segunda-feira, 9 de abril de 2012

Dieta detox: uma semana para limpar o corpo

 

Um cardápio elaborado para eliminar toxinas e nutrir o corpo sem sacrifícios ou radicalismos.


Foto: Getty Images Ampliar
Detox: suco rico em antioxidantes ajuda a proteger o organismo
Muita gente pensa que alimentação detox é sinônimo de dieta radical, restritiva e cheia de ingredientes malucos.
A nutricionista Roberta Frizzo Serena esclarece: a detoxificação, ou simplesmente detox, é uma técnica da nutrição funcional cujo objetivo é ajudar o organismo a eliminar toxinas e outras substâncias prejudiciais à saúde.
“Com o padrão de vida atual, baseado em uma alimentação pobre em vitaminas e rica em hormônios, agrotóxicos, aditivos alimentares, açúcar, gordura e uso abusivo de medicamentos, estamos constantemente expostos a substâncias prejudiciais, que comprometem o bom funcionamento do corpo.”
Se você tem sintomas como cansaço excessivo, insônia, dificuldade de digestão, mau funcionamento do intestino, excesso se gases, retenção de líquido, falta de concentração, dores de cabeça e dificuldade para perder peso, vale a pena experimentar a detox.
Olhando à primeira vista, a dieta detox não tem muita diferença de uma dieta saudável. Mas, para cumprir o objetivo de desintoxicar o corpo, o programa aposta em alimentos naturais e exclui os alimentos industrializados e aqueles com alto potencial alergênico, como laticínios, leite de soja, glúten (trigo), cereais refinados, açúcar, adoçantes, corantes, conservantes, café e álcool.
O cardápio detox precisa conter frutas, verduras, legumes orgânicos (se possível), carnes magras, oleaginosas (castanhas, nozes, amêndoas), cereais (arroz integral, quinua, amaranto), leguminosas (feijão, lentilha, grão-de-bico), sementes (linhaça, semente de abóbora e girassol) e muito líquido (água mineral, chás, água de coco). E mais: deve-se caprichar nos temperos naturais, como alho, cebola, alecrim, gengibre, curry e as ervas frescas.

Veja a seguir um exemplo de cardápio detox para ser feito ao longo de uma semana. São sugestões simples e devem ser seguidas durante uma semana. Depois disso, o ideal é buscar a orientação de um nutricionista para elaborar um plano alimentar adaptado às necessidades específicas de cada um.
Fonte: IG

2 comentários:

  1. Olha, eu estive procurando sobre esse assunto na internet e encontrei um vídeo de um personal trainer que mostra técnicas muito boas para emagrecer e chapar a barriga, eu tenho feito essas técnicas a exatos 8 dias, e hoje pela manha eu me pesei e já estou 3,8 k mais magra, eu estava pesando 72,6k e hoje 8 dias depois estou com 68,8k e isso sem ir para a academia sem comprar nem um equipamento e comento e fazendo tudo o que fazia antes, eu só tenho que titicar 4 minutos do meu dia com as técnicas, não estava levando muita fé no começo mais como vi muitos depoimentos positivos sobre o personal trainer resolvi testar, e agora estou assim :-) feliz, hoje pela manha assim que vi o resultado na balança tirei uma foto é postei no face para que todos os meus amigos e amigas possam também ter os resultados que eu estou tendo, da uma olhada la no site:
    http://www.fimdadietadukan.com.br
    e assiste o vídeo do personal trainer, esse cara merecia um premio por colocar um vídeo com um conteúdo tão bom assim disponível na internet, e o melhor free
    www.fimdadietadukan.com.br


    ResponderExcluir
  2. Jackson,
    Que bom que está dando resultado para você. Vou ver este vídeo.
    obrigado pela dica.
    Patrícia

    ResponderExcluir