domingo, 4 de setembro de 2011

VICTOZA - O MAIS NOVO MEDICAMENTO PARA DIABETES TIPO 2


Victoza – Novo medicamento para tratamento da Diabetes tipo 2

A Novo Nordisk lançou o Victoza® (liraglutida) no Brasil, primeiro análogo de GLP-1 de dose única diária. Esta nova classe terapêutica representa uma revolução no tratamento do diabetes tipo 2, pois, conforme demonstrado em estudos clínicos, além de controlar o açúcar no sangue, liraglutida promoveu a diminuição do peso e da pressão arterial sistólica dos pacientes com diabetes tipo 2 que receberam o medicamento.

Victoza ® é 97% semelhante ao hormônio feitos em seu corpo, chamado de GLP-1 .

Quando você come, o GLP-1 ajuda a células beta no pâncreas a liberar a quantidade certa de insulina para transportar o açúcar do sangue para as células. Victoza ® tem o mesmo efeito e também ajuda a diminuir o tempo que leva para o alimento deixar o seu estômago, ajudando seu corpo a controlar o seu nível de açúcar no sangue. Victoza® também bloqueia o fígado na liberação de uma quantidade de açúcar, através da redução da quantidade de outro hormônio, chamado glucagon .

Victoza® já é comercializado nos EUA, Canadá, Alemanha, Reino Unido, França, Itália, Dinamarca, Irlanda, Noruega, Polônia, Áustria, Japão, Israel, México, Argentina, Arábia Saudita, Omã e China, bem como já está aprovado pela ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Novo Nordisk®- Sediada na Dinamarca, a Novo Nordisk é uma companhia global de cuidados com a saúde, com 88 anos de inovação e liderança no cuidado com o diabetes. A companhia tem também posições de liderança no tratamento à hemofilia, terapia com hormônio de crescimento e de reposição hormonal.

Observação importante:
Este medicamento é novo no mercado, provoca emagrecimento rápido , é indicado apenas para paciente diabético e não deve ser tomado com o objetivo somente de emagrecimento para outros tipos de paciente. Não existe estudos suficientes para comprovar a eficiência e a segurança do seu uso para outros pacientes. Portanto o seu uso deve ser indicado por médico.

Especialistas alertam para a importância da nutrição no tratamento do câncer

Especialistas alertam para a importância da nutrição no tratamento do câncer

30 de março de 2010 (Bibliomed). Independente do tipo do câncer, o tratamento é sempre delicado, porque os pacientes ficam debilitados por conta do esforço exigido pelo organismo para reagir à doença e aos tratamentos, e pela imunidade do organismo, que fica baixa e suscetível a infecções. Uma das consequências mais frequentes nos tratamentos do câncer é a desnutrição, decorrente da redução da ingestão de alimentos, alterações metabólicas provocados pelo tumor e pelo aumento da demanda calórica pelo crescimento do câncer. Daí a importância do tratamento multidisciplinar, incluindo acompanhamento nutricional, segundo especialistas.

“A agressividade e a localização do tumor, os órgãos envolvidos, as condições clínicas, imunológicas e nutricionais impostas pela doença e magnitude na terapêutica são fatores que podem comprometer o estado nutricional do paciente, com graves implicações prognósticas, e interferir diretamente no tratamento, seja ele cirúrgico, quimioterápico ou radioterápico”, explica a nutricionista Lislane Maria Dequech, do Centro de Oncologia do Paraná.

De acordo com a especialista, nos casos em que é realizada a quimioterapia, a nutrição auxilia os pacientes a reduzir efeitos colaterais como mucosite, esofagite, diarreia, obstipação, náuseas, vômitos, alteração de paladar, saliva espessa e viscosa e boca seca. “Estes casos podem ser monitorados com uma nutrição oral adequada, podendo contar também com suplementos nutricionais e até auxílio de alimentação enteral (dieta líquida administrada por meio de uma sonda colocada no estômago ou no intestino)”, explica a nutricionista, enfatizando, ainda, a importância de uma nutrição equilibrada. “Em alguns casos, se o paciente não tiver um acompanhamento nutricional adequado, a desnutrição pode levá-lo a óbito, mesmo com o câncer controlado”, concluiu.

Fonte: Lide Multimídia - Assessoria de Imprensa. Press release. 30 de março de 2010
Uol

Receita de Tortilla de bacalhau


A receita deste domingo é fácil como o dia pede. Inaugurado nessa semana nos Jardins, o Brasero Amatxu, restaurante que resgata as tradições da gastronomia do Paíse Basco, mas com o toque do chef brasileiro Gustavo Ubarana, foi quem deu a superdica pra gente. Quer aprender uma receita rápida e versátil para impressionar? Siga os passos da Tortilla de Bacalhau!



* Para fazer uma porção individual é necessário usar uma frigideira antiaderente de cerca de 15 centímetros de diâmetro. A receita leva uma batata grande – cerca de 200 gramas – e 50 gramas de cebola, além de três ovos para dar a liga. Apenas 50 gramas de bacalhau dessalgado é suficiente. No Amatxu, o espinafre acompanha o prato, mas pode ser substituído por outra folha escura. Não esqueça do azeite e do sal.



* Para preparar a tortilla comece cortando a batata em pequenos cubos, e a cebola, em tiras. Os dois devem ser salteados até que as batatas fiquem macias, e então retirados do fogo. Misturar os três ovos e bater até que fique uma mistura uniforme. O próximo passo é esquentar bem a frigideira de 15 centímetros, e adicionar a mistura. Conforme a borda for ficando cozida, ela deve ser puxada para o centro com uma espátula, até que o lado de baixo da tortilla esteja dourado. Vire a tortilla em um prato e depois recoloque na frigideira, com o lado ainda cru para baixo para, então, terminar de fritar.



* O bacalhau dessalgado e desfiado deve ser escaldado em água fervente até ficar bem cozido. Só então ele pode ser colocado por cima da tortilla. Como acompanhamento, o espinafre limpo deve ser salteado no azeite com um pouco de alho picado. E só. Simples e delicioso!


Fonte: Uol