sexta-feira, 20 de abril de 2012

Fórmulas milagrosas e remédios para emagrecer

 

É errado tomar remédios para emagrecer, por conta própria,  simplesmente porque eles, sozinhos, não emagrecem ninguém. A ciência ainda não inventou uma medicação que substitua o controle alimentar.
Se você está pretendendo emagrecer, esqueça:

• Laxantes e diuréticos : eles só fazem você perder água, e perder água não é emagrecer. Perder água é desidratar e enfraquecer o seu corpo.
• Queimadores de gordura: não e-xis-tem! Ainda não inventaram um remédio em que você come além da medida, deita na cama e o remédio, sozinho, queima as suas gorduras. Seria ótimo se existisse, facilitaria a vida de muita gente. Mas enquanto não foi inventado, esqueça essa balela.
• Automedicação: não compre remédios “milagrosos” porque o balconista de farmácia recomenda ou um vendedor de loja de produtos naturais garante não fazer mal à saúde. Todos os remédios são potencialmente perigosos. Só um médico sabe as vantagens e as desvantagens dos medicamentos.

CONSULTE O SEU MÉDICO.
Tudo bem, existem medicamentos que realmente auxiliam o emagrecimento. Repetindo: auxiliam – mas, sozinhos, não emagrecem. NUNCA os tome sem consultar o seu médico. Só ele poderá orientá-lo quanto a todos os aspectos que envolvem o uso desse tipo de medicação – principalmente: se é indicado a você ou não.
Vamos combinar uma coisa? Adote uma dieta balanceada e exercícios físicos,
com certeza você via chegar aonde quer

Mexa-se!



Verdade seja dita: o que emagrece mesmo é comer com equilíbrio. Mas exercitar-se ajuda muito, porque melhora sua saúde e ainda dá uma mãozinha, potencializando os efeitos da dieta. Assim, se você fizer dieta e exercícios simultaneamente, o emagrecimento é mais rápido e menos estressante. Mas atenção: apenas se exercitar, sem diminuir a ingestão calórica, não emagrece ninguém. Quer ver as contas? Pense só: uma semana tem 168 horas. Se você fizer ginástica cinco vezes por semana, durante duas horas, gastará apenas 10 horas de energia extra. Isso não chega a alterar o funcionamento do seu metabolismo. Para emagrecer, você precisa controlar a sua alimentação, ingerindo menos do que você gasta.
Mas, ao mesmo tempo, pense bem: gastar mais não é uma boa ajuda nesse processo? Então, como você pode gastar mais? Isso você já sabe: fazendo atividades. 
Quer saber quantas notas você gasta dançando tango? E valsa? E se então você for daqueles que tem muito samba no pé (e nos quadris!), já pensou quantas notas se vão? E beijando alguém? No Programa Dieta Nota 10 nós listamos várias atividades bacanas e quantas notas elas gastam.

Fonte: Dieta Nota Dez

Nenhum comentário:

Postar um comentário