quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Saladas light para o verão


Salada de manga light

Ingredientes:

4 tomates sem a polpa picados em quadradinhos
3 mangas sem casca em pedaços pequenos
300 gramas de queijo em quadradinhos
1 alface americana rasgada com a mão
4 colheres de maionese light
1 iogurte natural
sal a gosto

Modo de preparo:

Aos ingredientes secos, misture o iogurte, a maionese e o sal.

Salada light de frango

Ingredientes:

1 peito de frango com cerca de 500 gramas
1 colher de (chá) azeite de oliva
1 pimentão vermelho em conserva
sal e pimenta-do-reino a gosto
½ maço médio de rúcula
4 rabanetes grandes
8 tomates-cereja médios

Molho
2 colheres de (sopa) de vinagre balsâmico
3 colheres de (chá) de mel
pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:

Retire as aparas do peito de frango, a pele, as cartilagens e os ossos. Separe os filés, lave-os, seque e pique em cubos de 2 cm. Transfira para uma tigela e tempere com sal e pimenta. Lave a rúcula, os rabanetes e os tomates. Rasgue a rúcula com as mãos, pique o rabanete em lâminas finas e parta o tomate ao meio. Unte uma frigideira antiaderente com o azeite de oliva e leve ao fogo até aquecer. Acrescente os cubos de frango e frite-os até dourar. Acerte o sal e retire do fogo. Disponha a rúcula, o rabanete, o pimentão e o tomate numa saladeira e coloque o frango. Mexa delicadamente e reserve. Molho: misture numa tigela o vinagre, a pimenta-do-reino e o mel e regue a salada. Acompanhe com 1 copo grande (300ml) de limonada com adoçante (12 calorias).

Salada de verão

Ingredientes:

1 repolho pequeno bem tenro
2 queijinhos de cabra
2 colheres de (sopa) de azeite
suco de 1 limão
um borrifo de suco de laranja
sal, pimenta do reino
2 cenouras
2 tomates
2 pepinos

Modo de preparo:

Elimine as folhas mais duras do repolho, lave-o bem, escorra e corte-o em tirinhas não muito finas. Coloque-o numa terrina, junte as cenouras raspadas e cortadas em tirinhas finíssimas, os pepinos descascados e cortados em cubinhos e os tomates em gomos. Sobre eles, distribua os queijinhos em pedacinhos. Numa tigelinha bata o suco de limão com sal a gosto, acrescente o azeite, pimenta do reino e o suco de laranja. Despeje o molho sobre a salada, misture delicadamente e sirva.

Por Malanny /Fonte:livrodereceitas.com

Dicas saudáveis para emagrecer.

O primeiro passo é não ter urgência em emagrecer todos os quilos acumulados. Afinal, o que você ganhou em meses não deve ser emagrecido em semanas.

O emagrecimento rápido, além de não ser saudável, não é duradouro na maioria das vezes. O mais indicado é estabelecer metas e colocá-las em um diário alimentar, implantando uma de cada vez. Isso fará com que você visualize a evolução de sua reeducação, mas não seja radical criando metas inatingíveis.

Você precisa fazer isso por você, tanto pelo bem estético que uma boa alimentação trará ao corpo, quanto pelo benefício para sua saúde.

Se faz muito tempo que você não faz um check-up, esta é uma boa hora de procurar seu médico, depois já com os exames na mão consulte um profissional de Nutrição para tirar dúvidas sobre sua alimentação e chegarem juntos a um planejamento alimentar saudável, porém gostoso.

Em casa, procure avisar aos familiares de que você está mudando sua alimentação para ter mais qualidade de vida e mais saúde consequentemente, mas não seja radical, tente alternar, por exemplo, o consumo do arroz integral algumas vezes na semana. Elimine frituras, além de causarem ganho de peso é muito mais trabalhoso na hora de cozinhar.

Vá fazendo as compras no supermercado já substituindo a qualidade nutricional dos alimentos, pão integral, leite desnatado, um bom adoçante que não tenha sabor residual (como a sucralose, por exemplo), carnes magras, peixe, frango e alguns vegetais (se você não tem hábito, experimente um de cada vez).

Elimine o refrigerante da sua vida (principalmente o comum), inclua mais frutas e vegetais frescos (de 3 a 5 porções por dia). Troque o queijo amarelo pelo branco, inclua azeite de boa qualidade nas saladas e troque a maionese por iogurte desnatado para fazer temperos incrementados.

Já no trabalho, fuja de modo saudável para o cafezinho, tenha sempre uma fruta de fácil consumo reservada (ou leve um pote com uma salada de frutas já preparada); Tente incluir chás calmantes (quentes ou frios); Se puder, deixe torradinhas integrais num pote junto ao café; Beba água, com gás, sem gás, com gotas de limão e adoçante, veja como lhe agrada mais, o importante é aumentar o consumo.

Aliar a praticidade de refeições congeladas light de fornecedores idôneos ao seu planejamento também é uma ótima dica, você não precisará se preocupar na ida ao supermercado, ou pensar do cardápio da semana, além de não ter aquela louça para lavar depois.

E quando atingir sua meta de peso ideal, que é aquele com que você fica saudável e se sente bem, você vai perceber que vai ser possível aumentar algumas quantidades dos alimentos habituais ou comer livremente algumas vezes. Mas, basicamente, você deve manter o ritmo da reeducação alimentar durante a semana: carnes magras, pouca gordura, legumes, verduras e frutas à vontade para ficar mais livre nos finais de semana.

A presença de todos os grupos de alimentos no dia a dia tem papel fundamental para termos boa saúde, então diversifique sua alimentação, cultive bons hábitos alimentares, ouse experimentar alimentos não usuais, controle seu nível de estresse e mantenha-se com o peso adequado para sua idade e altura, faça uma atividade física prazerosa e cultive o bom humor todo dia.

Você e seu organismo só têm a ganhar com esta mudança saudável.

Fonte: Blog dos Congelados da Sônia

Suplementos alimentares podem provocar câncer

Estudo feito em Portugal alerta para o perigo do consumo de doses erradas de nutrientes.


Suplementos vitamínicos: perigosos em doses excessivas
Alguns suplementos alimentares com doses muito elevadas de compostos que ajudam a prevenir o câncer - como os antioxidantes e fitoquímicos - podem ter o efeito contrário e causar a doença, apontou uma pesquisa divulgada recentemente em Portugal.

O estudo foi coordenado pela pesquisadora da Unidade de Química e Física Molecular da Universidade de Coimbra, Paula Marques, em colaboração com o laboratório britânico Rutherford Appleton e o Instituto Português de Oncologia.

O trabalho analisou de forma individualizada o efeito dos compostos presentes em alimentos próprios da dieta mediterrânea na prevenção do câncer de pele e de mama. Antioxidantes e fitoquímicos como o ácido caféico e os flavonóides se revelaram úteis para prevenir o câncer de pele e de mama, apenas se consumidos nas doses adequadas. A partir de certo ponto, eles podem ser nocivos e provocar o surgimento da doença.

"Em uma dieta normal nunca corremos risco, já que esses compostos não estão presentes nos alimentos em quantidades muito altas", explicou. Mas, de acordo com Paula, "o problema pode aparecer em suplementos e aditivos alimentares, onde a concentração dessas substâncias pode ser muito alta", indicou.

A pesquisadora portuguesa informou que esses suplementos só devem ser tomados em momentos pontuais, "e não por períodos de tempo muito prolongados".
A descoberta fez Paula pedir às autoridades de saúde que obriguem as empresas a colocarem no rótulo desses aditivos os nomes dos compostos contidos e as quantidades, o que atualmente não é feito. "Existem suplementos que são vendidos em supermercados, como os de extrato de alho e gengibre, que podem apresentar concentrações muito altas desses antioxidantes", disse Paula.

"Esses aditivos deveriam indicar claramente sua composição para que as pessoas e os médicos tivessem acesso a essa informação, assim como ocorre com os demais alimentos ou remédios", ressaltou.

O seguinte passo dos autores desse estudo será começar o teste em animais para tentar "determinar quais são as doses mais corretas". No entanto, a pesquisadora alertou que, por enquanto, "não há financiamento" devido às dificuldades econômicas e os cortes aplicados às pesquisas.

Fonte: IG