tem 250 cal
Batida com leite-condensado (200 ml) tem 350 cal
Bebidas do tipo Ice (290 ml) tem 190 cal


Para não perder o pique e manter a saúde em dia, o iG Saúde conversou com nutricionistas para saber em quais alimentos o folião deve apostar (sinal verde), quais deve deixar de fora (sinal vermelho) e quais merecem atenção (sinal amarelo) nessa maratona de quatro dias intensos de comemoração. Os especialistas também dão dicas para garantir a animação em todo o período. Bom Carnaval!

Sinal verde

- Alimentos ricos em carboidratos como cereais, grãos e massas, mas dê preferência aos integrais. Eles ajudarão a manter a energia do corpo. “Os foliões tem um gasto energético elevado, portanto é importante não deixar de repor essa energia. Os alimentos ricos em carboidratos fornecerão a energia para curtir todos os dias, dando maior sensação de saciedade”, explica a Gerente de Nutrição do Hospital do Coração (HCor), Rosana Perim.

- Manga, mamão, pêssego, caqui, maçã, banana, uva, abacaxi, maracujá e melão são ricos em potássio e em vitamina C, essenciais para um com trabalho muscular. O grupo também ajuda a desintoxicar o fígado, afastando a ressaca.

- Couve, brócolis, couve-flor, repolho. “São alimentos crucíferos, que auxiliam na desintoxicação do fígado”, afirma Elaine Blaso, nutricionista e professora da Faculdade de Medicina de Petrópolis/FASE. Portanto, são boas pedidas na luta contra a ressaca.

- Grelhados, assados e ensopados. Troque a fritura por qualquer um desses tipos de cozimento.

- Melancia. Maior parte dessa fruta é água, por isso, vale a pena apostar nesse alimento que, além de garantir energia, também hidrata.

- Sanduíche de pão integral com azeite e peixes em conserva. Esta é a indicação da nutricionista Elaine Blaso para quem quer levar um lanche e não passar fome durante a folia. “O azeite conserva melhor do que a manteiga”, explica.

Sinal amarelo

- Fique atento na hora de consumir frutos do mar. Se não estiverem conservados de maneira correta, podem estragar e provocar uma intoxicação alimentar séria.

- Cuidado com alimentos vendidos na praia. Preste atenção nas condições de higiene e de conservação

- Os energéticos ajudam a manter o fôlego durante a folia, mas podem se tornar uma ameaça à saúde se misturados com álcool.


Sinal vermelho

- Evite ingerir alimentos gordurosos. Além de prejudicar a digestão, eles provocam sono e podem atrapalhar quem quer aproveitar a festa. “A digestão fica lenta e causa sensação de estufamento e moleza, prejudicando a mobilidade do corpo”, diz Sandra da Silva Maria, nutricionista do Hospital CECMI (Centro Especializado em Cirurgia Minimamente Invasiva).

- Temperos industrializados. O alto teor de sódio presente pode favorecer a retenção de líquidos e aumentar a pressão arterial.

- Cuidado com o sal. Como esse é um período de mais desgaste do corpo e de hidratação mais comprometida, o ideal é reduzir a quantidade de sal na comida.

Líquidos

- O álcool deve ser consumido com moderação. Para evitar os malefícios da bebida, intercale com refrigerante ou sucos na proporção de dois copos para um. “As bebidas alcoólicas em geral podem desidratar, por isso, o ideal é intercalar com não alcoólicos”, explica a Coordenadora de Promoção à Saúde do HCor, Cyntia Carla da Silva. “Destilados precisam de mais líquidos do que o normal”, alerta Rinaldi.

- Beba de 2 a 3 litros de água por dia. “A própria bebida acaba desidratando o organismo, pois pode agir como diurética”, alerta Daniel Rinaldi, presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN).

- Isotônicos são ótimos para repor sais mineiras de matéria rápida. “Se a pessoa estiver muito desidratada, essa é uma boa indicação”, afirma Daniel Rinaldi. Mas não podem ser indicados a qualquer pessoa: pacientes com insuficiência renal devem evitar essas bebidas.

- Suco de frutas ajudam a refrescar e são repletos de vitaminas.

- Água de coco é um excelente repositor de líquidos e sais minerais, e é uma opção natural.

- Incremente o suco de laranja com couve, que ajuda a desintoxicar o fígado.

- Sentir sede é um sinal de que o seu organismo está desidratado. Nessa hora, beba muito líquido.

Dicas dos especialistas

- “Não deixe de fazer um café da manhã reforçado antes de sair de casa. Aposte em frutas, leite, pão, cereais, queijo ou ovo”, aconselha Elaine Blaso.

- “Para ter maior saciedade e evitar qualquer problema de ordem digestiva, faça refeições fracionadas”, indica a nutricionista.

- Não pule refeições ou fique horas sem comer. "Algumas pessoas, no desejo obcecado pelo corpo perfeito, optam por cardápios restritivos, ingerindo apenas frutas ou só proteínas. Essas atitudes podem causar desequilíbrio do organismo ou problemas ainda mais sérios como sobrecarga renal", diz a nutricionista Sandra da Silva Maria, nutricionista do Hospital CECMI.

- Para os dias de maior desgaste físico, escolha sapatos e roupas leves, preferencialmente de cores claras.

Fonte: IG